FORMIGAS, maravilhas de Deus

539 views

Published on

Formigas não vivem sozinhas, só em sociedade. De 3 a 5% dos animais vivem em sociedade. São justamente estes animais que possuem mais poder no planeta. A sociedade das formigas é tão organizada quanto a do homem. Mas não há drogas, malandragem, assaltos, sequestros, e outras mazelas da corrupção humana. Nada de viciados e bêbados. A distribuição das tarefas são seguidas a risca pelos seus membros. A Bíblia só fala das formigas duas vezes, e Deus manda os homens observarem as formigas para aprenderem com elas como viverem em sociedade. Deus equipou as formigas com uma estrutura fisiológica capaz de sobreviver e ainda impor respeito no planeta, mesmo sendo tão pequena. Máquinas vivas tão eficientes como as formigas não são obras de evolução aleatória, mas de um planejamento científico e metodológico da mente de Deus.

Published in: Environment
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
539
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
165
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

FORMIGAS, maravilhas de Deus

  1. 1. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo FINALIDADE DESTA OBRA Os materiais literários do autor não têm fins lucrativos, nem lhe gera quaisquer tipo de receita. Os custos do livro são unicamente para cobrir despesas com produção, transporte, impostos e revendedores. Sua satisfação consiste em contribuir para o bem da educação, uma melhor qualidade de vida para todos os homens e seres vivos, e para glorificar o único Deus Todo-Poderoso. AUTORIZAÇÃO O livro pode ser reproduzido e distribuído por quaisquer meios, usado e traduzido por qualquer entidade religiosa, educacional ou cultural sem prévia autorização do autor. [ 2 ]
  2. 2. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo AUTOR: Escriba de Cristo é licenciado em Ciências Biológicas e História pela Universidade Metropolitana de Santos; possui curso superior em Gestão de Empresas pela UNIMONTE de Santos; é Bacharel em Teologia pela Faculdade das Assembleias de Deus de Santos; tem formação Técnica em Polícia Judiciária pela USP e dois diplomas de Harvard University dos EUA sobre Epístolas Paulinas e Manuscritos da Idade Média. Radialista profissional pelo Senac de Santos, reconhecido pelo Ministério do Trabalho. Nasceu em Itabaiana/SE, em 1969. Em 1990 fundou o Centro de Evangelismo Universal; hoje se dedica a escrever livros e ao ministério de intercessão. Não tendo interesse em dar palestras ou participar de eventos, evitando convívio social. CONTATO: https://www.facebook.com/centrodeevangelismouniversal/ CENTRO DE EVANGELISMO UNIVERSAL -CGC 66.504.093/0001-08 [ 3 ] SOLICITAÇÃO AOS LEITORES: Se você encontrar erros gramaticais ou se você fala outro idioma e puder colaborar traduzindo esta obra, em qualquer dos casos entre em contato com o autor pelo facebook.
  3. 3. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Dados Internacionais da Catalogação na Publicação (CIP) LIVROS PUBLICADOS PELO AUTOR: CIÊNCIAS Biologia, O mito da Evolução Baleias, maravilhas de Deus Formigas, maravilhas de Deus Sexologia cristã [ 4 ] M543 Escriba de Cristo, 1969 – Formigas, maravilhas de Deus /Escriba de Cristo, Itabaiana/SE, Amazon.com Clubedesautores.com.br, 2016 116 p. ; 21 cm ISBN-13: 978-1536865547 ISBN-10: 1536865540 1.Formiga 2. Deus 3. Mimercologia 4. Entomologia 5. Biologia 6. Criacionsmo I - Titulo CDD 590 / 595 CDU 57/59
  4. 4. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Botânica Bíblica TEOLOGIA Juízo Final Parapsicologia Bíblica O Fim do Mundo Compêndio teológico sobre o véu Guia de Estudo Bíblico Dogmatologia Apocalipse comentado Entenda a CCB – Volume I Entenda a CCB – Volume II Javé, o Deus da Bíblia Como fundar uma Igreja O Diabo está ao seu lado Os quatro livros biográficos de Jesus HISTÓRIA Introdução a Arqueologia [ 5 ]
  5. 5. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo História do Universo comentada O que é Igreja Católica Romana? O anjo de quatro patas HAGIOGRAFIA Vida de Antão com comentários Clemente de Roma POLÍTICA Memorial criminoso do PT – Volume I Memorial criminoso do PT – Volume II PT X Cristianismo Todos os telefones do presidente Lula Os amigos de Lula DIREITO Escrivão de Polícia é cargo técnico científico Código Hamurabi e a Lei de Moisés ÉTICA Bebida alcoólica não é pecado [ 6 ]
  6. 6. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Como se vestem os santos EM OUTROS IDIOMAS Archéologie Biblique (Francês) Juicio Final (Espanhol) Biology, the myth of Evolution (Inglês) The Four-legged Angel (Inglês) Last Judgment (inglês) Indossare il velo (Italiano) 生物学 – 進化の神話 (Japonês) SÚMARIO Introdução Classificação científica Métodos científicos de estudos Estereomicroscópios e injeção de corantes Microscópio eletrônico de varredura (MEV) Pesquisas científicas [ 7 ]
  7. 7. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Quantidade PARTE I - FISIOLOGIA 1 - Pernas 2 - Pescoço 3 - Cabeça 4 - Mandíbulas 5 - Aparelho bucal 6 – Espiráculo 7 - Abdômen 8 - Pecíolo (ou cintura) 9 - Gáster 10 - Olhos 11 - Antenas 12 – Sistema nervoso 13 – Dentição 14 – Tórax 15 – Feromônio [ 8 ]
  8. 8. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 16 – Ácido fórmico PARTE II - CARACTERÍSTICAS 1 - Climatologistas 2 - Longevidade 3 - Distribuição 4 – Comunicação 5 - Evolução biológica 6 - Alimentação A - Fungos B - Carnívoras 7 - Sociabilidade 8 - Reprodução 9 – Machos 10 - Inteligência coletiva 11 – Matemática 12 – Guerreiras 13 – Agropastoril [ 9 ]
  9. 9. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 14 – Sociedade escravocrata PARTE III – FORMIGAS NAS CULTURAS 1 - Rituais com formigas 2 – Primeiros habitantes da Terra 3 – Comendo formiga 4 – Bebida de formiga PARTE IV - FORMIGUEIRO 1 - Engenharia do formigueiro 2 – Profundidade 3 – Habitats diversos 4 – Larvas 5 - Operárias PARTE V – ESPÉCIES 1 - Formigas colhedeiras vermelhas 2 - Formigas de pernas longas 3 - Formigas da madeira – Europeia 4 - Formigas diacamma [ 10 ]
  10. 10. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 5 - Formigas argentinas urbanas 6 - Formigas-loucas urbanas 7 - Formigas fantasmas 8 - Formiga Rogéria 9 - Formigas da Indonésia 10 - Formigas-soldados ou correição 11 - Formigas-de-cupim 12 – Formigas-doceiras 13 – Formiga Tatu 14 – Prinopelta 15 – Formigas Prateadas 16 - Formigas-tecelãs 17 - Formiga-do-fogo ou Pixixica 18 – Formigas cuiabanas 19 - Formigas Tocandiras 20 – Formigas Astecas 21 – Formigas Tacoa [ 11 ]
  11. 11. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 22 - Quenquém 23 - Formiga Faraó 24 - Myrmecias Australianas 25 - Formigas Ponerinae 26 - Formigas Içá 27 - Formigas acrobáticas 28 - Formigas carpinteiras 29 - Formigas-cortadeiras 30 - Formigas cortadeiras argentinas 31 - Formigas balas 32 - Formigas saúvas 33 - Formigas da Amazônia 34 - Formigas Pote de Mel 35 - Formiga Cabo-Verde 36 – Outras espécies Benefícios a agricultura PARTE VI – ECOSSISTEMA DAS FORMIGAS [ 12 ]
  12. 12. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 1 – Arejam o solo 2 – Benefícios a agricultura 3 – Enterram cadáveres 4 – Espalham sementes 5- Controlam pragas de insetos 6 – Protegem árvores PARTE VII = PREDADORES DAS FORMIGAS 1 – Alimento de tamanduás 2 – Lagartas mirmecófagas 3 – Alimento de formicarídeos 4 – Desequilíbrio ecológico PARTE VIII – OBSERVANDO AS FORMIGAS 1 - Smilingüido 2 - Fábula da formiga e da cigarra 3 - 10 lições [ 13 ]
  13. 13. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo INTRODUÇÃO Formigas não vivem sozinhas, só em sociedade. De 3 a 5% dos animais vivem em sociedade. São justamente estes animais que possuem mais poder no planeta. A sociedade das formigas é tão organizada quanto a do homem. Mas não há drogas, malandragem, assaltos, sequestros, e outras mazelas da corrupção humana. Nada de viciados e bêbados. A distribuição das tarefas são seguidas a risca pelos seus membros. A Bíblia só fala das formigas duas vezes, e Deus manda os homens observarem as formigas para aprenderem com elas como viverem em sociedade. Quase todos veem na formiga uma praga por concorrerem com a humanidade o domínio do planeta. É compreensível, portanto, o ressentimento existente contra as formigas; vistas com isenção, porém, seus danos apenas salientam sua incrível força e capacidade de sobrevivência. Nada disso seria novidade se durante tanto tempo não se estudassem as formigas pelo avesso: mais para destruí-las do que para conhecê-las. Hoje, essa situação parece estar se invertendo. Todos quanto dizem amar a Deus deve por coerência amar suas obras e criações. CLASSIFICAÇÃO CIENTÍFICA [ 14 ]
  14. 14. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo São mais de 12 mil espécies de formigas. Estas minúsculas criaturas foram colocadas por Deus na Terra como grande exemplo de vida em grupo e de disciplina. O homem grosso, sem o senso do natural somente vê nas formigas uma criatura feia, que mordem e que destroem as plantações. A ganância humana não aceita dividir os produtos da terra com as outras criaturas de Deus. Reino: Animalia Filo: Arthropoda Classe: Insecta Superordem: Endopterygota Ordem: Hymenoptera Subordem: Apocrita Superfamília: Vespoidea Família: Formicidae As formigas são animais pertencentes à família Formicidae, o grupo mais numeroso dentre os insetos. São seres particularmente interessantes porque formam níveis avançados de sociedade, ou seja, a eusocialidade. Todas as formigas, algumas vespas e abelhas, são consideradas como insetos eusociais, fazendo parte da [ 15 ]
  15. 15. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo ordem Hymenoptera. As formigas estão incluídas em uma única família. Subfamília Aenictinae Subfamília Aenictogitoninae Subfamília Agroecomyrmecinae Subfamília Amblyoponinae Subfamília Aneuretinae Subfamília Cerapachyinae Subfamília Dolichoderinae Subfamília Dorylinae Subfamília Ecitoninae Subfamília Ectatomminae Subfamília Formicinae Subfamília Heteroponerinae Subfamília Leptanillinae Subfamília Leptanilloidinae Subfamília Martialinae Subfamília Myrmeciinae [ 16 ]
  16. 16. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Subfamília Myrmicinae Subfamília Paraponerinae Subfamília Ponerinae Subfamília Proceratiinae Subfamília Pseudomyrmecinae MÉTODOS CIENTÍFICOS DE ESTUDOS ESTEREOMICROSCÓPIOS E INJEÇÃO DE CORANTES Os estudos científicos sobre as formigas cresceram grandemente desde meados do século XX com o desenvolvimento de equipamentos cada vez mais potentes para visualizar as formigas e até o funcionamento dos seus órgãos. Estes recentes estudos mostram uma estrutura tão sofisticada da anatomia e fisiologia dos insetos que se abriu um mundo novo, totalmente diferente do que se via em animais de grande porte. A Conclusão que somos levados a formular é que a vida é um projeto de engenharia, arquitetura, química, física, mecânica que não pode ser condizente com a fantasiosa teoria da Evolução. A vida como um todo, e em especial as [ 17 ]
