Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
NORMA REGULAMENTADORA NR-12
SEGURANÇA DO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

Adequação à NR 12: Custo ou Investimento?

P...
» OBJETIVO
A Locação de Máquinas e Equipamentos vem sendo
motivos de fiscalizações constantes pelo Ministério do
Trabalho ...
» Não é demais relembrar o recente acidente ocorrido por
ocasião da construção de um estádio de futebol no estado
de São P...
» ACIDENTES
O próprio nome acidente já resume um pouco do seu
significado. Entretanto, a ocorrência de um acidente não
sig...
» Os indicadores de acidentes de trabalho em obras da
construção civil são preocupantes e estão relacionados
ao descumprim...
» De acordo com dados da Organização Internacional do
Trabalho (OIT), ocorrem anualmente 270 milhões de
acidentes de traba...
» Segundo o estudo da OIT realizado em 2012, o Brasil ocupa
hoje o 4º lugar no mundo em relação ao número de
mortes, com 2...
» Cerca de 700 mil casos de acidentes de trabalho são
registrados em média no Brasil todos os anos, sem contar
os casos nã...
» O País gasta cerca de R$ 70 bilhões nesse tipo de
acidente anualmente. Entre as causas desses acidentes
estão maquinário...
» Além do impacto social e jurídico dos acidentes no
trabalho, as empresas estão sujeitas ao maior custo
financeiro devido...
» GASTOS PREVIDENCIÁRIOS
» 2009 – Arrecadação R$ 8 bilhões – SAT
Gastos R$ 14 bilhões

» Dispêndio anual aproximadamente 4...
» É de conhecimento daqueles que atuam e acompanham
diretamente as construções, especialmente os
engenheiros, que o aument...
» As empresas com maior número de acidentes ou
trabalhadores adoecidos pagam taxas maiores em
cima de sua folha de pagamen...
Segurança do Trabalho
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Segurança do Trabalho

