Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Dados científicos estudo de caso do diretório de repositórios de dados re3 data

84 views

Published on

Estudo de caso do diretório de repositorios de dados re3data.org

Published in: Data & Analytics
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Dados científicos estudo de caso do diretório de repositórios de dados re3 data

  1. 1. DADOS CIENTÍFICOS: ESTUDO DE CASO DO DIRETÓRIO DE REPOSITÓRIOS DE DADOS RE3DATA.ORG Mestranda Eng. Jacquelin Teresa Camperos Reyes Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação – UNESP FCC
  2. 2. O volumem de dados está mudando comportamentos, negócios, formas de governar, até, formas de socializar Âmbito científico: Avultada quantidade de dados, produzida pelas amplas possibilidades na geração deles pelas novas tecnologias demarca a eScience (SAYÃO; SALES, 2016)
  3. 3. eScience Padrão intelectual para produzir conhecimento cientifico – conhecido como o Quarto Paradigma Científico – que é caracterizado pela produção e o uso intensivo de dadose pelo compartilhamento e colaboração, baseados em redes de computadores de alto perfomance. (SALES; SAYÃO, 2015)
  4. 4. A CIÊNCIA BASEADA EM DADOS, O PAPEL DAS BIBLITOECAS TRADICIONAIS, AS PARCERIAS DAS BIBLIOTECAS COM OUTROS ATORES “[...] eScience apresenta uma oportunidade única para as bibliotecas se reinventarem e se estabelecerem como parte integrante dos fluxos de pesquisa das suas instituições.” (SALES; SAYÃO, 2015) O crescente fluxo de dados supõe uma extensão natural das funciones das bibliotecas?
  5. 5. Diretórios de dados de pesquisa Identificadores persistentes nas coleções de dados trazem como vantagem o fato de que esse identificador aponta/direciona sempre o conjunto de dados, mesmo que tenha sido mudada a sua localização (MONTEIRO, 2017). Os diretórios de dados de pesquisa permitem o acesso a dados, produtos de pesquisas, com o fim de que usos interdisciplinarespossam levar-se a cabo em diversos ambientes e áreas do conhecimento. Os dados que estão sendo publicados precisam de um tratamento específico de descrição, quando publicados como conjuntos de dados. Digital Object Identifiers (SAYÃO; SALES, 2016)
  6. 6. What Diretório de repositórios de dados de pesquisa de uma ampla gama de disciplinas acadêmicas (DATACITE, 2017) 5W1H Serviço fornecido por DataCite
  7. 7. Who 5W1H re3data.org é um serviço oferecido por DataCite, organização global, sem fins lucrativos, de mais de 20 países. Os membros: compartilham a missão de intercâmbio de dados. Centros de datos, bibliotecas, agencias gubernamentales, universidades, etc. Alguns... São 47 membros
  8. 8. Parceiros re3data.org Information Science Library Geologia Física Química Biologia Engenheiras Ciências Naturais Farmácia Medicina Veterinária
  9. 9. Why 5W1H DataCite provê serviços para satisfazer necessidades da comunidade científica, com o desafio de fazer que os dados de pesquisa sejam visíveis e acessíveis. Pretendem dar apoio a pesquisadores da comunidade global para encontrar, identificar e citar dados; Apoio a editores de revistas vinculando artigos científicos com dados e objetos subjacentes. Orientação e suporte a organismos de financiamento. Outros serviços: DOIs, estatísticas, OAI-PMH, citações de dados, ... (DATACITE, 2017)
  10. 10. When Where 5W1H O projeto começa em 2012, financiado pela Fundação Alemã de Investigação (DFG – sigla no alemão). Ativa participação de bibliotecas universitárias e centros de pesquisa da Alemanha. Logo após de fusão com outro diretório de repositórios, começa ser administrado pela DataCite no final de 2015. (DATACITE, 2017)
  11. 11. 5W1H How
  12. 12. 27 filtros distintos
  13. 13. REFERÊNCIAS DATACITE. 2017. Disponível em: <https://www.datacite.org/>. Acesso em: 01 jun. 2017. MONTEIRO, E. C. S. A. Direitos autorais nos repositórios de dados científicos: análise sobre os planos de gerenciamento dos dados. 2017. 118 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2017. RE3DATA. 2017. Disponível em: <http://www.re3data.org/>. Acesso em: 01 jun. 2017. SALES, L. F.; SAYÃO, L. F. Há Futuro para as Bibliotecas de Pesquisa no Ambiente de eScience?. Informação & Tecnologia, v. 2, n. 1, p. 30-52, 2015. Disponível em: <http://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/itec/article/view/26029>. Acesso em: 02 jun. 2017. SAYÃO, L. F.; SALES, L. F. Curadoria digital e dados de pesquisa. AtoZ, v. 5, n. 2, p. 67–71, 2016. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.5380/atoz.v5i2.49708>. Acesso em: 01 jun. 2017.
  14. 14. Obrigada!

×