Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Lição 02 - A Salvação na Páscoa Judaíca

26,996 views

Published on

Slide Lição 02 - A Salvação na Páscoa Judaíca
Slide Lição 2 4 t - 2017 - cpad

Published in: Spiritual

Lição 02 - A Salvação na Páscoa Judaíca

  1. 1. A Salvação na Páscoa Judaica
  2. 2. 4º Trimestre Ano 2017 8 Outubro A Obra da Salvação Jesus Cristo é o caminho, a verdade e a vida
  3. 3. Lição 01 – Uma Promessa de Salvação Lição 02 – A Salvação na Páscoa Judaica Lição 03 – A Salvação e o advento do Salvador Lição 04 – Salvação – O Amor e a Misericórdia de Deus Lição 05 – A Obra Salvifíca de Jesus Cristo Lição 06 – A Abrangência Universal da Salvação Lição 07 – A Salvação pela Graça Lição 08 – Salvação e Livre-Arbítrio Lição 09 – Arrependimento e Fé para a Salvação Lição 10 – O Processo da Salvação Lição 11 – Adotados por Deus Lição 12 – Perseverando na Fé Lição 13 – Glorificados em Cristo Lição 14 – Vivendo com a mente de Cristo
  4. 4. Objetivo Geral Saber que a libertação dos israelitas vislumbrava um plano divino maior: libertar e salvar a humanidade ❷ ❶ ❸ Mostrar como se deu a instituição da Páscoa; Explicar a importância e o significado do cordeiro da Páscoa; Tratar a respeito da relevância e do significado do sangue do cordeiro na Páscoa.
  5. 5. Êxodo 12:21-24,29 21 Chamou pois Moisés a todos os anciãos de Israel, e disse-lhes: Escolhei e tomai vós cordeiros para vossas famílias, e sacrificai a páscoa. 22 Então tomai um molho de hissopo, e molhai-o no sangue que estiver na bacia, e passai-o na verga da porta, e em ambas as ombreiras, do sangue que estiver na bacia; porém nenhum de vós saia da porta da sua casa até à manhã. 23 Porque o SENHOR passará para ferir aos egípcios, porém quando vir o sangue na verga da porta, e em ambas as ombreiras, o SENHOR passará aquela porta, e não deixará o destruidor entrar em vossas casas, para vos ferir. 24 Portanto guardai isto por estatuto para vós, e para vossos filhos para sempre. 29 E aconteceu, à meia noite, que o SENHOR feriu a todos os primogênitos na terra do Egito, desde o primogênito de Faraó, que se sentava em seu trono, até ao primogênito do cativo que estava no cárcere, e todos os primogênitos dos animais.
  6. 6. "[...] Eu sou o Senhor, e vos tirarei de debaixo das cargas dos egípcios, vos livrarei da sua servidão e vos resgatarei com braço estendido e com juízos grandes." (Êxodo 6:6)
  7. 7. A libertação do povo israelita vislumbrava um plano divino maior: libertar e salvar a humanidade.
  8. 8. A libertação do povo israelita vislumbrava um plano divino maior para judeus e gentios.
  9. 9. O que significa a palavra Páscoa ?
  10. 10. Páscoa = Do hebraico Pessach, que significa "passagem“, o termo hebraico significa que o Senhor "passou por cima", isto é, "pulou as casas israelitas" marcadas com sangue quando o Senhor feriu os egípcios. A Páscoa Seu Significado Para os egípcios Significava o juízo divino sobre o Egito Para os israelitas Significava a saída do Egito, a passagem para a liberdade Para os cristãos Significa a passagem da morte dos nossos pecados para a vida de santidade em Cristo
  11. 11. Na Páscoa, os israelitas relembram que Deus operou a salvação de seu povo, livrando-o da opressão, do sofrimento, da angústia e da escravidão promovida pelos egípcios. Nesta Lição vamos abordar o conceito da Páscoa; o significado da Páscoa para os judeus e para os cristãos.
  12. 12. 1. O livramento nacional A CELEBRAÇÃO DA PÁSCOA para o povo de Israel significa a VERDADEIRA LIBERTAÇÃO, expressada pela liberdade espiritual do povo para servir ao Deus Criador (Êx 12.1-13,16). Historicamente a provisão do sacrifício pascal possibilitou a libertação da escravidão no Egito e a peregrinação à Terra Prometida (Êx 12.29-51). F
  13. 13. 2. A Libertação da escravidão Por 430 anos os israelitas estavam dominados, escravizados e humilhados sob a dependência política, econômica e social do Egito.
