Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Classe dos mamíferos fotografias prof Ivanise Meyer

535 views

Published on

Aula organizada pela prof.ª Ivanise Meyer na Escola Municipal Albert Sabin (PEJA II/Bloco 1) - Ciências Naturais.

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Classe dos mamíferos fotografias prof Ivanise Meyer

  1. 1. Classe dos Mamíferos Fotografias Ciências Naturais Ciências Naturais - ICRM 1
  2. 2. Subclasse Monotremados  A subclasse dos mamíferos prototérios, a mais arcaica, é constituída por uma única ordem, a dos monotremados, de que fazem parte o eqüidna e o ornitorrinco.  Os monotremados caracterizam-se por ter uma cloaca em que desembocam tanto o tubo digestivo como as vias urinárias e os condutos genitais.  As fêmeas não têm mamas, mas o leite sai pelas dobras da pele da barriga na época da amamentação. Ciências Naturais - ICRM 2
  3. 3. Monotremados Os ornitorrincos vivem principalmente na Austrália e na Tasmânia, onde moram em lagos e pequenos rios. Nessas encostas eles fazem suas tocas, onde os filhotes ficam protegidos. O ornitorrinco alimenta-se de vermes, girinos, moluscos, crustáceos, peixinhos e insetos que captura no fundo dos rios e córregos. Considerando a cauda, o ornitorrinco pode chegar a medir 60 cm de comprimento. Ele chega a viver por 15 anos. Ciências Naturais - ICRM 3
  4. 4. Ciências Naturais - ICRM 4
  5. 5. Equidna é um pequeno animal, que possui seu corpo cercado de espinhos, e que se alimenta de pequenos animais, como cupins e minhocas. Possui um bico longo, do qual ele puxa a sua presa. A fêmea não constrói ninho, mas incuba por dez dias os ovos dentro de uma bolsa que tem no abdômen. Os filhotes ficam na bolsa até que nasçam os espinhos. A fêmea bota os ovos apenas uma vez por ano. Seu hábitat natural é na Nova Guiné e na Austrália. Ciências Naturais - ICRM 5
  6. 6. Subclasse Marsupiais Os marsupiais têm como principal característica a presença, na fêmea, de uma bolsa abdominal, conhecida como marsúpio, onde acontece grande parte do desenvolvimento dos filhotes. Lobo-da-Tasmânia fotografado no zoológico de Hobart em 1933. A última aparição confirmada na natureza foi em 1930, e o último espécime morreu em 1936. Ciências Naturais - ICRM 6
  7. 7. Marsupiais Ciências Naturais - ICRM 7
  8. 8. Gambá com filhotes no marsúpio cuíca Diabo-da-tasmânia Marsupiais Ciências Naturais - ICRM 8
  9. 9. Subclasse Placentários  A subclasse mais importante dos mamíferos é a dos eutérios ou placentários, tanto pelo número de espécies quanto pelo desenvolvimento, diversidade de adaptações e distribuição que alcançaram. Dos oceanos e águas continentais ao espaço aéreo, das montanhas e regiões polares aos desertos, estepes, savanas, selvas e bosques, não existe um habitat a que não se tenha adaptado de um modo ou de outro alguma espécie de mamífero placentário. Ciências Naturais - ICRM 9
  10. 10. Ordem: Pholidota O pangolim (Manis spp.) é um mamífero que vive em zonas tropicais da Ásia e da África. Não possui dentes e alimenta-se, sobretudo, de formigas, que captura dentro dos formigueiros com a sua longa língua viscosa. Ciências Naturais - ICRM 10
  11. 11. Ordem: Tubulidentata O orictéropo é um mamífero africano, o único representante vivo da ordem Tubulidentata. Este animal distribui-se por todas as planícies e savanas do sul da África. O nome aardvark, pelo que é conhecido em vários países, significa "porco-da-terra", mas este animal não está relacionado com a família Suidae. Também é conhecido como jimbo, porco-da- terra, porco-formigueiro, timbo e orictéropo. Ciências Naturais - ICRM 11
  12. 12. Ordem: Insetívoros toupeira ouriço Ciências Naturais - ICRM 12
  13. 13. Ordem: Xenartos (desdentados) Preguiça Ciências Naturais - ICRM 13
  14. 14. Tamanduá bandeira Tamanduá mirim Ordem: Xenartos (desdentados) Ciências Naturais - ICRM 14
  15. 15. Tatu bola Ordem: Xenartos (desdentados) Ciências Naturais - ICRM 15
  16. 16. Ciências Naturais - ICRM 16
