Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

As pedras que falam e o sincretismo espírita

884 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

As pedras que falam e o sincretismo espírita

  1. 1. As pedras que falam da igreja universal e o seu sincretismo espírita Estava descansando em casa, e para minha infelicidade enquanto buscava algum canal de TV, com o intuito de assistir algo produtivo, deparei com o cidadão Edir Macedo em seu programa de prosperidade. Minha intenção era não perder tempo com as mesmas palhaçadas usadas pelos pastores e obreiros da IURD, para arrecadar fundos financeiros. Resolvi assistir um pouco daquele programa em que Edir Macedo “ministrava”. O fundador da IURD até o presente momento não havia trazido nada de novo, até que ele soltou um absurdo para justificar sua avareza. Lançou o pedido aos membros para contribuírem financeiramente, com a construção do novo templo no estado de São Paulo, no qual teria o formato do templo de Salomão. Aproveitou a ocasião e a oportunidade, e criticou quem critica seu vergonhoso ministério pela teologia da prosperidade. Mas a coisa mais absurda que ouvi dele, foi quando ele pediu explicitamente aos seus cegos contribuintes, para ajudarem nessa construção milionária, que será construída com pedras de Israel. Não bastasse os absurdos mencionados por ele em torno do dinheiro, ainda teve a cara de pau em dizer que quando o “templo” estivesse construído, as pessoas colocariam suas mãos nas pedras, e o próprio Deus falaria com eles nas pedras. E afirmou isso usando Lc 19:40 fora de contexto, dizendo que Deus fala pelas pedras. Avaliando as palavras dita por ele, ficou de forma clara e explícita que as infelizes colocações feitas em torno do misticismo das pedras que falam, que é uma filosofia distorcida do evangelho, defendida pelos espíritas da umbanda em Lc 19:40, quando eles afirmam que Jesus estava falando dos sepulcros com pedras, que na verdade seriam os espíritos falando. Veja o que dizem os espíritas da umbanda sobre Lc 19:40; “...Considerando-se que, naquele tempo, os mortos eram sepultados em buracos, cavados nas rochas e, entendendo que Jesus se referiu às pedras como túmulos, fica mais fácil o entendimento.Mas se as pedras não podem falar, tampouco os túmulos falariam. Se ponderarmos que Jesus se referia aos mortos, então penetraremos o verdadeiro sentido das Suas palavras. Se os discípulos se calassem, os Espíritos falariam. Como de fato falaram e falam até hoje.”(Extraido do blog povo de aruanda,, sobre umbanda). Para a infelicidade dele, e de suas ovelhas marionetes cegas, que estão cada vez mais envolvidas em um sincretismo religioso, onde a palavra de Deus não tem espaço. Com todas as heresias ditas por ele, para motivar o povo a ofertar, usando fora do contexto Lc 19:40. Os versículos referentes a “pedras que falam”, que tem tudo a ver com as arrecadações absurdas feitas por obreiros da IURD, está em Hc 2:9-11 “Ai daquele que, para a sua casa, ajunta cobiçosamente bens mal adquiridos, para pôr o seu ninho no alto, a fim de se livrar do poder do mal!Vergonha maquinaste para a tua casa; destruindo tu a muitos povos, pecaste contra a tua alma. Porque a pedra clamará da parede, e a trave lhe responderá do madeiramento.”
  2. 2. Lamento que ainda exista tanta gente cegada pela teologia da prosperidade, permitindo que sejam enganados com falsas teologias, carregadas de misticismos, que me nada tem haver com o genuíno e glorioso evangelho de Jesus. “Ninguém vos domine a seu bel-prazer com pretexto de humildade e culto dos anjos, envolvendo-se em coisas que não viu; estando debalde inchado na sua carnal compreensão” Cl 2:18 Em Cristo, Luciano Vieira

×