Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Impressionismo

52,803 views

Published on

Seminário realizado pelos alunos do 1º Período do Curso de Comunicação da UFES.

Published in: Entertainment & Humor
  • Be the first to comment

Impressionismo

  1. 1. Impressionismo Alessandra Mariani Bárbara Machado Camila Bellon Laíse Britto Letícia Bazet Rafael Cossetti
  2. 2. <ul><li>Movimento artístico que surgiu na França no século XIX e que criou uma nova visão conceitual da natureza utilizando pinceladas soltas com ênfase na luz e no movimento. </li></ul>Introdução <ul><li>O artista impressionista se propõe a representar os objetos de acordo com suas impressões pessoais, sem se preocupar com regras estabelecidas. </li></ul><ul><li>Geralmente as telas eram pintadas ao ar livre. </li></ul>By the Lake, Berthe Morisot - 1884
  3. 3. Contexto Histórico <ul><li>Guerra Franco-Prussiana e Comuna de Paris; </li></ul><ul><li>No final do séc. XVIII, o Ocidente é varrido por uma onda de revoluções liberais, políticas e industriais e maior estabilidade; </li></ul><ul><li>As cidades tornam-se símbolos da vida moderna, com os seus caminhos-de-ferro, novos processos de comunicação e meios de transporte; </li></ul><ul><li>As sociedades se tornaram mais otimistas e amantes do que é moderno; </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Belle Époque; </li></ul><ul><li>Capitalismo em ascensão; </li></ul><ul><li>O Estado assume responsabilidades para com a Saúde, Educação e Trabalho ; </li></ul><ul><li>Canalizações, esgotos, estações e mercados, parques, boulevards e edifícios públicos são algumas das obras realizadas; </li></ul><ul><li>Iluminação pública e intensificação da vida noturna; </li></ul><ul><li>Os cafés continuam a ser o centro da vida pública e das tertúlias artísticas e literárias. </li></ul>
  5. 5. Antecedentes do Impressionismo <ul><li>Realismo </li></ul><ul><li>Naturalismo </li></ul><ul><li>Surgimento da fotografia </li></ul>
  6. 6. Auto retrato com chapéu de palha , Van Gogh A pintura impressionista é considerada o marco da arte moderna porque é o início do caminho rumo à abstração.
  7. 7. Características <ul><li>Tonalidades que os objetos adquirem ao refletir a luz solar num determinado momento; </li></ul><ul><li>As sombras devem ser luminosas e coloridas e não escuras ou pretas, como eram representadas no passado; </li></ul>The Argenteuil Bridge and the Seine, Caillebotte
  8. 8. <ul><li>As figuras não têm contornos nítidos, a linha é uma abstração do ser humano para representar imagens; </li></ul><ul><li>Contraste de luz e sombra; </li></ul><ul><li>O preto passa a ser considerado cor e não ausência de cor; </li></ul>Gustave Interior, Caillebotte - 1880
  9. 9. <ul><li>O tema torna-se irrelevante; </li></ul><ul><li>As cores e tonalidades não devem ser obtidas pela mistura das tintas na paleta, mas na própria tela. A mistura deixa ser técnica para ser óptica; </li></ul><ul><li>Pintura retrata algo em permanente mutação. </li></ul>The End of the Day , Claude Monet
  10. 10. Impressionismo no Brasil <ul><li>No Brasil, o representante mais expressivo do impressionismo é Washington Maguetas, retratando paisagens tipicamente brasileiras em seus quadros. </li></ul>Acacia Iquarana , Washington Magueta - 2001
  11. 11. Foi Eliseu Visconti , porém, quem melhor representou os postulados impressionistas no Brasil. Considerado o mais legítimo representante de uma das mais importantes etapas da pintura contemporânea. Trouxe o impressionismo da França e transformou-o perante a cor e a atmosfera luminosa do nosso País. A Caminho da Escola , Eliseu Visconti
