Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Funcionalização de superfícies por plasma

1,045 views

Published on

Palestra realizada no dia 1 de junho de 2011 na UCS para um público de cerca de 50 pessoas, no contexto da Semana Acadêmica do CCET. Organização: Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies e Curso de Engenharia de Materiais da UCS.

Published in: Technology, Business
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Funcionalização de superfícies por plasma

  1. 1.
  2. 2. Metalurgia<br />
  3. 3.
  4. 4.
  5. 5.
  6. 6.
  7. 7.
  8. 8.
  9. 9.
  10. 10.
  11. 11.
  12. 12.
  13. 13. metro<br />
  14. 14.
  15. 15.
  16. 16. Eletrodo de alta tensão<br />Linhas de campo<br />Eletrodo aterrado<br />Concentração de elétrons<br />③ Fase de formação da baínhacatódica<br />① Fase de Towsend<br />Canal de descarga<br />Carga de superfície<br />② Fase de ionização ou streamer<br />④ Fase de extinção<br />
  17. 17.
  18. 18.
  19. 19.
  20. 20.
  21. 21.
  22. 22.
  23. 23.
  24. 24. Medidor de pressão<br />Gerador de microondas 300W<br />Surfaguide<br />Sistema de aquecimento<br />Folha de cobre<br />TudoemQuartzo<br />Tuboem Pyrex <br />Fluxímetros<br />Pressão:<br />~ 5 mbar<br />N2<br />H2<br />O2<br />Borbulhador de APTMS<br />Bomba de vácuo<br />
  25. 25.
  26. 26. Pré-tratamento:<br />Tratamento APTMS:<br />N2 + H2<br />N2 + APTMS<br />Condiçõesexperimentais:<br /><ul><li>Fluxo de N2: 1 slm
  27. 27. Fluxo de H2: entre 20 e 100 sccm
  28. 28. Potência: 200 W
  29. 29. Pressão: 1.8 mbar
  30. 30. Tempo de tratamento: 1 min
  31. 31. Temperatura de tratamento: 25 e 70°C</li></ul>Condiçõesexperimentais:<br /><ul><li>Fluxode N2: 1 slm
  32. 32. Fluxo de gásportador de APTMS: 2 slm de N2
  33. 33. Potência: 200 W
  34. 34. Pressão: 5 mbar
  35. 35. Tempo de tratamento: 2 min
  36. 36. Temperatura de tratamento: 25 e 70°C</li></li></ul><li>Pré-tratamento:<br />Tratamento APTMS:<br />N2 + H2<br />N2 + APTMS<br />Epóxi<br />Revestimento<br />Baixaadesãorevestimento/substrato:<br />Peel-test<br />Cobre<br />Força de pelagem (N.mm-1)<br />Distância de pelagem (mm)<br />
  37. 37. Pré-tratamento:<br />Tratamento APTMS:<br />N2 + O2<br />N2 + APTMS<br />Condiçõesexperimentais:<br /><ul><li>Fluxo de N2: 1 slm
  38. 38. Fluxo de O2: 100 sccm
  39. 39. Potência: 200 W
  40. 40. Pressão: 1.8 mbar
  41. 41. Tempo de tratamento: 1 min
  42. 42. Temperatura de tratamento: 25 e 70°C</li></ul>Condiçõesexperimentais:<br /><ul><li>Fluxo de N2: 1 slm de N2
  43. 43. Fluxo de gásportador de APTMS: 2 slm de N2
  44. 44. Potência: 200 W
  45. 45. Pressão: 5 mbar
  46. 46. Tempo de tratamento: 2 min
  47. 47. Temperatura de tratamento: 25 e 70°C</li></li></ul><li>Pré-tratamento:<br />Tratamento APTMS:<br />N2 + O2<br />N2 + APTMS<br />Tratamento a 70°C:<br />Peel-test<br />70°C<br />Epóxi<br />Força de pelagem (N.mm-1)<br />Revestimento<br />?<br />Ruptura interfacial oucoesiva<br />25°C<br />Revestimento<br />Cobre<br />Distância de pelagem (mm)<br />
  48. 48.
  49. 49.
  50. 50.
  51. 51.
  52. 52. Pré-tratamento:<br />Tratamento APTMS:<br />N2 + O2<br />N2 + APTMS<br />Tratamento a 70°C:<br />Peel-test<br />70°C<br />Epóxi<br />Força de pelagem (N.mm-1)<br />Revestimento<br />?<br />Ruptura interfacial oucoesiva<br />25°C<br />Revestimento<br />Cobre<br />Distância de pelagem (mm)<br />
  53. 53. Tratamento APTMS:<br />Pré-tratamento:<br />N2 + APTMS +O2<br />N2 + O2<br />Condiçõesexperimentais:<br /><ul><li>Fluxo de N2: 1 slm
