Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Banco de Dados II: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico (aula 6)

3,392 views

Published on

- Conversão do modelo conceitual para o modelo lógico: atributos, relacionamentos, relacionamento identificador
- Multiplicidade x cardinalidade
- Conversão do modelo conceitual para o modelo lógico: generalização/especialização, agregação

Published in: Technology
  • Be the first to comment

Banco de Dados II: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico (aula 6)

  1. 1. Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico prof. Gustavo Zimmermann
  2. 2. Modelos ...
  3. 3. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Modelos Diagrama Entidade e Relacionamento: Modelo Conceitual
  4. 4. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Diagrama de Tabelas: Modelo Lógico Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Modelos
  5. 5. Conversões conceitual para lógico
  6. 6. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Conversões Notação Peter Pin-Shan Chen Modelo Conceitual Funcionario Departamentopertence N 1 Cardinalidade
  7. 7. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Conversões Notação Carlos Aberto Heuser Modelo Conceitual Funcionario Departamentopertence (1 : N) (0 : 1) Restrição de Cardinalidade
  8. 8. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Conversões Notação Charles Willian Bachman Modelo Lógico Setas A notação de Bachman teve uma derivação gráfica que ficou conhecida como notação de setas. Cardinalidade Notação original de Bachman Notação de Setas 1 : 1 1 : N N : 1 M : N
  9. 9. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Conversões Notação James Martin Modelo Lógico Notação Pé de Galinha Cardinalidade Representação N 1 Opcional Obrigatório
  10. 10. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Conversões Notação James Martin Modelo Lógico Notação Pé de Galinha Restrições Representação 1 : 1 1 : N 0 : 1 0 : N
  11. 11. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Conversões Notação James Martin Modelo Lógico Notação Pé de Galinha Profissional PK CPF FK Nome Profissao Endereco dataNasc CNPJ Empresa PK CNPJ Nome Endereco Telefone
  12. 12. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Conversões Notação James Martin Modelo Lógico Diagrama de Tabelas Notação Pé de Galinha
  13. 13. Tipos de Dados representações
  14. 14. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Tipos de Dados no MySQL Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Tipos de Dados • Tipos Numéricos: • Inteiros: TinyInt, Bit ou Bool, SmallInt, MediumInt, Integer, Int, BigInt. • Ponto Flutuante: Float, xReal, Double, Decimal, Numérico. • Tipos de Data: Date, DateTime, TimeStamp, Time, Year. • Tipos de Cadeia: Char, VarChar, Blob, Text, Enum, Set.
  15. 15. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Tipos Numéricos Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Tipos de Dados TIPO USO FAIXA SIGNED UNSIGNED TINYINT Numérico Inteiro Muito Pequeno -128 127 0 255 SMALLINT Numérico Inteiro Pequeno –32768 32767 0 65535 MEDIUMINT Numérico Inteiro Tamanho Médio –8388608 8388607 0 16777215 INT Numérico Inteiro Tamanho Comum –2147483648 2147483647 0 4294967295 BIGINT Numérico Inteiro Tamanho Grande – 9223372036854 775808 9223372036854 775807 0 1844674407370 9551615 DECIMAL Numérico Decimal de Ponto Fixo ilimitado FLOAT Numérico Ponto Flutuante de Precisão Simples – 3.402823466E+3 8 –1.175494351E- 38, 0 1.175494351E- 38 3.402823466E+3 8 DOUBLE Numérico Ponto Flutuante de Precisão Dupla - 1.79769313486 23157E+308 1.79769313486 23157E+308 - BIT ou Bool Campo de um Bit ou Booleano 0 1 -
  16. 16. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Tipos Data Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Tipos de Dados TIPO USO FAIXA DATE Data: Formato: ‘YYYY-MM-DD’ ‘1000-01-01’ ‘9999-12-31’ DATETIME Data e horário: Formato: ‘YYYY-MM-DD HH:MM:SS’ ‘1000-01-01 00:00:00’ ‘9999-12-31 23:59:59’ TIMESTAMP Marcação de Tempo ‘1970-01-01 00:00:00’ aproximadamente 2037 TIME Tempo: formato: ‘HH:MM:SS’ ‘-838:59:59’ ‘838:59:59’ YEAR Anos com 2 ou 4 dígitos. O padrão é 4 dígitos 1901 2155 1970 2069
