Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Termologia prof Ivanise Meyer

174 views

Published on

Aula organizada pela prof.ª Ivanise Meyer na Escola Municipal Albert Sabin (2009 – 2015 / PEJA II/Bloco 2) - Ciências Naturais.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Termologia prof Ivanise Meyer

  1. 1. Termologia Ciências Naturais
  2. 2. 2Ciências Naturais - ICRM Termologia  A energia não pode ser criada nem destruída, apenas passar de uma forma para outra. Pode, também, ser transferida de um corpo para outro.  O calor é uma forma de energia. E ele é o melhor exemplo de que a energia se transfere de um corpo para outro.  A parte da Física que estuda o calor chama-se Termologia.
  3. 3. O que é calor?  Todos os corpos no Universo irradiam calor, o que não significa que todos eles sejam quentes, no sentido cotidiano do termo.  Calor é a energia do movimento das partículas que compõem a matéria e que se transfere de um corpo para outro.  Para que essa transferência ocorra é preciso que haja uma diferença de temperatura entre eles. Ciências Naturais - ICRM 3
  4. 4. Ciências Naturais - ICRM 4
  5. 5. Temperatura  Temperatura é uma medida do estado de agitação das partículas de um corpo.  Para medir a temperatura utilizamos o termômetro.  Temperatura não é energia.  Se um corpo tem a mesma temperatura que outro, não há transferência de calor. Dizemos que estão em equilíbrio térmico. Ciências Naturais - ICRM 5
  6. 6. Dilatação térmica  Quando uma substância absorve ou perde calor, muitas de suas propriedades físicas variam. Os principais efeitos térmicos são a dilatação e a mudança de estado físico.  A dilatação térmica acontece com os sólidos, líquidos e gases. Em geral, os corpos se dilatam quando absorvem calor, aumentando seu volume. Exceção: a água no intervalo de 0°C a 4°C. Ciências Naturais - ICRM 6
  7. 7. Dilatação térmica  A dilatação térmica acontece com os sólidos, líquidos e gases. Em geral, os corpos se dilatam quando absorvem calor, aumentando seu volume.  Exceção: a água no intervalo de 0°C a 4°C. Ciências Naturais - ICRM 7
  8. 8. Exemplos de dilatação térmica: Ciências Naturais - ICRM 8 O espaço de dilatação foi insuficiente e os trilhos ao dilatarem saíram da posição correta.
  9. 9. Ciências Naturais - ICRM 9
  10. 10. Ciências Naturais - ICRM 10
  11. 11. Dilatação: termômetro  Termômetro é o instrumento usado para medir a temperatura dos corpos. Os termômetros têm uma escala que indica a temperatura dos corpos.  No interior dos termômetros há substâncias que, quando recebem uma certa quantidade de calor, se dilatam.  O mercúrio, por exemplo, é um metal líquido que, colocado num pequeno reservatório ligado a um tubo capilar de vidro, permite a medida da temperatura. Ao receber calor, o líquido se dilata subindo pelo vidro. Ciências Naturais - ICRM 11
  12. 12. Ciências Naturais - ICRM 12
  13. 13. Mudanças de estado físico  O que determina cada estado físico das substâncias é o grau de aproximação entre as partículas formadoras do corpo que está relacionado com a temperatura. Ciências Naturais - ICRM 13
  14. 14. As substâncias podem se apresentar nos estados sólido, líquido ou gasoso. Ciências Naturais - ICRM 14
  15. 15. Mudanças de estado físico Ciências Naturais - ICRM 15
  16. 16. Propagação do calor  Calor é uma energia térmica que se propaga de um corpo com maior temperatura para um de menor temperatura essa propagação ocorre de três maneiras: condução, convecção e irradiação. Ciências Naturais - ICRM 16
  17. 17. Condução  A energia térmica passa de partícula por partícula.  A transmissão de calor acontece por choques ou colisões entre os átomos adjacentes.  Os metais são normalmente os melhores condutores de energia térmica. Ciências Naturais - ICRM 17
  18. 18. Ciências Naturais - ICRM 18
  19. 19. Convecção  É o processo de transferência de calor que ocorre através do deslocamento de camadas de um fluido, isto significa que ocorre com os líquidos e os gases.  Convecção é a transferência de energia térmica pelo movimento de moléculas de uma parte do material para outra. Ciências Naturais - ICRM 19
  20. 20. Exemplo de convecção (conservação dos alimentos dentro da geladeira)  A temperatura dos alimentos é maior que a temperatura do ar dentro da geladeira, então os alimentos transferem para o ar certa quantidade de energia térmica, esse ar fica aquecido, ficando menos denso que antes do contato com os alimentos. Assim, esse ar sobe, quando ar quente sobe encontra-se com o congelador que tem o ar frio conseqüentemente mais denso. Assim o ar resfria e volta (desce) conservando os alimentos. Esse processo é a propagação de calor por convecção. Concluímos que as partículas se movimentam junto com a energia térmica. Ciências Naturais - ICRM 20
  21. 21. Ciências Naturais - ICRM 21
  22. 22. Aquecedor de ambiente Ciências Naturais - ICRM 22
  23. 23. Ciências Naturais - ICRM 23
  24. 24. Radiação (ou irradiação)  É a transferência de energia térmica através do espaço vazio.  Nenhum meio é necessário para a irradiação ocorrer, pois é transferida através de ondas eletromagnéticas.  Esta é a única forma de transmissão de calor que pode ocorrer no vácuo. Ciências Naturais - ICRM 24
  25. 25. Ciências Naturais - ICRM 25
  26. 26. Isolantes térmicos  O ar é um bom isolante térmico: desde que ele não se movimente. As roupas ajudam a reter uma camada de ar junto ao corpo, dificultando a troca de calor com o ambiente e protegendo-nos do frio. É o caso também do isopor, que contém microscópicas bolhas de ar dentro dele. A função do isolante térmico é dificultar a transferência de calor com o ambiente.  Exemplos: o ar (parado), o isopor, a madeira, a borracha, etc. Ciências Naturais - ICRM 26
  27. 27. O cobertor é um isolante térmico. Ciências Naturais - ICRM 27
  28. 28. Iglu A neve é um ótimo isolante térmico, os flocos aprisionam o ar no seu interior evitando assim a perda de calor (conservam o o calor emitido pelos moradores e outras fontes como fogueiras). No exterior as temperaturas chegam a -45° no interior podem variar de -7° e 16°. O uso de lamparinas e fogueiras no interior também ajuda solidificar a camada interna de gelo, que é derretida e ao se solidificar cria uma vedação. Ele deve ter pelo menos 1,70 m para que o fogo não o derreta. Ciências Naturais - ICRM 28
  29. 29. Como funciona uma garrafa térmica? Ciências Naturais - ICRM 29
  30. 30. Isolamento térmico na residência Ciências Naturais - ICRM 30
  31. 31. Ciências Naturais – Prof.ª Ivanise Meyer 31

×