Redes sociais virtuais e atividades semipresenciais

416 views

Published on

Neste trabalho, discuto alguns aspectos das redes sociais Twitter, Facebook, bem como a Wikipédia e o Second Life, e algumas experiências no ensino de Física.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
416
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Redes sociais virtuais e atividades semipresenciais

  1. 1. Redes Atividades Semipresenciais Sociais Virtuais III Encontro de Formação27-jul-2010 Docente © www.fisica-interessante.com 1
  2. 2. Evolução da Internet27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 2
  3. 3. Sites sociais27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 3
  4. 4. Sites sociais27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 4
  5. 5. Sites sociais ‘virtual’ não é ‘fantasia’ emoções são reais ‘virtual’ não é ‘irreal’27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 5
  6. 6. Sites sociais Google avisaquando algo novo aparece na Web sobre o tema 27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 6
  7. 7. Sites sociais Ulbra27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 7
  8. 8. Sites sociais meus tweets27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 8
  9. 9. Sites sociais ~7.000visitantes mensais27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 9
  10. 10. Sites sociaispáginas maisvisitadas 27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 10
  11. 11. Sites sociais ‘página’ no Facebook27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 11
  12. 12. Sites sociais conexão infelizmente, no lugar errado!, conexão27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 12
  13. 13. Sites sociais27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 13
  14. 14. Sites sociaisaula maisprocuradaartigos maisprocurados 27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 14
  15. 15. Produção colaborativa27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 15
  16. 16. Contexto Disciplina ‘História e Epistemologia da Física’ Ciência como uma enfatiza contextos construção histórico, político, humana econômico, ideológico, artístico e social27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 16
  17. 17. Avaliações palestra pública: “Vida e Obra” sobre um cientista à escolha trabalho escrito: resumo da palestra27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 17
  18. 18. Problema alunos vivem cultura “copiar “remix” e colar”(LEMOS, 2005) da Internet “a educação tradicional Internet é download” ↓(GARCIA, 2008) aluno 27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 18
  19. 19. Alternativas27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 19
  20. 20. Wikipédia27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 20
  21. 21. upload: inverter a equação desenvolver a atitude crítica Internet ↑ estimular a aluno participação ativa27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 21
  22. 22. Avaliação contribuição responsabilidade ao verbete da Wikipédia do cientista objeto da palestra autonomia27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 22
  23. 23. Resultados contribuição27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 23
  24. 24. Resultados contribuição27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 24
  25. 25. Monitoramento aluno contribuições27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 25
  26. 26. Resultados incentiva a aprendemos a compartilhar fazer nosso informações marketing pessoal gostei de participar da construção de conhecimentos tenho pesquisado muito para não acrescentar algo errado27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 26
  27. 27. Resultados tenho dificuldade na edição, para adicionar referências. Muuuuuuuito interessante; sempre que puder vou escrever27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 27
  28. 28. Conclusão “à medida que mais e mais organizações adotam o modelo wiki para colaboração e circulação de informação, melhor estarão nossos estudantes preparados para usá-lo em suas carreiras” (MADER, 2006)27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 28
  29. 29. RPG27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 29
  30. 30. RPG desenvolve não é a oralidade e necessário a narração nenhum material especial27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 30
  31. 31. RPG revivenciar as descobertas científicas episódios centrados em conflitos ideológicos27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 31
  32. 32. RPG refletir sobre os entender a aspectos Ciência como humanos dos‘em construção’ cientistas e da Ciência experimentar com desfechos históricos alternativos27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 32
  33. 33. Resultados tive dificuldade com timidez e falta de argumentos, mas quero participar de novo! percebi que as mudanças na Ciência muitas vezes vêm de decisões tomadas por motivos passionais27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 33
  34. 34. Dispositivos conectados anjo ou proibir ou demônio?incorporar?27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 34