  17. 17. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo formigas só pode ser explicada como criação de um ser primeiramente inteligente e em segundo lugar poderoso. Se o microchips foi inventado por um ser inteligente (homem), o que dizer do DNA? Só pode ser produto da mente de um ser extraterreno superior aos homens. A Ele chamamos de DEUS TODO- PODEROSO. A morfologia interna de animais remonta ao início da origem das “ciências”, tal qual a entende, atualmente. O homem na sua busca da compreensão do funcionamento dos organismos animais, deparou-se com estruturas – leiam-se órgãos e glândulas – cuja função, além daquela de servir como alimento, era totalmente desconhecida. Os estudos mais acurados, além daqueles com seres humanos magnificamente celebrados pelos gênios das artes como Michelangelo, Da Vince, dentre outros, os grandes animais tiveram também, sua cota de celebração. Veja os textos de BRAMLY (1989) e BARRETO & OLIVEIRA (2004). Saltando alguns séculos, animais menores puderam ser contemplados após a confecção dos primeiros estereomicroscópios. Tais instrumentos permitiram a visão ampliada das cavidades internas dos pequenos animais e, dentre eles os insetos. Se por um lado a presença destes instrumentos permitiu a observação detalhada dos organismos em sua constituição interna, por outro lado este “novo mundo” foi [ 18 ]
  18. 18. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo também motivo de desalento frente ao fato ali colocado, qual seja o do desconhecimento da função de cada uma daquelas partes visualizadas e sua relação com o conhecido em outros animais maiores. Como se não bastasse isto, as inter-relações entre os diferentes órgãos e sistemas, em corpos tão pequenos, foi algo que gerou no mínimo espanto e perplexidade. Aliás, passados séculos deste tipo de estudo, até hoje tais informações produzem espanto nos mais leigos. O avanço nos instrumentos científicos permitiram cada vez mais, o aprofundar nos questionamentos e na busca ansiosa por respostas. Os estereomicroscópios de última geração permitem a observação, in vivo, de estruturas em seu pleno funcionamento com aumentos não imaginados há 50 anos atrás. Tais instrumentos além do aumento permitido pelas lentes têm ainda a ampliação no monitor a ele acoplado. Isto contribui muito para a visualização dos órgãos em plena atividade. As imagens ali obtidas deixaram de ter a “interpretação” dos pesquisadores-desenhistas e passaram a ter o auxílio da fotografia. Com isto qualquer distorção dada pela melhor ou pior capacidade do pesquisador em retratar o que observava, foi abolida. Isso ainda pode ser melhorado com o fornecimento ou injeção de corantes vitais e seu monitoramento no organismo em estudo. (5) [ 19 ]
  19. 19. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo MICROSCÓPIO ELETRÔNICO DE VARREDURA (MEV) A Teoria da Evolução tem como pressuposto que a vida era um elemento simples que poderia ser obtido com a manipulação de algumas substâncias, depois de mistura e pronto, se fazia um ser vivo! Um médico suíço chegou mesmo a dar a receita para fazer ratos com mistura de roupa velha e lama! Em todo o mundo os laboratórios de bioengenharia ainda não conseguiram criar um único ser unicelular. Por quê? Porque a vida provém de Deus, não pode ser produzida em laboratório, muito menos do acaso. Os novos equipamentos como o MEV apontam para a alta complexidade da vida, não dá para produzir um ser vivo com trapos imundos! As impressões digitais de Deus podem ser captadas pelos potentes microscópios! [ 20 ]
  20. 20. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo O avanço dos equipamentos ópticos deu um grande salto com o surgimento dos microscópios eletrônicos, no caso especial o microscópio eletrônico de varredura – MEV. Inicialmente excessivamente caros, hoje, caros ainda, porém não em excesso, e de mais fácil manipulação, permitiram o grande salto no conhecimento da anatomia. Antes as informações obtidas com aumento de até 100X, passaram a ser agora para a casa dos 1000. Uma considerável ampliação. Os dados obtidos ao MEV permitiram compreender melhor a anatomo-fisiologia de um sistema como um todo, graças às consideráveis ampliações de suas partes. Deste modo estes dois ramos das ciências biológicas, malgrado as grades curriculares e sub-divisões das áreas, passaram a caminhar juntas, como nunca antes. (5) PESQUISAS CIENTÍFICAS Em laboratórios cientistas colocaram chips nas formigas para estudarem o comportamento em grupo. Câmeras de alta tecnologia que filmam o interior dos formigueiros são usadas por cientistas. Existem especialistas que vivem somente estudando formigas. Muitos têm que viverem no campo e nas florestas observando-as. [ 21 ]
  21. 21. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo QUANTIDADE Estima-se que um quinto da biomassa — massa orgânica formada pelo conjunto de todos os seres vivos, animais ou vegetais — do globo seja composto por formigas. Se fosse possível reunir todas as formigas do planeta, elas somariam algo como dez quatrilhões (um dez seguido por quinze zeros!) de indivíduos e seriam mais pesadas que toda a humanidade junta. Por isso tudo, a Terra bem que poderia ser chamada de “planeta formiga”. (1) Há números menos modestos sobre a quantidade de formigas, há quem acredite que elas pesem 300 vezes menos do que toda a humanidade. Sabe-se, antes de mais nada, que eles tiram sua força da quantidade: Outros estimam que as formigas sejam 10 000 trilhões em todo o mundo (elas só não vivem nos pólos, ao que se sabe). Edward Wilson acrescenta que elas são mais numerosas que o conjunto dos vertebrados terrestres, isto é, todos os mamíferos, aves, répteis e anfíbios juntos. Assim, embora cada uma pese 1 milionésimo do peso de um homem, a massa viva de todos os formigueiros alcança 1 milhão de toneladas, apenas 300 vezes menos que o peso total da humanidade.(10) Essas criaturas de Deus são destemidas e ousam vivem em todo o planeta, menos nas geleiras. [ 22 ]
  22. 22. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Elas estão nas florestas, e nas cidades. Deus as criou e elas cresceram e multiplicaram e encheram a Terra. PARTE I - FISIOLOGIA As formigas são tenazes, fortes, resistentes. Cada uma delas é capaz de carregar o equivalente a até cem vezes seu próprio peso. Como outros insetos, as formigas têm seis patas, articuladas em três junções; e essas estruturas são muito fortes. Elas apresentam ainda ferramentas de defesa bastante eficientes, como ferrões afiados e substâncias tóxicas e corrosivas lançadas contra o inimigo em caso de luta ou perigo. (1) Graças ao seu tamanho e à estrutura do seu corpo, uma formiga pode cair de qualquer altura sem se machucar. Deus equipou as formigas com uma estrutura fisiológica capaz de sobreviver e ainda impor respeito no planeta, mesmo sendo tão pequena. Máquinas [ 23 ]
  23. 23. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo vivas tão eficientes como as formigas não são obras de evolução aleatória, mas de um planejamento científico e metodológico da mente de Deus. 1 - PERNAS Porque é que as formigas são tão fortes? Uma formiga pode levantar até 100 vezes o seu peso. Como comparação, os atletas olímpicos podem, na melhor das situações, levantar o dobro do seu peso. As formigas conseguem levantar tanto peso porque, sendo tão leves, as formigas usam apenas uma pequena parte dos seus músculos para controlarem os seus movimentos, deixando o resto da sua força para levantar pesos. Portanto, à medida que os corpos na Terra vão ficando maiores, eles vão ficando proporcionalmente mais fracos. A formiga carrega massas bem maiores que a sua, por conseguir eliminar grande parte da Força Gravitacional. Motivo: Como sua quantidade de energia absoluta é menor que os grãos de areia sob suas patinhas, a energia da atmosfera, causadora da Força gravitacional que se dirige para a terra, se desvia em parte para a formiga, formando um campo que alivia o peso desta sobre a terra, assim como é feito pelo homem nos trens bala do Japão. O peso que a formiga aguenta é variável de acordo com sua espécie. Destacando a Formiga Saúva [ 24 ]
  24. 24. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo que suporta até 15 vezes seu peso. O bicho mais forte do mundo é o besouro-rinoceronte, suportando até 850 vezes seu peso, se comparássemos o ser humano, seria como um homem de 70kg conseguisse levantar 60 toneladas. Para além da sua força impressionante, as formigas são (mais) uma maravilha do bio-design. O biólogo agnóstico Michael Denton tem isto a dizer sobre a tecnologia nas formigas: Existem dezenas de exemplos onde avanços na tecnologia demonstraram o brilhantismo do design biológico. Um exemplo fascinante foi a construção da máquina soviética de exploração lunar que se move através de pernas articuladas: – a Lunakod. Pernas, e não rodas, foram escolhidas devido a maior facilidade de movimentação que uma máquina articulada teria em atravessar o terreno irregular da Lua. No seu todo, a Lunakod assemelha-se a uma formiga gigante, tanto assim que não era mais possível olhar para as pernas articuladas de um inseto sem um renovado sentimento de respeito e a realização de que o que era dantes um dado adquirido, e considerado uma adaptação simples, representava uma solução tecnológica muito sofisticada para o problema da mobilidade sobre terreno irregular. (6) [ 25 ]
  25. 25. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo O design, a elegância e sofisticação presentes nas formas de vida são exatamente o que seria de esperar se elas fossem o resultado do Poder Criativo Sobrenatural de Deus. Que a vida tem design é óbvio pelas tentativas bem sucedidas dos homens em copiar o que Deus criou. O homem que rejeita Deus encontra-se assim na posição irracional de negar o design que existe na biosfera, mas ao mesmo tempo tentar copiar esse mesmo “não-existente” design. A vida sem Deus é inconsistente, e isso é algo que os militantes ateus deveriam tentar resolver enquanto estão vivos, porque depois de mortos vai ser tarde demais. (7) Todas as formigas possuem três pares de pernas (hexápodes), uma em cada segmento do tórax. Em geral existem nas patas cinco segmentos: coxa, trocânter, fêmur, tíbia e tarso, este dividido em artículos em número [ 26 ]
  26. 26. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo de um a cinco. No último artículo tarsal encontram-se as garras, geralmente duas, e duas ou três minúsculas peças, os pulvidos, que ajudam a locomover-se em superfícies lisas. O esporão está presente no primeiro par de pernas e tem a função de limpeza das antenas. As garras se aferram à terra, cascas de árvore ou folhas, de modo que as formigas podem caminhar, galgar e escavar rapidamente. Também são usadas para limpeza do corpo. As formigas também são fortes. Muitas delas são capazes de erguer pesos 50 vezes superiores aos de seus corpos, tudo suportados por suas poderosas pernas. O tamanho das pernas varia conforme o habitat e hábitos das espécies de formigas, mas na grande maioria as pernas são divididas em cinco segmentos. 2 - PESCOÇO [ 27 ]
