Apsa1

372 views

Published on

Apsa 1

Published in: Science
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Apsa1

  1. 1. Apsa nº 1 1 - Considere os átomos representados a seguir cujas letras A, B, C, D e E não são os símbolos químicos dos elementos. 12 6 A 14 7 B 13 6 C 23 11 D 14 6 E Indique: 1.1 - Os átomos que são isótopos. Justifique. 1.2 - Os átomos que se representam pelo mesmo símbolo químico. 1.3 - Os átomos que têm o mesmo número de neutrões. 1.4 - Os átomos que têm o mesmo número de nucleões. 2 - Considere os átomos representados a seguir cujas letras A, B, C, D e E não são os símbolos químicos dos elementos. 14 7 A 20 10 B 12 6 C 40 20 D 13 7 E 24 12 F 2.1 - Indique, justificando: 2.1.1 - A quantos elementos químicos distintos pertencem os átomos representados. 2.1.2 - Dois átomos que tenham o mesmo número de neutrões. 2.1.3 - Dois isótopos. 2.2 - Indique a constituição do átomo A. 2.3 - Represente simbolicamente os iões que tiveram origem no átomo do elemento: 2.3.1 - E, quando ganha três electrões 2.3.2 - D, quando perde dois electrões 3 - Considere as seguintes representações de unidades estruturais: Mg2+ O2 NH3 NO3 − 3Na 4H2SO4 4P4 H3O+ PO4 3− Ca 5Be 3.1 - Indique as que são: 3.1.1 – átomos 3.1.2 – moléculas 3.1.3 – iões 3.2 - Faça corresponder a cada uma das afirmações seguintes uma das representações anteriormente mencionadas: A - Uma molécula de oxigénio. B - Quatro moléculas de uma substância elementar. C - Um ião monopositivo. D - Cinco átomos de berílio. E - Quatro moléculas de uma substância composta. F - Um ião trinegativo. G - Unidade estrutural formada por 3 átomos de hidrogénio e um átomo de azoto. Física e Química A 10º ano 2011 / 2012 Anabela Silva ESCOLA SECUNDÁRIA 3EB Dr Jorge Correia – TAVIRA Ano lectivo 2011/2012 – Química A – 10º ano
  2. 2. 4 - Calcule a massa atómica relativa de um elemento X, sabendo que este elemento apresenta três isótopos X-32, X-33 e X-34, e que a sua abundância é, respectivamente, 95%, 0,8% e 4,2%. 5 - Adicionou-se uma colher de café de açúcar (sacarose) a um copo cheio com água da torneira e mexeu-se a mistura até dissolver o açúcar. 5.1 - Indique qual a fase dispersa (soluto) e a fase dispersante (solvente). 5.2 - Supondo que uma colher de café de açúcar contém 5g de sacarose e que o copo usado para fazer a mistura tinha 2,5 dl de capacidade, calcule a concentração mássica da sacarose. Indique o significado do valor encontrado. Como procederia para tornar a solução menos concentrada? 6. Dissolveram-se 5,0g de cloreto de sódio em 100cm3 de água. Calcule a concentração mássica de cloreto de sódio na solução obtida em g/dm3 . 7. Uma solução aquosa de hidróxido de potássio contém 9,22 g de soluto por 100 cm3 de solução. A sua concentração mássica é de __(a)__ g/dm3 ou ___(b)___ kg/m3 . Substituía as letras (a) e (b), respectivamente, pelos valores numéricos correctos seleccionando uma das seguintes opções: (A) 92,2 e 92,2 (B) 0,0922 e 92,2 (C) 92,2 e 0,0922 (D) 10,8 e 10,8 8 Preparou-se 140 cm3 de uma solução de cloreto de sódio de concentração mássica igual a 115,0 g/dm3. Calcule a massa de cloreto de sódio que se usou nesta preparação. 9 A água do mar tem na sua composição as seguintes substâncias: Cl − ião cloreto Na+ ião sódio ião sulfato Mg2+ ião magnésio Ca2+ ião cálcio Br− ião brometo Indique o nome e a fórmula química dos sais que o resíduo seco da água do mar pode conter. Física e Química A 10º ano 2011 / 2012 Anabela Silva
  3. 3. Apsa nº 1 Resolução 1 - 12 6 A 14 7 B 13 6 C 23 11 D 14 6 E 1.1 - São isótopos: 12 6 A 13 6 C e 14 6 E porque possuem o mesmo nº atómico (6) e diferente nº de massa 1.2 – Representam-se pelo mesmo símbolo químico 12 6 A 12 6 C e 12 6 E porque têm o mesmo nº atómico que é o que caracteriza cada elemento. 1.3 - Mesmo número de neutrões: 14 7 B (nº neutrões = 14 – 7 = 7) e 13 6 C(nº neutrões = 13 – 6 = 7) ambos têm 7 neutrões. 1.4 - Mesmo número de nucleões: 14 7 B e 12 6 E , nº de nucleões = nº massa 2 - 14 7 A 20 10 B 12 6 C 40 20 D 13 7 E 24 12 F 2.1.1 – Há 5 elementos químicos distintos porque A e E representam o mesmo elemento com nº atómico 7. 