  17. 17. Ordem: Roedores castor esquilo hamster rato / camundongo Ciências Naturais - ICRM 17
  18. 18. Ordem: Roedores capivara cutia pacaCiências Naturais - ICRM 18
  19. 19. Ordem: Roedores A ordem dos roedores (Rodentia) compreende os mamíferos geralmente, herbívoros, cujos dentes incisivos crescem continuamente para compensar o desgaste que sofrem... Ouriço preto Porco-espinho Ciências Naturais - ICRM 19
  20. 20. Ordem: Lagomorfos Comparações entre o coelho e a lebre. Ciências Naturais - ICRM 20
  21. 21. Ordem: Quirópteros morcegos Ciências Naturais - ICRM 21
  22. 22. Ciências Naturais - ICRM 22
  23. 23. Ordem: Perissodáctilos Perissodáctilos têm um número ímpar de dedos nas patas, que inclui os cavalos, as zebras, as antas e os rinocerontes. Ciências Naturais - ICRM 23
  24. 24. Ordem: Artiodátilos Artiodátilos têm número par de dedos nas patas. É um grupo muito variado, com cerca de 220 espécies descritas. Ciências Naturais - ICRM 24
  25. 25. A girafa é o animal mais alto do mundo, com uma altura de mais de 5,5 m, onde o pescoço representa quase metade desta altura. Apesar de seu enorme pescoço, possui sete vértebras como os demais mamíferos. Ciências Naturais - ICRM 25
  26. 26. Ordem: Proboscídeos Ciências Naturais - ICRM 26
  27. 27. Ordem: Sirênios Peixe-boi da Amazônia Ciências Naturais - ICRM 27
  28. 28. Ordem: Cetáceos Ciências Naturais - ICRM 28
  29. 29. Tamanhos dos cetáceos Ciências Naturais - ICRM 29
  30. 30. Evolução das baleias Ciências Naturais - ICRM 30
  31. 31. Subordem: Misticetos Krill (crustáceos) Baleia jubarte Baleias com barbatanas Ciências Naturais - ICRM 31
  32. 32. Ciências Naturais - ICRM 32
  33. 33. Subordem: Odontocetos ou cetáceos com dentes Golfinhos Orca Ciências Naturais - ICRM 33
  34. 34. cachalote narvais Cetáceos com dentes Ciências Naturais - ICRM 34
  35. 35. Ordem: Carnívora Ciências Naturais - ICRM 35
  36. 36. Subordem: Pinípedes Família: Focídeos (focas verdadeiras) Ciências Naturais - ICRM 36
  37. 37. Família: Otarídeos (leões-marinhos) Família: Odobenídeos (morsas) Ciências Naturais - ICRM 37
  38. 38. Família: Focídeos Elefante-marinho Família: Otarídeos Lobo-marinhoCiências Naturais - ICRM 38
  39. 39. Subordem: Fissípedes  Os fissípedes, agrupam-se em várias famílias e incluem grande número de espécies, entre as quais o urso, o panda, o quati, o lobo, o cão, a raposa, o chacal, o texugo, a doninha, o arminho, o tigre, o leão, o jaguar, o puma, o gato e a hiena. Ciências Naturais - ICRM 39
  40. 40. Família: ursídeos Urso negro americano Ursos pardos Urso polar Urso malaio Ciências Naturais - ICRM 40
  41. 41. panda Ciências Naturais - ICRM 41
  42. 42. Família: procionídeos quati guaxinim Ciências Naturais - ICRM 42
  43. 43. Família: canídeos Ciências Naturais - ICRM 43
  44. 44. Família: Mustelídeos marta doninha texugo Ciências Naturais - ICRM 44
  45. 45. furões Visom americano arminho lontra Família: Mustelídeos Ciências Naturais - ICRM 45
  46. 46. Pteronura brasiliensis, conhecido vulgarmente como ariranha, onça- d'água, lontra-gigante e lobo-do-rio, é um mamífero mustelídeo, característico do Pantanal e da bacia do Rio Amazonas, na América do Sul. Ciências Naturais - ICRM 46
  47. 47. Família: Hienídeos A hiena-malhada é a maior representante da família das hienas. Uma fêmea adulta chega a pesar mais de 70 kg, sendo que são maiores que os machos. Ciências Naturais - ICRM 47
  48. 48. Família: Felídeos Felinos: tigre, leão, onça ou jaguar, leopardo, guepardo, puma, suçuarana ou onça-parda, e outros de menor tamanho, como a jaguatirica, o lince, os vários gatos-do-mato e o gato doméstico. Ciências Naturais - ICRM 48
  49. 49. Ordem: Primatas Ciências Naturais - ICRM 49
  50. 50. Tarsius tumpara (Indonésia) Lêmures (Ilha de Madagascar) Prossímios Ciências Naturais - ICRM 50
  51. 51. Símios ou antropóides Ciências Naturais - ICRM 51
  52. 52. Ciências Naturais - ICRM 52
  53. 53. Ciências Naturais - ICRM 53
  54. 54. Homo sapiens Ciências Naturais - ICRM 54

×