  27. 27. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo ENGENHEIROS MECÂNICOS ficam impressionados com a habilidade da formiga de levantar cargas muito mais pesadas do que ela mesma. Para entender como ela consegue fazer isso, engenheiros da Universidade do Estado de Ohio, EUA, criaram modelos em computador para estudar como funciona o pescoço da formiga, bem como sua anatomia e propriedades físicas. Eles criaram esses modelos usando imagens transversais de raios-X e simulações que medem a resistência do pescoço da formiga. O pescoço é uma parte importante da formiga, pois precisa suportar todo o peso da carga que ela carrega na boca. Ele contém tecidos moles que se ligam ao exoesqueleto do corpo e da cabeça como se fossem dedos entrelaçados. Um dos pesquisadores diz: “O formato e a estrutura dessa ligação são importantes porque mantêm mais forte a junção entre a cabeça e o corpo e ajudam o pescoço a suportar enormes cargas.” Os pesquisadores acham que entender bem como o pescoço da formiga funciona vai ajudar a projetar mecanismos robóticos mais eficientes. O que você acha? Será que o pescoço da formiga, com seu sistema mecânico complexo e interligado, é resultado da evolução? Ou teve um projeto? (8) 3 - CABEÇA [ 28 ]
  28. 28. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Como qualquer outro animal, as formigas usam a sua cabeça para sentirem a informação do espaço que a rodeia, é muito importante para a sua sobrevivência e também da colônia. No primeiro segmento do corpo de uma formiga localizam-se as mandíbulas e boca, olhos e antenas. 4 - MANDÍBULAS É a ferramenta mais importante para uma formiga. As formigas não têm membros que as permitem agarrar tal como os louva-a-deus, por exemplo, daí elas a usam para morder, carregar, cortar, escavar, caçar e lutar. O formato das mandíbulas muda conforme a espécie, podendo inclusive variar nas castas da mesma espécie. Cada órgão, cada membro e cada detalhe nos seres vivos estão ali por um propósito do criador. [ 29 ]
  29. 29. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Simplesmente é impossível que o acaso e o aleatório tenha feito uma natureza completa e perfeita em tudo. As formigas foram projetadas pelo Deus-Engenheiro, aquele que tudo criou. Em algumas espécies Deus teve a preocupação de criar as mandíbulas das formigas na função de soldados com mandíbulas mais poderosas. 5 - APARELHO BUCAL Na região inferior da cabeça, escondidas pelas mandíbulas, encontram-se os apêndices que entram na composição do aparelho bucal: o labro, peça central, como um largo lábio superior, forma a abóbada da abertura bucal; o lábio propriamente dito forma a base da boca; as maxilas e mandíbulas, colocadas lateralmente entre as peças anteriores, formam os lados da boca; a epifaringe, unida ao labro, forma o teto da cavidade bucal; e a hipofaringe, o assoalho. As formigas usam a boca não só para comer, mas também para se lavarem elas próprias e as suas companheiras. A boca é uma peça que Deus anexou como órgão de ingestão de alimento, em todos os animais de grande, médio e pequeno porte. 6 - ESPIRÁCULO Orifício do sistema traqueal dos insetos através do qual os gases entram e saem do corpo. As formigas [ 30 ]
  30. 30. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo possuem 9 ou 10 espiráculos em cada lado do corpo. (11) Em outras palavras as narinas das formigas ficam espalhadas pelo corpo. O projetista Deus pensou na melhor forma delas respirarem, assim como ele achou conveniente colocar o “nariz” das baleias no alto da cabeça e com as narinas viradas para trás, tudo para facilitar a vida de cada espécie. 7 - ABDÔMEN O terceiro e último segmento é o abdômen, sempre mais volumoso porque encerra os aparelhos digestivo e reprodutor, e tem duas partes - a cintura e o gáster. Nas operárias de Formicidae, o abdômen tem sete segmentos visíveis. O primeiro segmento abdominal é o propódeo, representado apenas pelo seu tergo e rigidamente fundido com o tórax. O tagma resultante da fusão do propódeo com o tórax é chamado mesossoma ou tronco. O segundo segmento abdominal é o pecíolo, sempre especializado e isolado. O terceiro segmento abdominal é chamado pós-pecíolo, quando isolado por constrições anteriormente e posteriormente; mas quando está amplamente articulado com o segmento seguinte é chamado primeiro segmento do gáster. (11) 8 - PECÍOLO (OU CINTURA) [ 31 ]
  31. 31. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo É o estreitamento entre o tórax e o abdômen (algumas espécies possuem pecíolo posterior). Esta é a única parte do corpo que distingue as formigas de outros insetos. As formigas têm cinturas finas para que possam mover as porções separadas de seu corpo com mais liberdade em passagens estreitas. Isso permite que elas se contorçam em diferentes direções, característica importante para o movimento em um formigueiro, e também proporciona a flexibilidade da junção permitindo à formiga mover o gáster para usar o ferrão ou usar o ácido na direção do inimigo. 9 - GÁSTER Os órgãos que cuidam da digestão, da eliminação de dejetos e da reprodução ficam no gáster. O bucho, um órgão localizado no abdômen, é usado para [ 32 ]
  32. 32. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo armazenar comida, que mais tarde pode ser regurgitada (trofalaxia) para alimentar outros membros da colônia. Muitas espécies dispõem de ferrões no extremo do gáster que contêm veneno, e algumas, como a formiga lava-pés e a colheitadeira, podem infligir picadas dolorosas e ocasionalmente fatais aos seres humanos e outros animais. Rainha de Camponotus vicinus e operária de Crematogaster cerasi. O tamanho e formato do gáster varia muito conforme a espécie, sendo que nas formigas rainhas sempre são maiores que as demais formigas. 10 - OLHOS As formigas apresentam olhos compostos e visão bem desenvolvida, capazes de detectar os movimentos mais sutis, enquanto outras têm olhos simples que só podem distinguir entre claro e escuro. Os olhos compostos contêm centenas de lentes que combinam de maneira a formar uma só imagem no seu cérebro. As formigas que usam a visão para atacar as presas têm olhos compostos maiores, outras formigas que vivem em lugares muito escuros têm olhos compostos menores e algumas até são cegas. Algumas formigas possuem ainda três olhos simples, chamados de ocelli, que detectam luz [ 33 ]
  33. 33. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo em lugares escuros. As formigas que usam a visão para atacar as presas possuem olhos compostos maiores. Deus em sua infinita sabedoria determinou olhos nas criaturas que efetivamente iriam precisar deles para viver. Como as formigas se orientam em boa parte pelo feromonio, e como algumas vivem confinadas a vida toda dentro dos formigueiros, a visão destas é limitada ou nula. 11 - ANTENAS Como outros insetos, as formigas sentem o cheiro com longas e finas antenas. As antenas têm como cotovelos ligados ao primeiro segmento alongado; e visto que vêm em pares como visão binocular ou equipamento [ 34 ]
  34. 34. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo de som estereofônico elas obtêm informações sobre direção e intensidade. Quando duas formigas se encontram, tocam as antenas e as feromonas que estiverem presentes fornecem informação sobre o estado de alimentação de cada uma, o que pode levar à trofalaxia, ou seja, uma delas regurgita a comida para a outra. A rainha produz uma feromona especial que indica às obreiras quando devem começar a criar novas rainhas. (3) As antenas das formigas, ao contrário de outros insetos, são articuladas (e não retas ou recurvas). As antenas articuladas, longas e finas, é seu órgão sensorial mais importante, ajudando a encontrar alimento, na orientação e comunicação com outras formigas. O número de segmentos na extremidade das antenas varia conforme as espécies, e auxilia na identificação de muitas espécies. As antenas das formigas são compostas de um segmento basal alongado, o escapo, e uma série de pequenos segmentos que variam em número de três a treze, que em conjunto são chamados de funículo. O termo pedicelo é usado em alguns Hymenoptera para se referir ao segundo segmento antenal, sendo os segmentos seguintes chamados de flagelo. Em Formicidae é comum considerarmos o pedicelo como parte do flagelo e a este conjunto denominamos funículo. O escapo se articula com a cabeça através da inserção antenal (= fossa antenal ou soquete antenal), um forâmen localizado após a margem [ 35 ]
  35. 35. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo posterior do clípeo. Na base do escapo encontra-se uma estrutura esférica, o côndilo basal (= côndilo basilar), que é a porção que se articula com a inserção antenal. Os segmentos apicais do flagelo podem ser filiformes, aumentando gradual e constantemente em tamanho ou podem aumentar abruptamente em espessura e comprimento, de modo que se forma uma clava antenal. Em formigas, esta clava possui extrema importância taxonômica e pode consistir de um a quatro segmentos. De forma geral, os segmentos antenais são chamados antenômeros. (11) 12 - SISTEMA NERVOSO 13 - DENTIÇÃO A margem mastigatória contém normalmente uma série de dentes e/ou dentículos. Se houver apenas dentes, as mandíbulas são chamadas dentadas; se apenas apresentam dentículos, são ditas denticuladas; se não têm dentes e nem dentículos são chamadas [ 36 ]
  36. 36. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo edentadas. O dente distal das mandíbulas é chamado de dente apical, ao passo que o mais proximal é chamado dente basal. O dente situado imediatamente após do apical é o pré-apical (= subapical). Em muitos casos, existe um espaço na margem mastigatória que separa os dentes. (11) 14 - TÓRAX É o segundo segmento do corpo de uma formiga, constituído por músculos que dão poder aos seus três pares de pernas e também abrigam as asas utilizadas pelas fêmeas aladas e machos, na época de acasalamento (castas sexuadas). 15 - FEROMÔNIO As formigas se comunicam geralmente por uma química chamada feromonas, esses sinais de mensagens são mais desenvolvidos na espécie das formigas que em outros grupos de himenópteros. Como as formigas passam a vida em contato com o solo, elas deixam uma trilha de feromônio que pode ser seguida por outras formigas. Quando uma obreira encontra comida ela deixa um rastro no caminho de volta para a colônia, e esse é seguido por outras formigas que reforçam o rastro quando elas voltam à colônia. Quando o alimento acaba, as trilhas não são remarcadas pelas formigas que voltam e o cheiro se dissipa. Esse comportamento ajuda as formigas a se [ 37 ]
  37. 37. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo adaptarem à mudanças em seu meio. Quando um caminho estabelecido para uma fonte de comida é bloqueado por um novo obstáculo, as obreiras o deixam para explorar novas rotas. Se bem sucedida, a formiga retorna e marca um novo rastro para a rota mais curta. Trilhas bem sucedidas, são seguidas por mais formigas, e cada uma o reforça com mais feromônio (as formigas seguirão a rota mais fortemente marcada). A casa é sempre localizada por pontos de referência deixados na área e pela posição do sol; os olhos compostos das formigas têm células especializadas que detectam luz polarizada, usados para determinar [ 38 ]
  38. 38. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo direção. As formigas usam feromônio para outros propósitos também. Uma formiga esmagada emitirá um alarme de feromônio, o qual em alta concentração leva as formigas mais próximas a um furor de ataque; e, em baixa concentração, as atrai. Para confundir inimigos, várias espécies de formigas também usam feromônios que os fazem lutar entre eles mesmos. (3) 16 - ÁCIDO FÓRMICO As formigas geralmente atacam e defendem-se ferroando, por vezes injetando compostos químicos no animal atacado, em especial, o ácido fórmico. (3) PARTE II - CARACTERÍSTICAS 1 - CLIMATOLOGISTAS Formigas são capazes de prevê o tempo, antes de tempestade, elas se escondem. 2 - LONGEVIDADE [ 39 ]
