Empreendedor Antônio Alberto Saraiva

6,731 views

Published on

Apresentação elaborada para a disciplina de contabilidade internacional como requisito de nota para a conclusão do curso de contábeis.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
6,731
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
83
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Empreendedor Antônio Alberto Saraiva

  1. 1. ANTÔNIO ALBERTO GRUPO ALSARAIVA SARAIVA
  2. 2. ANTÔNIO ALBERTO SARAIVA50 ANOSCASADO, 6 FILHOSLUSO-BRASILEIRO, NASCIDO EM PORTUGALMÉDICO FORMADO PELA SANTA CASA DE SÃO PAULOPRESIDENTE DA HOLDING ALSARAIVACRIADOR DAS MARCAS Habibs, Ragazzo, Box30, Promilat, IceLips/Portofino, Arabian Bread, Voxline, PPM, Bibs Tur, Vector7, Franconsult, Plannej
  3. 3. “ SOMOS A MAIOR REDE DE FAST FOOD DE CULINÁRIA ÁRABE DO SARAIVA (2012)MUNDO. E COM ORGULHO DE SER GENUINAMENTE BRASILEIRA”
  4. 4. A VINDA PARA O BRASILNascido em Portugal, Saraiva veio para o Brasil com apenas 6 meses deidade. Foi criado em Santo Antonio da Platina, no Paraná, e aos 17 anosveio para São Paulo com a idéia de ser médico. Quase desistiu, porque sóconseguiu passar no 3º ano de vestibular.
  5. 5. DA PADARIA AO SUCESSOComo meio de sustento da família, iniciaram a operação com uma padariano bairro comercial do Brás, Zona Leste da cidade de São Paulo. Mas logono primeiro ano de curso, a violência da cidade grande mudou o destino deAlberto: em um assalto ao estabelecimento comercial, seu pai foi morto.Sendo o filho mais velho, se viu obrigado a se dedicar ao negócio dafamília, dividindo o seu tempo entre o curso de medicina na Santa Casa deSão Paulo e a padaria da família. Mal sabia ele que, ironicamente, alicomeçava sua história de sucesso.
  6. 6. O PRIMEIRO LUCROInexperiente, passou por muitas dificuldades gerindo a padaria e percebeuque era preciso conhecer o trabalho realizado na empresa para nãodepender de seus funcionários. O negócio prosperou e, em 1976, obteveseu primeiro lucro comercial com a venda da padaria, vendeu o negócio por16 vezes mais do que seu pai tinha investido, o qual investiu em umalanchonete na Rua Cerro Corá, no bairro da Lapa. Essa foi a primeiranegociação de muitas que ainda viriam, “Em cinco anos eu tive 22 negóciosdiferentes”. O valor do esforço de Alberto é maior na medida em queconseguiu prosperar nos negócios ao mesmo tempo em que concluiu ocurso de medicina, porém não exerceu a profissão.
  7. 7. O MESTRE LIBANÊSAdministrando a lanchonete, conheceu um dos melhores cozinheiros árabesde São Paulo, Paulo Abud, libanês aposentado que morava noIpiranga, Zona Sul de São Paulo. Muito cedo, conversando, os doisperceberam que os restaurantes especializados nesse tipo de comida eramraros e com preços altos. Paulo Abud foi o responsável pelo conhecimentode comida árabe de que Alberto precisava para consolidar seurestaurante, foi ele quem ensinou que os pratos árabes eram saborosos ebaratos. Em1988 o Habibs inaugurou sua primeira loja no bairro da lapa emSão Paulo.
  8. 8. NASCE O HABIB’SCom a ajuda de Paulo Abud, Alberto aprendeu a fazer os pratos árabes emuma semana e de modo a garantir a variedade do cardápio e de nãoapostar somente em produtos específicos, aproveitou a sua experiênciaprofissional e incluiu outros produtos mais comuns ao público brasileiro:pizza, pastel e chope. Além disso, ajustou as receitas árabes ao gostonacional. Assim, o pão sírio ganhou uma versão mais macia edourada, charutos e abobrinhas recheadas receberam um molho de tomateespecial, a esfiha uma massa mais leve, a carne bovina foi instituída emsubstituição a carne de carneiro e temperos como alho, hortelã e gergelimforam usados com moderação.
