Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Porque avaliar soft skills é fundamental na predição do Recrutamento e Seleção.

153 views

Published on

No dia 26/09 de 2017, nós promovemos nosso primeiro webinar de uma série que deverá acontecer bimestralmente com foco em recrutamento preditivo e diversos outros assuntos.

Confira os principais tópicos desta primeira apresentação:
- Transformação digital
- Candidato como protagonista do processo
- O que são Soft Skills
- Áreas relevantes para avaliar Soft Skills  
- Predição como tendência em recrutamento e seleção
- Modelos de sucesso de Recrutamento Preditivo: ciência dos dados e dos comportamentos

Confira o vídeo desta apresentação pelo link: http://wp.me/p8NLI0-5v

Published in: Recruiting & HR
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Porque avaliar soft skills é fundamental na predição do Recrutamento e Seleção.

  1. 1. Webinar Nós decidimos fazer diferente: um processo seletivo inteligente, ágil e preditivo. Grupo Selpe www.gruposelpe.com.br
  2. 2. Apresentação Hegel Botinha Sócio Diretor do Grupo Selpe Recursos Humanos Formado em Administração pela UFMG, MBA em Gestão IBMEC e PDD na FDC. Master Coach, Instrutor de Liderança pela Organização Chilena Condor Blanco, Diretor da Associação Comercial de Minas, Líder Empresarial Jovem no Fórum de Líderes da Gazeta Mercantil. www.gruposelpe.com.br LinkedIn: Hegel Passos Botinha
  3. 3. Apresentação Luciana Franco Diretora Grupo Selpe Formada em Psicologia. MBA em Formação e Gestão de Competências, Pós-graduação em Análise Bioenergética, Gestão in Company pela FDC. Profissional com mais de 20 anos de carreira. Experiência em Gestão Estratégica de Recursos Humanos em empresas como: PifPaf Alimentos, TIM Brasil e Alpargatas. www.gruposelpe.com.br LinkedIn: Luciana Franco
  4. 4. Por que avaliar Soft Skills é fundamental na predição de sucesso para gestão de pessoas? www.gruposelpe.com.br
  5. 5. Os temas de hoje: ▪ Transformação Digital e Gap de Gerações + Centrismo Digital ▪ Candidato como Protagonista do processo + Ressignificação do Sentido do Trabalho ▪ O que são Soft Skills? De Hard Skills para Soft Skills ▪ Predição como Tendência em Recrutamento e Seleção ▪ O modelo de sucesso do Recrutamento Preditivo: ciência dos dados e ciência comportamental www.gruposelpe.com.br
  6. 6. Transformação Digital Gap de Gerações + Centrismo Digital 1- Líderes precisam construir a ponte que une as gerações. Preciso Ter! Preciso Parecer! Preciso Pregar mindset 2- Baby Boomers, Geração X, Geração Y, Geração Z 3- O propósito como objetivo. O trabalho é apenas uma consequência. www.gruposelpe.com.br 4- Não conhecem a vida sem a Internet. Acessam facilmente um mix de conteúdos que podem ser transformados. O mundo digital é a commoditie. mindset mindset Este pode ter sido o mindset de alguns membros das gerações passadas. Hoje é o mindset de toda uma geração. Preciso Ser! mindset 1º momento
  7. 7. Labor = doença, desgraça e dor. (em latim) Pónos = pena, sofrimento, fadiga. (em grego) www.gruposelpe.com.br O sentido do que significa o trabalho, mudou.
  8. 8. Diversificação das fontes de renda www.gruposelpe.com.br
  9. 9. www.gruposelpe.com.br É necessário um novo modelo de R&S 1- Agir com menos viés (bias). O candidato está se tornando cada vez mais protagonista do processo Porque o ambiente organizacional está se tornando mais horizontalizado. 3- Engajamento e Propósito. 2- Os dados dos candidatos na mão do RH. 4- Baseado em cultura e valores, do candidato e da organização.
  10. 10. www.gruposelpe.com.br O que são SoftSkills? De HardSkills para SoftSkills 2º momento
  11. 11. Até anos 2000: Saber conceitualmente (conhecimento) + Saber fazer (habilidades) + Saber agir (atitude) www.gruposelpe.com.br O sentido do que significa competência, está mudando. De 2000 em diante: Todas anteriores + Ser protagonista (criar/inovar) Predominante: Hard Skills Secundário: Soft Skills Soft Skills: ganhando protagonismo Hard Skills: tornando secundário
  12. 12. Diagrama de Paul Baran Uma mudança em curso nas empresas espectador protagonistaconectado www.gruposelpe.com.br A 4ª revolução industrial acontece neste nível