  39. 39. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Desde a etapa em que são ovos, até se tornarem adultas, as formigas demoram entre 6 a 10 semanas. Em geral as operárias podem viver alguns meses, com algumas espécies podendo viver aproximadamente 3 anos. As rainhas vivem mais do que as operárias, sendo que a maior longevidade foi registrada na espécie Pogonomyrmex owyheei, que atingiu uma idade de 30 anos. As formigas aparentemente vivem mais quando são alimentadas com o mel de rainha. (3) Três partes compõe a estrutura da formiga – Na última fica a glândula de feromônio. O comprimento das formigas varia de 1,6 m a quase 5 cm. A maioria das espécies são vermelhas, negras, marrons ou amarelas, mas existem algumas verdes ou de um azul metálico. E, como outros insetos, elas têm seis patas. O corpo de uma formiga é constituído por três segmentos principais, cabeça, tórax (ou mesossoma) e abdômen (ou gáster). 3 - DISTRIBUIÇÃO Formicidae, com 12.585 espécies descritas até 2 de setembro de 2010, distribuídas por todas as regiões do planeta, exceto nas regiões polares. As formigas são o gênero animal de maior sucesso na história terrestre, constituindo de 15% a 20% de toda a biomassa animal terrestre. (3) [ 40 ]
  40. 40. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Formigas. Qual de nós nunca teve a atenção despertada, em algum momento, por esses pequenos insetos? Quem nunca ficou curioso para ver até onde vai a trilha de formigas que se embrenha mata adentro? Ou quem nunca as encontrou em um cantinho de casa, ou em cima daquele doce delicioso esquecido sobre a mesa? Pois saiba que as formigas, essas nossas velhas conhecidas, não são apenas insetos; são máquinas de trabalho, extremamente capacitadas para a luta pela sobrevivência. Nesse aspecto, elas são seres muito bem- sucedidos e aparelhados para a vida. Segundo os biólogos elas enfrentaram transformações profundas na estrutura do planeta: resistiram a mudanças climáticas, cataclismos, choques de asteroides e outras catástrofes globais. Milhares de espécies animais se extinguiram ao longo da história de nosso mundo, mas as formigas permaneceram. Elas habitam os cinco continentes; vivem em todas as faixas de climas e altitudes; resistem a baixas temperaturas; sobrevivem no calor dos desertos, no topo das montanhas e nas mais profundas formações geológicas. (1) 560 espécies na costa mediterrânea. 80 espécies na ilha de Córsega. Pesquisas mostram que as formigas argentinas estão dizimando as outras espécies por culpa do homem [ 41 ]
  41. 41. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo que as transportaram involuntariamente para fora do seu habitat. 4 - COMUNICAÇÃO Formigas ‘conversam’ no formigueiro, diz estudo. Formigas operárias obedecem a som emitido pela rainha do formigueiro. Uma pesquisa das universidades de Oxford (Grã-Bretanha) e de Turim (Itália) mostrou que formigas costumam conversar entre elas, em seus formigueiros. Segundo os pesquisadores, as rainhas emitem sons característicos dentro do formigueiro que produzem reações das operárias, o que reforça o status social da rainha, de acordo com o artigo publicado na revista Science. De acordo com um dos pesquisadores, Jeremy Thomas, da Universidade de Oxford, o progresso da tecnologia permitiu a gravação dos sons das formigas nos formigueiros e a execução destas gravações sem que as formigas ficassem assustadas. Ao colocar miniaturas de alto-falantes no formigueiro, especialmente fabricados para a pesquisa, e reproduzir os sons feitos por uma rainha, os pesquisadores conseguiram fazer com que as formigas ficassem em estado de atenção. [ 42 ]
  42. 42. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo "Quando tocamos os sons da rainha elas apresentaram o comportamento ‘em guarda'. Elas ficavam imóveis com suas antenas estendidas e suas mandíbulas separadas por horas - se alguma coisa se aproximasse elas atacariam", disse. Infiltrados Apesar de ter uma sociedade muito bem defendida pelas operárias, as formigas também podem sofrer com infiltrados, segundo a pesquisa conduzida pelas universidades de Turim, Oxford e pelo Centro de Ecologia e Hidrologia de Oxfordshire. Sons produzidos pela larva da borboleta europeia Maculinea rebeli, por exemplo, imitam os sons produzidos por formigas adultas, particularmente pela rainha do formigueiro. "Pesquisas anteriores mostraram que parasitas sociais como estas larvas secretavam elementos químicos e usavam outras habilidades para conseguir se infiltrar em formigueiros", afirmou Francesca Barbero, pesquisadora da Universidade de Turim. "Nosso novo trabalho mostra que o papel do som na troca de informações dentro de formigueiros foi muito subestimado e que a imitação do som fornece outra forma de infiltração para 10 mil espécies de parasitas sociais que exploram as sociedades de formigas." [ 43 ]
  43. 43. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Os pesquisadores usaram gravações de sons emitidos pelas larvas nos formigueiros hospedeiros. Os resultados demonstraram que, depois que a larva foi aceita no formigueiro por meio da liberação de elementos químicos que imitavam os liberados por formigas, a imitação de sons de uma formiga adulta permite com que a larva avance socialmente. "Nossas experiências mostraram que, em resposta aos sons emitidos pelas larvas, as formigas operárias protegiam elas de uma forma parecida com que protegiam suas rainhas", disse Karsten Schönrogge, do Centro de Ecologia e Hidrologia de Oxfordshire. (14) 5 - EVOLUÇÃO BIOLÓGICA Muitas formigas ao tentarem pegar resina de madeira, acabam ficando presas e se fossilizam dentro da resina. Todas as formigas fossilizadas são as nossas velhas conhecidas. Não foram encontradas as pré-formigas. Deus as criou perfeitas e completas. As formigas foram criadas completas e perfeitas por nosso Criador. Não evoluíram de outra espécie inferior, nem estão se transformando em outra superior. Como já estamos acostumados a lê os textos evolucionistas, a enciclopédia Wikipedia se [ 44 ]
  44. 44. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo refere a ilusória teoria da evolução das formigas com os verbos: “acredita-se”... “pensa-se”. Não há fundamentação científica, só especulação e vã filosofia: Acredita-se que o surgimento das formigas na Terra deu-se durante o período Cretáceo (há mais de 100 milhões de anos) e pensa- se que elas evoluíram a partir de vespas que tinham aparecido durante o período Jurássico. (3) Um periódico que segue a linha evolucionista (como quase todos que se publicam no mundo) é a revista Superinteressante da Editora Abril, ela dissemina a mentira da evolução das formigas a partir de antigo verme que ganhou pernas, depois perdeu várias pernas e acabou com seis pernas... Todos os insetos teriam surgido a partir de um verme remoto que ganhou pernas, mas reteve apenas seis. O Symphyta, um inseto atual, talvez se pareça com os ancestrais das formigas, abelhas e vespas. (10) Não crer em Deus fez o homem moderno ser ridículo, contra todas as evidências de um Criador, preferem dizer que toda a tecnologia embarcada na vida é produto da NATUREZA E DA EVOLUÇÃO. Em vez de atribuir o mundo como criação de um ser inteligente e poderoso, os evolucionistas preferem atribuir a loucura da evolução aleatória e a isto [ 45 ]
  45. 45. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo chamam de NATUREZA. Ora, a natureza nada mais é do que o programa que Deus criou e instalou nos seres criados. Assim dizemos a natureza das formigas, a natureza dos pássaros. 6 - ALIMENTAÇÃO Apesar do hábito alimentar de boa parte das espécies ser desconhecido, acredita-se que uma parcela significativa das espécies de formigas para onívora. Isto é, a espécie se alimenta de diversos tipos de recursos. Esse fato é facilmente observado em nossas casas, onde a mesma espécie visita o açucareiro, o lixo e procura por restos de comida onde quer que seja. Mas o hábito alimentar das formigas pode ser extremamente especializado, como em certas espécies do gênero Leptogenys que se alimentam primariamente de isópodes (tatuzinhos de jardim), ou de espécies dos gêneros Discothyrea e Proceratium que se alimentam quase que exclusivamente de ovos de outros artrópodes. As adaptações para capturar o alimento também são diversas entre as formigas. Algumas espécies usam suas mandíbulas longas e com fechamento rápido para capturar colêmbolos; e espécies do gênero Thaumatomyrmex apresentam mandíbulas altamente especializadas para capturar e “descascar” piolhos-de- cobra diminutos. (11) A - FUNGOS [ 46 ]
  46. 46. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Os fungos cultivados no interior dos formigueiros são os alimentos da maioria das espécies de formigas. Os fungos são cultivados tendo como base as folhas recolhidas pelas cortadeiras. Ao encontrarem açúcar, elas bebem e levam para outras e dizem onde tem mais. Ela possui um estômago social na qual recolhem açúcar e dividem com seus irmãos. Diferente dos homens que ao descobrirem riquezas não chamam o próximo, mas ajunta para si para ficar rico. As formigas são os únicos exemplos de comunismo que funciona. Ninguém fica mamando no Estado até ele falir como acontece no comunismo. Deus muito nos ensina por meio destas criaturas, mas não queremos lê as mensagens de Deus espalhadas na natureza. B - CARNÍVORAS [ 47 ]
  47. 47. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Formigas consomem mais carne do que leão tigre e lobos juntos. Sozinhas são insignificantes. Em grupo, são imbatíveis. Só uma colônia de formiga come 10 milhões de insetos em um ano. Deus colocou vários animais para recolherem os cadáveres da terra, entre estes estão as aves necrófagas, as hienas e as formigas. Elas recolhem diversos cadáveres de insetos e outros maiores elas cortam e levam para os formigueiros. 7 - SOCIABILIDADE Isolada, a formiga é um animal frágil e desprotegido, que pode ser esmagado facilmente com apenas um dedo. Mas é na unidade que encontra sua força. Quando em grupo, as formigas se tornam fortes, capazes e produtivas. Dotado, pelo Criador, de extrema sociabilidade (como poucos paralelos no reino animal), esse tipo de inseto se reúne para construir colônias, buscar alimento, defender seu território, combater predadores e perpetuar sua espécie. (1) Formigas é uma organização suprema. Elas têm mentes autônomas, mas preferem viver com a mente coletiva, superorganismo, [ 48 ]
  48. 48. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Em suas comunidades, todas as fêmeas operárias estéreis e os machos servem apenas para inseminar a rainha, única fêmea fértil. Chamam-se “eussociais” os seres que praticam tal forma de sociedade, que foi decisiva: somente 5% de todas as espécies de abelhas, por exemplo, têm comportamento social, mas estas últimas superam largamente em número os 95% restantes. Daí o entusiasmo com a descoberta, há poucos tempo, das primeiras sociedades que não reúnem himenópteros ou cupins. Elas são formadas por pequenos parasitas de plantas, chamados afídios, e também por um besouro australiano que habita túneis cavados no eucalipto. Embora pequenas e simples, tais comunidades podem revelar novas facetas desse fenômeno crucial. [ 49 ]
