Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Pilares de uma estratégia SEO Mobile

617 views

Published on

A Inesting vai estar representada pelo nosso director de projectos, Bernardo Brandão, no Fórum SEO, que decorre no dia 10 de Outubro em Lisboa.
Apresentação de Bernardo Brandão durante o eShow Lisboa. Na sua apresentação, Bernardo Brandão falou sobre as estratégias de optimização SEO para smartphones.

Com a democratização dos smartphones, as marcas sentem cada vez mais necessidade de criar sites adaptados a este tipo de suporte. Nesta apresentação serão abordados os princípios a que esses sites deverão obedecer para ter bons resultados nos motores de busca.

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Pilares de uma estratégia SEO Mobile

  1. 1. Pilares de uma estratégia SEOMobileAPRESENTAÇÃO | OUTUBRO.2012 PAG. 1
  2. 2. O Mobile Browsing representa 10% da navegaçãoweb mundialO conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 2 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  3. 3. E a tendência é exponencialmente crescente:quase triplicou em 2 anosO conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 3 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  4. 4. Motores de busca são os tipos de site maisacedidos via SmartphoneFonte: The Google Mobile Movement Study, Google 2011O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 4 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  5. 5. Como responder a este novo comportamentode navegação?Esta tendência criou a necessidade de desenvolvimento dewebsites desenvolvidos para serem visualizados e utilizados viasmartphones.Isto criou não só um desafio para os marketeers, designers eprogramadores web, mas também para os motores de busca.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 5 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  6. 6. Em Dezembro de 2011 o Google lança o Smartphone Googlebot-Mobile.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 6 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  7. 7. Porquê um Googlebot para smartphones? Encontrar e lidar melhor com conteúdo especificamente criado para ser visualizado em smartphones Lidar melhor com reencaminhamentos desenvolvidos para smartphones (prevê que poupe ao utilizador até 1 segundo de tempo após este clicar no link da página de resultados)O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 7 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  8. 8. O que ter em conta no lançamento de umaestratégia SEO mobile?#1 Quantas visitas “mobile” tem actualmente o meu site?#2 Qual o aspecto do meu site nos terminais móveis?#3 Que opção de desenvolvimento é a ideal?#4 Como ajudar os motores de busca a encontrar o site?#5 Que cuidados devo ter nos conteúdos e estratégia de links?O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 8 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  9. 9. Quantas visitas “mobile” tem actualmente o meusite?Tentar perceber via Google Analytics não apenas a quantidade,mas também os conteúdos que são mais acedidosPode acontecer que apenas uma área específica do site está adespertar interesse nos visitantes deste segmento, e que pode serpor isso de optimização prioritáriaO conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 9 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  10. 10. Quantas visitas “mobile” tem actualmente o meusite?O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 10 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  11. 11. Quantas visitas “mobile” tem actualmente o meusite?Um vector análise para posterior keyword research é verificar seexiste diferença nos tipos de pesquisa mobile e não-mobileA intuição pode levar a entender que as pesquisas mobile sãomenos complexas, mas um estudo Google (2009) afirmou quesão apenas ligeiramente menos compostas:Em média uma pesquisa mobile é composta por 2,44 palavras,enquanto uma desktop tem 2,93 palavras.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 11 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  12. 12. Qual o aspecto do meu site nos terminaismóveis?A necessidade de alterações do site “normal” para visualizaçãoem terminais móveis está muito dependente do seucomportamento para diferentes resoluções.A ferramenta “Screenfly” (http://quirktools.com/screenfly/)permite simular visitas de diferentes aparelhosO conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 12 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  13. 13. Qual o aspecto do meu site nos terminaismóveis?O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 13 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  14. 