Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, surge isolada no meio do arvoredo circundante,
simples e romântica na sua nudez, car...
Um pouco de Historia e curiosidades

dizem que

A Ermida da Nossa Senhora do Guadalupe
É nesta ermida, diz a lenda, que or...
Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, surge isolada no meio do arvoredo circundante, simples e romântica na sua nudez, car...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, surge isolada no meio do arvoredo circundante, simples e romântica na sua nudez, caracterizada pelos estilos romano e gótico

351 views

Published on

É nesta ermida, diz a lenda, que orava o Infante D. Henrique, pedindo a Deus que iluminasse o caminho aos seus navegadores. Num estilo romano-gótico, presume-se que remonte ao século XIII, de eventual origem templária. Existem muitos “segredos” por contar aqui. Vale a pena uma visita para os descobrir

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, surge isolada no meio do arvoredo circundante, simples e romântica na sua nudez, caracterizada pelos estilos romano e gótico

  1. 1. Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, surge isolada no meio do arvoredo circundante, simples e romântica na sua nudez, caracterizada pelos estilos romano e gótico. Ecossistemas conclui os Arranjos Exteriores (Ajardinamentos ,caminhos pedonais ,plantações, rede de rega e hidro sementeiras para o Empreiteiro Imosoudos S.A.
  2. 2. Um pouco de Historia e curiosidades dizem que A Ermida da Nossa Senhora do Guadalupe É nesta ermida, diz a lenda, que orava o Infante D. Henrique, pedindo a Deus que iluminasse o caminho aos seus navegadores. Num estilo romano-gótico, presume-se que remonte ao século XIII, de eventual origem templária. Existem muitos “segredos” por contar aqui. Vale a pena uma visita para os descobrir. Que a mesma estaria assombrada As origens da pequena Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe datam provavelmente do século XIII e têm origem templária. Nela coexistem elementos góticos com uma estrutura ainda comprometida com soluções românicas. A fachada principal revela uma organização comum no gótico inicial de carácter modesto ou rural, com um portal ogival sem arquivoltas e capitéis, sobrepujado por uma rosácea simples. O interior é de nave única. A capela-mor, coberta por abóbada artesoada, é a parte mais interessante do monumento em termos artísticos. A decoração variada dos capitéis inscreve-se numa corrente gótica bastante activa no século XIII Um velho postal onde se confundia que a Ermida, de Nossa Senhora de Guadalupe. Repare-se no estado em que a ermida se encontrava. Servia de palheiro para os animais. O chão está forrado de palha e há mesmo uma argola para prender os burros. Um sacrilégio denunciado por Mário Lyster Franco no Diário de Notícias o que levou a que as autoridades civis e religiosas em 1960 , já com a ermida de cara lavada, descerrassem uma placa nas comemorações Henriquinas de 1960. (ver post anterior). A imagem da Virgem foi-nos cedida pela dona Ilídia pessoa idosa, (hoje no lar de Sagres) muito religiosa e ligada à Igreja , que nos afirmou ser a antiga imagem que se encontrava em Guadalupe.

×