Colaboração Móvel<br />Plataformas Sociais e Cooperativas<br />
Introdução<br />Grande parte das actividades humanas necessitam de grupos para ser executadas;<br />Têm a colaboração de t...
Colaboração Móvel<br />Para falarmos sobre Colaboração Móvel temos de ter em mente dois conceitos fundamentais: <br />
Colaboração<br />Se trabalharmos em equipa colaborativamente, pode-se produzir melhores resultados do que se trabalhássemo...
…para que exista Colaboração…<br />
…Colaboração<br />É através da percepção que o individuo se informa sobre o que esta a acontecer, sobre o que se os outros...
Percepção de Contexto<br />Área recente na ciência da computação;<br />É toda e qualquer informação que pode ser usada par...
Ferramentas (Colaboração entre Dispositivos Móveis)<br />Grupo: Departamento de Informática - Pontifícia Universidade Cató...
Ferramentas (AulaNet | PDA)<br />Ecrã que apresenta a lista de <br />mensagens de uma conferência.<br />
Ferramentas (AulaNet)<br />Estruturação das Mensagens de uma Conferência<br />
Ferramentas (AulaNet)<br />Excerto de Argumentação de uma Conferência<br />
Ferramentas (AulaNet)<br />Relatório da Participação de Utilizadores numa Conferência<br />
AulaNet(um caso de sucesso em Portugal)<br />O IPV (Instituto Politécnico de Viseu) é constituído pelas seguintes escolas:...
Conclusão<br />O aumento do poder de processamento dos dispositivos móveis e o avanço na área das comunicações móveis abri...
Conclusão<br />São cada vez mais exigidas competências como a flexibilidade, iniciativa, intuição, colaboração, resolução ...
Obrigado!<br /><ul><li>Sérgio Pires | 35324
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Colaboração

335 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
335
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Colaboração

  1. 1. Colaboração Móvel<br />Plataformas Sociais e Cooperativas<br />
  2. 2. Introdução<br />Grande parte das actividades humanas necessitam de grupos para ser executadas;<br />Têm a colaboração de todos os membros com um objectivo comum final a ser alcançado;<br />Para que exista troca de informação, colaboração e trabalho conjunto existem ferramentas designadas por groupware ou sistema de trabalho;<br />Com o avançar das tecnologias de comunicação móvel surgem novas maneiras de se trabalhar em equipa; <br />
  3. 3. Colaboração Móvel<br />Para falarmos sobre Colaboração Móvel temos de ter em mente dois conceitos fundamentais: <br />
  4. 4. Colaboração<br />Se trabalharmos em equipa colaborativamente, pode-se produzir melhores resultados do que se trabalhássemos individualmente;<br />Melhor capacidade de detectar inconsistências e falhas no raciocínio desde cedo;<br />Possibilita procurar ideias, encontrar informações e referencias para auxiliar na resolução de problemas;<br />Estes três aspectos (Comunicação, Coordenação e Cooperação) mostram a abordagem cíclica para a colaboração:<br />
  5. 5. …para que exista Colaboração…<br />
  6. 6.
  7. 7. …Colaboração<br />É através da percepção que o individuo se informa sobre o que esta a acontecer, sobre o que se os outros estão a fazer e assim adquirir informações úteis para o seu trabalho.<br />
  8. 8. Percepção de Contexto<br />Área recente na ciência da computação;<br />É toda e qualquer informação que pode ser usada para caracterizar a situação de uma entidade;<br />Pode ser uma pessoa, um local ou um objecto que é considerado relevante para a interacção entre o utilizador e a aplicação;<br />Tem vindo a despertar interesse na área da computação;<br />Uma das áreas promissoras àintegração de percepção de contexto é a aplicações em dispositivos móveis.<br />
  9. 9. Ferramentas (Colaboração entre Dispositivos Móveis)<br />Grupo: Departamento de Informática - Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio), Brasil;<br />Objectivo: serviços de conferências em PDAs; <br />Descrição:AulaNetMé uma extensão do serviço de conferências da AulaNetdestinado a utilizadores de PDAs. É um ambiente para o ensino-aprendizagem na web para computadores onde seja possível apresentar serviços como chat e conferência. Para promover os serviços de conferências para PDAs foram adicionados os seguintes recursos: leitura de lista de mensagem de uma conferência da turma e a leitura e escrita de mensagens desta conferência. O AultaNet funciona de forma online através de um webbrowser;<br />Arquitectura:Cliente-Servidor;<br />Infra-estrutura:WebBrower.<br />
  10. 10. Ferramentas (AulaNet | PDA)<br />Ecrã que apresenta a lista de <br />mensagens de uma conferência.<br />
  11. 11. Ferramentas (AulaNet)<br />Estruturação das Mensagens de uma Conferência<br />
  12. 12. Ferramentas (AulaNet)<br />Excerto de Argumentação de uma Conferência<br />
  13. 13. Ferramentas (AulaNet)<br />Relatório da Participação de Utilizadores numa Conferência<br />
  14. 14. AulaNet(um caso de sucesso em Portugal)<br />O IPV (Instituto Politécnico de Viseu) é constituído pelas seguintes escolas: escola superior de educação, escola superior agrária, escola superior de tecnologia, escola superior de tecnologia e gestão de Lamego, escola superior de saúde;<br />Título: Plataforma de suporte ao e-learning;<br />Descrição: A plataforma AulaNet encontra-se a ser utilizada pelo Instituto no âmbito da estratégia de integração do Campus Virtual. <br />O LMS (LearningManagmentSystem) AulaNet foi instalado em 2005.<br />
  15. 15. Conclusão<br />O aumento do poder de processamento dos dispositivos móveis e o avanço na área das comunicações móveis abriu espaço para novas aplicações de groupwaremóvel;<br />Actualmente existem vários factores a ter em conta para o desenvolvimento de groupwaremóvel:<br />Largura de banda bastante boa, conexões sem fios rápidas;<br />O tamanho dos ecrãs é cada vez maior, permitindo ao utilizador organizar a informação sem subcarregar;<br />Cada vez mais se fala da segurança e da privacidade que dependendo do tipo de aplicação desenvolvem-se mecanismos para determinados grupos.<br />
  16. 16. Conclusão<br />São cada vez mais exigidas competências como a flexibilidade, iniciativa, intuição, colaboração, resolução de conflitos e aptidão com tecnologias a informação;<br />É através da internet que é possível a aprendizagem colaborativa e possibilita, além de trocar informações, minimizar barreiras geográficas e temporais, oferecendo diversos recursos multimédia e interacção.<br />
  17. 17. Obrigado!<br /><ul><li>Sérgio Pires | 35324
  18. 18. Fábio Gonçalves | 30709</li>

×