  13. 13. Hard Skills (QI) São as aptidões, o jeito e a destreza aplicados em cada pessoa, em determinada tarefa. ▪ Conjunto de habilidades que são fáceis de quantificar. Exemplos: conhecimento em software X, gerenciamento de projetos, sistema Y, velocidade de digitação, operação da máquina de uma determina fabricante, proficiência em línguas, etc. ▪ São ensináveis e replicáveis. Facilmente mensuráveis. ▪ Geralmente são aprendidas em universidades, escolas de negócios, escolas técnicas. Muito descritas em currículos. ▪ Por serem sensíveis ao aprendizado e replicáveis, facilitam a formatação de processos e estruturas. ▪ Muitas delas poderão ser substituídas por níveis de automação de máquinas, inteligência artificial e algoritmos.
  14. 14. Soft Skills Premissa: Inteligência Emocional (EQ) Determinam a capacidade de gestão e relacionamento interpessoal, que o difere de forma positiva dos demais colegas. www.gruposelpe.com.br ▪ A criatividade se tornará uma das três principais habilidades que as pessoas precisarão para trabalhar. Com a avalanche de novos produtos, novas tecnologias e novas formas de trabalho, a criatividade assume certa relevância. ▪ Contexto de surgimento: a partir de 1985, tese de doutorado de Wayne Payne sobre Inteligência Emocional: "A Study of Emotion: Developing Emotional Intelligence“. ▪ Favorecem na capacidade de identificar, avaliar e controlar as emoções de si mesmo, dos outros e dos grupos. Colaboração e iniciativa como premissa. ▪ Entender, simpatizar e se conectar com as pessoas ao redor. ▪ Principais SoftSkills: Comunicação, Flexibilidade, Liderança, Motivação, Trabalho em Equipe, Tomada de Decisão, Resolução de problemas, Ética, Empatia.
  15. 15. ▪ Em cinco anos, mais de um terço das habilidades (35%) – Hard Skills - que são consideradas importantes hoje, irão mudar. Fórum Econômico Mundial ▪ Porque na 4ª Revolução Industrial, que inclui desenvolvimentos em inteligência artificial e a aprendizagem de máquinas, a robótica, a nanotecnologia, a impressão 3-D e a genética e a biotecnologia, está causando uma disrupção generalizada nos modelos de negócios. www.gruposelpe.com.br Foto: weforum.org SoftSkills Um contexto emergente
  16. 16. www.gruposelpe.com.br Predição como tendência em Recrutamento e Seleção Sinônimos: Previsão, prognóstico, antecipação de cenários futuros. 3º momento
  17. 17. Predição como tendência em R&S A maturidade da “4ª Onda do RH”**Dave Ulrich EvoluçãodoRH Tempo 1ª Onda Administração do RH 2ª Onda Práticas de RH 3ª Onda Estratégia de RH 4ª Onda De Dentro para Fora Gig Economy Forças descentralizadas Fatores sociodemográficos divergentes Clientes e Investidores Comunidade: Surge a demanda do Employer Branding RH envolvido na estratégia do negócio, “RH estratégico!” Desenvolvimento de lideranças e aprimoramento das unidades de negócios. “Universidade corporativa” Digitalização Administração www.gruposelpe.com.br
  18. 18. www.gruposelpe.com.br A customização é a chave do sucesso 1- É preciso saber qual mudança afeta a força de trabalho. 2- Hard Skills e Soft Skills precisam ser consideradas simultaneamente. 3- Um RH menos reativo e mais proativo. 4- People Analytics. 5- O RH precisa ser protagonista nas ações que envolvam engajamento, cultura e valor. 6- A exponencialidade dos dados e das transformações trazem mudanças constantes.
  19. 19. www.gruposelpe.com.br Modelo de Sucesso do Recrutamento Preditivo: ciência dos dados e dos comportamentos 4º momento
  20. 20. O mundo exponencial exige ações rápidas e uma tomada de decisão orientada por dados e analytics. www.gruposelpe.com.br
  21. 21. Nós Predizemos oSucesso! Grupo Selpe é Solution Provider da maior ferramenta de Recrutamento Preditivo do mundo, o AssessFirst
  22. 22. Agradeço pela sua participação, Aguarde os próximos eventos. Leia em nosso blog conteúdos relevantes sobre Recrutamento Preditivo. Acesse http://info.gruposelpe.com.br Curta e compartilhe o vídeo e faça comentários sobre o que conversamos hoje. www.gruposelpe.com.br
  23. 23. Créditos Design: Marina Silper Diretor Comercial: Hegel Botinha Diretora de Desenvolvimento: Luciana Franco Coordenação e Pesquisa de conteúdo: Lucas Parisi Marketing: Pedro Rodarte Assessoria de Imprensa: Rede Comunicação www.gruposelpe.com.br
  24. 24. Matriz - Belo Horizonte Rua André Cavalcanti, 41 Gutierrez 31 2121 0100 Unidade Belo Horizonte Av. do Contorno, 8279 5º e 6º andar - Gutierrez 31 3503 0100 Selpe Advisory R. Santa Catarina, 883 Lourdes 31 3267 4991 Contagem Av. José Faria da Rocha, 4889 Eldorado 31 2532 6600 Uberlândia R. Santos Dumont, 1396 Lídice 34 3238 8388 Conselheiro Lafaiete R. Tavares de Melo, 460 Centro 31 3763 5771 São Paulo Av. das Nações Unidas, 12495 15º Andar - Brooklin Novo 11 2844 1790 Recife R. Samuel Campelo, 180 Espinheiro 81 3035 8350 Goiana R. Direita, 83 Centro 81 3626 4364 Unidades www.gruposelpe.com.br
  25. 25. www.gruposelpe.com.br

×