PNAIC - MATEMÁTICA - Sistema de numeração decimal cad. 3 (1)

49,052 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
15 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
49,052
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
50
Actions
Shares
0
Downloads
1,611
Comments
0
Likes
15
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Práticas de ensino devem ser pautadas com o objetivo na aprendizagem em matemática.
    Situar aluno em um ambiente de atividade matemática, possibilitando ele realizar variadas leituras de mundo, levantar conjecturas e validá-las, argumentar e justificar procedimentos.
  • Práticas de ensino devem ser pautadas com o objetivo na aprendizagem em matemática.
    Situar aluno em um ambiente de atividade matemática, possibilitando ele realizar variadas leituras de mundo, levantar conjecturas e validá-las, argumentar e justificar procedimentos.
  • Dialogo entre aluno-aluno e aluno – professor
    Na troca de informações e ideias
    Na mediação do professor
    Na intencionalidade pedagógica – Buscando sempre o progresso dos alunos, sendo que requer um planejamento consiste com os varios fatores como prática do professor, o material, metodologia, dentre outros.
  • PNAIC - MATEMÁTICA - Sistema de numeração decimal cad. 3 (1)

    1. 1. O SISTEMA DE NUMERAÇÃO DECIMALO SISTEMA DE NUMERAÇÃO DECIMAL
    2. 2. Luciane Ferreira Mocrosky Rosa Monteiro Paulo Wanderli C. Lima
    3. 3. Por que entender sistemas de numeração que não sejam de base dez é importante para o professor? PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 24
    4. 4. Ao trazer os aspectos históricos, dá-se ao aluno a possibilidade de ver que “cada cultura tem sua verdade, que não é absoluta, tampouco subjetiva” (MIARKA; BAIER, 2010,p. 100). Isso significa dizer que tal verdade, presente em cada sistema de numeração, se refere à manifestação das regras que nele se mostram, que pertenceram a certa época, a certo povo e serviram a uma determinada finalidade. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 24
    5. 5. “Quipos” - Instrumento utilizado também como registro contábil pelos Incas. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 24
    6. 6. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 25
    7. 7. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 27 e 28
    8. 8. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 27  Favorecer a articulação entre uma quantidade numérica e seu respectivo registro com a utilização dos algarismos. - Escrita numérica: grafismo, espelhamentos, reconhecimentos dos numerais. - Registro: essencialmente o desenvolvimento da capacidade do aluno enquanto sujeito da alfabetização matemática em reconhecer as quantidades até 9, e utilizar-se das fichas numéricas, associando a quantidade ao numeral correspondente, aproximando fisicamente quantidade e símbolo.
    9. 9. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 28  O posicionamento, assim como o agrupamento, devem figurar na proposta pedagógica como uma forma de regra de jogo. - A partir de uma estrutura lúdica seja possível fazer emergir conceitos matemáticos.
    10. 10. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 28  Assim é que vemos a importância dos algarismos no registro das quantidades soltas (menores que 10) quanto dos grupos de dez. Um objetivo essencial para a aprendizagem no processo de alfabetização matemática é, portanto, associar a representação material e o registro simbólico por meio da utilização posicional dos algarismos.  Assim é que vemos a importância dos algarismos no registro das quantidades soltas (menores que 10) quanto dos grupos de dez. Um objetivo essencial para a aprendizagem no processo de alfabetização matemática é, portanto, associar a representação material e o registro simbólico por meio da utilização posicional dos algarismos. “Jogo do Tapetinho”
    11. 11. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 29 Na Alfabetização Matemática, o uso dos dez algarismos deve ficar restrito ao trabalho do agrupamento decimal e deve estar associado à estrutura do corpo humano e a questões vinculadas à utilização dos dedos como base de contagem.  Nosso objetivo é a compreensão pela criança, em alfabetização, de que o algarismo assume valores diferentes de acordo com a posição que ocupa no número.  Nosso objetivo é a compreensão pela criança, em alfabetização, de que o algarismo assume valores diferentes de acordo com a posição que ocupa no número.
    12. 12. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 30 É importante que, na alfabetização, a utilização de materiais de contagem seja de tipos variados, o que em linguagem didático-pedagógica, costumamos nos referir como:  quantidades concretas livres;  quantidades concretas estruturadas.
