Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Variação linguistica slide

12,199 views

Published on

  • Be the first to comment

Variação linguistica slide

  1. 1. VariedadeLinguística
  2. 2. 1.Variação histórica: a língua se altera de época para época, conforme as transformações socioculturais que marcam cada tempo. 2.Variação geográfica: de lugar para lugar também há diferenças significativas dentro de uma língua. A fala da zona rural, por exemplo, é muito diferente da fala da zona urbana.
  3. 3. 3.Variação social: entre uma classe social e outrahá diferentes modos de falar. Um magistrado, por exemplo, não fala como um operário. Entre as variantes sociais, costumam-se distinguir duas grandes divisões: a) variedade culta (das pessoas com mais prestígio social); b) variedade popular (dos segmentos sociais com menos prestígio).
  4. 4. 4.Variação de situação: um mesmo indivíduovaria o próprio modo de falar, de acordo com as circunstâncias em que se situa o ato de comunicação. Entre as variações de situação (ou variação de estilo), distinguem duas: a) estilo informal (espontâneo, descomprometido, com baixo grau de preocupação com a linguagem); b) estilo formal (calculado, vigiado, com alto grau de reflexão).
  5. 5. É importante ressaltar quatro considerações sobrenorma e variação, a fim de evitar mal-entendidos por parte dos alunos:I. a língua é, simultaneamente, um código – cujas possibilidades estruturais são predeterminadas – e um fato social sujeito às tensões que dão dinamismo à sociedade. São diversas as possibilidades previstas pelo código linguístico; algumas se realizam, outras não. Entre as variantes documentadas, estabelece-se uma valoração que é relativa, pois depende do prestígio social dos usuários e da frequência estatística desse emprego;
  6. 6. II. as regras expostas pelas gramáticas escolares pretensamente refletem a variante mais empregada pelos falantes de maior prestígio social, entretanto não há comprovação científica disso. Muito ao contrário, os poucos e recentes estudos de linguística descritiva do português do Brasil têm revelado importantes divergências em relação às prescrições dessas gramáticas;
  7. 7. III. ao contrário do que o falante comum crê, não existe uma coincidência plena entre as prescrições contidas nas obras dos diversos gramáticos,revelando que os métodos e fundamentos utilizados variam de autor para autor;
  8. 8. IV. as regras gramaticais não são eternas nemimutáveis. Os usos linguísticos se alteram como tempo, o que faz com que as prescrições pedagógicas sejam renovadas.
  9. 9. Por isso, em termos de variação linguística, os vestibulares em geral e o Enem têm elaborado questões visando às seguintes competências do candidato: • identificar no texto e descrever marcas de uma dada variação;• identificar o segmento social com que certa variação se relaciona;• interpretar a funcionalidade do uso de certa variação para a construção do texto;
  10. 10. • reescrever variações, traduzindo-as para a língua culta;• avaliar se a escolha de determinada variação estáadequada à circunstância de comunicação em que foi empregada; • sequestrar (arremedar) a variação de um grupo social para caricaturá-lo e satirizá-lo.

×