Primeiros socorros 08 h [modo de compatibilidade]

2,429 views

Published on

  • Parabéns mais uma vez pelo excelente material postado que será muito útil em treinamentos.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Primeiros socorros 08 h [modo de compatibilidade]

  1. 1. TREINAMENTODE PRIMEIROS SOCORROS
  2. 2. PRIMEIROS SOCORROS OBJETIVOS DO TREINAMENTOAo completar o treinamento o aluno estaráhabilitado a: Identificar os riscos no atendimento de vítimas em espaços confinados; Executar o atendimento pré-hospitalar básico. Utilização dos equipamentos aplicáveis aos primeiros socorros.
  3. 3. PRIMEIROS SOCORROSPRIMEIROS SOCORROS
  4. 4. PRIMEIROS SOCORROS DEFINIÇÃOÉ o pronto atendimento a partir de umsinistro até a chegada de uma equipeespecializada. Não é um atendimentomédico, porém representa a diferençaentre a vida e a morte.
  5. 5. PRIMEIROS SOCORROSPRINCÍPIO DOS PRIMEIROS SOCORROS REGRAS BÁSICAS Preservar a vida; Chamar por socorro especializado; Evitar o agravamento das lesões; Acessar a vítima com segurança; Proteger a vítima; Prevenir dos riscos existentes no atendimento; Identificar-se caso a vítima esteja consciente.
  6. 6. PRIMEIROS SOCORROSPRINCÍPIO DOS PRIMEIROS SOCORROS PROCEDIMENTOS Remover as vítimas com ferimentos menores para um local seguro. Deixar de lado vítimas com sinais de morte óbvia, como: decapitação, desmembramento, etc. Dar prioridade as vítimas inconscientes. Preservar evidências. Comunicar todas informações relevantes. Prestar o primeiro atendimento.
  7. 7. PRIMEIROS SOCORROS RESPONSABILIDADE LEGALA REPONSABILIDADE PROFISSIONAL É UMA OBRIGAÇÃO ATRIBUÍDAA TODA PESSOA QUE EXERCE ARTE OU PROFISSÃO, OU SEJA, DERESPONDER PERANTE A JUSTIÇA PELO ATOS PREJUDICIAISRESULTANTES DE SUAS AÇÕES.NA ANÁLISE DE UM EVENTO QUE TENHA SIDO DESASTROSO PARA AEQUIPE, VÍTIMA, TERCEIROS OU AO PATRIMÔNIO, IRÁ VERIFICAR-SETRÊS CONDIÇÕES PRINCIPAIS, SE HOUVE POR PARTE DOSOCORRISTA: 1. IMPRUDÊNCIA 2. IMPERÍCIA 3. NEGLIGÊNCIA
  8. 8. PRIMEIROS SOCORROS RESPONSABILIDADE LEGALA LESGISLAÇÃO BRASILEIRA CAPITULA A OMISSÃO COMO CRIME ART. 135 DO CÓDIGO PENALDeixar de prestar assistência, quando possível fazê-lo sem riscopessoal, à criança abandonada ou extraviada, ou à pessoa inválidaou ferida, ao desamparo ou em grave e iminente perigo; ou nãopedir, nesses casos, o socorro da autoridade pública:Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.Parágrafo único - A pena é aumentada de metade, se da omissãoresulta lesão corporal de natureza grave, e triplicada, se resultaa morte.
  9. 9. PRIMEIROS SOCORROS ADVERSIDADESIntolerância ParticipaçãoMedo AtitudeIncompreensão CooperaçãoIgnorância Conhecimento
  10. 10. PRIMEIROS SOCORROSRESPONSABILIDADE LEGAL O socorrista deve realizar uma avaliação do local, implementando medidas de precaução a fim de controlar as ameaças de novos acidentes. Para isso deve-se seguir um protocolo de segurança para poder acessar a vitima
  11. 11. PRIMEIROS SOCORROS SINAIS VITAIS São evidências que devem ser encontradas em todo ser humano e que através de sua avaliação podemos estabelecer parâmetros de normalidade ou anormalidadeOs mais importantes para nós serão : Respiração Pulso Temperatura
