Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

A importância da UX para o consumo de conteúdo digital

1,673 views

Published on

Apresentação realizada por Anna Raquel Serra, Experience Lead do escritório carioca da Huge, na Semana de Economia Criativa do Jornal Estadão.

Published in: Design
  • Be the first to comment

A importância da UX para o consumo de conteúdo digital

  1. 1. Setembro 2016 Semana Criativa – Consumindo conteúdo hoje. Huge Brasil: Rua Jardim Botânico, 518 – 2º andar – Rio de Janeiro
  2. 2. Anna Raquel Serra. Experience Lead no escritório carioca da Huge, onde ajuda companhias globais e brasileiras a transformar seus negócios a partir de experiências digitais focadas no usuário. É graduada em Biblioteconomia na UFRJ, e pós-graduada em Mídias Digitais e Interativas. Na Huge, seu portfólio inclui projetos para clientes como Grupo Estadão, Whirlpool, Google, Bradesco Seguros, Tableau e XP Investimentos.
  3. 3. Consumindo conteúdo hoje. Huge Setembro 2016
  4. 4. 1. Sobre a Huge 2. Por que UX? 3. Desafios 4. E aí? Agenda.
  5. 5. Sobre a Huge.
  6. 6. O que fazemos: A Huge é uma agência global que conecta negócios a usuários através de experiências digitais.
  7. 7. Nascemos no Brooklyn.
  8. 8. Fundado como um estúdio de design centrado no usuário.
  9. 9. Mas fazemos mais que design.
  10. 10. In-Person Observation Online Community Research Mobile Qualitative Research Usability Testing Market Segmentation Research. Omnichannel Design Digital In-Store Design Product Creation Responsive, App & Mobile Design UserExperience Design. Integrated Campaigns Copywriting Editorial Services Live-Action Production Motion Graphics & Animation Art Production Design Production Creative. Mobile & Multiplatform Apps E-Commerce Digital In-Store Web Applications Content Management Systems Emerging Platforms Gesture Recognition Technology. Social Media & PR Community Management Influencer Engagement Media Relations Crisis Response Measurement & Analytics Social. On-Page Strategy Competitive Inbound Analysis Search Social Strategy Local Optimization Paid Search Search. Loyalty Initiatives Customer Lifetime Value (CLV) Management Segment Development and Evaluation Marketing Automation Customer Data Management CRM. Market Opportunity Analysis Business & Product Innovation Organization Planning & Development Forecasting & Investment Planning Asset & Service Monetization Partnership Strategy Vendor Selection Management BusinessStrategy. Integrated Marketing Strategy Brand Strategy Digital Brand Translation BrandPlanning. Media Design Analysis Touchpoint Planning Investment Planning Media Activation Media. Brand Publishing Information Strategy Publishing Management Content Development Content. Consumer Data Analytics Strategy & Implementation Marketing, Social & CRM Analytics Data Visualization Data Strategy Statistical Modeling DataScience.
  11. 11. Make things people love.
  12. 12. Amsterdam · Atlanta · Bogotá · Brooklyn · Detroit · London · Los Angeles · Medellin · Portland · Porto Alegre · Rio de Janeiro · Mexico City · Oakland · São Paulo · Singapore · Toronto · Washington DC 2016. +1,000 funcionários pelo mundo; Parte do grupo IPG.
  13. 13. 2011 2012 2013 2014 2015 Brasil, LATAM & Cross Office.
  14. 14. Cases. SobreaHuge:
  15. 15. Harvard Business Review.
  16. 16. Eurosport.
  17. 17. TED.
  18. 18. Think with Google.
  19. 19. Por que UX?
  20. 20. Por que devemos entender como o usuário pensa, age e deseja?
  21. 21. Complexidade.
  22. 22. Expectativa.
  23. 23. “In a sense there's just one mistake that kills startups: not making something users want.” - Paul Graham, co-fundador da Y Combinator
  24. 24. Desafios.