  54. 54. Fluxo de O2: 100 sccm
  55. 55. Fluxo de gásportador de APTMS: 2 slm de N2
  56. 56. Potência: 200 W
  57. 57. Pressão: 5.1 mbar
  58. 58. Tempo de tratamento: 2 min
  59. 59. Temperatura de tratamento: 70°C</li></ul>Condiçõesexperimentais:<br /><ul><li>Fluxo de N2: 1 slm
  60. 60. Fluxo de O2: 100 sccm
  61. 61. Potência: 200 W
  62. 62. Pressão: 1.8 mbar
  63. 63. Tempo de tratamento: 1 min
  64. 64. Temperatura de tratamento: 70°C</li></li></ul><li>(N2 + O2) + N2 + APTMS + O2 : 1.1 N.mm-1<br />Pré-tratamento<br />Fase de revestimento<br />Epóxxi<br />Revestimento<br />?<br />Rupturacoesivaou interfacial<br />Revestimento<br />Cobre<br />
  65. 65. Tratamento 1:<br />(N2 + H2) + N2 + APTMS (0.1 N.mm-1)<br />Tratamento 2:<br />(N2 + O2) + N2 + APTMS (0.65 N.mm-1)<br />Tratamento 3:<br />(N2 + O2) + N2 + APTMS + O2(1.1 N.mm-1)<br />
  66. 66. Perfilemprofundidadeusando XAES<br />Revestimento<br />Cobre (PVD)<br />Wafer de silício<br />
  67. 67. XPS(X-rayphotoelectronspectroscopy)<br />Níveis específicos de energia do elemento<br />Raio-X<br />Fotoelétron<br />Energia de Ligação (eV)<br />Raio-X<br />Fotoelétron<br />Intensidade<br />XAES(X-rayexcitedAugerelectronspect.)<br />Elétron Auger-KLL<br />Elétron excitado pelos raios-X<br />Energia Cinética (eV)<br />Níveis específicos de energia do elemento<br />
  68. 68. Perfilemprofundidadeusando XAES<br />Revestimento<br />Cobre (PVD)<br />Wafer de silício<br />
  69. 69. Tratamento 1:<br />(N2 + H2) + N2 + APTMS (0.1 N.mm-1)<br />
  70. 70. Revestimento<br />Tratamento 1:<br />(N2 + H2) + N2 + APTMS (0.1 N.mm-1)<br />C-X<br />Presença de carbono = baixaadesãorevestimento/substrato?<br />Cobre<br />
  71. 71. Tratamento 2:<br />(N2 + O2) + N2 + APTMS (0.65 N.mm-1)<br />
  72. 72. Revestimento<br />Revestimento<br />Tratamento 2:<br />(N2 + O2) + N2 + APTMS (0.65 N.mm-1)<br />Ausência de carbonona interface = boa adesãorevestimento/substrato?<br />Revestimento<br />Cobre<br />
  73. 73. Tratamento 3:<br />(N2 + O2) + N2 + APTMS + O2(1.1 N.mm-1)<br />
  74. 74. Contaminação de superfície:<br />C-X<br />Cobre<br />Limpezadafolha de cobre: <br />COx<br />Cobre<br />
  75. 75. Contaminação de superfície:<br />C-X<br />Copper<br />Limpeza+ oxidaçãodafolha de cobre: <br />COx<br />Cu-O-Si…<br />Responsávelpela boa adesão com o APTMS?<br />Óxido de Cobre<br />Cobre<br />
  76. 76. Cu + N2+O2 plasma<br />Cu decapadoem 5% H2SO4<br />Satélite Cu2+ <br />Intensidade (u.a.)<br />Intensidade (u.a.)<br />Formação de CuO<br />Energia de ligação (eV)<br />Energia de ligação (eV)<br />
  77. 77. Tratamento 3:<br />(N2 + O2) + N2 + APTMS + O2(1.1 N.mm-1)<br />
  78. 78. Tratamento 3:<br />(N2 + O2) + N2 + APTMS + O2(1.1 N.mm-1)<br />Cu 2p<br />Aparentemente o óxidofoireduzidopelo precursor!<br />CuOnão é observado!<br />Satélite Cu2+<br />Intensity (a.u.)<br />Cobre<br />Revestimento<br />Binding energy (eV)<br />
  79. 79.
  80. 80. (N2 + H2) + N2 + APTMS = 1% at. F<br />Tratamento 1:<br />(N2 + O2) + N2 + APTMS = 1% at. F<br />Tratamento 2:<br />(N2 + O2) + N2 + APTMS + O2 = 0% at. F<br />Tratamento 3:<br />
  81. 81.
  82. 82. (N2 + H2) + N2 + APTMS = 1.7% at. F<br />Tratamento 1:<br />(N2 + O2) + N2 + APTMS = 1.6% at. F<br />Tratamento 2:<br />(N2 + O2) + N2 + APTMS + O2 = 1.4% at. F<br />Tratamento 3:<br />
  83. 83.
  84. 84.
  85. 85. DBD Convencional =1 N.mm-1<br />Tocha DBD =0.95 N.mm-1<br />
  86. 86.
  87. 87. DBD Convencional =1 N.mm-1<br />Tocha DBD =0.95 N.mm-1<br />

×