  12. 12. PRIMEIROS SOCORROS SINAIS VITAISRespiração A respiração é importante pois evita danos cerebrais causados pela falta de oxigenação 0 a 4 minutos improváveis danos cerebrais se RCP for iniciado; 4 a 6 minutos possíveis danos cerebrais; 6 a 10min. prováveis danos cerebrais; Após 10min.Severos danos cerebrais ou morte cerebral. Freqüência Respiratória Adolescente / Adulto 12 a 20 mrpm
  13. 13. PRIMEIROS SOCORROSSINAIS VITAIS O socorrista deverá se posicionar ao lado da vítima e avaliar rapidamente (cerca de 1 minuto)
  14. 14. PRIMEIROS SOCORROS SINAIS VITAISPulso Com a contração do ventrículo esquerdo há uma ejeção de um volume de sangue na aorta, e dali, para a árvore arterial, sendo que uma onda de pressão desloca-se rapidamente pelo sistema arterial, onde pode ser percebida como pulso arterial. Portanto o pulso é a contração e expansão alternada de uma artériaLocais onde Encontrar Pulso Pulso Radial carotídeoFrequência CardíacaAdultos 60 a 100 bpm
  15. 15. PRIMEIROS SOCORROS SINAIS VITAIS Temperatura Graças à um complexo sistema chamado termorregulador a temperatura no interior do corpo é quase constante, com uma mínima variação, ao redor de 0,6 graus centígrados, mesmo quando expostos à grandes diferenças de temperatura externa.LOCAIS DE VERIFICAÇÃO Axila Boca Reto Prega inguinal
  16. 16. PRIMEIROS SOCORROS SINAIS DE APOIO São todos os sinais encontrados numa vitima que nos auxiliará numa avaliação geral do pacienteOs principais são: Convulsão Paralisia Nível de consciência Cor da pele
  17. 17. PRIMEIROS SOCORROS ABC DA VIDA AIRWAISAbertura das vias aérea com controle da coluna cervical BREATHINGBoa ventilação, respiração boca a boca. CIRCULATIONControle do sangramento, massagem cardíaca. DEFIBRILLATIONDeterminação do nível de consciência, uso do DEA. EXPOSUREExame Físico, cuidados comfraturas
  18. 18. PRIMEIROS SOCORROS FISIOLOGIA HUMANARespiração– É o processo biológico pelo qual o ar atmosférico passa pelas vias aéreas chegando aos alvéolos e através da difusão cai na corrente sanguínea ocasionando a troca gasosa (HEMATOSE).Ventilação– É o processo mecânico pelo qual o ar atmosférico passa pelas vias aéreas chega aos alvéolos e retorna pelo mesmo caminho sem ocorrer a troca gasosa.
  19. 19. PRIMEIROS SOCORROSFISIOLOGIA HUMANA
  20. 20. PRIMEIROS SOCORROS OBSTRUÇÃO DAS VIAS AÉREAS Principais causas de obstrução Bico, Moeda, Brinquedos, Comida, Saliva, Leite Materno, Vômito, Sangue, Língua, Prótese Dentária.Sinais e sintomas: Dificuldade Respiratória Ronco- por queda da língua, Cianose
  21. 21. PRIMEIROS SOCORROSFISIOLOGIA HUMANA
  22. 22. PRIMEIROS SOCORROS FISIOLOGIA HUMANA TRAÇÃO DA MANDIBULA SEM INCLINAÇÃO DACABEÇA QUANDO SE SUSPEITAR DE UMA LESÃO DA COLUNA CERVICAL.
  23. 23. PRIMEIROS SOCORROSFISIOLOGIA HUMANA
  24. 24. PRIMEIROS SOCORROSFISIOLOGIA HUMANA
  25. 25. PRIMEIROS SOCORROSFISIOLOGIA HUMANA
  26. 26. PRIMEIROS SOCORROSFISIOLOGIA HUMANA
  27. 27. PRIMEIROS SOCORROSFISIOLOGIA HUMANA
