.

1,154 views

Published on

Published in: News & Politics, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,154
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • .

    1. 1. Saddam Hussein Trabalho realizado por João Trabalho de História Teixeira, 9º B.
    2. 2. Índice  Introdução  Ascensão ao poder  Aspectos de família  Crimes cometidos  Guerras do Golfo  Literatura  Conclusão : a morte  Vídeo  Imagens  Netografia
    3. 3. Introdução  Este trabalho é sobre um político iraquiano chamado Saddam Hussein.  Neste trabalho vou falar na sua ascensão ao poder, na sua governação, mas sobretudo nos crimes cometidos e na sua queda política.
    4. 4. Ascensão ao poder  Conhecido por admirar o ex-presidente soviético Josef Stalin, Saddam nunca foi um ideólogo, mas apelou muitas vezes ao nacionalismo árabe, ao Islão e ao patriotismo iraquiano para cimentar sua liderança.  Em 1968, Saddam Hussein subiu ao poder.  O ditador de Bagdad começara sua carreira no Partido Ba'ath e chegou à chefia da polícia secreta iraquiana do serviço secreto, a terrível Mukhabarat.
    5. 5. Aspectos de família  O presidente iraquiano casou-se duas vezes: em 1963, com sua prima de sangue Sajida Khairallah, filha do tio que o adoptou e com quem teve dois filhos e duas três filhas, Raghad, Rana e Hala — que após o desmoronamento do regime foram acolhidas pelo rei Abdullah II da Jordânia —; e em 1988, com uma mulher também de seu clã, Samira Fadel Shahbandar, que lhe deu supostamente outro filhos de nome Ali que actualmente vive em Beirute. Saddam teve também dois filhos varões — Uday e Qusay. Saddam festeja o seu aniversário com a família
    6. 6. Crimes cometidos  Saddam cometeu crimes políticos.  Em 1991, Saddam esmagou a rebelião xiita no sul do Iraque, deixando milhares de vítimas, depois da derrota do exército iraquiano no Kuwait por uma coalizão internacional liderada pelos EUA.  Em 1988, durante a guerra Iraque-Irão (1980-88), a aviação iraquiana lançou agentes químicos sobre Halabja (nordeste). Este bombardeio foi o maior ataque a gás contra civis: cerca de 5.000 curdos iraquianos, na maioria mulheres e crianças, foram mortos em alguns minutos e houve 10 mil feridos.
    7. 7.  Na campanha Anfal, em 1987/1988, cerca de 100 mil pessoas foram mortas em grandes deslocamentos de populações curdas e em massacres nas cidades curdas pelo regime de Saddam.  O Irão, cuja guerra com o Iraque deixou quase um milhão de mortos de um lado e de outro, segundo estimativas ocidentais, acusa Saddam de quot;crime contra a Humanidade, genocídio, violação das regras internacionais e utilização de armas proibidasquot;.
    8. 8.  O Kuwait, invadido em 1990 pelas tropas de Saddam e ocupado durante sete meses, pediu a pena de morte em sua peça de acusação contra o ex-presidente iraquiano por crimes cometidos no emirato. Acusam-no a ele e aos seus subordinados de serem responsáveis por crimes contra a Humanidade, crimes de guerra e uso da força armada para invadir o emirato.  Acusam-no também de, em 1983, ter ordenado a execução de 8.000 membros da tribo Barzani, um potente clã curdo ao qual pertence o chefe do Partido Democrata do Curdistão e actual presidente do Curdistão, Massoud Barzani.
    9. 9. Guerras do Golfo  Guerra Irão-Iraque) - Iraque e Irão iniciaram a guerra aberta em 22 de Setembro de 1980. O pretexto para as hostilidades foi a disputa territorial. Saddam foi no entanto apoiado pelos Estados Unidos, pela União Soviética e por vários países árabes, todos eles desejosos de impedir a expansão de uma possível revolução moldada no Irão.  Saddam conduziu a Guerra contra o Irão entre 1980 e 1988. Contou com o apoio dos Estados Unidos, então governado por Ronald Reagan, que esperava a derrocada dos xiitas iranianos e de seu líder espiritual, o aiatolá Khomeini.  No conflito, durante o qual Saddam aumentou a importação de armas do Ocidente, foram utilizados gases tóxicos na frente de batalha e estreitados os laços com os regimes árabes moderados. A guerra entre os dois países durou oito anos (o cessar-fogo foi assinado em 20 de Agosto de 1988) e nela morreram mais de um milhão de pessoas. Não houve vencedor declarado, e a guerra levou o país a sérias dificuldades económicas.
