Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Uma das dificuldades, no interrelacionamento pessoal,
 é constituída pela falta de cuidado nas conversações.
As criaturas, dominadas pelos conflitos, perdem,
 a pouco e pouco, a habilidade para bem ouvir.
Ouvir é uma arte como outra qualquer que exige
         interesse e propõe cuidados.
Procura ouvir sem preconceito; porém, com respeito.
O que ouças, deve ser digerido, a fim de bem assimilado.
Evita ouvir, discutindo mentalmente, recusando-te,
               julgando, protestando.
Dominado pelo emocional, perderás o melhor da
     palavra, confundindo o raciocínio.
Ouve desse modo, sem ansiedade, sem rebeldia interior.
Quando não entendas o pensamento, pede para que seja
    repetido; ...
O homem fala para melhor entender o seu próximo.
Ouvindo-o com equilíbrio, pode dirimir os equívocos e
      aprender tudo...
Quem ouve bem, aprende, entesoura e renova-se,
sabendo selecionar o que lhe é útil, daquilo que deve ser
              rac...
Ouve, portanto, sem perturbação, a fim de lograres
                    precisão.
Ouvir Com AtençãO
Ouvir Com AtençãO
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Ouvir Com AtençãO

1,056 views

Published on

Published in: Health & Medicine, Technology
  • Login to see the comments

  • Be the first to like this

Ouvir Com AtençãO

  1. 1. Uma das dificuldades, no interrelacionamento pessoal, é constituída pela falta de cuidado nas conversações.
  2. 2. As criaturas, dominadas pelos conflitos, perdem, a pouco e pouco, a habilidade para bem ouvir.
  3. 3. Ouvir é uma arte como outra qualquer que exige interesse e propõe cuidados.
  4. 4. Procura ouvir sem preconceito; porém, com respeito. O que ouças, deve ser digerido, a fim de bem assimilado.
  5. 5. Evita ouvir, discutindo mentalmente, recusando-te, julgando, protestando.
  6. 6. Dominado pelo emocional, perderás o melhor da palavra, confundindo o raciocínio.
  7. 7. Ouve desse modo, sem ansiedade, sem rebeldia interior. Quando não entendas o pensamento, pede para que seja repetido; se te não surge clara a ideia, propõe esclarecimento.
  8. 8. O homem fala para melhor entender o seu próximo. Ouvindo-o com equilíbrio, pode dirimir os equívocos e aprender tudo quanto esteja ao alcance.
  9. 9. Quem ouve bem, aprende, entesoura e renova-se, sabendo selecionar o que lhe é útil, daquilo que deve ser racionalmente dispensado.
  10. 10. Ouve, portanto, sem perturbação, a fim de lograres precisão.

×