Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Osm aula1

1,707 views

Published on

Bilbliografia básica Djalma de Pinho Rebouças

Published in: Business
  • Be the first to comment

Osm aula1

  1. 1. Professor: Adm Joel Vian CRA-RO/AC nº 0789
  2. 2.  Nome;  Onde Trabalha;  Função que desempenha;  Aplica o que é visto na graduação no trabalho?  Se SIM – Exemplo  Se NÃO – Porque.  Qual sua expectativa a respeito da disciplina de OSM
  3. 3. • Introdução ao estudo de Organização, Sistemas e Métodos; •Fundamentos de Organização; •Análise Organizacional; •Processos Organizacionais; •Estruturas Organizacionais; •Organogramas; •Fluxogramas; •Metodologia para levantamento, análise e prognostico de organizações; •Fluxo de Organizações em modelos e formulários; •Manualização e descrição de Processos; •Tópicos avançados de Análises de processos organizacionais; •Redesenho de processos; •Sucessão empresarial; •Estudos de Lay-out; •Estratégias empresariais; •Ferramentas administrativas.
  4. 4. Objetivos: a) Familiarizar os acadêmicos conceitos referentes a Organização, Sistemas e Métodos nas empresas; b) Sua importância para a administração, como utilizar para a melhoria dos tempos e movimentos otimização de processos, desenvolvimento de fluxos, estudos de organogramas, com foco na redução de custos; c) Aplicação no mercado de trabalho do profissional em OSM, definindo suas atribuições e área de atuação dentro da empresa, levando o acadêmico a visualizar a real função do analista de OSM;
  5. 5. •Aulas expositivas e participativas; •Estudos de casos com trabalhos em equipe e debates. • Resoluções de atividades em sala; • Jogos empresariais, (Dinâmicas) para obtenção dados brutos e serem compilados em sala e analisados de forma análoga a empresa; • Pesquisas on line com apresentação dos resultados; • Utilização de vídeos para analogia com os conteúdos.
  6. 6. •Avaliação A1 – Peso 30% Prova escrita 5,0 Trabalhos, participação e dinâmicas 5,0 •Avaliação A2 – Peso 30% Prova escrita 5,0 Trabalhos, participação e dinâmicas 5,0 •Avaliação A2 – Peso 15% Prova Athenas 10,0 •Avaliação A4 – Peso 25% Escrito (Conteúdo) 3,0 Maquete 3,5 Apresentação 3,5
  7. 7. Titulo: OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Sistemas, organização e métodos: uma abordagem gerencial São Paulo: Atlas, 2013 Disponível na biblioteca.
  8. 8. Titulo: CRUZ, Tadeu. Sistemas, organização e métodos: estudo integrado orientado a processos de negócios sobre organizações e tecnologias da informação São Paulo: Atlas, 2013 Disponível na biblioteca
  9. 9. “Mantenha seus pensamentos positivos porque seus pensamentos tornam-se suas palavras.” “Mantenha suas palavras positivas, porque suas palavrastornam-se suasatitudes.” “Mantenha suasatitudespositivas, porque suas atitudestornam-se seus hábitos.” “Mantenha seus hábitospositivos, porque seus hábitostornam-se seus valores.” “Mantenha seus valorespositivos, porque seus valores… Tornam-se seu destino.” Ghandi
  10. 10. Apresentar uma introdução sobre as definições de OSM, Mostrar as funções de um analista de OSM; Mostrar as aplicações de OSM
  11. 11. Organização MétodoSistema Preocupa-se com a estrutura organizacional da empresa e com a distribuição de funções de forma que este conjunto possa realizar um bom trabalho É o conjunto de atividades diretamente interligadas de maneira a possibilitar o alcance dos objetivos. É o conjunto de técnicas de trabalhos interligadas e ajustadas que proporcionam a realização da tarefa com o menor tempo e dispêndio de recursos.
  12. 12. •Porque estudar OSM?? •À medida que as organizações tornam-se mais complexas, aumenta a importância do conhecimento gerencial. •Desta forma estudaremos as organizações por meio da análise de cada uma das suas atividades.
  13. 13. “Função mista de Organização e Planejamento, desenvolvendo-se na construção da estrutura de recursos e de operações de uma instituição, assim como na determinação de seus planos, principalmente na definição dos procedimentos, rotinas e dos métodos.” (ROCHA, Luiz Oswaldo Leal da. Organização e Métodos. São Paulo: Atlas, 1998)
  14. 14. “Estudo das organizações por meio da análise de cada uma das suas atividades, a fim de criar procedimentos que venham a interligá-las de forma sistêmica.” (CRUZ, Tadeu. Sistemas, Organização & Métodos. São Paulo: Atlas, 2002)