  9. 9. COMIDA ÀRABE “POPULAR”Saraiva percebeu uma oportunidade observando o público de baixo poderaquisitivo e esse foi o seu diferencial. Ele democratizou o consumo de seusprodutos com preços que são acessíveis ao orçamento dosbrasileiros, fazendo com que as pessoas pudessem freqüentar umrestaurante, comer bem e gastar pouco.
  10. 10. O FENÔMENO HABIB’SA partir do sucesso do empreendimento, alguns sócios se uniram com ameta de abrir novas lojas. Em 1992, foi adotado o sistema defranchising, inaugurando a primeira loja franqueada da rede em SantoAndré, São Paulo. Ao completar 10 anos de atuação no mercado, o Habibsjá ultrapassava a marca de 100 lojas. A expansão e solidez da cadeia seassentaram no tripé: preços baixos, variedade e alta performance emqualidade. Em 1999 deu início à campanha "Nosso preço começa comzero", destacando três produtos que custam menos de R$ 1,00 (pastel, kibee esfiha). O primeiro mês de campanha conseguiu elevar a venda do pastelem 220% e da esfiha e do kibe em 30%.
  11. 11. AS FRANQUIASVisando a padronização e o sucesso das franquias, foi criado um manual defast-food do Brasil: o manual de operações da rede Habibs. Além disso, foidesenvolvida a ideia de criar a UTIH - Unidade de Terapia Intensiva doHabibs - para diagnosticar e solucionar os problemas das lojas. A atitude foinecessária pois segundo Alberto “Quando eu tinha 16 restaurantes vi que oquibe de um deles estava uma porcaria, resolvi centralizar a produção, hojetemos 13 centrais de produção e distribuição espalhadas pelo país”.
  12. 12. O SEGREDO DO NEGÓCIONão contrair financiamentos foi a chave do sucesso. Desta forma, uma daspolíticas da rede Habibs é: o investimento para se abrir uma franquia deveprovir do patrimônio do investidor. Por essa razão, permite-se que hajadiversos sócios, mas jamais empréstimos e financiamentos. Folha depagamento enxuta é outro ponto a se destacar quando se trata dedespesas.
  13. 13. CLIENTE EM PRIMEIROLUGARSeguindo a filosofia: "Não basta atender o cliente com eficiência e simsurpreendê-lo sempre", a empresa adotou uma série de iniciativas que sócontribuíram para o desenvolvimento da marca. A certeza da própriaqualidade levou a rede a lançar o "Habibs 28 minutos". O programarevolucionou os sistemas de entrega de fast-food: se no espaço de 28minutos, contados a partir do momento em que o pedido é anotado, ocliente não receber a encomenda, não precisa pagar. Além dessediferencial, mantém no ar seu serviço de relacionamento com ocliente, batizado de "Alô Tia Eda".
  14. 14. O CENÁRIO DO FAST-FOODSeu poder de fogo ainda é pequeno se comparado ao da sua principalconcorrente: Mc Donalds. Mas isso não impede o comandante do Habibsde cutucar o gigante do fast-food. Para competir com a redeamericana, Alberto Saraiva teve que ser visionário e inovador em um paíscomo o Brasil, marcado pelas crises econômicas, onde mais de 70% dasempresas fecham as portas nos dois primeiros anos de vida. Albertoacredita que o segredo do seu sucesso foi persistir, não aumentar o preçopor longos períodos e manter a mesma qualidade do seu produto.
  15. 15. O CENÁRIO DO HABIB’SO Habibs atrai multidões de consumidores e lucra na quantidade deprodutos vendidos, mesmo com uma baixa margem de lucro. Tudo isso sófoi possível graças à personalidade de seu fundador:visionário, determinado e sonhador. Hoje, Alberto Saraiva, é dono de dozeempresas que fornecem a matéria-prima e serviços para uma série deprocessos e serviços da rede. A empresa, como o próprio empresário fazquestão de ressaltar, é a maior marca de fast food de comida árabe domundo. São 407 unidades espalhadas pelo país, 15 mil funcionários e umfaturamento de R$ 1 bilhão anual. A franquia ainda possiu lojas no México eEstados Unidos, buscando firmar o seu nome em patamar internacional.