  14. 14. 2. A Libertação da escravidão Mesmo SEM LIBERDADE RELIGIOSA no Egito, o povo de Israel clamou à Deus e Ele ouviu “o gemido dos filhos de Israel” provendo o livramento da escravidão
  15. 15. 3. A nova celebração judaica A PÁSCOA passou a ser a NOVA FESTA RELIGIOSA dos israelitas, ela foi instituída por Deus. Uma oportunidade para festejar, descansar e adorar à Deus pela libertação e saída do Egito.
  16. 16. Salvação nos foi prometida pelo Pai no Éden.A Páscoa foi instituída por Deus.
  17. 17. 1. O cordeiro no Antigo Testamento O cordeiro constituía parte fundamental dos sacrifícios oferecidos para remissão dos pecados Ele foi introduzido na cultura dos israelitas quando Deus libertou o povo (Êxodo 12:3-10)
  18. 18. 1. O cordeiro no Antigo Testamento Para oferecer o cordeiro em sacrifício, o sacerdote e o povo deveriam observar algumas exigências relativo ao animal :  Não poderia haver manchas ou defeitos  Nenhum osso deveria ser quebrado (Êx 12:45)  Deveria ser imaculado  Deveria ser plenamente saudável Lv 4:32 Nm 6:14
  19. 19. 1. O cordeiro no Antigo Testamento Todo esse simbolismo apontava para Jesus, o verdadeiro Cordeiro Pascal
  20. 20. 2. Jesus, o verdadeiro Cordeiro Pascal A páscoa cristã é o memorial de como Deus substituiu os sacrifícios temporários por um único e definitivo. O conceito do Cordeiro de Deus foi tão completamente desenvolvido em Isaías 53
  21. 21. Salvação nos foi prometida pelo Pai no Éden. O cordeiro da Páscoa apontava para Jesus, o Cordeiro Deus.
  22. 22. 1. O significado do sangue "sangue", na Bíblia, representa a vida; e a vida do animal, "derramada" no sacrifício era oferecida para expiação dos pecados do transgressor restabelecendo a paz entre Deus e o ser humano (Lv 17.11; Hb 9.23-28).
  23. 23. 2. O Sangue do cordeiro pascal Deus ordenou que cada família preparasse um cordeiro e que deveriam passar o sangue da vítima nas ombreiras e no umbral da porta de suas casas para conservar a vida dos primogênitos israelitas. Antes do advento da última praga sobre os egípcios. Primeira ocorrência da Páscoa na Bíblia (Êxodo 12)
  24. 24. 2. O Sangue do cordeiro pascal Tal como o sangue do cordeiro pascal que livrou o povo da morte, assim também o sangue de Jesus nos livra da morte espiritual e da condenação eterna. Trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus. Gálatas 6:17
  25. 25. O fio de escarlate que trouxe livramento para Raabe e sua família, também simboliza o sangue de Jesus
  26. 26. 3. O Sangue da Nova Aliança Em o Novo Testamento, ao celebrar a Páscoa na última ceia, Jesus afirmou que o seu sangue era o símbolo da Nova Aliança (Lc 22.14-20); O Senhor Jesus Cristo associou a Santa Ceia à festa da Páscoa judaica (Mt 26.17-19).
  27. 27. 3. O Sangue da Nova Aliança Jesus era o real cordeiro, bem como o verdadeiro sacerdote, sendo o sacrifício e o oficiante ao mesmo tempo (Hb 12:24) Vejamos a autoridade exclusiva de Jesus :
  28. 28. 3. O Sangue da Nova Aliança Através da Nova Aliança Jesus fez da Igreja um povo de verdadeiros sacerdotes com autoridade e legitimidade : ❶ para partilhar da intimidade com Deus ❷ para interceder uns pelos outros ❸ para anunciar as boas novas dessa Nova Aliança
  29. 29. O sentido da Páscoa atingiu seu SIGNIFICADO PLENO na crucificação, morte e RESSURREIÇÃO de Jesus Cristo, o verdadeiro Cordeiro pascal Para os Cristãos
  30. 30. Salvação nos foi prometida pelo Pai no Éden. O sangue do cordeiro pascal apontava para o sacrifício perfeito do Cordeiro de Deus.
  31. 31. A Páscoa para os judeus é a memória da ação salvadora de Deus. Para nós, os cristãos, é a recordação da ação redentora de Jesus em favor da humanidade. Cristo é a nossa verdadeira Páscoa, o Cordeiro único e o Sumo Sacerdote por excelência. Seu sacrifício foi definitivo e completo Devemos celebrar a Nova Aliança manifesta em Cristo Jesus.
  32. 32. Lição 3 – A Salvação e o Advento do Salvador

×