Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor

515 views

Published on

Equipe da livraria de Gustavo Scheffer
E - mail: livrariadegustavoscheffer@hotmail.com

Published in: Design
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
515
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
21
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor

  1. 1. APRESENTAÇÃO DO SENHOR Luz das Nações e glória do seu Povo Dia de oração pelas vocações e da partilha
  2. 2. Tua família reunida; vem hoje pedir-te Senhor. A paz que nos vem de tua vida; e é fruto do teu amor.
  3. 3. 1. Quando o ódio, a vingança, o rancor, vierem nos destruir, nós queremos ser em tuas mãos, instrumentos do teu amor.
  4. 4. Tua família reunida; vem hoje pedir-te Senhor. A paz que nos vem de tua vida; e é fruto do teu amor.
  5. 5. 2. Quando a treva que o erro conduz, cegar muitos corações. Nós queremos ser em tuas mãos, instrumentos de tua luz.
  6. 6. Tua família reunida; vem hoje pedir-te Senhor. A paz que nos vem de tua vida; e é fruto do teu amor.
  7. 7. 3. Quando a ofensa e a discórdia, enfim; romperem a união. Nós queremos ser em tuas mãos. Instrumentos do teu perdão.
  8. 8. Tua família reunida; vem hoje pedir-te Senhor. A paz que nos vem de tua vida; e é fruto do teu amor.
  9. 9. RITOS INICIAS
  10. 10. PERDÃO
  11. 11. Tende piedade./ Tende piedade./ Tende piedade de nós, ó Senhor./ Tende piedade./ Tende piedade./ Vosso povo é santo, mas também é pecador.
  12. 12. Vosso coração de Pai,/ sabe perdoar./ Vosso coração de Filho,/ sabe perdoar./ Vosso coração de Deus Consolador,/ sabe perdoar,/ sabe perdoar.
  13. 13. Tende piedade./ Tende piedade./ Tende piedade de nós, ó Senhor./ Tende piedade./ Tende piedade./ Vosso povo é santo, mas também é pecador.
  14. 14. GLÓRIA
  15. 15. Glória, glória! Anjos no céu cantam todos seu amor! E na terra, homens de paz: “Deus merece o louvor!”
  16. 16. 1. Deus e Pai, nos vos louvamos, adoramos, bendizemos, damos glória ao vosso nome, vossos dons agradecemos!
  17. 17. Glória, glória! Anjos no céu cantam todos seu amor! E na terra, homens de paz: “Deus merece o louvor!”
  18. 18. 2. Senhor nosso, Jesus Cristo, Unigênito do Pai, vós de Deus Cordeiro Santo, nossas culpas perdoai!
  19. 19. Glória, glória! Anjos no céu cantam todos seu amor! E na terra, homens de paz: “Deus merece o louvor!”
  20. 20. 3. Vós que estais junto do Pai, como nosso Intercessor, acolhei nossos pedidos, atendei nosso clamor!
  21. 21. Glória, glória! Anjos no céu cantam todos seu amor! E na terra, homens de paz: “Deus merece o louvor!”
  22. 22. 4. Vós somente sois o Santo, o Altíssimo, o Senhor, com o Espírito Divino, de Deus Pai no esplendor!
  23. 23. Glória, glória! Anjos no céu cantam todos seu amor! E na terra, homens de paz: “Deus merece o louvor!”
  24. 24. LITURGIA PALAVRA
  25. 25. PRIMEIRA LEITURA (3,1-4).
  26. 26. SALMO (24)
  27. 27. O Rei da glória é o Senhor onipotente!
  28. 28. SEGUNDA LEITURA (HB 2,14-18)
  29. 29. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO
  30. 30. Vai falar no Evangelho/ Jesus Cristo, aleluia!/ Sua Palavra é alimento,/ que dá a vida, aleluia!
  31. 31. Glória a Ti, Senhor, toda graça e louvor. (bis)
  32. 32. 2. A mensagem da alegria/ ouviremos, aleluia!/De Deus as maravilhas,/ cantaremos, aleluia!
  33. 33. Glória a Ti, Senhor, toda graça e louvor. (bis)
  34. 34. EVANGELHO (LC 2,22-40)
  35. 35. PROFISSÃO DE FÉ
  36. 36. PRECES: Senhor,socorrei – nos em vossa vontade
  37. 37. OFERTÓRIO
  38. 38. /:De mãos estendidas ofertamos o que de graça recebemos.:/
  39. 39. 1. A natureza tão bela, que é louvor, que é serviço; o sol que ilumina as trevas, transformando-as em luz; o dia que nos traz o pão e a noite que nos dá repouso; ofertamos ao Senhor o louvor da criação.
  40. 40. /:De mãos estendidas ofertamos o que de graça recebemos.:/
  41. 41. 2. Nossa vida toda inteira, ofertamos ao Senhor como prova de amizade, como prova de amor, com o vinho, com o pão, ofertamos ao Senhor nossa vida toda inteira, o louvor da criação.
  42. 42. /:De mãos estendidas ofertamos o que de graça recebemos.:/
  43. 43. ORAÇÃO EUCARÍSTICA III