    10. 10.  1ª Guerra do Golfo - Em 2 de Agosto de 1990, tropas iraquianas, seguindo ordens de Saddam Hussein, invadiram e anexaram ao território iraquiano o vizinho emirado do Kuwait, país que mais ajudou financeiramente o Iraque durante a guerra com o Irão. Mas nesse período, o Kuwait frustrava os desejos iraquianos na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) de diminuir a produção para que o preço do barril no mercado aumentasse.  Vencido pelos aliados ocidentais, Hussein teve que aceitar o embargo económico imposto a seu país pela ONU, organismo que, ao mesmo tempo, fez um acordo para inspeccionar e desmantelar o programa armamentista (biológico e químico, especialmente) do país. Foi criado o programa quot;Oil for foodquot; (quot;Petróleo por Comidaquot;).  Terminada a guerra, Saddam ainda teve que enfrentar as revoltas xiita e curda no Iraque, que reprimiu duramente. Entre 1991 e 1992, os EUA, o Reino Unido e a França estabeleceram, sem a autorização da ONU, duas regiões de exclusão aérea — ao norte do paralelo 36 e ao sul do paralelo 32 - com o objectivo declarado de proteger a população curda e xiita.
    11. 11.  2ª Guerra do Golfo - Durante os anos 90, a ONU exigiu a eliminação das supostas armas de destruição de massa, que o Iraque sempre negou ter. A população do país foi castigada pelas duras sanções económicas impostas pelas Nações Unidas.  Em 1997, começaram as desavenças do regime com a UNSCOM, comissão da ONU encarregada de supervisionar o desarmamento do Iraque - por causa da suspeita de que país buscava armamento químico e nuclear, o que se prolongaria por seis anos e que serviria de pretexto para os Estados Unidos invadirem o Iraque.  Em 1998, EUA e Reino Unido bombardearam o Iraque, tentando forçar o regime de Saddam a colaborar com as inspecções da ONU.  Em 2001, como uma resposta aos ataques terroristas do 11 de Setembro em Nova York e Washington, o presidente dos EUA, George W. Bush, incluiu o Iraque no chamado quot;eixo do malquot;, o que abria caminho para a nova campanha militar norte-americana contra o país. Após a campanha afegã contra o regime talibã, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, iniciou a quot;segunda fase contra o terrorismo internacionalquot;.
    12. 12. Literatura  Saddam Hussein dedicou-se também à literatura, o primeiro romance, Zabibah e o Rei de 2001, foi um sucesso de vendas e foi igualmente transposto para um musical no Iraque. Mais tarde, terá editado Fortaleza Inexpugnável, que também a ele é atribuída.  Em 2003 foi publicada a biografia política de Saddam Hussein intitulada Saddam Hussein: A Political Biography escrito por Efraim Karsh e Inari Rautsi. Saddam Hussein: A Zabibah Political Biography
    13. 13. Conclusão: Morte de Saddam Hussein  Em 5 de Novembro de 2006, após um julgamento conturbado, o tribunal iraquiano condenou Saddam à pena de morte por enforcamento por crimes contra a humanidade. No dia 26 de Dezembro de 2006, um tribunal de apelação do Iraque confirmou a sentença contra Saddam Hussein.  Em sua última carta pública, dita testamento, escrita porque sua “sentença fora proferida por ordem dos inimigos invasores”, Saddam, mostrando valores da paz, respeito e tolerância, despede-se da vida terrena e dos “heróis corajosos e fiéis da nossa resistência, das iraquianas virtuosas e dos filhos da gloriosa nação iraquiana”, pedindo a reconciliação dos iraquianos afundados em conflitos entre sunitas e xiitas.
    14. 14. Vídeo Execução de Saddam Hussein
    15. 15. Imagens
    16. 16. Trabalho realizado por:  - João Teixeira Nº12 9ºB

    ×