UNDIME - PB
União Nacional dos Dirigentes Municipais da Paraíba
PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA PROFISSIONAIS
DA EDUCAÇÃO NA ...
UNDIME - PB
União Nacional dos Dirigentes Municipais da Paraíba
PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA PROFISSIONAIS
DA EDUCAÇÃO NA ...
UNDIME - PB
União Nacional dos Dirigentes Municipais da Paraíba
PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA PROFISSIONAIS
DA EDUCAÇÃO NA ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Jairofelipe sintese da_unidade_i

331 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
331
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Jairofelipe sintese da_unidade_i

  1. 1. UNDIME - PB União Nacional dos Dirigentes Municipais da Paraíba PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO NA PLATEFORMA DO E-PROINFO ELABORAÇÃO DE PROJETOS/ 40h TUTORA: IZABEL CRISTINA COSTA DE ARAÚJO RODRIGUES CURSISTA: JAIRO ALVES FELIPE PERÍODO DA ATIVIDADE: 21/10/2013 A 29/10/2013. DATA DO ENVIO: 29 de outubro de 2013. _______________________________________________________________ BRASIL. Ministério da Educação / Secretaria de Educação Básica. Elaboração de Projetos Guia do Cursista. 1ª ed. Brasília: 2013, p. 14-42 SÍNTESE Capítulo I – Projetos A primeira Unidade do Curso “Elaboração de Projetos”, inicia-se com a uma breve discussão teórica acerca do conceito de projeto. Em seguida, apresenta um resgate histórico, onde são elencadas suas características metodológicas, bem como as implicações envolvidas nos processos de ensino e aprendizagem, com o uso das tecnologias e mídias. A ideia de projeto é uma construção própria do ser humano, que ele mesmo tenta concretizar por meio de um conjunto de ações que visam transformar em realidade algo que ainda não aconteceu. Com isso, o projeto traz em sua essência as ideias de previsão de futuro, abertura para mudanças, autonomia na tomada de decisão e flexibilidade. Fazendo resgate histórico, conhecemos as ideias de alguns educadores, que continuam presentes e ressignificados nas propostas atuais do trabalho com projetos em sala de aula.  Pestalozzi e Froebel (Século XVIII) – Defenderam a ideia de uma educação voltada para os interesses e necessidades das crianças, valorizando a experimentação prática;  Decroly e Montessori – Apontaram a necessidade de trabalhar com os métodos ativos. Montessori (Estimulação sensória motora); Decroly (Centros de interesses);  Dewey e Kilpatrick (Década de 20) – Enfatizam a importância da escola como espaço vivo e aberto para a realidade (Escola Ativa). Dewey foi o grande sistematizador da Pedagogia de Projetos e Kilpatrick desenvolveu o Método de Projetos;  Célestin Freint (Década de 30) - Propôs uma pedagogia de busca e de experiências, onde o aluno teria papel ativo voltado para o trabalho e atividade em grupo;  Paulo Freire (Década de 60) – Introduz o debate político e a realidade sociocultural no processor escolar com a educação libertadora e os denominados temas geradores. Dona Inês/PB, 21/10/2013 Página 1 de 3
  2. 2. UNDIME - PB União Nacional dos Dirigentes Municipais da Paraíba PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO NA PLATEFORMA DO E-PROINFO ELABORAÇÃO DE PROJETOS/ 40h TUTORA: IZABEL CRISTINA COSTA DE ARAÚJO RODRIGUES CURSISTA: JAIRO ALVES FELIPE PERÍODO DA ATIVIDADE: 21/10/2013 A 29/10/2013. DATA DO ENVIO: 29 de outubro de 2013. _______________________________________________________________ Desse modo, observa-se que as ideias e orientações acerca do trabalho por projeto não são novas. Elas surgiram mais explicitadamente com Dewey e Kilpatrick, que enfatizaram a importância de trabalhar com os estudantes a partir de uma situação problemática. A partir dos anos 80 e 90, o conceito de Projeto se evidencia no cenário educacional com uma nova dimensão, sendo em parte reflexo dos estudos da teoria construtivista de Piaget, a qual explica o processo de aprendizagem e a aquisição dos conhecimentos. Na década de 90, Fernando Hernández (1998) aponta que o projeto não deve ser visto como uma opção puramente metodológica, mas como uma maneira de repensar a função da escola, o ensino e a aprendizagem. Para ele o trabalho por projeto permite que o estudante aprenda fazendo e reconheça a sua autoria naquilo que produz. As ideias difundidas por Hernández repercutem no Brasil por meio das novas propostas de orientação curriculares. É importante ressaltar que o trabalho por projeto caracteriza-se por uma situação de aprendizagem abrangente, que potencializa a interdisciplinaridade (integração de dois ou mais componentes curriculares) e a transversalidade (potencializa as situações que valorizam as relações humanas e sócias, promovendo a possibilidade de solução dos mesmos). No tocante ao trabalho por projeto com tecnologia, destaca-se que este começou a chegar às escolas públicas, um pouco antes dos anos 90. A professora Léa Fagundes foi criadora de uma proposta metodológica de projetos desenvolvidos com estudantes, usando os recursos computacionais. Essa proposta deu origem ao Projeto Amora, estruturado em uma metodologia de trabalho com projeto denominado de Projeto de Aprendizagem. Por fim, ressalta-se que em todo projeto é necessário o acompanhamento contínuo do processo de aprendizagem dos estudantes, bem como suas intencionalidades pedagógicas. É preciso ter abertura e flexibilidade para empregar as estratégias e tecnologias adequadas. Além disso, faz-se necessário sensibilizar os demais autores da comunidade escolar. À medida que vai sendo apresentado o conteúdo da unidade I são propostas algumas atividades a serem desenvolvidas pelos cursistas, as quais estão destacadas na tabela: Dona Inês/PB, 21/10/2013 Página 2 de 3
  3. 3. UNDIME - PB União Nacional dos Dirigentes Municipais da Paraíba PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO NA PLATEFORMA DO E-PROINFO TABELA I – ATIVIDADES PROPOSTAS NA UNIDADE I ELABORAÇÃO DE PROJETOS/ 40h TUTORA: IZABEL CRISTINA COSTA DE ARAÚJO RODRIGUES CURSISTA: JAIRO ALVES FELIPE PERÍODO DA ATIVIDADE: 21/10/2013 A 29/10/2013. DATA DO ENVIO: 29 de outubro de 2013. _______________________________________________________________ Dona Inês/PB, 21/10/2013 Página 3 de 3

×