  49. 49. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Chega-se a dizer que colméias e formigueiros não são simples ninhos — são um ser vivo em si mesmo. (10) As sociedades das formigas são organizadas por divisão de tarefas, muitas vezes chamadas castas. As tarefas podem ser distribuídas pelo tamanho e/ou pela idade do indivíduo. (3) Quando um ninho é destruído a prioridade é proteger as larvas tirando do sol e levando para sombra. Os batedores vão atrás de um novo ninho. NÃO TEM CHEFE. Escolhem o novo ninho de acordo com uma democracia química. Os batedores ao acharem um local ideal emitem sinal de odor, o local com odor mais forte é porque a maioria concordou que aquele novo esconderijo é o melhor. Há três mil anos atrás a Bíblia já dizia que as formigas não têm chefe. A função da rainha é reprodutora. 8 - REPRODUÇÃO A função da reprodução é realizada pela rainha e pelos machos. O acasalamento ocorre no voo nupcial. A rainha vive dentro do formigueiro, é maior que as demais formigas, perde as asas depois de fecundada e durante toda a sua vida põe ovos. Os machos aparecem apenas quando é necessário fecundar uma nova rainha, o que acontece durante um voo em que participam milhares de fêmeas e machos alados; depois da fecundação, os [ 50 ]
  50. 50. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo machos não são autorizados a entrar no formigueiro e geralmente morrem rapidamente. (3) Deus colocou todas as espécies na Terra com o propósito de se perpetuarem, cada espécie com suas características. 9 - MACHOS Morrem cedo e muitos se tornam pais vinte anos após a morte. O esperma é guardado em uma bolsa que a fêmea carrega. É um banco de esperma que fica conservado. Deus é fantástico, cada criatura ele determinou peculiaridades. Deus não somente é criador, como é criativo. A vida é complexa não se origina no nada, no acaso, é produto da prancheta de Deus. [ 51 ]
  51. 51. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 10 - INTELIGÊNCIA COLETIVA Mas o que tornou os himenópteros tão numerosos, em primeiro lugar? A resposta, dizem os entomologistas, está numa espécie de inteligência que não funciona no cérebro: ela se encontra em todo o organismo desses seres, embutida nas habilidades desenvolvidas por eles. Acima de tudo, sua sagacidade transparece por meio da vida em sociedade: entre milhões de espécies classificadas na categoria dos insetos, apenas eles e os cupins foram criados por [ 52 ]
  52. 52. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Deus com esse método de dividir tarefas e multiplicar a eficiência do trabalho. Esta foto ilustra e revela a capacidade intelectual das formigas em solucionar um problema de forma coletiva. Alguma formiga teve a ideia, e depois de conversarem, concluíram em fazer uma ponte com seus corpos, necessitando trabalharem coletivamente para realizar esta tarefa. Isso é trabalho em grupo. Se os homens deixassem de ser presunçosos e observassem as formigas talvez a nossa sociedade fosse melhor. Deus fala conosco por meio dos exemplos dado por pequenas criaturas como as formigas. 11 - MATEMÁTICA [ 53 ]
  53. 53. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Que as formigas são inteligentes já se sabia, mas aos poucos se descobre como usam a cabeça: elas são capazes de avaliar ângulos e, por meio deles, decidir qual é a menor rota até os alimentos. Ou seja, elas sabem que a reta é a distância mais curta entre dois pontos e evitam os ângulos acentuados, que as afastam daquele caminho. Em uma experiência, as formigas podiam escolher entre andar 14 ou 28 centímetros até o alimento, e em 86% das vezes tomaram o atalho correto, já que o mais longo apresentava curvas de 30 e 45 graus. Como tanta esperteza cabe dentro de uma cabeça assim minúscula é um mistério, mas se sabe que elas trabalham por tentativa e erro. As formigas que saem em busca de comida exalam uma substância chamada feromônio, que marca a rota. Quando o trajeto tem ângulos fortes, elas deixam pouco feromônio ou simplesmente voltam. No final das contas, o percurso que tem mais feromônio é o mais curto. A descoberta foi feita por uma equipe de especialistas da Free University de Bruxelas, na Bélgica, que analisou a formiga preta de jardim, de nome científico Lasius niger. (15) 12 - GUERREIRAS No imaginário popular, a característica mais marcante das formigas está relacionada com a organização social e o trabalho em equipe. Realmente, a capacidade de agirem em grupo, aliada a eficientes ferrões ou jatos de ácido fórmico, traz vantagens. [ 54 ]
  54. 54. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Algumas espécies de formigas conseguem capturar presas que podem ter dezenas ou mesmo centenas de vezes o tamanho de uma operária. Esta capacidade “bélica” inspirou Homero, o poeta grego que escreveu a Ilíada. Os mirmidões, temíveis guerreiros de Aquiles, constituíam um exército pequeno, mas que por sua organização e ferocidade, podia derrotar exércitos bem maiores. Além da ferocidade, segundo a mitologia, todos os mirmidões eram realmente formigas transformadas em pessoas por Zeus. (11) 13 - AGROPASTORIL De agora em diante quando você vê uma formiga, você respeite-a, não a considere um ser desprezível da natureza. Ela com seu tamanho tão pequeno possui uma inteligência impressionante. Somente as formigas e os humanos desenvolveram técnicas agropastoris. Elas cuidam de hortas quando usam folhas para produzir fungos, bem como várias espécies de formigas criam afídios e lagartas como atividade pastoril da qual elas se beneficiam com suas criações. Deus deu inteligência para todas as suas criaturas, umas com maior grau e outras com menor, mas devemos respeitar a criação de Deus. As lagartas mirmecófilas (“amigas das formigas”) que são criadas por algumas formigas. Estas levam-nas a “pastar” durante o dia e recolhem-nas ao formigueiro à [ 55 ]
  55. 55. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo noite. As lagartas têm uma glândula que segrega igualmente um líquido doce que as formigas “mungem”, massageando o local onde está a saída da glândula. (3) 14 - SOCIEDADE ESCRAVOCRATA Formigas são capazes de escravizar as formigas de outros formigueiros. Elas roubam as larvas do formigueiro e forçam os filhotes a fazerem trabalhos forçados. São casos raros, mas que acontecem, posto que o pecado e mal não afetou somente os humanos, mas toda criação foi contaminada com o poder do mal. Ao final Deus vi também restaurar a natureza de toda criação que se corrompeu. Neste tempo, as formigas deixarão de escravizar formigas de outros formigueiros. PARTE III FORMIGA NAS CULTURAS [ 56 ]
  56. 56. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 1 - RITUAIS COM FORMIGAS Esses insetos eram considerados mensageiros de divindades: seu comportamento era visto como sinal para os mais diversos presságios e sortilégios. Formigas também eram usadas em cerimônias de iniciação e ritos de passagem. Até hoje, em muitos povos e tribos indígenas, inclusive no Brasil, os rapazes são obrigados a resistir a picadas de formigas atiçadas pelo fogo como parte das cerimônias de ingresso na vida adulta. (1) 2 - PRIMEIROS HABITANTES DA TERRA Em partes da África, as formigas são consideradas mensageiras dos deuses. Algumas religiões dos índios norte-americanos, como os hopis, consideram as formigas como os primeiros habitantes do mundo. (3) 3 - COMENDO FORMIGA Considerado o melhor restaurante do Brasil – e um dos melhores do mundo em 2015, vale aqui lembrar –, o D.O.M. usa formigas como ingrediente em seus pratos. O D.O.M. fica em São Paulo e é comandado pelo chef Alex Attala. Em muitas partes do mundo a saúva é apreciada como uma iguaria. Formigas fritas são pratos apreciados em vários continentes. 4 - BEBIDA DE FORMIGA [ 57 ]
  57. 57. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Em algumas cidades, o povo usa uma infusão de saúva com cachaça para tratar reumatismos. PARTE – IV FORMIGUEIRO 1 - ENGENHARIA DO FORMIGUEIRO A maior colônia de formigas do mundo mede 6 mil quilômetros de extensão, se divide em milhões de formigueiros e ocupa o litoral de quase 10 países europeus. Embora nem todas as espécies de formigas construam formigueiros, muitas fazem autênticas obras de engenharia, normalmente subterrâneas, com um complexo sistema de túneis e câmaras com funções especiais – para o armazenamento de alimentos, para a rainha, o “berçário”, onde são tratadas as larvas, etc. (3) [ 58 ]
  58. 58. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo As bem conhecidas colmeias abrigam em média 50 000 moradores, mas os sauveiros são ainda mais complicados, e podem reunir mais de 5 milhões de habitantes. Em cada um deles, túneis estreitos interligam dezenas de “panelas” — os locais onde as saúvas efetivamente vivem. São ocos subterrâneos, geralmente com meio metro de altura, usados para diversas funções: desde lixeiras comunitárias (também usadas como cemitérios), até berçários onde a rainha deposita ovos. Aí, a maior panela é a de cultivo, na qual as folhas que chegam do exterior são dispostas com cuidado e adubadas com o hormônio fertilizante, excretado pela rainha, de nome ácido indolil-acético. (10) [ 59 ]
  59. 59. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo As formigas vivem em colônias muito bem organizadas onde cada indivíduo tem uma função específica. Para manter tudo em ordem, elas trabalham incessantemente. "A qualquer momento do dia ou da noite, cerca de 30% a 40% das formigas estão em atividade. O restante permanece em repouso aparente, mas, se for necessário, entra imediatamente em ação", afirma o biólogo Odair Correa Bueno, do Centro de Estudos de Insetos Sociais da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Rio Claro (SP). Entre as espécies conhecidas, as saúvas (gênero Atta) e as quenquéns (gênero Acromyrmex) formam as sociedades mais evoluídas. A população de seus formigueiros é dividida em castas, organizadas em torno de uma rainha, que passa a vida colocando ovos que darão origem aos seus "súditos". [ 60 ]
  60. 60. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo A mais numerosa casta é formada pelas formigas operárias, que protegem a colônia e cuidam dos alimentos e dos ovos da rainha. Também fazem parte dessa microssociedade as fêmeas aladas e os machos, dupla que tem a função de acasalar e gerar novos indivíduos para o grupo. O que determina se uma formiga vai ser operária ou fêmea alada é a quantidade de comida que ela recebe ainda na fase larval. "As operárias recebem alimentação normal e as fêmeas aladas, uma superalimentação", afirma Odair. Súper também pode ser o tamanho de uma colônia. No ano passado, cientistas europeus descobriram um formigueiro gigante, com cerca de 6 mil quilômetros de extensão, que se estendia de Portugal até a Itália. Os pesquisadores estimam que ele seja habitado por bilhões de indivíduos da espécie Linepithema humile, originária da Argentina e introduzida no continente europeu há 80 anos. (2) 2 - PROFUNDIDADE Cientistas jogaram 10 toneladas de cimento em um formigueiro para saber a profundidade do mesmo. Quando começaram a escavar o formigueiro, era uma verdadeira cidade com câmeras por todo lado, até trator foi usado. O formigueiro tinha 50 m2 e 8 metros de profundidade. A colônia de formigas havia transportado 40 toneladas de terra para fazer este formigueiro. Este [ 61 ]
