Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

19 02 12

222 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

19 02 12

  1. 1. Nº 1.900 (Ano B - Verde) - 7º Domingo do Tempo Comum - 19 de fevereiro de 2012 LIVRES, EM PAZ COM A VIDA E COM DEUS! doar, que o leva também a enfrentar con- flitos com seus opositores. C.2 Rezemos nesta celebração, para que o Espírito do Senhor nos livre do como- dismo que nos mantém paralisados e nos faça caminhar ao encontro de tantos que precisam se erguer como gente e como fi- lhos e filhas de Deus. 02. CANTO Vimos o Senhor... nº 107 03. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO D. Reunidos ao redor da mesa da Pala- vra, saudemos a família divina: em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. D. A graça e a compaixão de nosso Se- nhor Jesus Cristo, o amor infinito do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejamSugestão: O Lecionário poderia ser levado, an- convosco.tes da Primeira Leitura, por um (a) cadeiranteda comunidade ou alguém que tenha alguma de- Todos: Bendito seja Deus que nos reu-ficiência semelhante. Se for possível, esta pessoa niu no amor de Cristo.faça uma das leituras deste Domingo. 04. DEUS NOS PERDOA01. MOTIVAÇÃO D. Em silêncio, recordemos a semana queC.1 Na experiência do paralítico recorda- passou, pedindo perdão a Deus pelos pe-mos, neste Domingo, mais um sinal liberta- cados cometidos e pelo bem que deixa-dor de Jesus: sua autoridade divina de per- mos de realizar (instantes de silêncio).
  2. 2. D. Senhor, que abristes estradas no deser- ta-te, vem companheiro (a) à vida brin-to e fizestes correr rios na terra seca, dar!transformai o nosso coração e tende pie-dade de nós. (Só fazer o comentário abaixo se o lecionárioTodos: Senhor, tende piedade de nós. não for trazido por um cadeirante e já estiver na mesa da Palavra.)D. Cristo, que recebestes do Pai o poderde perdoar os pecados, purificai o nosso C.1 Este Domingo da cura do paralíticocoração e tende piedade de nós. revela o amor e a misericórdia infinitos deTodos: Cristo, tende piedade de nós. Deus. Olhemos atentos para a mesa daD. Senhor, que enviastes Jesus para nos Palavra e escutemos com atenção o que oensinar a dizer "sim" ao seu projeto de amor, Pai vai nos falar hoje.ajudai-nos a ser fiéis a essa vocação e ten-de piedade de nós. PRIMEIRA LEITURA:Todos: Senhor, tende piedade de nós. Is 43, 18-19.21-22.24b-25D. Deus de compaixão, que cancela nos- L.1 Leitura do Livro do Profeta Isaías.sas culpas, tende compaixão de nós,perdoai os nossos pecados e nos conduzais SALMO RESPONSORIAL: 40 (41)à vida eterna. Amém. Refrão: Curai-me, Senhor, pois pequei contra vós!05. HINO DE LOUVORD. Louvemos ao Senhor que sempre reno- SEGUNDA LEITURA: 2Cor 1, 18-22va toda a criação. Louvemos pelos 54 anosanos de criação de nossa diocese de São L.2 Leitura da Segunda Carta de SãoMateus (16/02). E por todas as maravilhas Paulo aos Coríntios.realizadas por Ele nessa caminhada deste"povo santo de Deus", cantando: EVANGELHO: Mc 2,1-1206. ORAÇÃO CANTO DE ACLAMAÇÃOD. Ó Deus, Pai e Mãe de ternura e com- Aleluia, Aleluia, Aleluia.paixão, dai-nos a graça de sempre co- Solo: Foi o Senhor quem me mandounhecer o que é agradável aos Vossos Boas Notícias anunciar; ao pobre a quemolhos e realizar a vossa vontade em nos- está no cativeiro, libertação eu vou pro-sas palavras e ações. Por Cristo, nosso clamar.Senhor. Amém. Proclamação do Evangelho de Jesus07. DEUS NOS FALA Cristo segundo Marcos.(Enquanto o (a) cadeirante entra, cantar oucolocar o CD do refrão da CF 2006, sem ne- 08. PARTILHANDO A PALAVRAnhum comentário) A Palavra de Deus, dirigida a nós nesteRefrão CF 2006: Levanta-te, chega pra Domingo, nos coloca em relação com ocá e vem para o meio! Levanta-te, une amor infinito de Deus. Apesar de o profetateu canto a nosso cantar! Levanta-te, Isaías falar sobre um certo "cansaço" dechega pra cá e vem para o meio! Levan- Deus diante da indiferença e do pecado do
  3. 3. povo, transparece no texto um Deus com- Também nós somos chamados a fazer opassivo, capaz de ir ao encontro do peca- bem e a ser instrumentos do milagre dodor. A queixa de Deus é feita, porque o povo amor. Podemos ser sinais de luz e de vida.O esqueceu. Deus cobra de seu povo fide- Que o Espírito nos guie e nos mantenha fir-lidade, porque ele é capaz de manter sua mes neste caminho.promessa até as últimas consequências. Elefaz coisas novas. É capaz de abrir estrada 09. PROFISSÃO DE FÉno deserto e fazer correr rios em terra seca. D. Paulo nos ensina na Segunda Leitura: "ÉO amor infinito de Deus se manifesta viva- Deus que nos confirma em nossa adesãomente na pessoa de Jesus, o "sim" do Pai. a Cristo, como também é Deus que nosNele, de fato, se cumprem as promessas ungiu e nos