    13. 13. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 30
    14. 14. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 30
    15. 15. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 33 Por ser um sistema de numeração criado pelos hindus e difundido pelos árabes, ficou conhecido como sistema de numeração indo-arábico e usa apenas 10 símbolos distintos (1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 0.), possui notação posicional e a base decimal. Obedece a dois princípios: aditivo e multiplicativo.
    16. 16. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 33  Outro sistema de contagem  Não devemos descartar diferentes formas de contagem desenvolvidas, por exemplo, em práticas sociais do campo que, muitas vezes, apresentam conhecimentos matemáticos diretamente associados às atividades laborais.  Não devemos descartar diferentes formas de contagem desenvolvidas, por exemplo, em práticas sociais do campo que, muitas vezes, apresentam conhecimentos matemáticos diretamente associados às atividades laborais.
    17. 17. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 33  Agrupamento como recurso de contagem e compreensão do sistema decimal
    18. 18. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 33 O desenvolvimento de atividades de agrupamentos e trocas possibilita à criança perceber semelhanças e diferenças envolvidas nas situações de contagem,favorecendo a abstração e a compreensão do sistema de numeração. Não basta a criança decorar os termos unidade, dezena e centena, é preciso que ela entenda o que é essa base (dez), e para que serve.
    19. 19. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 37 Uma das grandes dificuldades na aprendizagem do sistema de numeração está na relação do agrupamento com a escrita numérica, o que implica compreender as regularidades da escrita e o significado numérico. Isto é possível quando as crianças entendem a função dos agrupamentos e das trocas. Para tanto, é preciso ter domínio do princípio do Sistema de Numeração Decimal.
    20. 20. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 37 É importante que a construção do SND passe pelas seguintes etapas:  Contagem  Agrupamento  Trocas
    21. 21. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 38 Podemos tomar o brincar como espaço onde as crianças comunicam entre si suas maneiras de pensar e onde tentam explicar e validar seus processos lógicos dentro do grupo que participa da atividade lúdica, o que é essencial para seu desenvolvimento matemático.
    22. 22. Na utilização dos jogos as aprendizagens da Matemática podem acontecer:  pelo livre brincar no espaço;  pela observação;  pela transformação de jogos tradicionais da infância; PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 39
    23. 23. Outra forma de articular o jogo à aprendizagem matemática é quando o professor cria e oferece às crianças um jogo que é totalmente novo em função de um ou mais objetivos educativos. O jogo é estruturado a partir de regras que permitem a compreensão de conceitos matemáticos e, por isso, devem ser seguidas e respeitada pelos jogadores. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 39
    24. 24. Em sua essência, é a construção, pela criança que joga, das regras do Sistema de Numeração Decimal, que são tão importantes para leitura, escrita de quantidades numéricas assim como para o desenvolvimento de procedimentos operatórios que serão objetos de estudo posterior. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 39
    25. 25. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 41
    26. 26. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 42  Organização do trabalho pedagógico O processo didático-pedagógico pautado na utilização de jogos para o favorecimento de aprendizagens matemáticas constitui-se fundamentalmente em três etapas: 1º) ensino de um jogo para a aprendizagem das regras do jogo; 2º) desenvolvimento do jogo pelas crianças; 3º) discussão coletiva do jogo socializando situações.
    27. 27. PNAIC_MAT, Caderno 03 - 2014, p. 45  OBSERVAÇÕES FINAIS - Saber sobre classes e ordens é importante para o professor. Tais conhecimentos são abstratos para as crianças e nomenclaturas como classes e ordens não são adequadas para essa faixa etária. - Como uma das funções do zero é representar uma ordem vazia, ou seja, representar a ausência de quantidades, isto o torna mais complexo que os demais números. E isso precisa ser levado em consideração pelo professor no processo de alfabetização.

    ×