  61. 61. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo formigueiro equivale a muralha da china para os humanos. Os formigueiros de algumas espécies podem ter túneis de até 12 metros de profundidade. 3 - HABITATS DIVERSOS Os locais onde as formigas constroem seus ninhos não são menos diversos que seus hábitos alimentares. Algumas espécies, como as formigas cortadeiras do gênero Atta, constroem ninhos grandes que podem chegar a seis metros de profundidade. Esses ninhos são facilmente encontrados por causa dos murunduns, que são aqueles montes de terra que ficam depositados sobre o solo ao redor das entradas do ninho. Existem espécies que passam todo o seu ciclo de vida no subsolo. Por motivos óbvios a fauna de formigas subterrâneas é pouco conhecida, mas sua importância é inegável. Em contraste, existem espécies totalmente arborícolas que habitam diversos tipos de cavidades disponíveis nas copas das árvores, como galhos podres, ou constroem seus ninhos em aglomerados de raízes de plantas epífitas. Algumas espécies, como Oecophila smaragdina no sudeste da Ásia e Oceania ou Camponotus senex nas florestas Amazônicas, usam a seda produzida pelas próprias larvas para unir folhas e construir seus ninhos. As colônias dessas espécies são grandes e muitas vezes se espalham por diversas árvores [ 62 ]
  62. 62. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo vizinhas. Mas nem todas as colônias de formigas são grandes. Gravetos ocos do diâmetro e tamanho de um lápis podem abrigar uma colônia inteira de Strumigenys. Espécies desse gênero são frequentemente encontradas no folhiço das florestas tropicais, apesar de suas colônias não ultrapassarem algumas dezenas de indivíduos. De fato, o folhiço de uma floresta tropical abriga muitas espécies de formigas, que utilizam praticamente todo esse substrato para nidificar. Muitas espécies constroem seus ninhos dentro de frutos secos, entre folhas em decomposição em ninhos de cupins, abandonados ou não, em troncos de árvore em decomposição, e, é claro, no solo. (11) 4 - LARVAS As pequenas formigas desenvolvem-se por metamorfoses completas, passando por um estado larvar equivalente à lagarta dos outros insetos e pelo estado de pupa. A larva não tem pernas e é alimentada pelas obreiras por um processo chamado trofalaxia, no qual a obreira regurgita alimentos por ela ingeridos e digeridos. Os adultos também distribuem alimento entre si por este processo. As larvas e pupas precisam de temperatura constante para se desenvolverem e, por isso, são transferidas para câmaras diferentes, de acordo com o seu estágio de desenvolvimento. (3) [ 63 ]
  63. 63. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo As formigas são insetos holometábolos, o que significa que apresentam metamorfose completa, passando pelos estágios de ovo, larva, pupa e adulto. Os ovos são normalmente brancos ou amarronzados e bem pequenos. Após sair do ovo, a larva passa por 3 a 6 estágios de desenvolvimento ou ínstars. O crescimento ocorre a cada muda de ínstar ou troca do exoesqueleto. As larvas não possuem pernas e geralmente apresentam coloração esbranquiçada, se parecendo com um grão de arroz. A fase larval se passa geralmente dentro do ninho, sendo as larvas totalmente dependentes de suas irmãs mais velhas (as operárias) que as alimentam e limpam. No entanto, em diversas espécies, as larvas também contribuem para o funcionamento da colônia. Elas podem fornecer comida ou enzimas digestivas para os adultos, ou ainda produzir seda usada para unir folhas para a construção de ninhos de espécies arborícolas. (11) 5 - OPERÁRIAS As operárias tomam conta da cria (ovos, larvas e pupas), fazem a limpeza do formigueiro e coletam o alimento. 6 - SOLDADOS As formigas que exercem a função de soldados guardam a entrada do formigueiro sem descanso. [ 64 ]
  64. 64. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo PARTE V – ESPÉCIES Há um ramo específico da entomologia (área da zoologia que estuda os insetos) dedicado às formigas, chamado mirmecologia. Há 15.738 espécies de formigas já catalogadas, mas os biólogos acreditam que elas podem ultrapassar vinte mil, segundo a professora Inara Leal, especialista da Universidade Federal de Pernambuco. De fato, o número total de formigas que vivem no Brasil ou no resto do mundo é certamente muito maior. Alguns pesquisadores sugerem que só conhecemos metade das espécies de formigas, outros apontam que nosso conhecimento é ainda menor, e provavelmente existam mais de 30.000 espécies de formigas no mundo. De qualquer forma, mesmo assumindo uma posição [ 65 ]
  65. 65. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo conservadora, não seria arriscado dizer que ainda existem pelo menos 2.000 espécies de formigas para serem descobertas somente no Brasil. (11) Há colônias de 20 a 50 indivíduos, depende da espécie. Vivem dentro de uma fruta. Ainda não está muito claro como os himenópteros aprenderam a tirar o máximo proveito do mundo subterrâneo, até chegar ao nível de sabedoria das abelhas e saúvas. Afinal, muitas formigas modernas nem vivem no solo: sem contar as que se instalam nos galhos ou ninhos de folhas, várias delas se abrigam em troncos caídos e outras são nômades, sem casa fixa. As nômades mais terríveis são as carnívoras do gênero Eciton: todas as noites, os 50 000 membros de um bando se agarram uns aos outros e formam uma massa viva, no centro da qual se abrigam a rainha e seus ovos. Também há vespas e abelhas com todos os tipos de moradia, desde buracos no chão, galhos e troncos ocos até as sofisticadas colmeias. (10) 1 - FORMIGA COLHEDEIRAS VERMELHA Vivem no deserto do Arizona nos EUA. Vez ou outra entram em guerra, é uma briga de civilizações com formigas de pernas longas. As brigas são por disputa de alimentos. 2 - FORMIGAS DE PERNAS LONGAS [ 66 ]
  66. 66. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Formiga de pernas longas do deserto americano – seu ovário inchou e ela foi presa por três dias, até ser examinada por uma formiga especialista. Como o abdômen dela desinchou ela foi liberada, se reproduzisse seria morta. Só a rainha pode reproduzir. 3 - FORMIGAS DA MADEIRA – EUROPEIA – Formiga ordenhando afídeo Pegam o mel da abelha e matam as abelhas. O urso não conseguiu enfrentar as abelhas, mas estas formigas comem o mel, matam as abelhas e capturam suas larvas. Elas deixam os afídios viverem, em troca, os afídios tributam a elas melada, uma substância açucarada. [ 67 ]
  67. 67. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Algumas espécies de afídeos segregam um líquido doce que normalmente é desperdiçado, mas as formigas recolhem-no e, ao mesmo tempo, protegem os afídeos de predadores e chegam a transportá-los para locais com melhor comida. (3) Essas formigas criam os afídeos como os homens criam rebanhos de gado ou ovelhas. É o caso na natureza mais similar aos hábitos de pastoril das sociedades humanas. O cheiro de resina de madeira é irresistível para esta espécie. Costumam ficar presa na resina e ficam fossilizadas. Elas gostam da resina porque as resinas são anti-bactérias e anti-fungos. Assim, elas ficam higienizadas no contato com resinas de madeira. 4 - FORMIGAS DIACAMMA [ 68 ]
  68. 68. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 5 - FORMIGAS ARGENTINAS URBANAS Esta espécie tem maior ocorrência nos estados da região sul do Brasil.Nos pa íses de clima temperado são muito comuns dentro das residências e hospitais. São do mesmo tamanho, apresentam um nó na cintura e sua cor varia do marrom claro ao marrom escuro. Geralmente fazem ninhos perto de fontes de alimentos e de água, como vasos de plantas, pias e encanamentos, além disso, dão preferência a alimentos adocicados. 6 - FORMIGAS-LOUCAS URBANAS O nome “louca” é devido ao andar irregular dessa espécie, quase em semicírculos. Possuem antenas longas, um tipo de “nó” na cintura e uma cor variada que vai do marrom escuro ao preto. Costumam fazer seus ninhos fora e dentro de prédios, atrás de pedras usadas em revestimentos de paredes e atrás de janelas. Para cientistas, as formigas parecem ter a quantidade exata de 'individualismo errático' para funcionarem em grupo. Cientistas de Israel descobriram como formigas cooperam para carregar grandes pedaços de comida aos formigueiros. Um grande grupo de formigas fica encarregado de levantar o peso - mas essas formigas não têm direção. Por isso, um pequeno grupo de "guias" intervém e conduz o grupo por curtos períodos. Aparentemente, as formigas têm um equilíbrio matematicamente perfeito entre individualidade e [ 69 ]
  69. 69. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo conformismo, segundos os pesquisadores. A descoberta foi feita por meio da análise de vídeos de formigas carregando pedaços de alimento de grande dimensão, entre eles flocos de cereais matinais. Publicado na revista científica Nature Communications, o estudo usou uma espécie muito comum do animal conhecida como "formiga louca". O nome faz referência ao jeito como essas pequenas criaturas correm, frequentemente mudando de direção de forma aleatória. Mas as novas descobertas indicam que o nível de aleatoriedade no comportamento dessas formigas é muito bem afinado. 'Guias' "O grupo é afinado para responder às formigas líderes", disse o autor sênior do estudo, Ofer Feinerman, um físico do Weizmann Institute of Science, em Rehovot. Ele disse que as formigas parecem ter a quantidade exata de "individualismo errático". Em cerca de 90% do tempo, elas "seguem o fluxo", se movimentando na mesma direção que todos os outros; nos outros 10% dos casos o comportamento delas honra o nome. [ 70 ]
  70. 70. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Isso significa que, ao todo, cada equipe de transporte das formigas trabalha junto e evita um cabo de guerra desnecessário. Mas, crucialmente, seu temperamento errático permite um grau de instabilidade - e isso, por sua vez, permite que uma única formiga com novas informações chegue e mude a direção. "Essa líder que chega não precisa se apresentar e nem precisa ser mais forte que o resto - ela só precisa empurrar na direção correta", disse Feinerman à BBC News. "A única comunicação no sistema é a força que eles captam através do objeto (que carregam) ." Então, enquanto o número de formigas na equipe determina a velocidade com que o item será transportado, a navegação é feita por esses "guias". Para testar seu modelo, Feinerman e seus colegas colocaram as formigas em algumas situações extremas - dando a elas objetos bem maiores do que os que elas costumam transportar. As formigas conseguiram mover objetos de até 16cm de diâmetro- mas não puderam evitar os obstáculos. "A previsão que o modelo nos deu é que podemos brincar com essa mistura de conformismo e não [ 71 ]
