PRODERJ MAIS UMA VEZ SOB AMEAÇA:
   TERCEIRIZAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO
Em sua campanha de extermínio dos servidores públi...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

02408b

232 views

Published on

Published in: Business, Economy & Finance
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
232
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

02408b

  1. 1. PRODERJ MAIS UMA VEZ SOB AMEAÇA: TERCEIRIZAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO Em sua campanha de extermínio dos servidores públicos o Governo do Estado continua atirando para todos os lados. No ano passado, houve a fusão e a extinção de mais de 10 empresas públicas, com demissões e planos de exoneração incentivada. Este ano, será a vez das autarquias e fundações, ainda dentro do Plano de Reestruturação do Estado criado pela SEPLAG. Em 2007, não fosse a luta dos servidores do IPERJ, com audiências públicas e manifestações, hoje estariam num quadro suplementar do Rio Previdência; mas a luta garantiu a permanência destes no Plano de Cargos, ainda a ser feito. A mesma estratégia está sendo utilizada no IASERJ. O Instituto de Assistência dos Servidores, criado na década de 30, é mantido com o recolhimento de 2% em nossos contracheques, mas essa verba não é repassada ao instituto. É a velha estratégia de abandono usada para justificar a sua privatização. Já neste Governo, com a nomeação do quarteto contrário ao povo e amigo do empresariado entrou pra valer na entrega do patrimônio público estadual. O IASERJ foi dividido em dois e doado para o INCA e para Rede Municipal de Saúde, respectivamente para os amigos Lula e César Maia. Ou seja, os servidores estaduais vão engrossar as filas do SUS que mal atendem à população fluminense. Agora é a vez da Autarquia responsável pelos dados e importantes informações de estado. Contrariando decisões, como o Acórdão 1.603/2008, do TCU – Tribunal de Contas da União, a Direção do Proderj, nos últimos anos, acelera a contratação de empresas para desenvolver e manipular dados. O TCU, em sessão plenária, decidiu tomar uma série de medidas e comenta em seu relatório: “As terceirizações alcançaram nível considerado preocupante para o tribunal. Isso porque elas impactam na qualidade dos serviços; no custo pago por eles e, por conseqüência, na Segurança da Informação". O Pregão Eletrônico para terceirização da área de desenvolvimento (estimado em R$ 15 milhões) realizado pelo Proderj em março último, após a cassação da liminar impetrada pela Ascpderj em 2007, estará sendo assinado nos próximos dias. Além disso, a tentativa para acabar de vez com o Proderj veio com a notícia de que a SEPLAG prepara agora licitação para contratar outro Sistema de RH e Folha de Pagamento. Enquanto isso, o Governo afirma que não há verba para a nomeação dos 177 concursados de 2002 e para a reposição salarial das perdas de 13 anos! Por tudo isso, o Governo e o Proderj terão que explicar em audiência pública a TERCEIRIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DO PRODERJ E DA FOLHA DE PAGAMENTO! AUDIÊNCIA PÚBLICA NA ALERJ, DIA 16/09, ÀS 10 HORAS PASSEATA (PANELAÇO) ÀS 14 HORAS: CANDELÁRIA - CINELÂNDIA Maior que a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado! Rui Barbosa

×