Leitura de imagens - VTS

1,131 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Leitura de imagens - VTS

  1. 1. Leitura de ImagensVisual Thinking Strategy Workshop Museu Nacional de Arte Antiga 16 de Junho de 2012
  2. 2. 1956
  3. 3. • Visual Thinking Strategies (VTS) é um método de ensinobaseado em pesquisa que melhora o pensamento crítico e as competências linguísticas através de discussões de imagens visuais. A VTS incentiva a participação e auto-confiança. A VTS é fácil de aprender e oferece uma estratégia comprovada para os educadores para atender aos actuais objectivos de aprendizagem.
  4. 4. "Our opinions do not really blossom into fruition until we have expressed them to someone else.“ Mark Twain
  5. 5. | Literacia Visual• O cérebro tem a capacidade de rapidamente dar sentido e recordar-se de um registo visual. Visualizações na forma de diagramas, gráficos, desenhos, imagens, e uma variedade de outras formas podem ajudar os alunos a compreender informações complexas. Uma imagem bem concebida/escolhida e pensada para o desenvolvimento da literacia visual pode produzir uma experiência de aprendizagem tão ou mais poderosa e memorável do que uma mera descrição verbal ou textual.
  6. 6. | VTS - Fundamentos• VTS é um modelo de aprendizagem centrado no aluno, baseado num modelo/ método de ensino pela pesquisa que usa a Arte para desenvolver capacidades de observação, reflexão, escuta activa e comunicação.
  7. 7. | VTS - Resultados• Incremento das competências de escrita;• Desenvolvimento da confiança nos alunos para utilização de capacidades de compreenderem e utilizarem co-relações lógicas complexas;• Desenvolver o hábito da integração da Arte no desenvolvimento das ideias e projectos dos alunos.
  8. 8. | VTS - Aprendizagens• A VTS pede aos alunos para aplicar essas competências visuais intrínsecas.• A VTS utiliza perguntas que todos podem responder e desafia os alunos a observar e pensar profundamente.• Os alunos desenvolvem uma vasta gama de memórias visuais de valor inestimável na motivação para a leitura.• Os alunos aprendem a pensar em conjunto, com base nos conceitos e ideias uns dos outros. Observações, ideias e conhecimento são partilhados. Aprendem a ouvir, argumentar respeitosamente e encontrar soluções colectivamente.
  9. 9. | VTS – A Arte - Razões• Os temas ligados às artes permitem integrar antigas histórias muitas vezes abordando assuntos universais e reflexões sobre a condição humana.• Os temas ligados às artes transcendem as fronteiras económicas e culturais.• A arte é intencionalmente ambígua, aberta a uma variedade de interpretações válidas.• Os sentimentos são incorporados na arte junto com a informação provocando uma gama completa de expressões emocionais e racionais a quem contempla a obra de arte.• Um multiplicidade de significados, símbolos e metáforas incentivam a dúvida e a curiosidade na leitura integrada e orientada/provocatória da obra de arte.
  10. 10. | VTS – O Pensamento• A maioria do pensamento lógico – mais concretamente do conhecimento - começa com observações que formam a base para as ideias que mais tarde se concretizam em linguagem. Assim a VTS trabalha o processo de aquisição de conhecimentos através de:• Realização de pensamentos complexos e interligações lógicas de conceitos;• Edificação de conclusões integradas;• Operacionalização de múltiplas soluções para um problema;• Revisão fundamentada: "No começo eu pensei… mas agora eu acho ...!”• Revisão crítica: “O que eu queria dizer era…”
  11. 11. E então como se faz?Exemplo de utilização da VTS na leitura de uma imagem. 9 Passos para uma “Aula”
  12. 12. | VTS – Em 9 Passos…• 1 | O professor selecciona uma imagem interessante ou pintura, que se relaciona ao tema/matéria a ser analisada/trabalhada.• 2 | A imagem é projectada em sala ou observada num museu.• 3 | Os alunos são convidados à contemplação: “Olha a imagem em silêncio por cinco minutos e pensa sobre o que estás a ver.”
  13. 13. | VTS – Em 9 Passos…• 4 | Depois de alguns minutos o professor coloca a questão para a turma: "O que vês nesta imagem?" As respostas dos alunos, muitas vezes começam (e acabam) com o óbvio: - "Há um homem a passear com o cão e um outro homem a andar de bicicleta. A imagem parece velha e eu acho que foi tirada numa cidade...“ Primeiro aviso: Evitar ao máximo (ou sempre) a pergunta: “O que vês nesta imagem?”. Substituir por uma das perguntas orientadoras da metodologia VTS.
  14. 14. | VTS – Em 9 Passos…• 5 | Quando um aluno dá uma indicação qualitativa, o professor pede para complementar a afirmação com mais informações: “Disseste que a imagem parece velha. O que te faz dizer isso?/Onde estás a ver isso?" Os alunos devem justificar as suas respostas fornecendo evidências da imagem. Podem dizer, por exemplo: "É a preto e branco e os carros na parte de trás todos parecem ter sido feitos há muito tempo ou são antigos."