  25. 25. Identificamos alguns desafios para o conteúdo digital hoje. Nos nossos projetos:
  26. 26. Distribuição. Desafios:
  27. 27. Antes, o usuário ia até o conteúdo. Usuário Conteúdo
  28. 28. Os intermediários surgem para que o usuário encontre o que lhe interessa. Usuário Conteúdo
  29. 29. Hoje, quem antes era intermediário, também tornou-se destino. Usuário Conteúdo
  30. 30. Levando todo o conteúdo direto para o usuário. Referência: Instant Article.
  31. 31. Ou apenas o que ele precisa saber no momento. Referência: Google Now.
  32. 32. Tudo isso sem produzir uma página de conteúdo original.
  33. 33. As redes sociais e o Google têm vantagens aparentes. Maisaudiência. Maisvolumededados. Maisinteligência. Maissegmentação.
  34. 34. Da mesma forma que eles usam conteúdo: Produtores também podem cooptar essas vantagens.
  35. 35. 80% do alcance do BuzzFeed está em outras plataformas.
  36. 36. Mas isso significa mudar a forma de medir o sucesso.
  37. 37. Como o Google classifica seus resultados? Como o Facebook decide o que o usuário vê em seu feed? Quais são as pautas que funcionam no Instagram ? Quando eu devo publicar no Snapchat? Entender as novas fontes é essencial.
  38. 38. Mobile. Desafios:
  39. 39. Mobile deixou de ser luxo há muito tempo.
  40. 40. Dispositivos usados para acessar a internet. 89% 65% 13% 8% Celular Computador Televisão Videogame Fonte: TIC Domicílios 2015 - CGI.br Inclui tablets.
  41. 41. Os “mobile-only”: 35%dos usuários de internet brasileiros acessam apenas pelo celular. Fonte: TIC Domicílios 2015 - CGI.br
  42. 42. Os “intermediários-destinos” também preocupam-se com a qualidade da experiência mobile.
  43. 43. No início de 2015: O Google modificou seu algoritmo de busca para priorizar sites com uma boa experiência mobile.
  44. 44. Ser mobile não significa só “dar uma apertadinha” no conteúdo.
  45. 45. O usuário mobile é fragmentado e disperso.
  46. 46. 94% deles navega enquanto faz outras atividades. Fonte: Micro Momentos – Think with Google, 2015.
  47. 47. Conhecer o comportamento do usuário é fundamental para entregar uma experiência contextualizada.
  48. 48. Às vezes, isso significa ir até onde ele está.
  49. 49. Vimos que os usuários tem esse hábito e essa necessidade: “saber o que tenho que saber agora.” É uma atualização do hábito de dar uma geral na capa do jornal, mas agora acontece em “paradas de ócio”, quando pegamos o celular para saber “o que está acontecendo”. O “Saiba agora”.
  50. 50. Formatos. Desafios:
  51. 51. Até 2019: 80%do tráfego mundial na internet será de vídeos digitais. Fonte: Cisco VNI Forecast 2015-2020
  52. 52. Bilhões de views por dia. Youtube 10-20 bi Facebook 8 bi Twitter 4 bi Snapchat 6 bi Fonte: Edelman – Digital in 2016
  53. 53. “As digital video becomes ubiquitous, every major initiative at BuzzFeed around the world will find an expression as video, just like everything we do works on mobile and social platforms.” - Jonah Peretti, CEO & fundador do BuzzFeed
  54. 54. Vídeo é rei hoje. E amanhã? 56
  55. 55. Mensagens de texto.
  56. 56. Voz.
  57. 57. Virtual Reality (VR).
  58. 58. E aí?
  59. 59. Não existe resposta certa.
  60. 60. Ter em mente: 1. Mudança é inevitável.
  61. 61. Ter em mente: 1. Mudança é inevitável. 2. Atualizar-se é essencial.
  62. 62. Ter em mente: 1. Mudança é inevitável. 2. Atualizar-se é essencial. 3. Falhar é normal.
  63. 63. Siga seu usuário.
  64. 64. Perguntas?
  65. 65. Get in touch. /in/arfserra aserra@hugeinc.com @ ladyars
  66. 66. Get in touch. 21 3550 3540 rio@hugeinc.com @hugeinc http://www.hugeinc.com
  67. 67. Setembro 2016 Semana Criativa – Consumindo conteúdo hoje. Huge Brasil: Rua Jardim Botânico, 518 – 2º andar – Rio de Janeiro

×