2.1.2 - Mesmo número de neutrões 12 6 C (nº neutrões = 12 – 6 = 6) e 13 7 E (nº neutrões = 13 – 7 = 6) 2.1.3 – Isótopos: 14 7 A e 13 7 E têm igual nº atómico e diferente nº de neutrões (diferente nº massa) 2.2 - Átomo 14 7 A: 7 protões; 7 electrões e 7 neutrões 2.3.1 - E, quando ganha três electrões 13 7 E 3− ou simplesmente E 3− 2.3.2 - D, quando perde dois electrões 40 20 D 2+ ou simplesmente D 2+ 3 - Unidades estruturais: Mg2+ O2 NH3 NO3 − 3Na 4H2SO4 4P4 H3O+ PO4 3− Ca 5Be 3.1.1 – átomos: 3Na, Ca e 5Be 3.1.2 – moléculas: O2, NH3 ,4P4 e 4H2SO4 3.1.3 – iões: Mg2+ , NO3 − , H3O+ e PO4 3− 3.2 - A - Uma molécula de oxigénio. O2 B - Quatro moléculas de uma substância elementar. 4P4 C - Um ião monopositivo. H3O+ D - Cinco átomos de berílio. 5Be E - Quatro moléculas de uma substância composta. 4H2SO4 F - Um ião trinegativo. PO4 3− G - Unidade estrutural formada por 3 átomos de hidrogénio e um átomo de azoto. NH3 4 - A massa atómica relativa de um elemento X,é calculada através da média ponderada da massa Física e Química A 10º ano 2011 / 2012 Anabela Silva
  4. 4. relativa de cada isótopo. Três isótopos X-32 95%, X-33 0,8% e X-34 4,2%. Média ponderada = massa (X-32) x % (X-32) + massa (X-33) x % (X-33) + massa (X-34) x % (X-34) 100 Massa atómica (X) = 32 x 95 + 33 x 0,8 + 34 x 4,2 Massa atómica (X) = 32,09 100 5.1 - A fase dispersa (soluto) é o açúcar e a fase dispersante (solvente) é a água. 5.2 - m = 5 g Cm = m Cm = 5 g Cm = 2 g / dl V 2,5 dl V = 2,5 dl Cm = 2 g / dl significa que em cada dl de água estão dissolvidos 2 g de açúcar Para tornar a solução menos concentrada adiciona-se água (solvente) 6. Dissolveram-se 5,0g de cloreto de sódio em 100 cm3 de água. Calcule a concentração mássica de cloreto de sódio na solução obtida em g/dm3 . m = 5,0g cloreto de sódio Cm = m Cm = 5,0 g Cm = 50 g/ dm3 V 0,100 dm3 V =100cm3 = 0,100 dm3 7. Uma solução aquosa de hidróxido de potássio contém 9,22 g de soluto por 100 cm3 de solução. A sua concentração mássica é de 92,2 g/dm3 ou 92,2 kg/m3 . Opção (A) Cálculos: Resultado em g/dm3 significa massa em g e volume em dm3 . m = 9,22 g Cm = m Cm = 9,22 g Cm = 92,2 g / dm3 V 0,100 dm3 V = 100 cm3 = 0,100 dm3 Resultado em kg/m3 significa massa em Kg e volume em m3 . m = 9,22 g = 0,00922 Kg Cm = m Cm = 9,22 g Cm = 92,2 g / dm3 V 0,000100 dm3 V = 100 cm3 = 0,000100 m3 8 Preparou-se 140 cm3 de uma solução de cloreto de sódio de concentração mássica igual a Física e Química A 10º ano 2011 / 2012 Anabela Silva
  5. 5. 115,0 g/dm3. Calcule a massa de cloreto de sódio que se usou nesta preparação. Cm = 115,0 g/dm3 V = 140 cm3 = 0,140 dm3 m = 115,0 g/dm3 x 0,140 dm3 m = 16,1 g m = ? 9 A água do mar tem na sua composição as seguintes substâncias: Cl − ião cloreto Na+ ião sódio ião sulfato Mg2+ ião magnésio Ca2+ ião cálcio Br− ião brometo Indique o nome e a fórmula química dos sais que o resíduo seco da água do mar pode conter. A água do mar pode conter todos os sais possíveis das combinações entre estes iões positivos (catiões) com iões negativos (aniões) Possibilidades: Cl − ião cloreto NaCl cloreto de sódio Na+ ião sódio ião sulfato Na2SO4 sulfato de sódio Br − ião brometo NaBr brometo de sódio Cl − ião cloreto MgCl2 cloreto de magnésio Mg 2+ ião magnésio ião sulfato MgSO4sulfato de magnésio Br − ião brometo NaBr2 brometo de magnésio Cl − ião cloreto CaCl2 cloreto de cálcio Ca2+ ião cálcio ião sulfato CaSO4 sulfato de cálcio Br − ião brometo CaBr2 brometo de cálcio Física e Química A 10º ano 2011 / 2012 Anabela Silva
  6. 6. 115,0 g/dm3. Calcule a massa de cloreto de sódio que se usou nesta preparação. Cm = 115,0 g/dm3 V = 140 cm3 = 0,140 dm3 m = 115,0 g/dm3 x 0,140 dm3 m = 16,1 g m = ? 9 A água do mar tem na sua composição as seguintes substâncias: Cl − ião cloreto Na+ ião sódio ião sulfato Mg2+ ião magnésio Ca2+ ião cálcio Br− ião brometo Indique o nome e a fórmula química dos sais que o resíduo seco da água do mar pode conter. A água do mar pode conter todos os sais possíveis das combinações entre estes iões positivos (catiões) com iões negativos (aniões) Possibilidades: Cl − ião cloreto NaCl cloreto de sódio Na+ ião sódio ião sulfato Na2SO4 sulfato de sódio Br − ião brometo NaBr brometo de sódio Cl − ião cloreto MgCl2 cloreto de magnésio Mg 2+ ião magnésio ião sulfato MgSO4sulfato de magnésio Br − ião brometo NaBr2 brometo de magnésio Cl − ião cloreto CaCl2 cloreto de cálcio Ca2+ ião cálcio ião sulfato CaSO4 sulfato de cálcio Br − ião brometo CaBr2 brometo de cálcio Física e Química A 10º ano 2011 / 2012 Anabela Silva

×