Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Embalagem para alimentos

8,628 views

Published on

Apresentação sobre embalagens para alimentos.

  • Be the first to comment

Embalagem para alimentos

  1. 1. EMBALAGEM PARA ALIMENTOSALUNOS DO CURSO DE AGROINDÚSTRIA DO 2 ANO D DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL MARIA CAVALCANTE COSTA
  2. 2. EMBALAGEM - ERNANE• Invólucro destinado a proteger os produtos durante o manuseio, estocagem e transporte, além de protegê- los contra danos e perda de qualidade.
  3. 3. CLASSIFICAÇÃO DAS EMBALAGENS – SARA L• EMBALAGEM PRIMÁRIA: Contato direto com o produto.• EMBALAGEM SECUNDÁRIA: Contato com a embalagem primária, visando a proteção da mesma.• EMBALAGEM TERCIÁRIA: Utilizada para transporte/carregamento.
  4. 4. TIPOS DE EMBALAGENS - TALITINHA•Mineral•Vegetal•Animal•Sintética
  5. 5. VegetalExemplo: Papel
  6. 6. Mineral• Exemplo: Alumínio
  7. 7. Sintético • Exemplo: Plástico
  8. 8. Animal• Exemplo: Tripa
  9. 9. ALGUNS REQUISITOS DE USO - ALYSON• Ser isenta de toxicidade;• Ser adequada à forma, tamanho e peso do produto;• Por sua aparência e poder visual, propiciar a venda do produto;• Ser de baixo custo;• Educar o consumidor para a compra e uso do produto;• Indicar a origem do produto, fabricante e padrão de qualidade;• Contribuir o menos possível para o problema da poluição.
  10. 10. TIPOS DE MATÉRIA PRIMA - G• ALUMÍNIO• Vantagens: É atóxico, tem açãoprotetora contra o calor, é leve,resistente à corrosão, impermeável aos gases e à umidade e tem baixa densidade.• Desvantagens:• - É atacado por alimentos ácidos, ou salinos;• - É mais difícil de agrafagem, muito mole;
  11. 11. TIPOS DE MATÉRIA PRIMA - PRISCILA• VIDRO• Vantagens: Resistente às temperaturas de esterilização (até 100°C);• Perfeita impermeabilidade;• Não transmite odor e sabor;• Facilmente colorivel;• Reutilizadodomesticamente.
  12. 12. TIPOS DE MATÉRIA PRIMA - MARÍLIA• PLÁSTICO
  13. 13. TIPOS DE MATÉRIA PRIMA - PRISCILA• PAPELÃO/PAPEL
  14. 14. TIPOS DE MATÉRIA PRIMA - ERNANE• TETRA BRIK
  15. 15. • EMBALAGENS RÍGIDAS - ERNANE
  16. 16. • EMBALAGENS FLEXÍVEIS - TICIANNE
  17. 17. INFLUENCIA DAS EMBALAGENS NAALIMENTAÇÃO A EMBALAGEM DEVE VENDER O PRODUTO.
  18. 18. RÓTULO - IVÕ O rótulo faz parte da embalagem;• Normalmente um rótulo deve conter a marca nominal ou símbolo, nome e endereço dos distribuidores, tamanho e usos recomendados e informação nutricional (MESTRINER, 2002; LAS CASAS, 1997).• Em alguns casos os rótulos das embalagens podem incluir endereços para atendimento dos consumidores caso quiserem saber qualquer informação a respeito do produto.• As informações dos rótulos inclusas através de seus fabricantes são de extrema importância, pois além do respeito ao consumidor, há também a exigência legal do Código de Defesa do Consumidor, sendo assim um direito do consumidor estar à parte dessas informações (LAS CASAS, 1997).
  19. 19. • Resolução RDC nº 40 da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária e Alimentar), de 21 de março de 2001, todos os alimentos devem trazer informações nutricionais em seus rótulos. As informações nutricionais obrigatórias são: valor energético (carboidratos, proteína, gorduras totais, gorduras trans, gorduras saturadas, fibra alimentar e sódio) (ANVISA, 2005).
  20. 20. CORES - CANDIDO ALIMENTOS CORESChocolate Vermelho, azul, alaranjado, marrom, dourado.Café Vermelho, preto, marrom.Leite em Pó Branco, azul, amarelo e verde.Massas Vermelho, dourado, branco e azul.Sorvete Branco, laranja, amarelo, verde e azul.Queijos Branco, vermelho e amarelo.Cerveja Dourado, prata, azul, vermelho
  21. 21. FORMAS E DESIGN - IVÃ
  22. 22. MARKETING NUTRICIONAL - CANDIDO• As indústrias fabricantes de alimentos e bebidas estão se adequando à nova legislação que determina a declaração de informação nutricional obrigatória nos rótulos de alimentos e bebidas embalados.• A Resolução ANVISA RDC 360/03 - REGULAMENTO TÉCNICO SOBRE ROTULAGEM NUTRICIONAL DE ALIMENTOS EMBALADOS torna obrigatória a rotulagem nutricional baseada nas regras estabelecidas com o objetivo principal de atuar em benefício do consumidor e ainda evitar obstáculos técnicos ao comércio.
  23. 23. EMBALAGENS DESENVOLVIDAS PELOSALUNOS • Claudenor Júnior e Risley; • Ticianne Campos • Paulo Eduardo e Hélio Filho
  24. 24. Empresa:
  25. 25. Produto:
  26. 26. Informação obrigatória• NOME DO PRODUTO;• INFORMAÇÃO NUTRICIONAL;• LISTA DE INGREDIENTES;• QUANTIDADE DO PRODUTO (mililitros, litro, gramas);• IDENTIFICAÇÃO DO LOTE;• IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM (país ou local da produção);• DATA DE FABRICAÇÃO E DE VALIDADE;• PREPARO E CONSERVAÇÃO;• INSTRUÇÕES PARA O USO (quando necessário);
  27. 27. Informações nutricionais obrigatórias • Valor calórico • Carboidratos • Proteína • Gordura total • Gordura saturada • Colesterol • Fibra alimentar • Cálcio • Ferro • Sódio
  28. 28. OUTRAS
  29. 29. EMBALAGEM PARA ALIMENTOSALUNOS DO CURSO DE AGROINDÚSTRIA DO 2 ANO D DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL MARIA CAVALCANTE COSTA

×