  16. 16. PRIMEIRA LOJA HABIB’S 1988
  17. 17. O QUE PODEMOS APRENDER COM O HABIB’S• Venda de produtos alimentícios com valores acessíveis, atendimento rápido e de qualidade, inclusive com garçons.• Inovações no cardápio. No início da empresa o objetivo era vender produtos árabes. Decorridos alguns anos, estão sendo comercializados, também, produtos da culinária portuguesa – pasltelzinho de Belém, bolinho de bacalhau, entre outros.• Sistema de gestão moderno e que busca constantemente a redução de despesas e a melhoria da cadeia de fornecimento.• Diversificação dos investimentos, criando empresas que façam parte da cadeia de fornecimento para o Habib’s: sorvetes e demais sobremesas; pão sírio e outras massas; Call Center para atender aos pedidos dos clientes em “até 28 minutos ou você não pagará pelo lanche”. O objetivo principal das empresas é atender às demandas do Habib’s.
  18. 18. GRUPO ALSARAIVA Controladas da Holding
  19. 19. O GRUPO ALSARAIVAHABIB’SA maior rede de fast food brasileira e maior rede de fast food árabe domundo, com preços acessíveis e o conceito de alimentos padronizados comqualidade.RAGAZZORede de fast food de culinária italiana com a mesma receita de sucesso doHabib’s: produtos de qualidade com preço baixo.BOX 30A nova marca do grupo veio pra se tornar uma nova referência em fastfood, com muitas opções de salgados e ótimos preços. Em breve, a Box 30estará presente em várias cidades espalhadas pelo Brasil, levando até vocêmais um produto com a qualidade que você já conhece.
  20. 20. O GRUPO ALSARAIVAPROMILATLaticínio criado em 1997, hoje é o maior produtor de queijo de minas do Brasil e omaior captador de leite da bacia leiteira de Promissão, localizada no interior de SãoPaulo.ICE LIPS/PORTOFINOProduz 2 milhões de litros de sorvetes por mês que, além de serem vendidos nosrestaurantes e lanchonetes do grupo, também estão disponíveis em váriossupermercados.ARABIAN BREADProduz mais de 1 milhão de pães sírios, 400 mil discos de pizza, 300 mil pães parahambúrguer, além de milhares de Bib’sfihas folhadas e massas para pasteis efogazzas, tudo isso mensalmente.
  21. 21. O GRUPO ALSARAIVAVOXLINECriada para suprir as demandas de Delivery do “Alô Tia Eda” da redeHabib’s, a Voxline cresceu rápido e hoje atende também outros setores. Aempresa de telemarketing conta com 2,5 mil colaboradores em 1,9 milpostos de atendimento.PPMA agência de propaganda que faz as promoções e o marketing do grupo.Criada em 1997, a PPM foi premiada pelo Instituto Great Places to Workcomo a 8ª melhor agência do Brasil para se trabalhar.BIBS TURNossa agência de viagens sempre pronta para elaborar os melhoresroteiros nacionais e internacionais para você e sua família.
  22. 22. O GRUPO ALSARAIVAVECTOR 7Escritório de arquitetura responsável pelos projetos das lojas darede, sempre criando um ambiente agradável aos nossos clientes ecolaboradores.FRANCONSULTConsultoria de franquia que atende todos os interessados em fazer parte denossa rede e impulsiona o crescimento do grupo.PLANNEJConsultoria imobiliária especializada no assessoramento de compra evenda de imóveis.
  23. 23. OS MANDAMENTOS DALUCRATIVIDADE ( SARAIVA,ALBERTO)
  24. 24. FRASES DO “DRº SARAIVA”“Tinha uma idéia, abria um negócio, quando o movimento da loja estivessebom eu passava o negócio para frente”.“É melhor ter controle sobre tudo, para que nosso lucro não vá embora emcada etapa do processo”.“Sucesso para nós é a satisfação dos nossos clientes”.“Investimento em profissionalização, para nós, é sinônimo de educação”.
  25. 25. OBRIGADO PELA ATENÇÃOGrupo 6Angelo CamposAline GardinEleziel Alves SiqueiraFernando TaglieberJoão Paulo Mendes BernardesPriscila Guerra Nantes

×