Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Estudo Marcas de Luxo: Dior

583 views

Published on

Utilizando a sua metodologia proprietária AI 360 - em que traços do perfil do internauta, conteúdos consumidos por ele, buscas realizadas opiniões que publicam são combinados para um olhar aprofundado sobre uma marca ou segmento -, a E.Life realizou um estudo sobre a marca Dior. A análise foi apresentada por Breno Soutto - Head da área de Inteligência - no evento Luxury for Web, promovido pelo Digitalks.

Com o estudo, foi possível não apenas observar a grande presença da marca no Brasil, com mais de um milhão de usuários ativos mensalmente no Facebook, como perfil de seus consumidores - 94% mulheres, urbanas, com grande concentração entre 25 e 44 anos.

Também aprendemos que o interesse por consumo de materiais de estilo, moda e beleza é bastante presente, havendo impacto de diversas marcas e formadores de opinião no consumo.

Graças a linhas de volumes de buscas, percebemos um decréscimo de interesse após o final de 2016, possível reflexo da alta do dólar, o que levou à busca por produtos de menor valor, principalmente make-up.

Para ter acesso ao estudo completo e saber mais sobre a metodologia AI 360 e outras soluções E.Life, entre em contato conosco pelo email negocios@elife.com.br

Published in: Social Media
  • Be the first to comment

Estudo Marcas de Luxo: Dior

  1. 1. Um olhar sobre o mercado de luxo
  2. 2. A E.LIFE 2004/2013 2009 2011 2013
  3. 3. A E.LIFE A E.life tem mais de 200 projetos concluídos ou em andamento e está presente em países da Am. do Norte, do Sul e Europa. Cidade do México Recife São Paulo MadridLisboa Frankfurt
  4. 4. A E.LIFE
  5. 5. EVOLUÇÃO 2004 MONITORAMENTO O monitoramento, no início era focado em marcas, produtos ou serviços e suas categorias. Proprietários ou de concorrentes 2005 CONSUMER JOURNEY Analisando os rastros digitais que o consumidor deixa em sua jornada para diferenciais de posicionamento 2009 CONSUMER- CENTERED MONITORING O consumidor vira o centro de nosso monitoramento, o que nos permite a entrega de perfis de comportamento em diversas redes sociais 2009 AI 360 Múltiplas fontes de dados são a base deste mergulho em uma categoria para observarmos comportamentos consolidados, tendências e perfis 2016 SOCIAL DATA EVOLUTION Índice de interesse em redes sociais construído com rastros de buscas e atividade com marcas 2016 CONSUMER TRENDS Metodologia que mistura técnicas de psicografia e exploratórias para encontrar tendências em redes sociais
  6. 6. O que fizemos
  7. 7. FACEBOOK AUDIENCE INSIGHTS • Ferramenta do Facebook que permite o perfilamento de usuários por meio de afinidades, interesses, localização, gênero e idade. • Com a ferramenta, é possível: – Conhecer e segmentar públicos de interesse para obtenção de perfis para ações em redes – Levantar temáticas de interesse para quem se relaciona com a marca – Levantar possíveis influenciadores para campanhas e ações
  8. 8. GOOGLE TRENDS • Ferramenta do Google que permite acompanhar a evolução de buscas durante diversos períodos, permitindo também ver que associações são feitas a estes termos. • Com ele, é possível acompanhamento de sazonalidades e de novas tendências A tendência é marcada por um crescimento constante ao longo dos últimos anos e pode ser qualificada como uma aposta segura. Tendência com repentino dentro dos últimos meses ou anos. Podem ou não durar. Tendências sazonais que são propensas a retornarem ainda mais fortes.
  9. 9. • Ferramenta do Google que permite mensurar o volume de buscas de determinados termos nos últimos 30 dias. • Com o passar do tempo, é possível a construção de curvas históricas para os termos consultados GOOGLE ADWORDS
  10. 10. Perfil do consumidor
  11. 11. QUEM SE INTERESSA POR DIOR Fonte: Facebook Audience Insights Idade e gênero de quem se interessa por Dior De 900 mil a 1 milhão de usuários ativos mensalmente Quantidade de interessados por Dior
  12. 12. QUEM SE INTERESSA POR DIOR Fonte: Facebook Audience Insights Idade e gênero de quem se interessa por Dior QUEM SE INTERESSA POR DIOR
  13. 13. QUEM SE INTERESSA POR DIOR Fonte: Facebook Audience Insights Estado civil de quem se interessa por Dior Escolaridade de interessados por Dior