deu como sinal o Espíritode Deus. No Evangelho, Jesus cura o pa- derramado em nossos corações". Profes-ralítico. O Deus de Jesus é um Deus que semos nossa fé trinitária, rezando. Creio...não castiga, mas que acolhe a pessoa. Je-sus perdoa os pecados em nome de Deus. 10. PRECES DA COMUNIDADEAtravés do perdão, Jesus resgata a vida da D. O Senhor não guarda a lembrança depessoa. Ele perdoa, ele cura. nossas culpas e está sempre pronto paraAs promessas de Deus são de vida. O escutar nossas súplicas. Por isso, digamossalmista reza: O Senhor vai guardar o fraco com fé.e o pobre e salvar sua vida; vai torná-lo fe- Todos: Senhor, escutai a nossa prece.liz. Não o abandonará em seu leito de dor,e sim, vai guardá-lo são e salvo (cf. Sl 41). L.1 Pela Igreja, para que revele em seusJesus age com misericórdia mesmo saben- ministros e suas instituições a misericórdiado que suas atitudes vão causar conflitos de Jesus e o plano de salvação do Pai, re-com "líderes" legalistas. Cada vez mais va- zemos.mos percebendo quem verdadeiramente é L.2 Pelos sacerdotes e todos os cristãos,Jesus. Ele é aquele que de fato veio para para que valorizem o sacramento do per-que todos tenham vida, mesmo que isso dão e a ele recorram com fé e humildade,coloque em risco a sua própria vida. rezemos.Temos muito a aprender da Palavra de Deus L.1 Pela paróquia de Ecoporanga que nohoje. Os homens levaram o paralítico até próximo dia 25 celebrará seus 50 anos deJesus. Encontraram barreiras, mas acharam missão, rezemos.uma saída. O paralítico acreditou na pala- L.2 Pela nossa diocese que, na última quin-vra de Jesus e lhe obedeceu. Também ta-feira completou 54 anos de caminhada,aprendemos com o apóstolo Paulo, que, para que continue sendo uma Igreja viva emesmo diante de controvérsias, devemos comprometida com a realização do Reinopermanecer firmes na missão. Misericórdia. de Deus, rezemos.compaixão e bondade são atitudes que o (preces espontâneas)Senhor nos pede. Saibamos dar o nosso D. Senhor, de corações sinceros e confia-"sim" a Deus. dos na vossa misericórdia, vos suplicamos:Estamos diante das promessas e ações em atendei nossos pedidos feitos com fervorfavor da vida. Promessas de salvação eter- neste dia que vos é consagrado. Por Cris-na e também que já começam aqui e agora. to, nosso Senhor. Amém.
  4. 4. 11. APRESENTAÇÃO DOS DONS zas. É dia de jejum e abstinência, não es-D. Apresentemos ao Senhor o que foi fei- queçamos. Que horas vamos celebrar na co-to para facilitar a vida das pessoas com munidade?deficiência em nossa comunidade ou loca-lidade (se foi feito algo, dizer o quê). 16. BÊNÇÃO E DESPEDIDACanto: Dá-nos um coração... nº 414 D. Que o Deus de toda consolação dispo- nha na sua paz os vossos dias e vos conce-12. PAI NOSSO da as suas bênçãos.D. "Ousamos chamar-te de Pai", diz um Todos: Amém!canto antigo. Através das leituras de hoje D. Sempre vos liberte de todos os perigos epercebemos o quanto Deus nos ama, sem confirme os vossos corações em seu amor.colocar condições. A Ele agora nos dirigi- Todos: Amém!mos, conforme a súplica que seu próprio D. E assim, ricos em esperança, fé e carida-Filho nos ensinou: Pai nosso... de, possais viver praticando o bem e chegar felizes à vida eterna.13. ABRAÇO DA PAZ Todos: Amém!D. Falta paz no mundo porque dizemos D. Abençoai-vos Deus todo poderoso, Paimais "não" do que "sim" a Deus. Dizer e Filho e Espírito Santo."Amém" a Ele é nos colocarmos em atitu- Todos: Amém!de de paz e solidariedade. Saudemos uns D. Sede compassivos e misericordiosos. Ideaos outros em Cristo Jesus. em paz e que o Senhor vos acompanhe. Todos: Graças a Deus!14. ORAÇÃOD. Experimentamos, Senhor, vossa mi- 17. CANTOsericórdia em cada momento desta ce- O amor de Deus me escolheu... nº 750lebração. Que ela se estenda por todaesta semana que se inicia. Que possa-mos construir relações novas, basea-das no respeito à dignidade de cadapessoa. Por Cristo, nosso Senhor.Amém! Leituras para a Semana15. AVISOSD. Hoje encerramos a primeira parte do 2ª Tg 3, 13-18 / Sl18B (19B) / Mc 9, 14-29Tempo Comum do Ano "B", dedicado a 3ª Tg 4, 1-10 / Sl 54(55) / Mc 9, 30-37 4ª CINZAS - Folheto próprioSão Marcos. Na próxima Quarta-feira da- 5ª Dt 30, 15-20 / Sl 1 / Lc 9, 22-25remos início à Quaresma e à Campanha 6ª Is 58, 1-9a / Sl 50(51) / Mt 9, 14-15da Fraternidade com a celebração das Cin- Sáb.: Is 58, 9b-14 / Sl 85(86) / Lc 5, 27-32 Secretariado Diocesano de Pastoral Av. João XXIII, 410-Centro 29930-420-S. Mateus/ES - Tel: (27) 3763.1177 Fax 3763.3104 - E-mail: secretariado@diocesedesaomateus.org.br / Site: www.diocesedesaomateus.org.br Rádio Católica da nossa região, é a Kairós FM 94,7. www.radiokairos.com.br Associe-se ao Clube do Ouvinte e ajude a manter a rádio. Informações pelo telefone 3767-2000.

×