472 views

Published on

Published in: Education

Segurança do Trabalho

  1. 1. NORMA REGULAMENTADORA NR-12 SEGURANÇA DO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Adequação à NR 12: Custo ou Investimento? Prof. Especialista Felipe Xavier Andrade Engenheiro Eletricista (Estácio de Sá) Engenheiro de Segurança do Trabalho (Universidade de Mogi das Cruzes - UMC) http://www.linkedin.com/pub/felipe-xavier-andrade/23/945/17 São Paulo, 20 de Março de 2014 @felipexxavier
  2. 2. » OBJETIVO A Locação de Máquinas e Equipamentos vem sendo motivos de fiscalizações constantes pelo Ministério do Trabalho e Emprego nos canteiros de obras e nos pátios de Locadores e da Indústria de Máquinas e Equipamentos. E a formulação e execução de programas voltados à prevenção de acidentes de trabalho e ao fortalecimento da Política Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho, no sentido de reverter o cenário de crescimento do número de acidentes é de fundamentação importância.
  3. 3. » Não é demais relembrar o recente acidente ocorrido por ocasião da construção de um estádio de futebol no estado de São Paulo. Isso demonstra que a atenção deve ser redobrada, tanto com as máquinas pesadas, quanto com os equipamentos individuais de segurança (EPI).
  4. 4. » ACIDENTES O próprio nome acidente já resume um pouco do seu significado. Entretanto, a ocorrência de um acidente não significa apenas que se trata de caso fortuito ou de força maior. A investigação se faz necessária para descobrir a sua real causa, e poder atacá-la em seu nascedouro.
  5. 5. » Os indicadores de acidentes de trabalho em obras da construção civil são preocupantes e estão relacionados ao descumprimento das normas de segurança do trabalho. » O Art.19, da Lei 8.213/91 ocorrem pelo exercício do trabalho a serviço da empresa ou de segurados especiais, provocando lesão corporal ou perturbação funcional permanente ou temporária, que cause a morte, a perda ou a redução da capacidade para o trabalho. » Vejamos as notícias sobre o estudo e os números dos acidentes de trabalho.
  6. 6. » De acordo com dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), ocorrem anualmente 270 milhões de acidentes de trabalho em todo o mundo. Aproximadamente 2,2 milhões deles resultam em mortes. » No Brasil, segundo o relatório da OIT, são aproximadamente 1 milhão de casos, que têm como principais causas o descumprimento de normas regulamentadoras de proteção aos trabalhadores e más condições nos ambientes e processos de trabalho.
  7. 7. » Segundo o estudo da OIT realizado em 2012, o Brasil ocupa hoje o 4º lugar no mundo em relação ao número de mortes, com 2.503 óbitos. O país perde apenas para China (14.924), Estados Unidos (5.764) e Rússia (3.090). » De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego os números de Acidentes são: • 2005 – 499.680 • 2006 – 512.232 • 2007 – 659.523 • 2008 – 755.980 • 2009 – 723.452 • 2010 – 701.496 Em 2009, 43 trabalhadores por dia não retornaram ao trabalho - morte ou invalidez.
  8. 8. » Cerca de 700 mil casos de acidentes de trabalho são registrados em média no Brasil todos os anos, sem contar os casos não notificados oficialmente, de acordo com o Ministério da Previdência.
  9. 9. » O País gasta cerca de R$ 70 bilhões nesse tipo de acidente anualmente. Entre as causas desses acidentes estão maquinário com vida útil atingido e desprotegido, tecnologia ultrapassada, mobiliário inadequado, ritmo acelerado, assédio moral, cobrança exagerada e desrespeito a diversos direitos. » Os acidentes mais frequentes são os que causam fraturas, luxações, amputações e outros ferimentos. Muitos causam a morte do trabalhador. A atualização tecnológica constante nas fábricas e a adoção de medidas eficazes de segurança do trabalho resolveriam grande parte deles.
  10. 10. » Além do impacto social e jurídico dos acidentes no trabalho, as empresas estão sujeitas ao maior custo financeiro devido ao número de ocorrências. A aplicação do Fator Acidentário de Prevenção (FAP), a partir de 2010, obrigou as empresas a pagarem mais impostos sobre a folha de pagamentos conforme o índice de acidentes de trabalho. » Esses recursos servem para financiar o Seguro Acidente de Trabalho (SAT), para custear benefícios ou aposentadorias decorrentes de acidentes de trabalho. A partir de 2011, uma nova Política Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho foi criada invertendo a lógica anterior, da reabilitação e tratamento, para o enfoque da prevenção, que integra ações combinadas entre três ministérios: Previdência, Trabalho e Saúde.
  11. 11. » GASTOS PREVIDENCIÁRIOS » 2009 – Arrecadação R$ 8 bilhões – SAT Gastos R$ 14 bilhões » Dispêndio anual aproximadamente 40% da arrecadação » O Brasil gasta mais de 4% de seu PIB com acidentes de trabalho » 10º lugar no ranking mundial » Seguro de Acidente de Trabalho – SAT e Fator Acidentário de Prevenção - FAP
  12. 12. » É de conhecimento daqueles que atuam e acompanham diretamente as construções, especialmente os engenheiros, que o aumento da produção nos canteiros tem contribuído para elevar o número de acidentes nos canteiros por todo país, principalmente por soterramento, queda ou choque elétrico. Os referidos dados ainda estão fora das estatísticas. » As empresas estão sendo impactadas por cobranças, como multas, ações regressivas da Advocacia Geral da União, do Ministério Público, ou do Ministério do Trabalho e Emprego, além do custo previdenciário.
  13. 13. » As empresas com maior número de acidentes ou trabalhadores adoecidos pagam taxas maiores em cima de sua folha de pagamento; as empresas que descumprem termos de conduta acabam sofrendo ações civis públicas.

×