Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Aula Sobre Ciência

Faz uma breve análise sobre os conceitos do termo ciência desde os mais tradicionais, até os mais contemporâneos. Analisa também os pressupostos básicos da ciência tradicional e da ciência contemporânea. Mostra brevemente a classificação das ciências.

  • Be the first to comment

Aula Sobre Ciência

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS CARIRI CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DISCIPLINA: METODOLOGIA DA PESQUISA EM BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO CIÊNCIA Jonathas Carvalho [email_address] [email_address]
  2. 2. CONCEITO DE CIÊNCIA <ul><li>Etimológico </li></ul><ul><li>A palavra ciência é de origem latina &quot;Scientia&quot; que provém de &quot;Scire&quot; que significa &quot;aprender&quot; ou &quot;conhecer&quot;. </li></ul>
  3. 3. CONCEITO DE CIÊNCIA <ul><li>Tradicional </li></ul><ul><li>Conjunto de conhecimentos validados a partir de explicações metodológicas sobre a realidade de qualquer fenômeno. </li></ul>
  4. 4. CONCEITO DE CIÊNCIA <ul><li>Contemporâneo </li></ul><ul><li>Conjunto de conhecimentos sistematicamente estruturados, investigados e validados através de métodos científicos com vistas a estabelecer uma conexão com a realidade objetiva. (MATURANA, 2001). </li></ul>
  5. 5. PRESSUPOSTOS DA CIÊNCIA <ul><li>Tradicional x Contemporânea </li></ul><ul><li>Simplicidade X Complexidade </li></ul><ul><li>Estabilidade X Instabilidade </li></ul><ul><li>Objetividade X Subjetividade </li></ul>
  6. 6. PRESSUPOSTOS DA CIÊNCIA TRADICIONAL <ul><li>Maria Esteves de Vasconcellos </li></ul><ul><li>1 Simplicidade: pressuposto de que as incertezas do mundo, no fundo, têm uma explicação simples; análise que separa o todo em partes microscópicas (p. ex. átomo) para entender o todo; </li></ul><ul><li>2 Estabilidade: pressuposto de que o mundo é estável: há causa e efeitos e assim previsibilidade, reversibilidade, controlabilidade. </li></ul>
  7. 7. PRESSUPOSTOS DA CIÊNCIA TRADICIONAL <ul><li>3 Objetividade: pressuposto de que é possível conhecer o mundo tal como ele é; </li></ul><ul><li>Assim, existe uma realidade objetiva independente do observador, de sua teoria e método; </li></ul><ul><li>Para se conhecer a realidade é preciso apenas controlar a subjetividade do observador (sua ilusão); </li></ul><ul><li>Há necessidade da neutralidade </li></ul>
  8. 8. PRESSUPOSTOS DA CIÊNCIA CONTEMPORÂNEA <ul><li>Edgar Morin: </li></ul><ul><li>1 Complexidade: </li></ul><ul><li>as relações do mundo/grupo são postas em evidência e, em lugar secundário, as unidades/participantes (estas não explicam o todo); </li></ul><ul><li>Não separa o todo em partes, mas considera a totalidade dinâmica (estrutura, gênese e dinâmica) e o contexto. </li></ul>
  9. 9. PRESSUPOSTOS DA CIÊNCIA CONTEMPORÂNEA <ul><li>2 Instabilidade: </li></ul><ul><li>suposição de que o grupo é um processo com devires; </li></ul><ul><li>Há uma multi-causalidades e não uni-causalidade; </li></ul><ul><li>Recursividade organizacional e não linearidade; </li></ul><ul><li>Não há previsibilidade, reversibilidade e controlabilidade. </li></ul>
  10. 10. PRESSUPOSTOS DA CIÊNCIA CONTEMPORÂNEA <ul><li>3 Subjetividade </li></ul><ul><li>Conhecer a realidade contextualizada; </li></ul><ul><li>O observador é incluído no conhecimento (intersubjetividade); </li></ul><ul><li>Compreensão do conjunto, e não análise das partes e, depois, a síntese; </li></ul><ul><li>Compreensão supõe racionalidade e empatia, intersubjetividade, generosidade. </li></ul>
  11. 11. CLASSIFICAÇÃO DAS CIÊNCIAS <ul><li>Formais e Exatas: Lógica e Matemática </li></ul><ul><li>Factuais </li></ul><ul><ul><li>Naturais (Física, Química e Biologia) </li></ul></ul><ul><ul><li>Sociais (Antropologia, Sociologia, Direito, Economia, Ciência da Informação). </li></ul></ul><ul><ul><li>Gil (1999). </li></ul></ul>
  12. 12. CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS <ul><li>Direito </li></ul><ul><li>Administração </li></ul><ul><li>Ciências Contábeis </li></ul><ul><li>Economia </li></ul><ul><li>Arquitetura e Urbanismo </li></ul><ul><li>Ciência da Informação </li></ul><ul><li>Serviço Social </li></ul><ul><li>Economia Doméstica </li></ul><ul><li>Desenho Industrial </li></ul><ul><li>Turismo </li></ul><ul><li>http://www.cnpq.br/areasconhecimento/6.htm </li></ul>
  13. 13. REFERÊNCIAS <ul><li>CNPq. Tabela das Areas do Conhecimento - Ciências Sociais Aplicadas. Disponível em: http://www.cnpq.br/areasconhecimento/6.htm </li></ul><ul><li>GIL, Antônio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. São Paulo: Atlas, 1999. </li></ul><ul><li>MATURANA, Humberto. Cognição, ciência e vida cotidiana . Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2001. </li></ul><ul><li>MORIN, Edgar. MORIN, Ciência com consciência. Lisboa Publicações: Europa-América, 1994. </li></ul><ul><li>VASCONCELLOS, Maria José Esteves. Pensamento sistêmico: o novo paradigma da ciência. 7 ed. Campinas, SP: Papirus, 2003. </li></ul>

×