1
Gestão Patrimonial - Novidades 11.00 e 11.20
GDP Controladoria e Finanças / 11/2010
2
I) Novidades Versão 11.00
• Avaliação de Valor Residual de Bens
I) Novidades Versão 11.00
II) Novidades Versão 11.20
ÍND...
3
Novidades Versão 11.00
I) Avaliação de Valor Residual de Bens
• Conceito
• Procedimentos a serem feitos no sistema
• Con...
Conceito
Avaliação de Valor Residual de Bens
4
Um ativo imobilizado é depreciado considerando sua vida útil e seu valor
de...
Procedimentos a serem feitos no sistema
Avaliação de Valor Residual de Bens
5
 Deve-se filtrar o bem desejado na visão de...
Procedimentos a serem feitos no sistema
Avaliação de Valor Residual de Bens
6
ATENÇÃO: Após realizar a avaliação de valor...
Consultas/Manutenções de Avaliação Residual de Bens
Avaliação de Valor Residual de Bens
7
 Todas as avaliações por bem po...
Consultas/Manutenções de Avaliação Residual de Bens
Avaliação de Valor Residual de Bens
8
 Se por motivos de mercado, o v...
Avaliação de Valor Residual de Bens
9
OBS: ATUALMENTE, A VIDA ÚTIL DO BEM É DEFINIDA PELA TAXA DE
DEPRECIAÇÃO, COM ISTO SE...
10
Novidades Versão 11.20
I) Avaliação Inicial do Ativo Imobilizado
• Conceito
• Procedimentos a serem feitos no sistema
•...
Conceito
Avaliação Inicial do Ativo Imobilizado
11
A partir de Janeiro/2010 as empresas passaram a poder avaliar o imobili...
Procedimentos a serem feitos no sistema
Avaliação Inicial do Ativo Imobilizado
12
 Acessar o plano de contas contábil pel...
Procedimentos a serem feitos no sistema
13
 Definir os tipos das contas contábeis que devem fazer parte do grupo de grupo...
Procedimentos a serem feitos no sistema
Avaliação Inicial do Ativo Imobilizado
14
 Criar um novo bem e manter seu cadastr...
Lançamentos Contábeis
15
I - Pela constituição do Ajuste de Avaliação Patrimonial em 01/01/2010
D ébito – Máquinas Equipam...
16
Novidades Versão 11.20
II) Processo de Impairment
• Conceito
• Procedimentos para realização da recuperação/reversão de...
Conceito
Impairment
17
Impairment é uma palavra em inglês que significa deterioração em sua tradução
literal. Tecnicamente...
Recuperação da Perda
Impairment
18
1 - Para realizar o teste de Impairment deve-se:
Acessar o menu Movimentações/Assistent...
Reversão da Perda
Impairment
19
O valor da baixa por Impairment pode ser revertido até o limite do seu valor no
caso de um...
Contabilização do Processo de Impairment /Reversão
Contabilização
20
 Tanto o processo de Impairment quanto o processo de...
21
QUESTÕES
Novidades Versões 11.00 e 11.20
Dúvidas ou mais informações
sobre estes processos estão
disponíveis em nossos ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Novidades Gestão Patrimonial - Versões 11.00 e 11.20

2,434 views

Published on

Apresenta as novidades das versões 11.00 e 11.20 do sistema TOTVS Gestão Patrimonial

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,434
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
49
Actions
Shares
0
Downloads
95
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Novidades Gestão Patrimonial - Versões 11.00 e 11.20