  14. 14. QUEM SE INTERESSA POR DIOR Fonte: Facebook Audience Insights Plataformas e dispositivos utilizados para acessar a internet 5%
  15. 15. QUEM SE INTERESSA POR DIOR Fonte: Facebook Audience Insights
  16. 16. Tendências
  17. 17. Fonte: Google Trends Comportamento de busca associadoa DIOR Volume de buscas nos últimos 5 anos 1 milhão de buscas nos últimos 30 dias Quantidade de buscas por Dior
  18. 18. Fonte: Google Trends Comportamento de busca associadoa DIOR Volume de buscas nos últimos 5 anos
  19. 19. Fonte: Google Trends Comportamento de busca associadoa DIOR Volume desde 01/07/2016
  20. 20. Comportamento de busca associado aDIOR MAS HÁ REFLEXOS NAS COMPRAS?
  21. 21. Fonte: Google Trends Comportamento de busca associadoa DIOR Volume de compras desde 01/07/2016 12/2015 02/2015
  22. 22. Comportamento de busca associadoa DIOR Fonte:GoogleTrends Como o Google classifica as temáticas pesquisadas para compra
  23. 23. Comportamento de busca associadoa DIOR Fonte:GoogleTrends E como as pessoas efetivamente buscam pelo que tencionam comprar
  24. 24. Boca a boca
  25. 25. Fonte: Google Trends Boca aboca sobre DIOR Levantando os dados 01/01/2016 - 01/03/2017 21.284 single users39.723 depoimentos
  26. 26. Boca aboca sobre DIOR Plataformas de divulgação Imagens são a principal forma de divulgação de produtos Dior. Na rede, são divulgados resultados de makes e de looks. Para o internauta, Dior é status e deve ser mostrado não só na rua, mas também nas redes sociais.
  27. 27. Boca aboca sobre DIOR Imagens que tragam as marcas e seus resultados em looks são divulgadas
  28. 28. BRAND LOGO DETECTION Identificando a sua marca em imagens independentemente de texto • A w a r e n e s s T a r g e t M a t c h
  29. 29. INFLUENCERS Construindo posicionamento com quem impacta sua marca e que não fala de todos, mas daquilo que consome
  30. 30. Boca aboca sobre DIOR Plataformas de divulgação O Twitter é o local onde encontraremos desejos de consumo e relatos de uso. A rede tem um aspecto mais cotidiano, então, não são publicados os destaques ou looks favoritos como no Instagram, mas produtos sim produtos usados
  31. 31. Boca aboca sobre DIOR Base é o produto que mais gera buzz no momento para os usuários do Twitter. Ela faz parte do pensamento de que uma boa estrutura gera resultados melhores em maquiagem, mesmo que as demais marcas usadas não sejam tão premium.
  32. 32. Boca aboca sobre DIOR Base é a queridinha do momento e é vista como objeto de desejo ou como uma conquista
  33. 33. Fonte: Google Trends COM A DIMINUIÇÃO DO PODER AQUISITIVO, EMBORA HAJA INTERESSE E BUSCAS POR ACESSÓRIOS, PERFUMES E OUTROS ITENS DE MAKE- UP, O CONSUMO ESTÁ FOCADO EM BASES E DEMAIS PRODUTOS DE MENOR VALOR, COMO ESMALTES
  34. 34. APRENDIZADOS Existe um interesse considerável por Dior no Brasil: • De 900 mil a um milhão de pessoas ativas mensalmente no Facebook • Cerca de um milhão de buscas mensais no Google • 1.097 publicações em fevereiro de 2017 em redes sociais As pessoas que se interessam pela marca são majoritariamente mulheres e jovens adultas com forte ligação com o mercado de moda, maquiagem e beleza Em 2014 houve um grande aumento de interesse pela marca. O alto grau de buscas (com suas variações, principalmente no período do natal) se manteve estável até as mudanças político-econômicas sofridas pelo país no fim de 2016. As principais buscas fazem referência a acessórios, perfumes e make-up
  35. 35. APRENDIZADOS O boca a boca está focado em publicações de imagens de looks e de desejo de compras. o(Instagram torna-se um território importante de produção e replicação de conteúdo, por exemplo, com influencers Com a diminuição do orçamento e das compras após dezembro, observamos uma tendência a investir em produtos de qualidade para fundação de make, principalmente de bases. A ideia é que uma boa fundação garanta um melhor resultado para todo o processo mesmo que utilizando produtos inferiores. Neste sentido, investir em produtos que sejam considerados fundamentais atinge o público em tempos de carteira mais curta.
  36. 36. O que mais pode ser feito
  37. 37. Possibilidades E.Life Consumer-Trends: Um olhar sobre a categoria buscando tendências de comportamentos
  38. 38. Possibilidades Social news: Sua marca na imprensa especializada
  39. 39. OBRIGADO Breno Soutto negocios@elife.com.br

×