ortografia ARTUR GOMES DE MORAIS

12,419 views

Published on

Published in: Education

ortografia ARTUR GOMES DE MORAIS

  1. 1. ORTOGRAFIA:ENSINAR EAPRENDER(Artur Gomes de Morais)<br />
  2. 2. Escola Municipal ProfessoraLuquinha – Dona Inês/PBPrimeiroGrupo:Dorinha, Josenildo e Izabel.Em: 30/09/2011.EncontroPedagógicoORTOGRAFIA: ENSINAR E APRENDER (Artur Gomes de Morais)<br />2<br />
  3. 3. O ENSINO DE ORTOGRAFIA HOJE<br /> O ensino de ortografia não evoluiu como os outros aspectos do ensino da Língua Portuguesa; As escolas continuam tendo dificuldades em promover o conhecimento ortográfico a seus alunos; As avaliações são apenas para identificar se o aluno esta escrevendo corretamente.<br />3<br />
  4. 4. PESQUISA FEITA EM RECIFE PARA ALUNOS DA 2ª A 4ª SÉRIE DA REDE PÚBLICA<br />Se constatou que entre os professores a atividade mais usada para o ensino de ortografia é o ditado, e a correção é feita no quadro para que os alunos possam corrigir o que erraram.<br />Escolas que reservam horário só para o treino de ortografia<br />Além do ditado usam-se métodos como, cópias, memorização e recitação<br />4<br />
  5. 5. Para o construtivismo<br />Não garantem que o aluno mesmo reproduzindo-as várias vezes a compreenda, ele apenas imita o modelo certo;<br />Épreciso mudar a atitude do Professor perante o erro do aluno, o erro na escola é visto como ausência de raciocínio, fracasso e falta de atenção, e a punição é o meio de concertar este erro, fazem com que o aluno copie a mesma palavra por diversas vezes como garantia de entenderem a forma correta de escreve-la<br />5<br />
  6. 6. PRINCÍPIOS GERAIS PARA O ENSINO DA ORTOGRAFIA<br />I – O aluno precisa ter acesso a boas histórias, lendas, poesias, jornais e outros gêneros<br />II - Deve-se mudar as práticas de ensino e o preconceito sobre o erro do aluno<br />III – Deve-se colocar metas para que os alunos aprendam ortografia a fim de orientar o trabalho do professor e facilitar o entendimento aos alunos. <br />6<br />
  7. 7. QUANDO COMEÇAR A ENSINAR ORTOGRAFIA?<br />Acriança tem condições de aprender ortografia assim que puderem ler e escrever sozinhas; quando a curiosidade de saber porquê uma letra se escreve com S e não com Z, deve ser estimulada<br />7<br />
  8. 8. METAS ESTABELECER PARA CADA TURMA<br />Heterogeneidade de uma turma para outra<br />Oensino mais eficaz é aquele que leva em conta os conhecimentos prévios que possuem e a partir deles criar oportunidades para a aprendizagem que virão a viver previamente.<br />8<br />
  9. 9. COMO SEQUÊNCIA O ENSINO DE ORTOGRAFIA?<br />Aregularidade ou irregularidade das correspondências fonográficas e a frequência de uso das palavras na língua escrita,<br />Sempre um principio geral e o bom senso, ajudando o aprendiz a superar regras e como compreendê-las lhe permitirá escrever com segurança as palavras que possui mais dificuldades,<br />Éimportante a criança reconhecer que em alguns casos não há regras e é preciso memorizar a forma correta da palavra.<br />9<br />
  10. 10. SITUAçÕESDE ENSINO-APRENDIZAGEM i: REFlETINDOSOBRE A ORTOGRAFIA A PARTIR DOS TEXTOS<br />DITADO INTERATIVO<br />RELEITURA COM FOCALIZAÇÃO<br />REESCRITA COM TRANSGRESSÃO OU CORREÇÃO<br />10<br />
  11. 11. SITUAÇÕES DE ENSINO-APRENDIZAGEM II – ATIVIDADES DE REFLEXÃO SOBRE AS PALAVRAS FORA DE TEXTOS<br />Segundo o autor a análise linguística, pressupõe que a língua pode ser tratada como um objeto de conhecimento não somente como um instrumento de comunicação.<br />Feita a separação dos dois conjuntos, as crianças então passam a discutir se há alguma palavra fora do lugar, em seguida pedimos que as crianças produzam outras palavras que possam fazer parte da mesma coluna.<br />Poucas crianças apresentam esse tipo de dificuldade porem se precocemente conseguimos intervir evitaremos que acumulem experiências de fracasso no âmbito da ortografia.<br />11<br />
  12. 12. Considerações finais<br />O livro nos faz refletir um pouco mais sobre o papel do educador ao mediar um conhecimento tão importante quanto à ortografia. O autor, em diversas vezes, apresenta suas opiniões sobre como esse educador poderia agir diante de tal ensino, proporcionando assim uma análise sobre como deve ser desenvolvido o ensino da ortografia nos alunos, ou seja, “o quê”, “como”, “quando” e “para que” serão utilizados alguns métodos essenciais para sua realização.<br />12<br />
  13. 13. biografia<br />Artur Gomes de Morais, pós-doutor em Psicologia pela Universidade de Barcelona, é professor do Centro de Educação da Universidade Federal de Pernambuco. Também desenvolve pesquisas nas áreas de psicolinguística, didática da língua portuguesa e formação de professores. <br />13<br />
  14. 14. Agradecida a todospelaatenção e tenham um bomdia!<br />ORTOGRAFIA:ENSINAR EAPRENDER(Artur Gomes de Morais)<br />

×