  44. 44. ORAÇÃO EUCARÍSTICA III O SENHOR ESTEJA CONVOSCO. ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. CORAÇÕES AO ALTO. O NOSSO CORAÇÃO ESTÁ EM DEUS. DEMOS GRAÇAS AO SENHOR, NOSSO DEUS. É NOSSO DEVER E NOSSA SALVAÇÃO.
  45. 45. Senhor Deus do universo, santo, santo é vosso nome! Nós proclamamos vossa glória! Hosana, hosana nas alturas! Hosana a Deus três vezes santo!
  46. 46. E bendito seja aquele que em seu nome veio ao mundo, que em seu nome veio ao mundo. Hosana, hosana nas alturas/ hosana a Deus três vezes santo.
  47. 47. SANTIFICAI E REUNI O VOSSO POVO!
  48. 48. SANTIFICAI NOSSA OFERENDA, Ó SENHOR!
  49. 49. Todas as vezes que comemos deste pão e bebemos deste cálice, anunciamos, Senhor, a vossa morte enquanto esperamos a vossa vinda!
  50. 50. RECEBEI, Ó SENHOR, A NOSSA OFERTA!
  51. 51. FAZEI DE NÓS UM SÓ CORPO E UM SÓ ESPÍRITO!
  52. 52. FAZEI DE NÓS UMA PERFEITA OFERENDA!
  53. 53. LEMBRAIVOS, Ó PAI, DA VOSSA IGREJA!
  54. 54. LEMBRAIVOS, Ó PAI, DOS VOSSOS FILHOS!
  55. 55. A TODOS SACIAI COM VOSSA GLÓRIA!
  56. 56. PAI NOSSO...
  57. 57. ORAÇÃO PELA PAZ
  58. 58. COMUNHÃO
  59. 59. Entre muitos presentes que nos deu, Jesus Cristo deixou a Eucaristia. Foi a forma tão simples que encontrou pra ficar com seu povo noite e dia.
  60. 60. /:Pelo amor de Jesus e Maria, esta Eucaristia nos faça viver.:/
  61. 61. 2. Celebrando com os seus a despedida, não querendo deixar-nos sós no mundo, transformou-se no pão de nossa vida, num mistério tão rico e tão profundo.
  62. 62. /:Pelo amor de Jesus e Maria, esta Eucaristia nos faça viver.:/
  63. 63. 3. Como outrora a seu povo no deserto, Deus nos dá o seu Filho por comida. Quem comer deste pão pode estar certo; terá Cristo envolvendo a sua vida.
  64. 64. /:Pelo amor de Jesus e Maria, esta Eucaristia nos faça viver.:/
  65. 65. Se calarem a voz dos profetas, as pedras falarão, se fecharem uns poucos caminhos, mil trilhas
  66. 66. Muito tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais, Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais.
  67. 67. É Jesus esse pão de igualdade, viemos pra comungar com a luta sofrida do povo, que quer ter voz, ter vez, lugar.
  68. 68. Comungar-se é tornar-se um perigo, viemos pra incomodar, com a fé e a união, nossos passos um dia vão chegar.
  69. 69. 2. O espírito é vento incessante que nada há de prender, ele sopra até no absurdo que a gente não quer ver.
  70. 70. Muito tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais, Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais.
  71. 71. É Jesus esse pão de igualdade, viemos pra comungar com a luta sofrida do povo, que quer ter voz, ter vez, lugar.
  72. 72. Comungar-se é tornar-se um perigo, viemos pra incomodar, com a fé e a união, nossos passos um dia vão chegar.
  73. 73. 3. No banquete da festa de uns poucos, só o rico se sentou, nosso Deus fica ao lado dos pobres colhendo o que sobrou.
  74. 74. Muito tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais, Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais.
  75. 75. É Jesus esse pão de igualdade, viemos pra comungar com a luta sofrida do povo, que quer ter voz, ter vez, lugar.
  76. 76. Comungar-se é tornar-se um perigo, viemos pra incomodar, com a fé e a união, nossos passos um dia vão chegar.
  77. 77. 4. O poder tem raízes na areia, o tempo faz cair, a união é a rocha que o povo usou pra construir.
  78. 78. Muito tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais, Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais.
  79. 79. É Jesus esse pão de igualdade, viemos pra comungar com a luta sofrida do povo, que quer ter voz, ter vez, lugar.
  80. 80. Comungar-se é tornar-se um perigo, viemos pra incomodar, com a fé e a união, nossos passos um dia vão chegar.
  81. 81. 5. Toda a luta verá o seu dia nascer da escuridão. Ensaiamos a festa e a alegria fazendo comunhão.
  82. 82. Muito tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais, Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais.
  83. 83. É Jesus esse pão de igualdade, viemos pra comungar com a luta sofrida do povo, que quer ter voz, ter vez, lugar.
  84. 84. Comungar-se é tornar-se um perigo, viemos pra incomodar, com a fé e a união, nossos passos um dia vão chegar.

×