Historia dos indios

3,092 views

Published on

Com terras garantidas e população crescente, pode parecer que a situação dos índios se encontra agora sob controle. Mas não! O maior desafio da atualidade é manter viva sua riqueza cultural.

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,092
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
241
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Historia dos indios

  1. 1. História dos Índios<br />
  2. 2. Em 1500, quandoosportugueseschegaramaoBrasil, estima-se quehaviaporaquicerca de 6 milhões de índios.<br />Passadosos tempos de matança, escravismo e catequizaçãoforçada. Nosanos 50, segundo o antropólogo Darcy Ribeiro, a populaçãoindígenabrasileiraestava entre 68.000 e 100.000 habitantes. <br />
  3. 3. Atualmentehácerca de 280.000 índios no Brasil. Contandoosquevivememcentrosurbanos, ultrapassamos 300.000. No total, quase 12% do territórionacional, pertenceaosíndios.QuandoosportugueseschegaramaoBrasil, haviaemtorno de 1.300 línguasindígenas. Atualmenteexistemapenas 170. O pior é quecerca de 35% dos 210 povos com culturasdiferentestêmmenos de 200 pessoas.<br />
  4. 4. Será o fim dos índios?<br />Apesar do "Dia do Índio", que é comemorado no dia 19 de Abril, não tem nada para se comemorar. Algumastribosindígenasforamquaseexecutadasporinteironadécada de 70 emdiante, enquantoestavamfora de seu habitat, quasechegaram a extinção, foramameaçadosporepidemias, diarréia e estradas.<br />
  5. 5. Mas hoje, o quepareciaimpossívelestáacontecendo: o número de índios no Brasil e naAmazôniaestáaumentandocadavezmais. A taxa de crescimento da populaçãoindígena é de 3,5% aoano, superando a médianacional, que é de 1,3%. Emmelhorescondições de vida, algunsíndiosrecuperaram a sua auto-estima, reintroduziramosantigosrituais e aprenderamnovastécnicas, comopescar com anzol. <br />
  6. 6. Muitosjávoltarampara a matafechada, com umagrandequantidade de criançasindígenas.<br />"O fenômeno é semelhanteaobaby boom do pós-guerra, emque as populações, depois da matançageral, tendem a recuperar as perdasreproduzindo-se maisrapidamente", diz a antropóloga Marta Azevedo, responsávelporumapesquisafeitapeloNúcleo de EstudosemPopulação da Universidade de Campinas.<br />
  7. 7. Com terrasgarantidas e populaçãocrescente, podeparecerque a situação dos índios se encontra agora sob controle. Mas não! O maiordesafio da atualidade é manter viva suariqueza cultural.<br />
  8. 8. Organização e sobrevivência do grupo<br />Osíndiosbrasileirossobrevivemutilizandoosrecursosnaturaisoferecidospelomeioambiente com a ajuda de processosrudimentares. Elescaçam, plantam, pescam, coletam e produzemosinstrumentosnecessários a estasatividades.<br />
  9. 9. A terra pertence a todososmembros do grupo e cada um tiradelaseuprópriosustento.<br />Existeumadivisão de tarefaporidade e porsexo: emgeralcabe a mulher o cuidado com a casa, das crianças e das roças; o homem é responsávelpeladefesa, pelacaça (quepodeser individual oucoletiva), e pelacolheita de alimentosnafloresta.<br />
  10. 10. Osmaisvelhos - homens e mulheres - adquiremgranderespeito da parte de todos. A experiênciaconseguidapelosanos de vidatransforma-osemsímbolos de tradições da tribo.<br />O pajé é umaespécie de curandeiro e conselheiroespiritual.<br />Garimpeirosinvadem as terrasindígenas<br />
  11. 11. Entre ospovosameaçadosestãoosIanomâmis, queforamosúltimos a tercontato com a civilização. Suapopulaçãoatualchega a poucomais de 8.000 pessoas. O encontro com garimpeiros, queinvademsuasterras, trazemdoenças, violência e alcoolismo. Entre osíndios, osgarimpeirossãoconhecidospor outro nome: os "comedores de terras". Calcula-se que 300.000 garimpeirosentraramilegalmenteemterrasindígenasnaAmazônia. <br />
