Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Ficha de leitura do livro "O Pequeno Príncipe" de Antoine de Saint-Exupéry.

101,401 views

Published on

Ficha de Leitura com informações necessárias do livro O Pequeno Principe.

Published in: Education

Ficha de leitura do livro "O Pequeno Príncipe" de Antoine de Saint-Exupéry.

  1. 1. Ficha de leitura do livro “O Pequeno Príncipe” de Antoine de Saint – Exupéry. 1- Dados do leitor: Nome: Gabriela Gomes Prado de Almeida. Ano: 8ª série/ 9º ano. Turma: 8ª série A. Nome do Professor: MS Maria Piedade Teodoro da Silva. Nome da escola: Escola Estadual Professor João Cruz. Local: Rua Ernesto Duarte. Data: 17/08/2014. 2- Título da Obra: O título da obra é “O Pequeno Príncipe” de Antoine de Saint – Exupéry. 3- Informações Bibliográficas: Editora: Artes Gráficas Indústrias Reunidas S.A (Agir). Local: Estados Unidos. Data de Publicação: Ano de 1943. Número de Páginas: 94. Tradução: Dom Marcos Barbosa. Ilustração: Ilustrações do próprio autor da obra (Exupéry). 4- Informações sobre o autor: Antoine-Jean-Baptiste-Marie-Roger Foscolombe de Saint-Exupéry nasceu em Lyon na França, em 29 de Junho de 1900 e faleceu em 31 de Julho de 1944 num acidente de avião perto da baía de Carqueiranne, em Toulor. Foi um escritor, ilustrador e piloto francês, conhecido pela autoria do livro “O Pequeno Príncipe”. Entre outras famosas frases. Era o terceiro filho do conde Saint-Exupéry e da condessa Marie Foscolombe. Teve educação no colégio jesuíta Notre Dame de Saint Croix. Depois, estudou no colégio de maristas, em Friburgo, na Suíça. Entrou para o serviço militar na aviação depois de ter sido reprovado para a Escola Naval. Foi cabo militar no sul de Marrocos, negociando com pilotos detidos nos acidentes ocorridos naquele local. Escreveu em jornais e revistas francesas. Assuntos como a guerra civil e a ocupação alemã da França foram temas constantes em seus textos. 5- Informações sobre a obra: É a história do piloto cujo avião cai no deserto do Saara, onde ele encontra um pequeno príncipe, "um pedacinho de gente inteiramente extraordinário" que o leva a uma jornada através de planetas que mostram a solidão humana em personagens como o vaidoso, que só consegue apenas ouvir elogios; o acendedor de lampiões, inteiramente fiel em sua missão de acender os lampiões na hora certa; o bêbado, que bebia por ter vergonha de beber; o homem de negócios que possuía as estrelas contando-as e encontrando-as; a serpente; e a flor a qual amava acima de todos os planetas. A obra devolve a cada um o mistério da infância. De repente retornam os sonhos. Reaparece a lembrança de questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíveis na pressa do dia-a-dia. Voltam ao coração escondidas recordações. O reencontro, o homem-menino. O desfecho acontece quando o aviador volta ao local onde o corpo tombara e já não o encontra, pois, assim como surgiu, desapareceu para sempre. Tema: O reencontro da infância, o homem-menino. Palavra chave: As palavras chaves em minha opinião são: reencontro, lembranças, saudade, tristeza, esperança, vida humana, crianças, inocência, adultos. Personagem: As personagens são: o Pequeno Príncipe, a Raposa, a Rosa, o Carneiro e a Caixa, a Serpente, o Rei, o Bêbado, o Acendedor de Lampiões, o Homem de Negócios, o Geógrafo, o Astrônomo, o Vaidoso e o narrador que é onisciente. Classificação da obra: Boa.
  2. 2. Tempo da Narrativa: 1ª pessoa (narrador onisciente). 6- Personagens: A personagem da qual eu falarei será o próprio Pequeno Príncipe. Suas características físicas é principalmente que ele era um pedacinho de homem, de cabelo loiro e os olhos redondos, ele não parecia nem perdido, nem morto de fadiga, nem morto de fome, de sede ou de medo. Não tinha absolutamente a aparência de uma criança perdida no deserto, a mil milhas da região habitada, e sempre ia fazer perguntas sobre quaisquer coisas. Sobre características psicológicas, era que quando o pequeno príncipe deixou seu planeta, ele era inocente e apaixonado, trabalhava duro e era ferido pelos espinhos de sua rosa, mas, principalmente, não tinha resposta para as perguntas mais profundas de sua alma. 7- Classificação da Obra: Romance, Literatura Infanto-Juvenil. 8- Tempo da Narrativa: A) Histórico: O livro não deixa definido em suas palavras o ano em que se passa, por esse motivo O Pequeno Principe se tornou um livro atemporal, que pode ser lido em qualquer época. A única coisa que podemos supor é que a história é contada por volta do século 20, pois Exupéry o publicou em 1943. B) Psicológico: Não há presença de tempo cronológico na obra, e sim de tempo psicológico, onde tanto o autor, quanto o próprio Pequeno Príncipe volta ao passado e relembra fatos que aconteceram, e o Exupéry narra a história conforme vai lembrando o que aconteceu entre esse período que esteve com o menino. 