  12. 12. Exposições <ul><li>Primeira Exposição (1874) </li></ul><ul><li>Devido a recusas sucessivas de participação de suas obras, alguns artistas decidiram construir uma sociedade anônima cooperativa de artistas plásticos organizando uma exposição de seus trabalhos. </li></ul><ul><li>Participavam dessa manifestação 30 artistas, expondo um total de 165 obras. A crítica acolheu essa manifestação com ironia e daí surgiu o termo “impressionistas”. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Segunda Exposição (1876) </li></ul><ul><li>Terceira Exposição (1877) </li></ul><ul><li>Quarta Exposição (1879) </li></ul><ul><li>Quinta Exposição (1880) </li></ul><ul><li>Sexta Exposição (1881) </li></ul><ul><li>Sétima Exposição (1882) - Pela primeira vez a exposição alcançou certo êxito tanto de crítica quanto no plano pecuniário. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Junção de Impressionismo, Neo-Impressionismo e Simbolismo. </li></ul><ul><li>O público e a crítica ficaram desconsertados. </li></ul><ul><li>O êxito consolida-se, mas os meios oficiais mantiveram-se por muito mais tempo hostis aos impressionistas. Recusaram-se notadamente, em 1890, a admitir no Louvre a tela Olímpia , oferecida ao museu por subscrição, expondo-a no Museu de Luxemburgo . </li></ul><ul><li>Escândalo do legado Caillebotte (1894). </li></ul>Olímpia - Manet Oitava Exposição e Nascimento do Neo-Impressionismo
  15. 15. &quot; Les impressionnistes“ - A França lança uma nova série de selos postais, com obras impressionistas. Selos Impressionistas <ul><li>Alguns dos artistas: </li></ul><ul><li>Gustave Caillebotte </li></ul><ul><li>Berthe Morisot </li></ul><ul><li>Vincent Van Gogh </li></ul><ul><li>Henri-Edmond Cross </li></ul><ul><li>Mary Cassatt </li></ul><ul><li>Auguste Renoir </li></ul><ul><li>Edgard Degas </li></ul><ul><li>Edouard Manet </li></ul><ul><li>Camille Pissarro </li></ul><ul><li>Paul Gauguin </li></ul>Selo Impressionista da Alemanha
  16. 16. Principais Artistas Impressionistas <ul><li>Claude Monet </li></ul><ul><li>Pesquisador da luz e seus efeitos. </li></ul><ul><li>Pintou vários motivos em diversas horas do dia, afim de estudar as mutações coloridas do ambiente com sua luminosidade.  </li></ul>Mulheres no Jardim Jeanne Marguerite Lecadre in the Garden
  17. 17. Catedral de Rouen em Pleno Sol CLAUDE MONET
  18. 18. <ul><li>Auguste Renoir </li></ul><ul><li>Foi o pintor impressionista que ganhou maior popularidade e chegou a ter o reconhecimento da crítica. </li></ul><ul><li>Seus quadros manifestam otimismo, alegria e a intensa movimentação da vida em Paris no fim do século XIX. </li></ul><ul><li>Pintou o corpo feminino com formas puras e isentas de erotismo e sensualidade. </li></ul><ul><li>Preferia os nus ao ar livre, as composições com personagens do cotidiano, os retratos e as naturezas mortas.  </li></ul>Bather with Blonde Hair Le Harem
  19. 19. Rosa e Azul AUGUSTE RENOIR La-Lecture
  20. 20. <ul><li>Brasileiro que não se preocupava mais em imitar modelos clássicos. </li></ul><ul><li>Procurava registrar os efeitos da luz solar em objetos e seres humanos de suas telas. </li></ul><ul><li>Na Europa teve contato com os impressionistas, trazendo essa influência para o Brasil. </li></ul>Eliseu Visconti
  21. 21. <ul><li>Edgard Degas </li></ul><ul><li>Pintava poucas paisagens e cenas ao ar livre. </li></ul><ul><li>Ambientes dos quadros interiores e luz artificial. </li></ul><ul><li>Grande preocupação em flagrar um instante da vida das pessoas, aprender um momento do movimento de um corpo ou da expressão de um rosto. </li></ul><ul><li>Adorava o teatro de bailados. </li></ul>Dançarinas Subindo as Escadas
  22. 22. EDGARD DEGAS Ballet at the Paris Opera Ballet Rehearsal
