Económico TV Fundos Soberanos 5 de Outubro de 2010 Hugo Mendes Domingos                        Económico TV Relatório CMVM...
Timor Leste pretende adquirir participação na EdP•   O Governo de Timor Leste pretende diversificar os seus investimentos•...
Sonangol Adquiriu 10% do BCP•    Sonangol aumentou a sua participação no BCP para mais de 10% do capital social•    Neste ...
Novo Paradigma•    A aquisição de uma participação no capital da EDP pelo fundo soberano de Timor Leste e a     aquisição ...
Novo Paradigma (cont.)•    A maior parte (>50%) dos activos dos fundos soberanos são detidos por países com substanciais  ...
Qual é a dificuldade?•    Sabemos quais os tipos de estratégia e o estilo de investimento dos fundos de private equity•   ...
Possíveis Soluções?•    É importante reconhecer que os fundos soberanos não vão desaparecer, antes pelo contrário é     pr...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Económico tv - 04.10.2010 - Sovereign Funds

206 views

Published on

Presentation on the investment of sovereign funds for an interview with Hugo Mendes Domingos in ETV (Portuguese Economic TV) in 5 October 2010. In Portuguese

Published in: Economy & Finance
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
206
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Económico tv - 04.10.2010 - Sovereign Funds

  1. 1. Económico TV Fundos Soberanos 5 de Outubro de 2010 Hugo Mendes Domingos Económico TV Relatório CMVM26-11-2012 1
  2. 2. Timor Leste pretende adquirir participação na EdP• O Governo de Timor Leste pretende diversificar os seus investimentos• Existe um fundo de 4,4 mil milhões de Euros para investir• Até agora, investido em US Treasuries• Pretende agora investir na EDP – emissão de obrigações convertíveis 2
  3. 3. Sonangol Adquiriu 10% do BCP• Sonangol aumentou a sua participação no BCP para mais de 10% do capital social• Neste momento, a Sonangol é o maior investidor no BCP, seguido da Teixeira Duarte26-11-2012 3
  4. 4. Novo Paradigma• A aquisição de uma participação no capital da EDP pelo fundo soberano de Timor Leste e a aquisição de uma participação de 10% no capital social do BCP pela Sonangol representam um novo paradigma: são agora os países emergentes, através dos seus fundos de private equity chamados fundos soberanos, que estão a adquirir participações no capital de empresas portuguesas Estimativa Tamanho Global dos Fundos Soberanos (US$ mil milhões) 10000 10000 5000 2500 500 0 1990A 2007A 2012E26-11-2012 4
  5. 5. Novo Paradigma (cont.)• A maior parte (>50%) dos activos dos fundos soberanos são detidos por países com substanciais exportações de produtos petrolíferos• Exemplos: – Noruega – Canadá – Rússia – Países do Golfo• E também países tais como Angola e Timor Leste, que são exportadores de petróleo26-11-2012 5
  6. 6. Qual é a dificuldade?• Sabemos quais os tipos de estratégia e o estilo de investimento dos fundos de private equity• Também temos pistas sobre o estilo de investimento dos hedge funds• No entanto, não sabemos muito sobre as estratégias de investimento dos fundos soberanos, neste caso a Sonangol e o fundo soberano de Timor Leste – Que tipo de investimentos fazem? – Usam dívida para financiar os seus investimentos? Estão muito endividados? – Pretendem controlar os activos, exercer alguma forma de controlo, ou somente fazer investimentos financeiros? – Quem toma as decisões de investimento?• A dificuldade é que como se trata de fundos soberanos, ligados a governos, torna-se muito difícil influenciar essas políticas de investimento26-11-2012 6
  7. 7. Possíveis Soluções?• É importante reconhecer que os fundos soberanos não vão desaparecer, antes pelo contrário é provável que continuem a crescer – Enquanto o preço do petróleo continuar na alta – Enquanto os países emergentes continuarem a exportar “commodities” e o preço das matérias primas continuar a subir• Que fazer? Da parte do Estado e das instituições internacionais, o problema é delicado já que qualquer tentativa de tornar a política de investimento destes fundos mais transparente pode ser visto como uma tentativa de ingerência nos assuntos internos desses países• Aliás, o facto de constituir esses fundos é uma boa iniciativa, já que permite a países emergentes constituir reservas que poderão ser usadas se o país tiver dificuldades económicas26-11-2012 7

×