  15. 15. | VTS – Em 9 Passos…• 6 | De seguida o professor pede aos alunos para partilhar opiniões divergentes e apresentarem uma justificação. Um aluno pode dizer: "O homem na bicicleta está vestido de fato. Eu acho que está a ir para o trabalho na sua bicicleta porque ele não tem um carro." O professor então pergunta: "Será que todos concordam com isso? É por isso que este homem está andando de bicicleta de fato?" Outro aluno pode dizer: "Eu não penso assim. Eu acho que ele só gosta de andar de bicicleta. Talvez eles tivessem roupas para andar de bicicleta naquela época.“ Segundo aviso: Devem ser evitadas perguntas de clarificação da estratégia de observação divergente múltipla como a apresentada. A leitura da imagem deve ser aprofundada por questões orientadoras da metodologia VTS e com através delas transformar essa mesma leitura numa apropriação colectiva da interpretação convergente e divergente de cada aluno.
  16. 16. | VTS – Em 9 Passos…• 7 | A discussão continua até os alunos terem partilhado tudo o que puderem/quiserem sobre a imagem. A gestão do tempo é muito importante porque a leitura de uma imagem exige contemplação.• 8 | O professor resume o que os alunos disseram fazendo uma síntese conciliadora das diferentes leituras numa conclusão colectiva da interpretação da imagem. "Então, depois de olhar para esta imagem pensamos que se trata de um registo antigo onde se representa um homem a caminho do seu trabalho. Podemos ver isso porque a imagem tem apontamentos de época e é a preto e branco como referiram”.• 9 | O professor apresenta aos alunos o fundamento e explicação da obra/imagem como documento histórico ou registo artístico.
  17. 17. | VTS – Actividades Complementares• Competências escritas | Os alunos escrevem de três a seis frases ou perguntas sobre a imagem e depois partilham entre colegas que lhes dão respostas por escrito. Isso permite que os alunos tenham um livro ilustrado com as suas próprias anotações para lembrá-los de que aprenderam e pensaram.
  18. 18. | VTS – Actividades Complementares• Competências de Leitura | Imaginemos que os alunos estão a ler o jornal sobre a industrialização em Portugal a partir de 1900. O professor ressalta que a mesma criatividade e maneira de pensar que os alunos utilizaram a olhar para a imagem será usada para compreender a leitura. Quando os alunos discutirem sobre o que estão a ler o professor faz o mesmo tipo de perguntas (metodologia VTS) sobre o texto. "O que está a acontecer nessa notícia? Como sabes isso?“…
  19. 19. Então quais são as perguntas VTS?
  20. 20. | VTS - Perguntas Perguntas Estruturantes O que está a acontecer nesta imagem? Onde estás a ver isso? Que mais podemos ver nesta imagem?
  21. 21. | VTS - Perguntas Perguntas de AlargamentoQue mais podemos dizer sobre as personagens na imagem?Que mais podemos dizer sobre o cenário presente na imagem?O que estaria o artista a ver ou onde estaria para criar esta imagem?Que objectos/representações parecem mais perto de nós? E mais longe? E no meio?
  22. 22. | VTS - Perguntas Perguntas de EfeitoO que achas que terá levado o artista a trabalhar este tema/criar esta imagem?Porque achas que o artista se interessou por este tema? O que o influenciou?O que perguntarias ao artista se ele estivesse agora aqui?
  23. 23. | VTS – Ferramentas de Ligação Técnicas de Facilitação• Paráfrase e comentários neutros.• Foco na área que está sendo discutida.• Ligar comentários contrastantes e complementares.
  24. 24. | VTS – Resumo Fundamental Os professores são convidados a usar três perguntas: O que está a acontecer nesta imagem? O que vês que te faz dizer isso? O que mais podemos encontrar? Três técnicas de facilitação: Paráfrase e comentários neutros. Foco na área que está sendo discutida. Ligar comentários contrastantes e complementares. Os alunos são convidados a: Olhar atentamente para as obras de arte. Falar sobre o que estão a observar. Repensar nas suas ideias quando confrontados com outras soluções. Ouvir e considerar as opiniões dos outros. Discutir muitas interpretações possíveis.
  25. 25. PráticaDa Imagem à Arte
  26. 26. | VTS – Aplicação• Escolham uma ou duas obras do espólio do Museu Nacional de Arte Antiga e em grupo dinamizem uma leitura dessa ou dessas imagens de acordo com as orientações e metodologia VTS. Em grupos de 4 elementos terão os colegas de workshop como elementos para uma prática simulada de utilização da VTS como metodologia de interpretação das imagens escolhidas por cada grupo.
  27. 27. FIM

×