  17. 17. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Tipos de Dados TIPO USO FAIXA CHAR String de tamanho fixo. Sempre é completada com espaços a direita até o tamanho definido. Se for definido 10 caracteres e forem usados 8 os 2 restantes serão preenchidos com espaço em branco. 1 255 VARCHAR String de tamanho variável. É usado exatamente o que foi preenchido e no máximo o que foi limitado. 1 255 TINYTEXT - 0 255 (2^8 – 1) caracteres TEXT - 0 65535 (2^16 – 1) caracteres MEDIUMTEXT - 0 16777215 (2^24 – 1) caracteres LONGTEXT - 0 4294967295 (2^32 – 1) caracteres Tipos Texto
  18. 18. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Diagrama de Tabelas: Modelo Lógico Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Conversões Cliente PK CPF: int (11) Nome: varchar (30) Endereco: varchar (50) dataNasc: date
  19. 19. Exercícios prática
  20. 20. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Exercício 1 (0,5): Formas Normais e Diagrama de Tabelas Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Exercícios Veiculo Clientepertence 1 1 Recepcionista atende N 1 (0 : 1) (0 : 1) (0 : N) (1 : 1) endereco nome telefones email dataNasc codClientecnh placa fabricante modelo ano cor codAtendimento problemaVeiculo km data kmEntrada kmRetirada dataEntrada dataRetirada
  21. 21. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Exercício 2 (1,0): Formas Normais e Diagrama de Tabelas Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Exercícios Aplique as Formas Normais nos Conjuntos de Esquemas a seguir e aplique o Modelo Lógico através dos Diagramas de Tabelas.
  22. 22. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Exercício 2: Formas Normais e Diagrama de Tabelas Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Exercícios a) Empregado (Número Empregado, Nome do Empregado, Número do Departamento, Nome do Departamento, Número do Gerente, Nome do Gerente, Número do Projeto, Nome do Projeto, Dia de Início do Projeto, Número de horas trabalhadas no projeto).
  23. 23. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Exercício 2: Formas Normais e Diagrama de Tabelas Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Exercícios b) Ordem_Compra (cd_ordem_compra, dt_emissao, cd_fornecedor, nm_fornecedor, endereço_fornecedor, cd_material (n vezes), descricao_material (n vezes), qt_comprada (n vezes), vl_unitário (n vezes), vl_total_item (n vezes), vl_total_ordem).
  24. 24. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Exercício 2: Formas Normais e Diagrama de Tabelas Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Exercícios c) Tabela de Notas Fiscais (Num_NF, Série, Data emissão, Cod. Cliente, Nome cliente, Endereço cliente, CGC cliente, Código Mercadoria, Descrição Mercadoria, Quantidade vendida, Preço de venda, Total da venda da Mercadoria e Total Geral da Nota). Cada nota pode ter mais do que uma mercadoria.
  25. 25. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Exercício 2: Formas Normais e Diagrama de Tabelas Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Exercícios d) Inscrição (Código do Aluno, Nome do Aluno, Telefone para contato, Ano de Admissão, Código da Disciplina, Nome da Disciplina, Nome do Curso, Data da Matricula). e) Paciente (num_paciente, nome_paciente, num_quarto, descricao_quarto, num_comodos_quarto, {cod_medico, nome_medico, fone_medico}).
  26. 26. prof. Gustavo Zimmermann | contato@gust4vo.com Exercício 3 (1,0): MER, Formas Normais e Diagrama de Tabelas Banco de Dados II – Aula 6: Conversão do Modelo Conceitual para o Modelo Lógico Exercícios Você foi convidado a elaborar um banco de dados para uma empresa de consultoria que deseja registrar informações sobre seus projetos e consultores. De acordo com o solicitado pelo seu cliente, para cada projeto você deverá armazenar o código, nome e endereço da empresa que solicitou o projeto, o número do projeto, a data de início e de término do projeto, o valor do projeto, o número, nome, número do documento de identidade e especialização dos consultores que participaram do projeto, as horas que trabalharam em cada projeto e a função que exerceu (líder ou membro). Note que uma mesma empresa pode solicitar diversos projetos e um mesmo consultor pode trabalhar em diversos projetos.
  27. 27. <fim /> bora pra casa!

×