  1. 1. 1 Gestão Patrimonial - Novidades 11.00 e 11.20 GDP Controladoria e Finanças / 11/2010
  2. 2. 2 I) Novidades Versão 11.00 • Avaliação de Valor Residual de Bens I) Novidades Versão 11.00 II) Novidades Versão 11.20 ÍNDICE II) Novidades Versão 11.20 • Avaliação Inicial do Ativo Imobilizado • Processo de Impairment TOTVS Gestão Patrimonial
  3. 3. 3 Novidades Versão 11.00 I) Avaliação de Valor Residual de Bens • Conceito • Procedimentos a serem feitos no sistema • Consultas/Manutenções das Avaliações de Valor Residual ÍNDICE I) Novidades Versão 11.00 II) Novidades Versão 11.20
  4. 4. Conceito Avaliação de Valor Residual de Bens 4 Um ativo imobilizado é depreciado considerando sua vida útil e seu valor depreciável. A vida útil de um ativo é o período durante o qual o ativo espera-se que seja utilizado pela companhia. Não é necessariamente a vida econômica do ativo. A companhia poderia, por exemplo, planejar utilizá-lo para um período mais curto e aí vendê-lo. O valor depreciável é a diferença entre o valor contábil e o valor residual. O valor residual de um bem é o valor estimado do ativo ao final da sua vida útil. O ICPC 10 - Interpretação Sobre a Aplicação Inicial ao Ativo Imobilizado e à Propriedade para Investimento dos Pronunciamentos Técnicos CPCs 27, 28, 37 e 43 requer que a vida útil e o valor residual do imobilizado seja revisada no mínimo a cada exercício.
  5. 5. Procedimentos a serem feitos no sistema Avaliação de Valor Residual de Bens 5  Deve-se filtrar o bem desejado na visão de bens. Feito isto, deve-se clicar no ícone ‘Processo de avaliação de valor residual’ localizado na parte superior à direita da tela. Ao clicar no ícone será apresentado a tela para informação dos dados da avaliação. No campo valor deve-se informar o valor residual do bem ao final da vida útil
  6. 6. Procedimentos a serem feitos no sistema Avaliação de Valor Residual de Bens 6 ATENÇÃO: Após realizar a avaliação de valor residual o bem deve ser recalculado. O recálculo é feito pelo menu movimentações/recálculo geral. Deve ser feito um filtro para os bens avaliados e após deve-se clicar em ‘calcular’. Apenas a opção de Filtrar Faixa de Bens deve ser marcada para que os bens desejados possam ser calculados.
  7. 7. Consultas/Manutenções de Avaliação Residual de Bens Avaliação de Valor Residual de Bens 7  Todas as avaliações por bem podem ser acompanhadas pelo botão ‘Cadastro de avaliações de valor residual’
  8. 8. Consultas/Manutenções de Avaliação Residual de Bens Avaliação de Valor Residual de Bens 8  Se por motivos de mercado, o valor residual (ao final da vida útil) estiver muito acima do valor de que foi estimado, basta realizar uma nova avaliação para o bem no mês desejado de valor residual’ . Neste exemplo o bem 01.01.994 sofreu 2 avaliações. No mês de outubro a avaliação do mesmo foi ajustada. Repare que o bem suspendeu a sua depreciação no mês de Setembro, por causa da primeira avaliação, e voltou a depreciar normalmente no mês de Outubro, por causa da segunda avaliação.
  9. 9. Avaliação de Valor Residual de Bens 9 OBS: ATUALMENTE, A VIDA ÚTIL DO BEM É DEFINIDA PELA TAXA DE DEPRECIAÇÃO, COM ISTO SE UM BEM POSSUI VALOR RESIDUAL AO FINAL DA VIDA ÚTIL. DEVE-SE CONSIDERAR ESTE VALOR PARA CÁLCULO DA TAXA DE DEPRECIAÇÃO QUE SERÁ UTILIZADA. Consultas/Manutenções de Avaliação Residual de Bens
  10. 10. 10 Novidades Versão 11.20 I) Avaliação Inicial do Ativo Imobilizado • Conceito • Procedimentos a serem feitos no sistema • Exemplo de contabilização ÍNDICE I) Novidades Versão 11.00 II) Novidades Versão 11.20
  11. 11. Conceito Avaliação Inicial do Ativo Imobilizado 11 A partir de Janeiro/2010 as empresas passaram a poder avaliar o imobilizado pelo valor justo. A administração da empresa deverá indicar ou assegurar que o avaliador defina a vida útil remanescente e o valor residual previsto do bem a fim de estabelecer o valor depreciável e a nova taxa de depreciação na data de transição. Valor Justo: É o valor pelo qual um ativo pode ser negociado entre partes interessadas, conhecedoras do negócio e independentes entre si, com ausência de fatores que pressionem para a liquidação da transação ou que caracterizem uma transação compulsória. Esta avaliação inicial somente pode ser feita em 01/01/2010 conforme citado nos itens 7 , 8 e 22 da ICPC 10.
