Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Sistema Linfático
Ciências Naturais
Ciências Naturais - ICRM 1
 O sistema linfático é
constituído pela linfa,
vasos e órgãos linfáticos.
 Suas principais funções
são atuar no sistema
...
Sangue e linfa
 Apesar de o sangue levar os materiais às células e
remover todos os restos da atividade celular, ele
não ...
Ciências Naturais - ICRM 4
Linfa
 A linfa é o líquido que circula pelos vasos
linfáticos.
 A linfa é um líquido composto de plasma e
glóbulos branc...
 A linfa vai sendo
coletada por capilares
linfáticos que, por sua
vez, se reúnem em vasos
maiores, semelhantes a
veias, e...
Ciências Naturais - ICRM 7
Principais órgãos linfáticos
Ciências Naturais - ICRM 8
Origem dos linfócitos: medula óssea
(tecido conjuntivo reticular mieloide: precursor de
todos os elementos figurados do sa...
Tonsilas (amígdalas e adenoide)
 Protegem a mucosa de
agentes viróticos ou
bacterianos.
 São massas pequenas de
tecido l...
Timo
 Ele aumenta de
tamanho
durante a
infância,
quando então
começa a
atrofiar-se
lentamente.
Ciências Naturais - ICRM 11
Linfonodos ou nódulos linfáticos
 Órgãos linfáticos mais
numerosos do organismo
(de 400 a 600), cuja
função é a de filtra...
13Ciências Naturais - ICRM
Baço
 Funciona como um
reservatório de células
que ajudam a recuperar o
tecido cardíaco em caso
de um ataque.
 O baço “l...
Íngua
 Quando nosso corpo é
invadido por algum
microrganismo que se
multiplica, causando
infecções, os gânglios
incham, f...
Produção de Anticorpos
 Certos leucócitos, quando são estimulados, produzem
substâncias químicas capazes de destruir agen...
Ciências Naturais - ICRM 17
Fagocitose
 Um leucócito se aproxima de um corpo estranho
(exemplo: vírus, bactérias ou um conjunto de
substância estranh...
 Depois da digestão, o leucócito elimina os
restos. Muitos morrem ao realizar esse processo.
Os restos de corpos estranho...
O que acontece quando nos
machucamos?
Ciências Naturais - ICRM 20
21Ciências Naturais - ICRM
Assista ao “ataque” de um leucócito a
uma bactéria:
22Ciências Naturais - ICRM
23Ciências Naturais – Prof.ª Ivanise Meyer
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Sistema linfático prof Ivanise Meyer

270 views

Published on

Aula organizada pela prof.ª Ivanise Meyer na Escola Municipal Albert Sabin (2009 – 2015 / PEJA II/Bloco 2) - Ciências Naturais.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Sistema linfático prof Ivanise Meyer

  1. 1. Sistema Linfático Ciências Naturais Ciências Naturais - ICRM 1
  2. 2.  O sistema linfático é constituído pela linfa, vasos e órgãos linfáticos.  Suas principais funções são atuar no sistema imunológico (defesa do organismo) e transportar substâncias. Ciências Naturais - ICRM 2
  3. 3. Sangue e linfa  Apesar de o sangue levar os materiais às células e remover todos os restos da atividade celular, ele não entra em contato direto com essas células.  A "comunicação" entre o sangue e os tecidos é feita pela linfa.  O sangue e a linfa têm um papel importante no transporte de substâncias e na defesa do organismo contra diversos tipos de agentes causadores de doenças. Ciências Naturais - ICRM 3
  4. 4. Ciências Naturais - ICRM 4
  5. 5. Linfa  A linfa é o líquido que circula pelos vasos linfáticos.  A linfa é um líquido composto de plasma e glóbulos brancos que saem pelos capilares.  Ela banha todas as células do nosso corpo, entregando substâncias úteis e recolhendo delas os resíduos. Ciências Naturais - ICRM 5
  6. 6.  A linfa vai sendo coletada por capilares linfáticos que, por sua vez, se reúnem em vasos maiores, semelhantes a veias, e se dirigem para o coração.  Na entrada do coração, a linfa, trazida pelo canal torácico e pela veia linfática, integra-se novamente ao sistema sanguíneo. Ciências Naturais - ICRM 6
  7. 7. Ciências Naturais - ICRM 7
  8. 8. Principais órgãos linfáticos Ciências Naturais - ICRM 8
  9. 9. Origem dos linfócitos: medula óssea (tecido conjuntivo reticular mieloide: precursor de todos os elementos figurados do sangue) Ciências Naturais - ICRM 9
  10. 10. Tonsilas (amígdalas e adenoide)  Protegem a mucosa de agentes viróticos ou bacterianos.  São massas pequenas de tecido linfoide incluídas na mucosa de revestimento das cavidades bucal e faríngea. Ciências Naturais - ICRM 10
  11. 11. Timo  Ele aumenta de tamanho durante a infância, quando então começa a atrofiar-se lentamente. Ciências Naturais - ICRM 11
  12. 12. Linfonodos ou nódulos linfáticos  Órgãos linfáticos mais numerosos do organismo (de 400 a 600), cuja função é a de filtrar a linfa e eliminar corpos estranhos que ela possa conter, como vírus e bactérias, além de destruir células velhas.  Produzem leucócitos. Ciências Naturais - ICRM 12
  13. 13. 13Ciências Naturais - ICRM
  14. 14. Baço  Funciona como um reservatório de células que ajudam a recuperar o tecido cardíaco em caso de um ataque.  O baço “limpa” o sangue, funcionando como um filtro desse fluído tão essencial. Ciências Naturais - ICRM 14
  15. 15. Íngua  Quando nosso corpo é invadido por algum microrganismo que se multiplica, causando infecções, os gânglios incham, formando-se as chamadas ínguas.  O aparecimento de ínguas é sinal de que o organismo está se defendendo contra algum tipo de infecção. Ciências Naturais - ICRM 15
  16. 16. Produção de Anticorpos  Certos leucócitos, quando são estimulados, produzem substâncias químicas capazes de destruir agentes estranhos que tenham invadido nosso corpo. Essas substâncias defensivas são os anticorpos.  Os conjuntos formados pelas substâncias estranhas e pelos anticorpos circulam no organismo até serem capturados e destruídos por outro tipo de glóbulo branco.  A produção de anticorpos pelos leucócitos é um poderoso mecanismo de defesa contra doenças. Ciências Naturais - ICRM 16
  17. 17. Ciências Naturais - ICRM 17
  18. 18. Fagocitose  Um leucócito se aproxima de um corpo estranho (exemplo: vírus, bactérias ou um conjunto de substância estranha e anticorpo).  A seguir, estica-se, envolvendo o corpo estranho. Depois que o corpo estranho foi engolido, ele é digerido e é assim destruído pelo leucócito. Esse processo é chamado fagocitose. Ciências Naturais - ICRM 18
  19. 19.  Depois da digestão, o leucócito elimina os restos. Muitos morrem ao realizar esse processo. Os restos de corpos estranhos e leucócitos mortos constituem o pus. Ciências Naturais - ICRM 19
  20. 20. O que acontece quando nos machucamos? Ciências Naturais - ICRM 20
  21. 21. 21Ciências Naturais - ICRM
  22. 22. Assista ao “ataque” de um leucócito a uma bactéria: 22Ciências Naturais - ICRM
  23. 23. 23Ciências Naturais – Prof.ª Ivanise Meyer

×