Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Tratamento de esgoto sanitario para recuperação de energia

131 views

Published on

5ª Palestra - Painel IV Ações de inovação e eficiência na gestão do território
Evento Cidades em Transformação
08 e 09 de maio de 2017
Flores da Cunha - RS

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Tratamento de esgoto sanitario para recuperação de energia

  1. 1. Novas tecnologias de tratamento de esgoto sanitário para recuperação de água, energia e nutrientes Ricardo Franci Gonçalves Fluxo Máquinas e Equipamentos Ltda EPP Universidade Federal do Espírito Santo Maio de 2017
  2. 2. Simplificar operação e manutenção Produção de Biocombustíveis Reciclagem de Nutrientes Gradualismo na implantação Aceitação pela comunidade BRASIL: Anos 90 .... 1 1 2 3 44 Reduzir custos de implantação e O&M Reúso de Água 5 6 7 Tendências
  3. 3. • Novas ETEs • Custos menores (I e O&M ~ 30 a 40%) • Fluxogramas simplificados • Menores áreas de implantação • Processos otimizados: menos energia (~40%) e lodo (~20%) Tendência 1 Anaeróbio + Aeróbio
  4. 4. ETE Atuba Sul / SANEPAR População = 580 000 hab Qmed = 1,2 m3/s Tendência 1 Anaeróbio + Aeróbio
  5. 5. ETE Melchior – UASB + Lodo Ativado População = 1 milhão da hab UASBs Tendência 1 Anaeróbio + Aeróbio
  6. 6. ETE COMPERJ  Qmed = 3,0 L/s (Reúso ...) Tendência 1 Anaeróbio + Aeróbio
  7. 7. PVC + concreto
  8. 8.  P = 5.000 hab. Cliente ETE Vila de Pedra Azul Tendência 2  ”NIMBY”
  9. 9. ETE Vila de Pedra Azul Tendência 2  ”NIMBY”
  10. 10. ETE Fundão  Qmed = 53,0 (Mirassol - SP) Tendência 2  ”NIMBY”
  11. 11. ETE Ajman  Qmed = 600 L/s (Emirados Árabes .... Reuso) Fluire n g e n h a r i a a m b i e n t a l Tendência 2  ”NIMBY”
  12. 12.  Residencial e Comercial  78 apartamentos e 2 lojas  IMPLANTAÇÃO: 2008 ETE compacta RAC+FAn Tendência 3 Sistemas modulares
  13. 13. ETE – Canteiro de Obras (Linhares Geração S.A – Cacimbas - Linhares/ES) RAC+FBAS+DEC+Filtro de areia no solo – 10 m³/d ETE – Canteiro de Obras – UTGC (Metalúrgica União – Cacimbas/ES) RAC+Filtro de areia no solo – 70 m³/d Tendência 3 Sistemas modulares
  14. 14. ETE Condomínio– Serra (ES) (Qmed = 0,8 L/s  Defosfatação) Tendência 3 Sistemas modulares
  15. 15. Tendência 3 Sistemas modulares
  16. 16. Tendência 4 Sistemas naturais
  17. 17. Escoamento Subsuperficial HORIZONTAL Vista superior – sem escala Corte longitudinal A – A’ – sem escala afluente efluente afluente efluente material filtrante macrófitas impermeabilização Sezerino, 2012 Tendência 4 Sistemas naturais
  18. 18. • Empreendimento comercial • Alto padrão de acabamento • Ed. Sede da BR no RJ, Centro • Área: 52.425 m² • 3 sub-solos e 7 andares • Auto nível de automação predial • IMPLANTAÇÃO: 2006 e 2008 Tendência 5 Reúso de água
  19. 19. Vazão nominal 70m³/d Vista Geral da ETAC Automação (Turbidímetro on-line) Tendência 5 Reúso de água
  20. 20. CAMARGO CORRÊA
  21. 21. Tendência 6 Biocombustíveis
  22. 22. Tendência 6 Biocombustíveis
  23. 23. Lodos de ETEs • Lodo  principal sub-produto de ETEs • Disposição Inadequada: • Risco ambiental (acúmulo de metais pesados) • Risco à saúde (patógenos) • Plano de gerenciamento (ações ordenadas) Tendência 7 Reciclagem de nutrientes
  24. 24. Utilização na Agricultura
  25. 25. Fotobiorreator Tratamento Preliminar (algas) Separação - Biodiesel- Incineração - Gaseificação - Produção de Biodiesel - Co-digestão Lodo de algasLodo Anaeróbio Biogás - Combustão CO2 UASB O&G Resíduos ReusoEsgoto 1 2 3 4 5 6 7 8 11 9 10 ETE  Fábrica de Água de reuso + Energia Estruvita N e P Futuro a curto prazo ....
  26. 26. ETE Paranoá – UASB + Lagoa Alta Taxa – 70 mil hab Futuro a curto prazo ....
  27. 27. Ricardo Franci franci@fluxoambiental.br (27) 99293 9992

×