  35. 35. Dispositivos conectados Faculdade de preparar Medicina de para a Ohiorealidade?ou manter-seno passado?27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 35
  36. 36. Mundos virtuais27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 36
  37. 37. Mundos virtuais simulador andar jogar voar conversar dirigir construir veículos27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 37
  38. 38. Mundos virtuais feito por residentes27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 38
  39. 39. Mundos virtuais ‘ilha’ da Ciência Nasa SciLands27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 39
  40. 40. Mundos virtuais simulador de Sistema Solar27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 40
  41. 41. Mundos virtuais simulador de movimento browniano eu27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 41
  42. 42. Mundos virtuais presenças institucionais27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 42
  43. 43. Mundos virtuais salas de aula convencionaisapresentaçõesem PowerPoint27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 43
  44. 44. Mundos virtuais vídeos em streaming réplica de anfiteatro grego27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 44
  45. 45. Mundos virtuais meras réplicas do mundo real27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 45
  46. 46. Mundos virtuais meras réplicas do mundo real27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 46
  47. 47. Simulações no SL SL pode ser usado como simulador?27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 47
  48. 48. Física real parou de empurrar, parou de andar27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 48
  49. 49. Física ideal•esferas absolutamenteesféricas e rígidas,•planos absolutamentelisos, sem atrito,•sem resistência do ar,•etc.27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 49
  50. 50. A Física do SL é reduzida avatares não conseguem empurrar não há líquidos no SL a Física do SL se restringe à Mecânica (nada de Eletromagnetism o, etc.)27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 50
  51. 51. Massa no SL, massa depende apenas do tamanho e não depende do forma do objeto material de que é feito, seja ‘nuvem’ ou pedra massa de um avatar depende apenas da sua altura(!)27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 51
  52. 52. Hiper-realismo no SL se o inimigo cai sempre do mesmo jeito, acaba a ilusão more (Eco, 1985): mais divertido, truques p/ que os mais emocionante, jogadores possam conduzir mais mais absorvente, rápido, saltar mais hiper-real, ‘melhor’ longe ou repicar do que o original mais alto do que o normal27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 52
  53. 53. Hiper-realismo (Eco) more: mais do que o que você espera, melhor do que o ‘original’ (ECO, 1985) ‘réplica’ 3D de quadro clássico europeu Laughing Cavalier (1624), Frans Hals27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 53
  54. 54. Simulações no SL SL: não é uma virtualização da Física ‘real’≠ simulador tradicional como Modellus pode ser feita ‘hiper- também não é real’ (Havok) implementação da Física ‘ideal’, Newtoniana, oferecida pelo Havok é ‘SURREAL’ (livre) (SANTOS, 2009)27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 54
  55. 55. Leis Físicas?antes de se tornarem receptivos às leis de Newton, eles deveriam conhecer outras leis de movimento, não tão complexas, sutis e contra- intuitivas como as leis de Newton (PAPERT, 1985) simulador ‘surreal’ permitiria questionar: ‘o que é uma lei física?’, ‘o que é Ciência?’, ‘a Ciência estuda o Real?’, ‘a Ciência está pronta ou em construção?’, etc.27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 55
  56. 56. Física do Ímpetus 1. movimento em linha reta; a gravidade não atua; 2. trajetória se desvia; resistência do ar e peso do projétil enfraquecem o impulso do projétil; 3. ímpeto todo consumido; gravidade sozinha puxa o projétil verticalmente para o chão.27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 56
  57. 57. Físicas alternativas27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 57
  58. 58. Conclusão É possível usar o SL para implementar “micromundos físicos alternativos, onde se poderia manipular uma variedade infinita de leis do movimento, de Aristóteles, Newton e Einstein, ou mesmo inventadas pelo aluno” (Papert, 1985)27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 58
  59. 59. Na sala de aula27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 59
  60. 60. Na sala de aula professauro27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 60
  61. 61. Na sala de aula27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 61
  62. 62. Na sala de aula modelo industrial27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 62
  63. 63. Na sala de aula Escola ‘do Futuro’, segundo a VEJA centrada noprofessor! aula virtual presencial!27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 63
  64. 64. Como lidar com essa realidade?é a minha cara!27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 64
  65. 65. Como lidar com essa realidade? Evolução ou extinção. A opção é tua.27-jul-2010 © www.fisica-interessante.com 65

×