Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Programa analítico de psicanálise

805 views

Published on

  • Be the first to comment

Programa analítico de psicanálise

  1. 1. Disciplina: psicanálise Objectivos: Com esta disciplina visa-se o aprendizado da história da psicanálise e o acesso as principais teorias e conceitos do arcabouço teórico freudiano. O estudante deverá ainda compreender especificidade da clínica psicanalítica e conhecer as principais derivações da teoria freudiana a partir da abordagem aos discípulos e dissidentes de Freud. O enquadramento epistemológico da psicanálise deverá também ser objeto desta disciplina. Conteúdo programático: Unidade I- A emergência da Psicanálise 1.1 Os antecedentes e os primórdios da psicanálise 1.2 O objeto da psicanálise: o inconsciente 1.3 O método da psicanálise: a associação livre 1.4 O enquadramento epistemológico da psicanálise Unidade II- Psicanálise : Principais conceitos e teorias 2.1 A teoria da sexualidade 2.2 A teoria das pulsões 2.3 A primeira e a segunda concepções tópicas sobre o aparelho psíquico 2.4 A teoria dos sonhos 2.5 A teoria sobre o narcisismo 2.6. A teoria sobre os mecanismos de defesa 2.7. As categorias Clínicas da psicanálise: Neurose, Psicose, Perversão (os subtipos e formas de apresentação) Unidade II- A Clínica Psicanalítica 3.1 O conceito de atenção flutuante 3.2 O conceito e a dinâmica da Transferência 3.3 Rememorar, repetir e elaborar no processo de condução de uma análise 3.4 A direção do tratamento 3.5 As construções em análise 3.6 O conceito de compulsão a repetição 3.7 O final da análise 3.8 A especificidade da clínica psicanalítica com relação a outras formas de terapia 3.9 O triplé ético: formação permanente, supervisão, análise pessoal
  2. 2. Unidade 4- Os discípulos e os dissidentes de Freud 4.1 Alfred Adler 4.2 Ana Freud 4.3 Carl Jung 4.4Donald Winnicot 4.5Jacques Lacan 4.6Melanie Klein 4.7Sandor Ferenczi 4.8 Wilhelm Reich
  3. 3. REFÊRENCIAS BIBLIOGRÁFICAS : FREUD, S. Projeto para uma psicologia científica (1950a [1887-1902]). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. Estudos sobre histeria (1895d [1893-1895]). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. As neuropsicoses de defesa (1894a). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. Novos comentários sobre as neuropsicoses de defesa (1896b). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. A interpretação dos sonhos (1900a). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. Três ensaios sobre a teoria da sexualidade (1905d). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. ___________“A concepção psicanalítica da pertubação psicogência da visão”(1910) In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976.
  4. 4. Notas psicanalíticas sobre um relato autobiográfico de um caso de paranóia (1911c). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. A dinâmica da transferência (1912b). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. Recomendações aos médicos que exercem a psicanálise (1912e). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. Recordar, repetir e elaborar (1914g). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. Observações sobre o amor transferencial - Novas recomendações sobre a técnica da psicanálise (1915a[1914]). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. ___________ As pulsões e seus destinos (1915b) In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. __________Sobre o narcisismo - uma introdução (1914c). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. _________Reflexões para os tempos de guerra e morte (1915c). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976.
  5. 5. _________O recalque (1915d). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. O inconsciente (1915e). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. História de uma neurose infantil (1918b[1914]). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. Além do principio do prazer (1920g). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. O Ego e o Id (1923 b). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. Neurose e psicose (1924b[1923]). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. A perda da realidade na neurose e na psicose (1924e). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. A Negativa (1925h). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976.
  6. 6. Inibições, sintomas e ansiedade (1926d[1925]). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. Fetichismo (1927e). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. Mal-estar na civilização (1930a[1929]). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976 __________A questão de uma Weltanshangnuns. (1932) In:_ FREUD, S. Obras completas. V. XXII. Rio de Janeiro: Imago, 1976. Conferência XXXI (1933a[1932]). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. Análise terminável e interminável (1937a). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. Construções em análise (1937b). In: FREUD, S. Obras completas. Rio de Janeiro: Editora Imago, 1976. Garcia- Rosa – Freud e o inconsciente. Rio de Janeiro: Zahar, 1993. GUENANCIA, P. Descartes. Rio de Janeiro: Zahar, 1991. HABERMAS, J. Conhecimento e interesse. Rio de Janeiro: Zahar, 1981. KOYRÉ, A. Do mundo fechado ao universo infinito. São Paulo: Forense, 1979.
  7. 7. ____________Considerações sobre Descartes. Lisboa: Presença, 1986. HRYNIEWICZ, S. Para filosofar hoje. São Paulo: Mestre Jou, 1970. KUHN, T. A estrutura das revoluções científicas. São Paulo: Perspectiva, 1982. LATOUR, B. Jamais fomos modernos. São Paulo: ed. 34, 1997. MILLER, J. A. O percurso de Lacan. Rio de Janeiro: Zahar, 1998. MILNER, J. Claude. A obra clara. Rio de Janeiro: Zahar, 1996. MORENTE, M. Fundamentos da filosofia. São Paulo: Mestre Jou, 1970. LAPLANCHE, J. & PONTALIS, J. B. Vocabulário de psicanálise. São Paulo: Martins Fontes, 1991. LATOUR, B. Jamais fomos modernos. São Paulo: ed. 34, 1997. LÉVI-STRAUSS, C. Critérios científicos nas disciplinas sociais e humanas. In: LÉVI-STRAUSS, C. A antropologia estrutural II. Rio de Janeiro: Tempo universitário, 1995. PRYGOGINE, Y.; STENGERS, I. A nova aliança. Brasília: UnB,1997.
  8. 8. Exame Disciplina: Psicologia clínica e de aconselhamento Professora Helena Veloso 1) O que é a psicologia clinica 2) Defina aconselhamento 3) O que diferencia o aconselhamento da psicoterapia 4) Verse sobre os modelos teóricos do aconselhamento 5) O que é a psicanálise. 6) Discorra sobre as relações entre a psicanálise e o discurso cientifico.
  9. 9. Exame Disciplina: Psicopatologia Especial Professora Helena Veloso 1)Defina psicopatologia (2v.) 2)No contexto das escolas em psicopatologia o que diferencia a Psicopatologia biológica da Psicopatologia Sociocultural.(3v.) 3) Em que consiste a validade de um diagnóstico (3v.) 4) Quando se pode afirmar que um individuo e portador de deficiência intelectual.(2v.) 5) Quais são as características do transtorno de personalidade anti-social ou sociopata. (2v) 6)Em que consiste o Voyeurismo.(3v) 7) O que é o autismo(.3v) 8) Qual é a principal característica dos quadros de perversão e dos quadros de psicose.(2v)

×