  71. 71. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo conformismo", disse. "Se você move algo enorme, você precisa de bem mais formigas. E aí a força que cada formiga sente através do objeto é muito maior. Então todas as formigas sentem um necessidade maior de agir como conformistas." Quando as formigas foram apresentadas a discos de silicone de 8 cm ou até mesmo 16 cm, elas perderam o temperamento errático e todas empurraram na mesma direção. Os discos Se moveram em linha reta - mas fazer a navegação por obstáculos se tornou impossível. O sistema delas funciona melhor, explica Feinerman, para objetos de tamanho médio (para uma formiga) de cerca de 1cm, ou "o que eles conseguem passar pela entrada do formigueiro". Então, os cereais usados na experiência funcionaram com perfeição. E, estranhamente, a ração de gato também - e foi exatamente assim que o projeto começou. "[Um dos meus colegas] se mudou para um novo apartamento na mesma época que entrou no laboratório, e havia formigas em seu apartamento. Ele viu ração de gato se movendo - elas estavam roubando a comida." "Ele chegou com um vídeo disso no dia seguinte. Assistimos a isso e percebemos que era muito [ 72 ]
  72. 72. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo interessante... Estamos trabalhando nisso há quatro anos agora." (13) 7 - FORMIGAS FANTASMAS Este é um grupo de operárias pequenas. Geralmente, fazem trilhas irregulares, andam em ziguezague e preferem alimentos adocicados. Seus ninhos são feitos dentro e fora das residências, atrás de azulejos, batentes e rodapés. Além disso, não se fixam em um lugar por muito tempo. 8 - FORMIGA ROGÉRIA Morfologia: Escrobos antenais ausentes; antenas com 12 segmentos e clava apical de três segmentos; espinhos propodeais curtos; lobos propodeais sem projeções.Estão distribuídas no Novo Mundo e Região [ 73 ]
  73. 73. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Indo-Malaia. Presente em todos os estados brasileiros. Habitam florestas tropicais (primárias e secundárias), savanas e, eventualmente, áreas de cultivo. São formigas crípticas que nidificam no solo e na serapilheira, sob pedras, em troncos podres ou ainda, ocasionalmente, em epífitas. (11) 9- FORMIGAS DA INDONÉSIA Elas têm animais domésticos, elas criam Cochonilas Farientas e usam-nas para pegar o néctar das flores e depois estas cochonilhas dão parte do néctar para seus donos. Como são formigas nômades, elas levam seu rebanho consigo, muitas vezes carregando-os nas mandíbulas. [ 74 ]
  74. 74. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 9 - FORMIGAS-SOLDADOS OU CORREIÇÃO As formigas-correição, da América do Sul e da África, não constroem formigueiros permanentes e alternam entre uma vida nômade e a organização de abrigos temporários formados pelos corpos das obreiras. As sociedades reproduzem-se, quer por voos nupciais, quer por divisão do grupo, em que um grupo de obreiras se separa e cava um ninho para criar novas rainhas. Os membros de cada grupo distinguem-se pelo olfato e normalmente atacam outros intrusos. (3) Invadem com meio milhão de formigas, e saem comendo tudo que vê pela frente, jabutis, pássaros, lagartos e até ser humano se ficar na frente. Vivem na Amazônia e na América Central. Formigas soldados [ 75 ]
  75. 75. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo vivem em deslocamento constante, elas aplicam enzimas digestivas e as vitimas se liquefazem, depois é só desmontar. Ficam pouco tempo paradas e depois seguem viagem na floresta. Uma colônia viaja 90 metros por noite. Ao pararem fazem uma colônia, uma esticando as patas para outra, são milhares, fazendo uma rede de organismo vivo. Elas fazem um ninho para a rainha e as larvas. Cerca de 500 mil formigas unidas. É o maior superorganismo da Terra. 11 - FORMIGA-DE-CUPIM São gigantes e caem nas plantas carnívoras, mas a espécie menor tem aderência nas plantas carnívoras e não se corroem com o liquido que há no interior das [ 76 ]
  76. 76. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo plantas carnívoras, estas plantas tem o formato de vaso, e quando as formigas-de-cupim gigante são atraídas pelo líquido dentro da planta carnívora, elas escorregam e morrem afogadas, se dissolvem e viram alimentos da planta carnívora. Mas as formigas-de-cupim de espécie menor moram na planta carnívora e comem pedaços da espécie gigante que morre na planta carnívora. Essas formigas da espécie menor convivem bem com as plantas carnívoras, porque elas protegem as plantas, em troca, neste mutualismo, consomem parte das pressas. 12 - FORMIGAS-DOCEIRAS Geralmente, elas não atacam as colmeias para evitar briga. Apesar de o mel ser um alimento bastante apreciado por boa parte das formigas, principalmente pelas formigas-doceiras, elas não vão às colmeias para não serem atacadas pelas abelhas, que com suas mandíbulas e ferrões podem matar as invasoras. Apenas em raras ocasiões, quando falta alimento, as formigas saem em busca de mel. "Para se protegerem delas, os apicultores costumam prender as colmeias em estacas de madeira rodeadas de água ou maços de sapé, de forma a envolvê-las, dificultando o acesso dos insetos", diz o entomologista Francisco Mariconi, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, em Piracicaba, São Paulo. (12) 13 - FORMIGA TATU [ 77 ]
  77. 77. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo o nome Tatuidris significa “formiga tatu”, fazendo alusão ao formato compacto e arredondado da formiga assemelha-se ao de um tatu. Pouco se sabe sobre a biologia dessas formigas. Os poucos registros desse gênero no Brasil foram feitos em floresta tropical úmida, em amostras de serapilheira submetidas a extratores de Winkler, sugerindo que o local de nidificação seja o folhiço ou as camadas superficiais do solo. A única colônia encontrada até hoje possuía três operárias e quatro rainhas. Pelo menos duas operárias foram coletadas em iscas de sardinha, sugerindo certa flexibilidade alimentar. Seus movimentos são lentos e alguns indivíduos apresentam o corpo coberto por terra, indicando capacidade de se camuflar usando elementos do meio. (11) [ 78 ]
  78. 78. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 14 - PRIONOPELTA Nidificam no solo, em troncos podres ou na serapilheira. Algumas colônias podem possuir centenas de operárias. Possuem hábito criptobiótico. Alimentam-se de dipluros, centopeias e outros pequenos artrópodes. O feromônio de trilha tem origem em uma glândula basitarsal localizada nas pernas posteriores. O processo de recrutamento é notório pelo arrastar dessas pernas. No processo de recrutamento a sinalização química é complementada pela agitação do corpo por parte da operária recrutante. (11) 15 - FORMIGAS PRATEADAS As formigas prateadas capazes de resistir a temperaturas de 70ºC. 16 - FORMIGAS-TECELÃS As “formigas-tecelãs" (Oecophylla) constroem ninhos em árvores cosendo folhas, que juntam formando pontes de obreiras e depois cosendo-as com seda que obtêm de larvas criadas para esse efeito. (3) [ 79 ]
  79. 79. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Em laboratórios foram feitos experimentos com esta espécie de formigas: Colocadas em centrifugas de gravidade 100 vezes maior elas não desgrudavam, esta é uma força que esmaga qualquer humano. Elas aderem a qualquer superfície possui um liquido nos pés que é cola. Usam esta substância para colar folhas e fazer formigueiro. Aguentam ventos fortes e andam em vidro de cabeça para baixo. Ela consegue segurar um peso 100 vezes o seu nestas condições. Recorde mundial inigualável entre todas as formigas criaturas de Deus. Assim como cada espécie de formiga tem sua beleza e peculiaridade, assim cada etnia humana tem suas características que devemos apreciar. [ 80 ]
  80. 80. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 17 - FORMIGA-DO-FOGO OU PIXIXICA As operárias são pequenas e de cor marrom claro dourado. Geralmente constroem ninhos no solo ou na parte interior ou sob a casca das árvores. Sua picada é muito dolorosa e o veneno pode causar alergias. São atraídas por carne e óleo e podem infestar roupas, camas e berços. Podem ser combatidas com aplicação de inseticidas diretamente no ninho. A formiga mais perigosa do mundo é a formiga de fogo. Sua picada pode causar fortes reações alérgicas na pessoa, podendo levá-la à morte. 18 - FORMIGAS CUIABANAS Há formigas que vivem de açúcar, como as cuiabanas. 19 - FORMIGAS TOCANDIRAS Outras caçam com veneno igual ao das vespas, como as tocandiras. As formigas não evoluíram das vespas, mas são morfologicamente semelhantes, por isso são da mesma família. 20 - FORMIGAS ASTECAS Algumas comem de tudo, como as astecas. [ 81 ]
  81. 81. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 21 - FORMIGAS TACOA As legionárias, como a taoca, formam aguerridos batalhões de caça. 22 - QUENQUÉM As formigas mais avançadas são as agricultoras, como a quenquém. 23 - FORMIGA FARAÓ Possuí dois nós na cintura e antenas com 12 seguimentos. Suas cores vão do amarelado ao marrom claro. Fazem ninhos em pequenas cavidades somente em ambientes domésticos e preferem alimentos ricos em gorduras e substâncias doces. Além disso, representam um risco potencial para a saúde pública, especialmente quando ocorrem em hospitais, pois são vetores mecânicos de bactérias que possibilitam infecções, podendo também infestar berçários. Podem infestar aparelhos eletrônicos. É considerada uma das espécies mais difíceis de serem controladas, pois é altamente dominante sobre outras espécies e a colônia tem crescimento rápido.(9) [ 82 ]
  82. 82. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 24 - MYRMECIAS AUSTRALIANAS Possui ferrão, dão larvas, mas só a rainha gera filhos. 25 - FORMIGAS PONERINAE Quando morre a rainha há uma guerra entre as operarias para ser a nova rainha. 26 - FORMIGAS IÇÁ A içá (também conhecida como tanajura) é bastante consumida no interior de São Paulo e de outros estados, normalmente torradas e servidas com farinha de mandioca. (4) [ 83 ]
  83. 83. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 27 - FORMIGAS ACROBÁTICAS As operárias são do mesmo tamanho e sua coloração varia desde o amarelo ao marrom escuro. São lentas e geralmente andam em formato de trilhas retas. Podem fazer ninhos em edifícios, no interior ou exterior de madeiras. Alimentam-se de doces, manteiga e carnes. Quando se sentem ameaçadas, levantam o gáster (cauda) eliminando uma substância química. 28 - FORMIGAS CARPINTEIRAS É outra espécie comum em nosso meio. As operárias apresentam diversos tamanhos. A formiga [ 84 ]
  84. 84. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo carpinteira vive em árvores, telhados, portas e janelas, daí o seu nome. (4) As “formigas-carpinteiras” destroem a madeira furando-a para fazer os seus ninhos. (3) 29 - FORMIGAS-CORTARDEIRAS Existem duas classes de operárias. As carregadeiras e as jardineiras. Quando a rainha esta prestes a morrer ela dá o sinal químico do odor, é hora das demais fêmeas produzirem óvulos. Surgem então os machos alados e as fêmeas maiores com asas para o voo nupcial. Os machos voam primeiro, dão sinal para as fêmeas, depois se se acasalam, os machos morrerem. As fêmeas voltam a terra, perdem as asas e fundam novos formigueiros. [ 85 ]