14. Que opção de desenvolvimento é a ideal?Hipótese 1: Responsive Web DesignSe o conteúdo das versões móvel e desktop for o mesmo. Exibe omesmo HTML no mesmo URL, usando apenas CSS para adaptar oaspecto do site (é o recomendado pelo Google, embora seja deimplementação técnica mais difícil).Todo o esforço SEO ao nível de links externos e conteúdo feitopara o site “normal” é transposto para o “mobile”.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 14 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  15. 15. Que opção de desenvolvimento é a ideal?Hipótese 1: Responsive Web DesignO conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 15 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  16. 16. Que opção de desenvolvimento é a ideal?Hipótese 2: Dynamic ServingExibe no mesmo URL diferentes conteúdos (diferente HTML e CSS)conforme o terminal seja móvel ou não (detectadoautomaticamente)O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 16 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  17. 17. Que opção de desenvolvimento é a ideal?Hipótese 3: Criação de um site paralelo (m.domínio.com)Na prática é um site desenvolvido à medida para os terminaismóveis com URLs e conteúdos próprios.Com esta solução é preciso ter cuidado com a questão deconteúdos duplicados, pois pode haver o risco de existir porçõesde conteúdo semelhante em URLs diferentes.Não é a solução ideal do ponto de vista do SEO, porque a tratar-se na prática de um site distinto, obriga a duplicação de esforços(link building, copywriting…)O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 17 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  18. 18. Que opção de desenvolvimento é a ideal?Hipótese 3: Criação de um site paralelo (m.domínio.com)Para relacionar os sites deve-se depois adicionar “SwitchboardTags” para que os motores de busca percebam que se tratam deversões do mesmo conteúdo.Na página desktop adicionar:<link rel=“alternate” media= only screen and (max-width: 640 px)“href=“http://m.dominio.com/pagina-1” >Na página mobile adicionar:<link rel=canonical” href=“http://www.dominio.com/pagina-1”>O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 18 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  19. 19. Como ajudar os motores de busca a encontrar osite?Se se optou por desenvolver um site paralelo então, para umarápida e correcta indexação é aconselhado: Criar um mobile sitemap e fazer o upload para o Google Webmaster Tools – lista dos URL que queremos ter visitados pelo bot Linkar versão normal para a versão mobileO conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 19 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  20. 20. Que cuidados devo ter nos conteúdos eestratégia de links?#1. Keyword Research com os utilizadores mobile em vistaFundamental se o negócio for de natureza local (um restaurante etc.) querepresentam uma parte grande das pesquisas feitas mobile: fundamental ter nosite palavras que identifiquem a localização da empresa.A ferramenta de Keywords do Google AdWords permite filtrar os resultados por tipo de dispositivo.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 20 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  21. 21. Que cuidados devo ter nos conteúdos eestratégia de links?#2. Utilizar as palavras-chave nas Title Tags e Meta DescriptionNormalmente os browsers mobile exibem menos caracteres da Title Tag, mas naspáginas de resultados dos motores de busca, o limite habitual dos 65 parecemanter-se.No caso da Meta Description a dimensão deverá rondar os 90-155 caracteres.#3. Utilizar as palavras-chave no Conteúdo das PáginasE cada página deve ter as suas palavras-alvo diferentes e ajustadas aos seusobjectivos.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 21 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  22. 22. Que cuidados devo ter nos conteúdos eestratégia de links?#4. Angariar links externos (também de outros sites móveis)Os links externos parecem também importantes nas pesquisas mobile (emboratestes tendem a concluir que o impacto é menor que na tradicional).O lançamento de um site mobile por si só pode ser um chamariz para ganharlinks, e a popularidade inicial pode ser reforçada com a submissão do site emdirectórios mobile.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 22 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  23. 23. Conclusões É muito provável que a parcela de visitantes mobile de qualquer site cresça nos próximos anos, e que o Mobile Search seja uma fonte de tráfego cada vez mais importante. É então fundamental garantir que estes visitantes e os motores de busca consigam interpretar correctamente o conteúdo do site por esta via. O paradigma do responsive web design parece estar a preferência dos motores de busca, e transformar-se numa boa prática de SEO mobile.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 23 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.

×