  12. 12. Procedimentos a serem feitos no sistema Avaliação Inicial do Ativo Imobilizado 12  Acessar o plano de contas contábil pelo menu Cadastro/Plano de Contas Contábeis, incluir/editar as respectivas contas e definir o tipo de conta na aba ‘Ativo Imobilizado’. O preenchimento do tipo de conta deve ser informado para todas as contas que farão parte do grupo de contas do bem.
  13. 13. Procedimentos a serem feitos no sistema 13  Definir os tipos das contas contábeis que devem fazer parte do grupo de grupo de contas de Avaliação. Para acesso ao cadastro deve-se acessar o menu ‘Cadastros/Grupos de Contas’. A opção Reavaliação /Ajuste deve ser marcada para cadastro do grupo de avaliação Avaliação Inicial do Ativo Imobilizado
  14. 14. Procedimentos a serem feitos no sistema Avaliação Inicial do Ativo Imobilizado 14  Criar um novo bem e manter seu cadastro separado para que o sistema execute o cálculo da depreciação e realização da avaliação corretamente. Para criar um vínculo entre os dois bens basta "AGREGAR" o BEM AVALIADO ao BEM PRINCIPAL. No campo “Agregado a” deve-se informar o código do bem principal. Na aba “Contas” deve informar o grupo de contas normal e o grupo de avaliação
  15. 15. Lançamentos Contábeis 15 I - Pela constituição do Ajuste de Avaliação Patrimonial em 01/01/2010 D ébito – Máquinas Equipamentos (Ativo Imobilizado) Crédito – Ajust. Aval. Patrim. Maq.Equip (Conta do patrimônio Líquido) II - Pelo registro mensal da depreciação Débito - Depreciação ( Custo / Despesa ) Crédito - Deprec. Acumulada Maq. Equip. (Ativo Imobilizado) III - Pela realização mensal de Ajustes de Avaliação Patrimonial Débito - (-)Realização de Ajust. Aval. Patrim. Maq. Equip. ( Patrimônio Líquido) Crédito – Rec. de Aj. Aval. Patrim. Maq. Equip (Conta de Lucros/Prej. P.L.) 20.000,00 Realização de Ajustes de Avaliação Patrimonial decorrente da Depreciação Avaliação Inicial do Ativo Imobilizado
  16. 16. 16 Novidades Versão 11.20 II) Processo de Impairment • Conceito • Procedimentos para realização da recuperação/reversão de Perdas • Contabilização • Consulta dos registros ÍNDICE I) Novidades Versão 11.00 II) Novidades Versão 11.20
  17. 17. Conceito Impairment 17 Impairment é uma palavra em inglês que significa deterioração em sua tradução literal. Tecnicamente trata-se da redução do valor recuperável de um bem ativo. O Impairment na prática é a mensuração dos ativos que geram benefícios presentes e futuros. Impairment é o instrumento utilizado para adequar o ativo a sua real capacidade de retorno econômico.
  18. 18. Recuperação da Perda Impairment 18 1 - Para realizar o teste de Impairment deve-se: Acessar o menu Movimentações/Assistentes/Ajuste a valor de mercado/Redução por perdas (Impairment).
  19. 19. Reversão da Perda Impairment 19 O valor da baixa por Impairment pode ser revertido até o limite do seu valor no caso de uma revisão do valor do bem em função de alterações nas estimativas anteriores. Se por exemplo foi feito o processo de Impairment para determnado bem no valor de R$ 1.000,00, a reversão não pode exceder este valor.
  20. 20. Contabilização do Processo de Impairment /Reversão Contabilização 20  Tanto o processo de Impairment quanto o processo de reversão da perda podem ser contabilizados. Contabilização do Impairment: DÉBITO – Despesas com Provisão Para Perdas (conta de resultado) CRÉDITO - Provisão para Perda (ATIVO) Contabilização da Reversão da Perda: DÉBITO – Provisão Para Perdas (Ativo) CRÉDITO - Reversão de Perdas por Impairment (Resultado)
  21. 21. 21 QUESTÕES Novidades Versões 11.00 e 11.20 Dúvidas ou mais informações sobre estes processos estão disponíveis em nossos canais de comunicação: http://tdn.totvs.com http://totvsconnect.blogspot.com .TOTVS By You – (acessado pela Nova MDI) Junea Elisa Brandão Caldeira junea.caldeira@totvs.com.br

×