Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Pedagogia de projetos fundamentos e implicações

14,322 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Pedagogia de projetos fundamentos e implicações

  1. 1. PEDAGOGIA DE PROJETOS: fundamentos e implicações Síntese do texto de Maria Elizabette Brisola Prado, por Fernandes Meira e Silvana Meira
  2. 2. Pedagogia de Projetos: Uma nova prática de ensinar e aprender O aluno aprende no processo de produzir, de levantar dúvidas, de pesquisar, e de criar relações, que incentivam novas buscas, descobertas, compreensões e reconstruções de conhecimento; O professor deixa de ser aquele que ensina para ser um mediador na (re)construção do conhecimento, para que o aluno possa encontrar sentido naquilo que está aprendendo.
  3. 3. Pedagogia de Projetos: Mediação Pedagógica O aluno tem uma caminhada, um universo cognitivo e afetivo, tem sua cultura, história e contexto de vida, e portanto um processo particular de aprendizagem; O professor precisa ter clareza de sua intencionalidade pedagógica e saber intervir no processo de aprendizagem do aluno para garantir que os conceitos sejam compreendidos e sistematizados pelos alunos.
  4. 4. Pedagogia de Projetos: Trabalhar por projetos requer mudanças na concepção de ensino e aprendizagem: Não é uma metodologia, envolve a realidade de sala de aula e do contexto escolar. Existem três aspectos fundamentais a serem observados para trabalhar com projetos: 1 – possibilidade de desenvolvimento dos alunos, 2 – dinâmicas socias do contexto em que atua, e 3 – possibilidade de mediação pedagógica;
  5. 5. Pedagogia de Projetos: Limitações e desafios a serem superados: Trabalhar com Projetos exige articulações interdisciplinares que implicam aprendizagens que extrapolam o tempo da aula e o espaço físico da sala de aula e da escola. A Pedagogia de Projetos pode promover a interação das diversas áreas do conhecimento, porém a limitação está na aula de 50 minutos e grade curricular sequencial;
  6. 6. Pedagogia de Projetos: Projetos Articulados e co-autoria dos protagonistas do processo educacional: Quando o Projeto de Gestão da Escola está articulado com o projeto de sala de aula do professor, que por sua vez visa promover o desenvolvimento de projetos que tratem de problemáticas de interesse do aluno, integrando as diversas áreas do conhecimento e comunidade escolar, o processo de ensino-aprendizagem por ação dos diversos protagonistas envolvidos terá uma nova escola com uma nova prática pedagógica e por conseguinte uma aprendizagem para a vida.
  7. 7. Pedagogia de Projetos: Conceito de Projeto: Tem que estar claro que o projeto do professor deve viabilizar situações que propiciem aos alunos desenvolverem seus próprios projetos. A palavra origina-se do latim projectus , que significa algo lançado para frente. “ Não se faz projetos quando se tem certezas, ou quando se está cheio de duvidas”(Machado).
  8. 8. Pedagogia de Projetos: Conceito de Projeto: Projeto é uma problemática que necessita ser investigada, utilizando-se das diferentes áreas do conhecimento, com potencial possibilidade de construção de novos saberes. Projeto não é uma atividade proposta pelo professor com tema dirigido resultando numa apresentação de trabalho.
  9. 9. Pedagogia de Projetos: Considerações: Alguns conteúdos curriculares não são possíveis de serem abordados na forma de projetos, exigindo outras estratégias pedagógicas, é preciso ter abertura e flexibilidade para relativizar o processo de ensino-aprendizagem. O avanço vertiginoso da tecnologia pressupõe que o professor necessite operacionalizar os mais diversos recursos tecnológicos, porém a exigência maior está na capacidade de desenvolver novas práticas de ensinar e aprender.

×