  15. 15. “Antigo setor de O&M: – Apenas aconselhamento, muito isolado – Pouca preocupação com o “o que”, mais com o “como” • Pouco ligado ao objetivo da empresa – “Organizava, por organizar” – “Excesso de formulários” – “Mero desenho de fluxogramas” – “Burocratizava a organização”
  16. 16. •Atualmente mais focada em processos: – Mais estratégica – Métodos para alcançar os objetivos da organização – Auxilia na elaboração (ou melhoria) dos procedimentos •Consultoria: melhorar os processos da empresa – Formulários, organogramas e fluxogramas são ferramentas;
  17. 17. •Colaborar no alcance da eficácia da empresa, através das técnicas de redução de tempos, esforços e custos.
  18. 18. •Objetivos básicos: – Sensibilizar todos os integrantes da organização para a importância de participarem nas ações de: •Reestruturação; •Racionalização; •Qualidade; •Produtividade; – Buscar a participação efetiva nos programas de melhoria contínua dos processos – Eliminar o inútil ou supérfluo; – Maximizar os resultados; – Otimizar recursos e minimizar custos;
  19. 19. •Introduzir métodos de trabalho mais eficazes: – Bom nível de produtividade; – Minimização de ociosidade; – Ao menor custo possível; •Eficiência versus Eficácia •Proporcionar melhores resultados com: – Pessoal; – Material; – Espaço físico; – Tempo;
  20. 20. Pessoal: – Racionalização na distribuição de tarefas – Ferramentas mais adequadas – Eliminação de atividades desnecessárias • Material: – Padronização de documentos – Evitar desperdício (formulário e cópias) • Espaço: – Melhor distribuição do espaço; – Estudo do Lay Out; • Tempo: – Evitar desperdício de tempo e re- trabalho
  21. 21. • Estrutura organizacional: – Descrever o objetivo e as funções de cada uma das unidades empresariais; – Projetar a criação, união ou eliminação de unidades, e acompanhar a execução; – Elaborar e divulgar as normas, regulamentos e manuais necessários; • Desenvolvimento organizacional: – Estudar e definir os ciclos organizacionais; – Analisar ações alternativas visando a maturidade; – Avaliar os impactos decorrentes de ações; – Estruturar o treinamento, adequando-o às necessidades;
  22. 22. • Racionalização do trabalho: – Definir a movimentação de documentos; – Definir o fluxo das decisões nos sistemas – Estudar os sistemas e rotinas administrativas; – Melhorar os métodos de trabalho através da análise e criação de formas alternativas;
  23. 23. • Racionalização do trabalho: – Definir os formulários e demais instrumentos que acompanham as soluções adotadas; – Pesquisar evoluções tecnológicas que possam ser utilizadas pela empresa em suas áreas; – Desenvolver internamente novas soluções tecnológicas;
  24. 24. •É capaz de analisar os processos existentes, ou criar novos, inserindo- os no fluxo produtivo do negócio, a partir das estratégias, planos de ação e recursos da empresa; •Pode participar na criação de novos produtos; •Dirige equipes de reestruturação, de racionalização, de produtividade e de qualidade; •Coordena grupos tarefa; (operações: como fazer).
  25. 25. • Capacidade para levantar dados e analisá-los, reunindo idéias de forma lógica e utilizando métodos e técnicas de análise administrativa; • Capacidade de elaborar e implantar sistemas administrativos com base nos dados analisados; • Capacidade de lidar com programas, bem como manuseá-los, processos, processamentos, tendo em vista a planificação detalhada do processo de trabalho;
  26. 26. • Capacidade de concentração e concisão; • Habilidade para reconhecer as ferramentas e processos que a empresa usa; • Capacidade de demonstrar e disseminar as ferramentas e métodos adotados.
  27. 27. – Vantagens: • Conhece a cultura interna; • Consome menos tempo para Diagnósticos; – Desvantagens: • Pode ser influenciada nas decisões pela estrutura de poder; • Difícil alocação de custos; • Propensão ao vício nas visões de diagnósticos;
  28. 28. – Vantagens: • Visão imparcial dos problemas • Ausência de favoritismo nas soluções • Fácil caracterização dos custos – Desvantagens: • Consome mais tempo no diagnóstico • Desconhece a cultura interna • Perigo de criar dependência
  29. 29. No caso de uma consultoria externa funcionará como um órgão de Staff, efetuando estudos relacionados a problemas organizacionais, e de processos administrativos, aconselhando, indicando ou sugerindo soluções.
  30. 30. Pesquisar local e o que um profissional de OSM ajudaria na empresa onde trabalha.
  31. 31. Pesquisar sobre as ferramentas administrativas:

×