8ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-2013

110 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
110
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

8ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-2013

  1. 1. Programa de Melhoramento Genético da Videira Lançamento Regional da cv. ‘BRS Magna’
  2. 2.  1977  Principais objetivos  resistência a doenças + adaptação condições brasileiras • uvas de mesa • uvas para elaboração de vinhos de mesa • uvas para elaboração de suco  Embrapa Uva e Vinho • Bento Gonçalves, RS – clima temperado • EVT – Jales, SP – clima tropical Programa de Melhoramento Genético da Videira 2
  3. 3. Programa de Melhoramento Genético da Videira vinhos de mesasucos de uva consumo in natura 3
  4. 4. ‘BRS Magna’ 4
  5. 5. ‘BRS Magna’ - origem   cruzamento: 1999 2001: 336 plantas  Seleção 2006 planta original: • CNPUV 773-319 • Seleção 33  2007-12:  validação 5
  6. 6. ‘BRS Magna’ – testes de validação Mato grosso (NM) Jales, NO São Paulo Regiões de clima tropical e temperado Serra Gaúcha (BG) Vale do São Francisco 6
  7. 7. ‘BRS Magna’ – características agronômicas e agroindustriais ciclo intermediário  vigor mediano ampla adaptação climática alta fertilidade de gemas (2 cachos/ramo) gemas basais: fertilidade menor produtividade: 30 t/ha  qualidade da uva  sabor aframboezado tipico  açúcar: 17-19 oBrix  acidez: 90 meq/L  coloração violácea intensa 7
  8. 8. 8 ‘BRS Magna’ – características agronômicas e agroindustriais Época de colheita e características químicas do mosto da cultivar ‘BRS Magna’ em comparação com outras uvas para suco, na Serra Gaúcha (Modificado de CAMARGO et al., 2008). 8
  9. 9. ‘BRS Magna’ – características agronômicas e agroindustriais 9 Reação às principais doenças  resistência mediana a requeima das folhas (agente causal não identificado)  susceptível:  míldio (Plasmopara viticola)  oídio (Uncinula necator)  podridão cinzenta do cacho (Botrytis cinerea)  antracnose (Elsinoe ampelina)  podridão da uva madura (Glomerella cingulata)  ferrugem das folhas (Phakopsora euvitis)  controle: tratamentos recomendados para ‘Niágara Rosada’
  10. 10. ‘BRS Magna’ – particularidades do manejo porta-enxertos  ‘Paulsen 1103’, RS  ‘IAC 572’, SP e MT sistema de condução  latada.  formação: dois braços, em sentidos opostos, seguindo o alinhamento da rua clima temperado  poda mista: agosto  produção: cinco a seis varas por planta, cada vara com cinco a seis gemas  formação de varas para a poda do ano seguinte,  oito a dez esporões com uma gema cada: 40 gemas por planta.  poda verde: desnecessária  exceção: desbrota, • deixar um a dois brotos por esporão e todos os brotos da vara.  espaçamento  2,5 m entre linhas  1,5 a 1,8 m entre plantas potencial produtivo : 25 a 30 t/ha. 10
  11. 11. ‘BRS Magna’ – elaboração e características do suco Safras 2010-11 e 2011-12  escala semicomercial  extração a quente com trocador de calor tubo a tubo  características do suco alto conteúdo de açúcares (19 oBrix) pH equilibrado (3,7) acidez total moderada (80,7 meq/L) 11
  12. 12. ‘BRS Magna’ – elaboração e características do suco 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% Excelente Muito bom Bom Ruim Avaliação do suco da Seleção 33 Fenavinho 2011 297 avaliadores não treinados Trabalho realizado pelos recepcionistas do stand da Embrapa sob a coordenação da analista Anelise Sulzbach, coordenadora do Núcleo de Comunicação da Embrapa Uva e Vinho 12
  13. 13. ‘BRS Magna’ – elaboração e características do suco 0 500 1000 1500 2000 2500 3000 AntocianaTotais(mg/L) Antocianas 0 30 60 90 120 150 IPT Índice de Polifenóis Totais 13
  14. 14. ‘BRS Magna’ – recomendações de uso  uva preta, de sabor aframboezado  elaboração de suco puro ou em corte com outras uvas  Regiões e porta-enxertos:  IAC 572 ‘Jales’, • Noroeste de São Paulo • Mato Grosso  ‘Paulsen 1103’ em Bento Gonçalves  sistema de condução: latada  produtividades 25 e 30 t/ha, brix 17-19 oBrix,  ciclo médio a precoce  regiões tropicais: dois ciclos anuais • poda curta de formação • poda média de produção 14
  15. 15. ‘BRS Magna’ – sanidade e disponibilidade do material propagativo Material propagativo da nova cultivar de uva Embrapa Produtos e Mercado Escritório de Negócios de Campinas Av. Dr. André Tosello, 209, Cidade Universitária Caixa Postal 6062, CEP 13083-970 Campinas, SP, Brasil Tel.: (19) 3749-8888, Fax: (19) 3749-8890 http://www.campinas.spm.embrapa.br E-mail: sac@campinas.spm.embrapa.br Reservas 15
  16. 16.  Embrapa-MP2 (Projeto 02.08.07.004)  Embrapa-MP1 (Plataforma RG)  AgroVerde (Embrapa/BID)  CNPq (Projeto 402087/2008-9)  Embrapa Semiárido  Embrapa Agrossilvipastoril  Embrapa Produtos e Mercado  Aos viticultores e empresas que realizaram e contribuíram os ensaios de validação e de difusão da nova cultivar:  Agropecuaria Melina  Queiroz Galvão Alimentos  Viticultor Selmar Corbelini  Cooperativa São João e Viticultor Remi Fracalossi Apoio 16
  17. 17. joao.maia@embrapa.br patricia.ritschel@embrapa.br Obrigada pela atenção 17 Embrapa Produtos e Mercado Escritório de Negócios de Campinas Av. Dr. André Tosello, 209, Cidade Universitária Caixa Postal 6062, CEP 13083-970 Campinas, SP, Brasil Tel.: (19) 3749-8888, Fax: (19) 3749-8890 http://www.campinas.spm.embrapa.br E-mail: sac@campinas.spm.embrapa.br

×