Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Jucelino kubitschek

6,222 views

Published on

trabalho

Jucelino kubitschek

  1. 1. O Período JK<br /> JUCELINO Kubitschek <br />
  2. 2. Biografia<br />Juscelino Kubitschek de Oliveira nasceu em 12 de setembro de 1902 em Diamantina, Minas Gerais. <br />
  3. 3. Começou a trabalhar como capitão-médico da Polícia Militar, quando fez amizade com o político e futuro governador Benedito Valadares. Nomeado interventor federal em Minas, em 1933, Valadares colocou o amigo como seu chefe de gabinete. A seguir, Kubitschek foi eleito deputado federal (1934-1937), nomeado prefeito de Belo Horizonte (1940-1945) e realizou obras de remodelação da capital. Após uma gestão como deputado constituinte, em 1946, pelo PSD (Partido Social Democrático), foi eleito governador em Minas Gerais (1950 a 1954). Venceu a eleição para presidente da República com 36% dos votos, numa coligação PSD-PTB com o slogan "Cinqüenta Anos em Cinco". <br />
  4. 4.
  5. 5. Sustentado por um competente esquema de comunicação, JK entusiasmou o país com a promessa de modernização, traduzida em seu lema "50 anos em 5".<br />50 ANOS EM 5<br />
  6. 6.
  7. 7.  O projeto econômico de Juscelino foi apresentado em seu Plano de Metas, que focalizava:<br />Energia: ampliação do fornecimento.<br />Transporte: ampliação e melhoria das estradas de rodagem e estímulo às montadoras de automóveis.<br />Alimentação: maiores investimentos no setor de alimentos para aumentar a oferta.<br />Indústrias de base: maiores investimentos no setor.<br />Educação: melhoria e ampliação do ensino público.<br />A construção de Brasília: incentivo ao desenvolvimento do Brasil Central.<br />O Plano de Metas de JK<br />
  8. 8.
  9. 9. Em 1956, já estava à disposição do governo a lei nº 2874 que autorizada o Executivo Federal a começar as obras de construção da futura capital federal.<br />Em razão de seu arrojado projeto arquitetônico, a construção da cidade de Brasília tornou-se o mais importante ícone do processo de modernização e industrialização do Brasil daquele período histórico. A nova cidade e capital federal foi o símbolo máximo do progresso nacional e foi considerada Patrimônio Cultural da Humanidade.<br />O responsável pelo projeto arquitetônico de Brasília foi Oscar Niemeyer, que criou as mais importantes edificações da cidade, enquanto que o projeto urbanístico ficou a cargo de Lucio Costa.<br />A Construção de Brasília<br />
  10. 10.
  11. 11. Atraindo o capital estrangeiro estimulando o capital nacional , JK implanta a indústria de bens e consumo duráveis, sobretudo eletrodomésticos e veículos, com o objetivo de multiplicar o numero dessas indústrias e das fabricas de peças e componentes. Amplia os serviços de infra estrutura, como o transporte e fornecimento de energia elétrica.<br />Os avanços da infra-estrutura e indústria<br />
  12. 12. Com os investimentos externos e internos, estimula a diversificação da economia nacional, aumentando a produção de insumos, maquinas e equipamentos pesados para a mecanização agrícola, fabricação de fertilizantes, frigoríficos, transporte ferroviário e construção naval. No inicio dos anos 60 , o setor industrial supera a média de crescimento nos demais setores da economia brasileira<br />
  13. 13.
  14. 14. Multinacionais, também conhecidas como transnacionais, são empresas que possuem matriz num país e possuem atuação em diversos países. Geralmente são grandes empresas que instalam filiais em outros países em busca de mercado consumidor, energia, matéria-prima e mão-de-obra baratas. <br />As multinacionais<br />
  15. 15. No Brasil, a entrada de empresas multinacionais começou a ganhar importância durante o governo de Juscelino Kubitschek (1956-1961). Neste governo instalaram fábricas no Brasil as seguintes empresas: Ford, Volkswagen, Willys, GM, entre outras.<br />
  16. 16.
  17. 17. Em meados dos anos 70, a crise do petróleo e a alta internacional nos juros desaceleraram a expansão industrial. Inicia-se uma crise que leva o país, na década de 80, ao desequilíbrio do balanço de pagamentos e ao descontrole da inflação. O Brasil mergulha numa longa recessão que praticamente bloqueia a industrialização. No inicio dos anos 90, a produção industrial é praticamente a mesma de dez anos atrás.<br />A economia do Governo JK<br />
  18. 18.
  19. 19. Sustentada na urbanização e em um modelo industrial, a modernização da economia brasileira é conservadora. Apesar de deixar de ser apenas um país agrário, exportador de alimentos de matérias-primas, e de desenvolver uma apreciável base industrial e tecnológica, há um a grande distorção de renda.<br />Indicadores sociais<br />
  20. 20. Moeda JK:<br />
  21. 21. A política industrial favorece alguns setores, como os de bens de capital e bens de consumo durável, ao mesmo tempo, concentra os investimentos nas regiões Sul e sudeste. Principalmente em setores geradores de empregos e com efeito multiplicador da economia.<br />
  22. 22. No nordeste os investimentos limitam-se a setores de consumo não-durável, como a industria têxtil que não tem efeito dinâmico sobre a economia. <br />A situação torna-se critica sobretudo nas áreas de saúde publica, habitação alimentação e educação.<br />
  23. 23. Grupo 2:<br />Bárbara Faria<br />Roberta Ferro<br />Humberto<br />Vitor Orlandi<br />Arthur Orlandi<br />Luana Gusmão<br /> Turma 3m4 - Renato Pacheco<br />

×