9- Espaço Geográfico: O livro “O Pequeno Príncipe” relata em alguns momentos de sua história, por exemplo, quando o menino conta como chegou ao planeta Terra, o espaço geográfico desértico, este aonde conheceu a serpente e aonde foi morto por ela e lá conheceu seu amigo (autor) também. Novamente há marcas de locais quando o Pequeno Príncipe retoma o que aconteceu com ele, onde ele vive, usando o espaço geográfico espacial, onde ficam os planetas citados por ele. 10- Meio Social: As personagens do livro “O Pequeno Príncipe” como o autor, que participa da história pertence à classe popular e aos trabalhadores, por ser piloto de avião. O Pequeno Príncipe é uma criança, mais é pertencente à classe popular também. Durante sua trajetória entre os diversos planetas, o Rei pertence à nobreza, o Bêbado e o Vaidoso pertencem à classe popular, o Homem de Negócios e o Acendedor de Lampiões pertencem aos trabalhadores, e por fim, o Geógrafo e o Astrônomo aos estudantes e trabalhadores. O autor, o Pequeno Príncipe e todos os viventes dos planetas são nativos. 11- Foco Narrativo: O foco narrativo do Livro “O Pequeno Príncipe” é em primeira pessoa, onde o narrador é onisciente, pois participa da história e a narra também. 12- Outros recursos usados: O desfecho do livro é inesperado, pois no decorrer da história não mostra sinais que o Pequeno Príncipe terá que morrer para poder voltar ao seu planeta e só ficamos cientes disso quando ele mesmo conversa com a Serpente e cita depois que ela irá matá-lo, porque precisa voltar para seu mundinho cuidar de sua Rosa. É um pouco triste, pois o menino fez muito bem ao homem (narrador), e já tinha cativado várias coisas onde estava e no final ele vira só uma lembrança, tornando-se uma estrela. Há presenças de flashback para mostrar que o autor faz referências a acontecimentos passados anteriormente, é uma forma de o leitor compreender o que se passa com cada personagem citada pelo príncipe. 13- Citações: A seguir, há cinco citações que eu julgo relevantes sobre o livro “ O Pequeno Príncipe”.  "A gente só conhece bem as coisas que cativou - disse a raposa. - Os homens não têm mais tempo de conhecer coisa alguma.
  3. 3. Compram tudo já pronto nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm mais amigos. Se tu queres um amigo, cativa-me!"  “Tu julgarás a ti mesmo – respondeu o rei. – É o mais difícil. É bem mais difícil julgar a si mesmo que julgar os outros. Se consegues fazer um bom julgamento de ti, és um verdadeiro sábio.”  “Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei um barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros me fazem entrar debaixo da terra. Os teus me chamarão para fora da toca, como se fossem música. E depois, olha! Vês, lá longe, os campos de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim não vale nada. Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! Mas tu tens cabelos dourados. Então será maravilhoso quando tiveres me cativado. O trigo, que é dourado, fará com que eu me lembre de ti. E eu amarei o barulho do vento no trigo...”  “Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz. Às quatro horas, então, estarei inquieta e agitada: descobrirei o preço da felicidade! Mas se tu vens a qualquer momento, nunca saberei a hora de preparar meu coração... É preciso que haja um ritual.”  “É preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas. Dizem que são tão belas.” 14- Glossário: Cativar: Conseguir a atenção ou o afeto de; seduzir: Manter em sua posse; conservar: Súbito: Que ocorre ou surge sem ser previsto, repentino, inesperado, subitâneo. Rito: O termo Rito tem vários sentidos. Rito é a mesma coisa que ritual, e dá continuidade ao mito. Guizos: Guizo é um objeto oco de metal ou feito de um pequeno fruto seco, aproximadamente esférico, no seu interior possui uma ou mais bolinhas maciças (podem ser as próprias sementes do fruto) que, ao ser agitado produz um som, como de chocalho. 15- Comentários sobre o livro: Primeiramente, o livro “O Pequeno Príncipe” é destinado às crianças, mas faz uma síntese intensa para os adultos. É muito cativante, é uma leitura que faz o leitor reviver o passado, lembrar de sua infância e mergulhar profundamente na história tratada, onde a inocência de uma criança é o essencial. É impossível não se comover com a história do Pequeno Príncipe e garanto que ao decorrer da leitura cairão lagrimas de seus olhos. Apesar de ser livro para crianças, há palavras e expressões que não são de compreensão infantil. Sem dúvida é uma leitura de recomendação indispensável. Não é em vão que é um clássico, e que vai continuar sendo por muitos e muitos anos. Sua simplicidade faz o leitor se apaixonar pela história. 16- Dúvidas: Durante a leitura, entendi todos os sentimentos que o leitor queria passar para nós leitores, mas ficou uma duvida em questão.  Por que o Pequeno Príncipe estranhou tanto o Planeta Terra? Creio que é por ele ser muito grande e por ele não estar acostumado. Fonte consultada para o trabalho: http://www.opequenoprincipe.com/ http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=82286 http://pt.wikipedia.org/wiki/Le_Petit_Prince http://www.infoescola.com/livros/o-pequeno-principe/

×