  23. 23. Camille Pissarro <ul><li>Quase todos os seus quadros foram destruídos no decorrer da guerra franco-prussiana. </li></ul>“ The Garden of Les Mathurins at Pontoise” (1876) <ul><li>Um dos fundadores do impressionismo e único a participar das oito exposições do grupo impressionista (1874-1886). </li></ul><ul><li>Forte influência de Monet, com quem saía para pintar ao ar livre. </li></ul><ul><li>Pissarro foi um dos primeiros impressionistas a recorrer à técnica da divisão das cores através da utilização de manchas de cor isoladas. </li></ul>
  24. 24. Les grands boulevards CAMILLE PISSARRO
  25. 25. Édouard Manet <ul><li>Trabalho de texturas apenas sugerido e formas simplificadas. </li></ul><ul><li>Era criticado pelos temas e por sua técnica, que escapava às convenções acadêmicas. Influenciou, entretanto, certos precursores do impressionismo. </li></ul><ul><li>Considerado um dos fundadores da arte moderna . </li></ul><ul><li>Suas obras mais conhecidas são Olímpia , A sacada , O tocador de pífaro e A execução de Maximiliano. </li></ul><ul><li>Preferência pelos jogos de luz e de sombra; restitui ao nu sua crueza e realidade - diferente dos nus adocicados da época. </li></ul>O Cantor Espanhol
  26. 26. Almoço na relva ÉDOUARD MANET
  27. 27. A obra impressionista não foi bem recebida pelo público e a crítica, já que ambos ainda se mantinham fiéis aos princípios acadêmicos da pintura. Reação ao Impressionismo Os cortadores de pedras , Gustave Coubert Au Bord de la Mer , Renoir REALISMO IMPRESSIONISMO
  28. 28. BERTHE MORISOT Psyche The Cheval Glass
  29. 29. Erupção do Vesuvio JOSEPH TURNER
  30. 30. Auto retrato Eglise D’Auvers VAN GOGH
  31. 31. Música Impressionista <ul><li>Surgiu cerca de vinte anos depois do impressionismo na pintura. </li></ul><ul><li>Inspirada na pintura, a intenção da música impressionista era se afastar do pesado estilo romântico alemão. </li></ul><ul><li>Prélude à I’après-midi d’um Faune (Prelúdio à Siesta de um Fauno), de Claude Debussy, foi a primeira manifestação musical impressionista, e talvez seja a primeira música moderna já feita. </li></ul><ul><li>Assim como na pintura, a música impressionista não possui linhas (melódicas) nítidas, as melodias são pouco angulosas, sensuais e etéreas. </li></ul><ul><li>Não segue o clássico sistema tonal Ocidental, buscando harmonias em </li></ul><ul><li>outras culturas, principalmente asiáticas. </li></ul><ul><li>Principais compositores impressionistas: Claude Debussy, Ravel, Falla e Respighi. </li></ul>
  32. 32. Escultura Impressionista <ul><li>A exemplo da pintura, a escultura do fim do século XIX tentou renovar totalmente sua linguagem. </li></ul><ul><li>Os conceitos básicos seriam a fusão da luz e das sombras, a ambição de obter estátuas visíveis a partir do maior número possível de ângulos e a obra inacabada. </li></ul><ul><li>Os temas surgiram do ambiente cotidiano e da literatura clássica da época. </li></ul><ul><li>Importantes nomes da escultura impressionista: Rodin e Hildebrand. </li></ul>
  33. 33. Carpeaux deixava sem polimento a superfície de suas obras, o que foi depois fundamental para as esculturas inacabadas de Rodin. Negresse , Carpeaux O escultor Jean-Baptiste Carpeaux retomou a vivacidade e a opulência do estilo rococó e distribuiu com habilidade luzes e sombras. O Beijo , Rodin
  34. 34. Rodin considerava O Escravo Acordando - escultura inacabada de Michelangelo - a obra em que a ação do escultor melhor se refletia. Por isso achou tão interessantes os esboços de Carpeaux, começando então a exibir obras inacabadas. O escravo acordando , Michelangelo
  35. 35. Conversazione Madame Noblet
  36. 36. <ul><li>A revalorização dos temas populares se deve a Dalou e Meunier. </li></ul><ul><li>Operários, camponeses, mulheres realizando atividades domésticas, todos faziam parte do novo álbum de personagens da nova estética. </li></ul>Eugenie Wynne, Dalou Le marteleur, Meunier

×