  28. 28. PRIMEIROS SOCORROSFISIOLOGIA HUMANA
  29. 29. PRIMEIROS SOCORROSHEMORRAGIA Hemorragias Leves Graves Internas Externas
  30. 30. PRIMEIROS SOCORROS TIPOS DE HEMORRAGIABocaNarizOuvidoAmputaçãoÓrgãos genitaisMembros
  31. 31. PRIMEIROS SOCORROS TIPOS DE HEMORRAGIACapilar Venosa Arterial
  32. 32. PRIMEIROS SOCORROSPRESSÃO DIRETA CONCENTRADA
  33. 33. PRIMEIROS SOCORROSPRESSÃO DIRETA DIFUSA
  34. 34. PRIMEIROS SOCORROS CHOQUE HIPOVOLEMICO HEMORRAGICOuma condição onde o coração é incapaz de fornecersangue suficiente para o corpo devido a perda desangue, distúrbio circulatório ou volume sangüíneoinadequado.
  35. 35. PRIMEIROS SOCORROS SINAIS E SINTOMASHipotensão;Taquicardia;Pulso fino e taquicárdico;Pele fria e pegajosa;Sudorese abundante;Mucosas descoradas (hemorragia) e secas (desidratação);Palidez;Cianose;Resfriamento das extremidades;Hipotermia (às vezes hipertermia);Respiração superficial, rápida e irregular;Sede;Náuseas e vômitos;Alterações neurossensoriais (perde noção de tempo e espaço).
  36. 36. PRIMEIROS SOCORROS CUIDADOS1. Ajude a vítima a deitar-se;2. Levante e suporte suas pernas;3. Monitore e registre sua respiração, e nível de resposta;4. Cubra a vítima.
  37. 37. PRIMEIROS SOCORROS CIRCULAÇÃO Aumento dos Aumento da Perda Perda batimentos frequênciade sangue cardíacos de sangue respiratória Pulso rápido e fraco Respiração rápida e superficial Pele fria e pálida Respiração Parada Parada debilitada respiratória cardiorespiratória
  38. 38. PRIMEIROS SOCORROS PARADA CARDIO RESPIRATÓRIAPARADA CARDÍACA: O Coração para de bombear o sangue para o organismo que, desta forma, deixa de transportar oxigênio para os tecidos;PARADA RESPIRATÓRIA:É a supressão súbita dos movimentos respiratórios, podendo ser acompanhado ou não de parada cardíaca;Sinais e Sintomas: Perda da consciência Ausência de respiração Ausência de pulso Ausência de movimentos torácicos e de membros
  39. 39. LOCALIZAR A BORDA DAS COSTELAS SIGA O REBORDO COSTAL ATÉ A BASE DO ESTERNO APENDICE XIFÓIDECOLOQUE ASMÃOSENTRELAÇADASSOBRE OESTERNO
  40. 40. PRIMEIROS SOCORROS QUANDO PARAR A RCP ? Quando uma equipe de socorro chegar ao local e assumir asituação; Quando o socorrista estiver exausto; Quando a vítima apresentar sinais de vida; Quando o local por em risco a sua integridade física.
  41. 41. Parada CardiorespiratóriaDÚVIDAS ?
  42. 42. PRIMEIROS SOCORROS TIPOS DE QUEIMADURAQueimadura secaEscaldoQueimadura elétricaFerimento pelo frioQueimadura químicaQueimadura por radiação
  43. 43. PRIMEIROS SOCORROSSuperficial – 1º Grau
  44. 44. PRIMEIROS SOCORROSEspessura parcial – 2º Grau
  45. 45. PRIMEIROS SOCORROSEspessura profunda - 3º Grau
  46. 46. PRIMEIROS SOCORROS QUEIMADURA ELÉTRICA• Queimaduras• Trauma• Parada Cárdio-respiratória
  47. 47. PRIMEIROS SOCORROS TRATAMENTO AÇÕES IMEDIATAS ATENÇÃO NÃO remova as vestes coladas Desligar a fonte de energia NÃO tocar na área do ferimento NÃO permitir que o ferido toqueInterromper a propagação no ferimentoAliviar a dor NÃO estourar as bolhasMinimize riscos de infecção NÃO aplicar loções ou ungüentos NÃO usar compressas adesivas

×