  12. 12. Mas o problemanão é insolúvel. Na aldeiaNazaré, ondemoram 78 Ianomâmis, foramexpulsospelaPolícia Federal.<br />Permanece a questão de comoficará o índionummundoglobalizado, mas pelomenosjá se sabe o que é precisopreservar.<br />
  13. 13. O chefe da tribo<br />Osíndiosvivememaldeias e, muitasvezes, sãocomandadosporchefes, quesãochamados de cacique, tuxánasoumorubixabas. A transmissão da chefiapodeserhereditária (de paiparafilho) ounão. Oschefesdevemconduzir a aldeianasmudanças, naguerra, devemmanter a tradição, determinar as atividadesdiárias e responsabilizar-se pelocontato com outrasaldeiasou com oscivilizados. Muitasvezesele é assessoradopor um conselho de homensque o auxiliamemsuasdecisões.<br />
  14. 14. Alimento - pesca<br />Além de um conhecimentoprofundo da vida e dos hábitos dos animais, osíndiospossuemtécnicasquevariam de povoparapovo. Na pesca, é comum o uso de substânciasvegetais<br />(tingui e timbó, entre outras) queintoxicam e atordoamospeixes, tornando-ospresasmaisfáceis. Hátambémarmadilhasparapesca, como o pari dos teneteharas - um cestofundo com umaaberturapelaqual o peixeentraatrás da isca, mas nãoconseguesair. A maioria dos índios no Brasilpraticaagricultura.<br />
  15. 15. Algumastribosindígenas da AMAZONIA:<br />Arara, Bororo, Gavião<br />Katukina, Kayapó<br />Kulína, Marubo, Sateré – Mawé, Tenharim, Tikuna<br />Tukâno, Wai-Wai, <br />Yanomami.<br />Culturaindígena<br />O esforço das autoridadesparamanter a diversidade cultural entre osíndiospodeevitar o desaparecimento de muitacoisainteressante. Um quarto de todas as drogasprescritaspelamedicinaocidentalvem das plantas das florestas, e três quartos foramcolhidos a partir de informações de povosindígenas. <br />
  16. 16. Na área da educação, a línguatucana, apesar do pequenonúmero de palavras,<br />é comparadaporlingüistascomo a línguagrega, porsuariqueza<br />estrutural – possui, porexemplo, doze formasdiferentesde<br />conjugar o verbo no passado. <br />Ritose mitos<br />No Brasil, muitastribospraticamritos de passagem, quemarcam a passagem de um grupoouindivíduo de umasituaçãoparaoutra. Estes ritos se ligam a <br />gestaçãoe aonascimento, à iniciaçãonavidaadulta, aocasamento,<br />à morte e a outrassituações. <br />
  17. 17. Poucospovosacreditamnaexistência de um ser superior (supremo), a maior parte acreditaemheróismísticos, muitasvezesemdoisgêmeos, responsáveispelacriação de animais, plantas e costumes. <br />Arte<br />A arte se mistura a vidacotidiana. A pintura corporal, porexemplo, é um meio de distinguirosgruposemqueumasociedadeindígena se divide, comopodeserutilizadacomoenfeite. A tintavermelha é extraída do urucum e a azul, quase negro, do jenipapo. <br />
  18. 18. Para a corbranca, osíndiosutilizam o calcário. Ostrabalhosfeitos com penas e plumas de pássarosconstituem a arte plumáriaindígena. <br />Algunsíndiosrealizamtrabalhosem madeira. A pintura e o desenhoindígenaestãosempreligados à cerâmica e à cestaria. Oscestossãocomunsemtodas as tribos, variando a forma e o tipo de palha de quesãofeitos. Geralmente, osíndiosassociam a música instrumental ao canto e à dança. <br />
  19. 19. Uma coisaaprendidurante a minhavida, sofrernao e a piorcoisaqueexiste. Desobedecer a Deus e a pior de todas as coisas.<br />Sinceramente,<br />Fernanda Torres/2010<br />fftorres65@hotmail.com<br />
  20. 20. O amor não pratica o mal contra o próximo; de sorte que o <br />cumprimento da lei é o amor. <br />Romanos 13:10<br />

×