  85. 85. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Emitem som somente quando a comida é de boa qualidade, som de alta frequência produzido no abdômen. Chamam as formigas até um metro de distância. Elas produzem um antibiótico e toda folha que entra é tratada para não criar bactérias indesejáveis. Elas controlam a umidade, temperatura e ventilação dos berçários. A produção de fungos gera muito dióxido de carbono. Os formigueiros precisam de chaminés. Há dutos de ar puros que entram e dutos de dióxido de carbono sendo expelido nas hortas de fungos dentro do formigueiro. Quando alguém olha para as formigas com os olhos da arrogância e da ignorância, considera estas criaturas de Deus seres insignificantes. Mas o Senhor Todo-Poderoso as dotou com capacidade intelectual para construírem dutos de entrada de ar puro e dutos de saída do gás carbono. Isto é engenharia pesada. As formigas da casta das "jardineiras" cortam as folhas e, ao fazê-lo, aproveitam para se alimentarem da seiva exudada. Estas folhas são carregadas para o interior do formigueiro, onde formigas de outra casta se encarregarão de triturá-las para o cultivo de um fungo de cor branca, base da sua alimentação. O fungo supre as necessidades alimentares de todas as formigas que vivem exclusivamente dentro do formigueiro, como as larvas, e [ 86 ]
  86. 86. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo da rainha. Esta, por sua vez, se encarrega de colocar os ovos durante toda a vida e, através de seus descendentes, perpetua a colônia. São conhecidas 14 espécies de formigas cortadeiras do gênero Atta e mais de 25 espécies do gênero Acromyrmex. (3) LIXEIRA Elas possuem câmeras de lixeira para depositar resíduos. É um herbívoro gigante, ao contrário das formigas soldados que são carnívoras. São as mais organizadas, tem até as formigas observadoras, são os olhos do organismo. Elas têm formigas especialistas que analisam a qualidade das folhas para vê se não tem bactérias prejudiciais à colônia. Elas são consideradas agricultoras porque colhem folhas para os depósitos de fungos, pois o que elas comem não são as folhas, mas os fungos. Quem come as folhas são os fungos. Um único formigueiro pode ter mais de cem colônias de fungos em suas entranhas, cada colônia de fungos pesando meio quilo. 30 - FORMIGAS CORTADEIRAS ARGENTINAS Vivem em imensos formigueiros de 5 metros de diâmetro, levam uma tonelada de folhas por temporada. Em algumas partes do mundo elas estão dizimando as espécies nativas. Saíram do seu habitat [ 87 ]
  87. 87. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo natural e ameaça outras espécies. Viajaram de navio, em sacos de café e chegaram a Europa no século XIX. 31 - FORMIGAS BALAS Formiga-bala são individualistas – poucos membros – são fortes, atacam insetos maiores. Comunidades com 100 membros. 32 - FORMIGAS SAÚVAS Numa colônia de saúvas, cada indivíduo tem uma função específica. As saúvas, como a maioria das espécies, constroem ninhos subterrâneos escavando a terra. Os formigueiros são formados por inúmeras câmaras interligadas por galerias e túneis. As câmaras, também chamadas de panelas, são usadas como berçário, despensa para armazenar comida, depósito de lixo e lugar de descanso para as formigas operárias. Classe trabalhadora. As operárias-generalistas, com cerca de 1,5 milímetro, cuidam dos ovos da rainha e limpam o ninho. O último grande grupo de formigas operárias é formado pelas jardineiras, que são as menores de todas (cerca de 1 milímetro) e têm a tarefa de cuidar dos chamados jardins de fungo. Por isso, elas permanecem quase o tempo todo dentro do formigueiro. Jardineiras [ 88 ]
  88. 88. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Uma casta inteira de saúvas, as chamadas jardineiras, com 2 milímetros de comprimento, nunca sai do formigueiro. Elas existem para cuidar do fungo, o que inclui cortar ervas daninhas: fungos que não servem para comer. As cortadeiras, que trazem as folhas, têm 5 milímetros e labutam no mundo externo sob a proteção dos taludos soldados, com 1,5 centímetro. (10) As saúvas operárias, casta mais numerosa do formigueiro, são estéreis e não têm asas. Elas se dividem em quatro grandes grupos. As escavadoras têm por volta de 2 milímetros e são responsáveis por trazer pedaços de folhas para a colônia. As operárias-soldadas medem cerca de 3 milímetros e defendem a colônia de outros insetos ou formigas rivais Machos descartáveis. Os bitus, as saúvas machos, são frutos de ovos não fecundados, ao contrário das fêmeas, que se originam dos fecundados. Eles medem aproximadamente 3 milímetros e vivem só para acasalar com as futuras rainhas. Depois do voo de cópula com as fêmeas aladas, que ocorre entre setembro e dezembro, os machos não são mais aceitos no ninho e acabam morrendo. Tanajura. Dependendo da espécie, o formigueiro pode ter uma ou mais rainhas, que nos sauveiros são chamadas [ 89 ]
  89. 89. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo de tanajura. Ela é a mãe de todas as formigas e aparentemente comanda seus "súditos" liberando hormônios que orientam as tarefas. Quando ela morre, o formigueiro em geral se desfaz. Alguns pesquisadores, no entanto, têm defendido a tese de que a colônia pode funcionar muito bem sem a rainha, que não seria tão importante assim. As candidatas a futuras rainhas são as fêmeas aladas, que têm o mesmo tamanho que as mandachuvas dos formigueiros (cerca de 5 milímetros). Cada uma delas copula com vários bitus, mas somente 0,05% consegue manter um formigueiro até atingir a maturidade para produzir novos descendentes. É que as fêmeas ficam muito vulneráveis aos predadores na hora do voo de acasalamento e durante a escavação do novo ninho. Formação do sauveiro É curioso notar que o sauveiro leva mais de 100 dias para nascer. O primeiro passo é a revoada: até 4 000 fêmeas aladas deixam um ninho adulto e, depois de inseminadas em pleno voo por 30 000 machos, tornam-se rainhas. Aquelas que escapam aos predadores e às intempéries (muitas vezes menos de 0,5% do total) trabalham dez horas sem descanso para cavar um abrigo de 11 a 12 milímetros de diâmetro, a 15 centímetros de profundidade. [ 90 ]
  90. 90. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Após bloquear a entrada — por segurança —, as rainhas cospem uma minúscula muda de fungo que haviam trazido na boca e começam o cultivo. Na falta de folhas, elas sustentam o crescimento do fungo com o fertilizante real. Depois de cinco ou seis dias, ainda sem se alimentar, as rainhas põem alguns dos ovos que armazenam no corpo, cujo número alcança 3 milhões, em média. Assim, aos vinte dias nascem as jardineiras para cuidar da horta e quase três meses depois surgem as cortadeiras, o que dá vida definitiva ao novo ninho. Os soldados aparecem aos 22 meses e os bitus e içás — machos e fêmeas de asas —, aos 38 meses. Estes são os únicos moradores além da rainha que não são estéreis. Significativamente, nascem pouco tempo antes da primeira revoada, isto é, o primeiro passo para reiniciar a multiplicação dos sauveiros. Embora haja casos de ninhos que sobreviveram após o nascimento de nova soberana, a regra é eles desaparecerem com o fim do estoque de ovos e a morte da rainha, geralmente aos 15 anos de idade. (10) Apetite das saúvas. O sauveiro corta nada menos que 8 toneladas de folhas por ano — o suficiente para alimentar três bois, lamentam os especialistas em pragas. Sem dúvida, foi justamente essa eficiência que sustentou o visceral preconceito contra a saúva. Já em 1560, o padre José de [ 91 ]
  91. 91. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Anchieta afirmava desdenhosamente que, entre as formigas do país, só mereciam menção “as chamadas içás, que estragam as árvores”. E o poeta Mário de Andrade fazia eco ainda em 1928: “Pouca saúde e muita saúva os males do Brasil são!” (10). Alimento. Diferentemente do que parece, as formigas não se alimentam dos pedaços de folhas que vivem carregando de um lado para o outro. As folhas trituradas servem apenas como matéria-prima para a proliferação de fungos, estes, sim, o principal alimento das formigas. Por isso, os chamados jardins de fungo são essenciais para a sobrevivência da colônia. (2). Fora os seres humanos, as formigas são as criaturas do planeta Terra que se dedicam a agricultura. No caso das formigas, elas cultivam fungos. Flávio Dieguez e Demetrius Paparounis se referem a agricultura praticada pelas formigas assim: “Apenas dois gêneros de animais foram espertos o bastante para fugir às incertezas da vida e garantir a sobrevivência por meio daquilo que semeiam e colhem; Os homens e as formigas. São as saúvas, que aprenderam a cultivar um fungo sobre um canteiro de folhas cortadas, para depois usá-lo como alimento. Por isso, muitos entomologistas, estudiosos de insetos, as consideram os mais avançados animais dessa categoria — talvez mais que as abelhas, suas primas. Não é à toa [ 92 ]
  92. 92. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo que saúvas e abelhas têm tanta importância no mundo moderno. (10) 33 - FORMIGAS DA AMAZÔNIA Algumas formigas atacam outros formigueiros, roubam as pupas e criam-nas como obreiras. Algumas espécies, como a formiga da Amazónia (por exemplo, Polyergus rufescens), tornaram-se totalmente dependentes destas obreiras, ao ponto de, sem eles, serem incapazes de se alimentar. (3) 34 - FORMIGAS POTE DE MEL As “formigas-pote-de-mel” criam obreiras especiais, cuja única função é armazenar comida nos seus próprios corpos para o resto do grupo, ficando geralmente imóveis, com grandes abdómens cheios de comida. Em locais secos, mesmo desertos, em África, América do Norte e Austrália, estas formigas são consideradas um “petisco” delicioso. 35 - FORMIGA CABO-VERDE [ 93 ]
  93. 93. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 36 - OUTRAS ESPÉCIES Como já falamos existem milhares de espécies de formigas, impossível enumera-las aqui, visto que se trata de uma obra introdutória de Mimercologia. Um estudo mais científico exige que as formigas sejam identificadas com seus nomes científicos, já que os nomes populares podem variar de uma região para outra. Algumas outras formigas conhecidas são as Formiga-argentina, Formiga- cabaça, Formiga-caiapó, Formiga-de-ferrão, Formiga-de- novato, Formiga-feiticeira, Formiga-Forrageira etc. [ 94 ]
  94. 94. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo PARTE – VI ECOSSISTEMA DAS FORMIGAS É chocante para o homem moderno perceber que as formigas não são pragas — como ensina o geneticista americano Edward Wilson, da Universidade Harvard. “Se elas desaparecessem, centenas de milhares de espécies seriam extintas e muitos ecossistemas ficariam perigosamente desestabilizados.” Suas responsabilidades começam pelas tarefas básicas de manutenção da vida no mundo. (10) 1 - AREJAM O SOLO Ao lado dos cupins e minhocas, as formigas arejam, revolvem e drenam diariamente toneladas de terra e assim garantem a boa saúde do solo, mais tarde enriquecido pela matéria orgânica que os insetos levam para os ninhos. “Hoje se sabe que as formigas são mais importantes que as minhocas nesse trabalho”, dizem os mirmecólogos, ou especialistas em formigas (10). [ 95 ]
  95. 95. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo 2 - BENEFÍCIOS A AGRICULTURA A relação entre o homem e as formigas vem de longe. Bastante úteis à agricultura, elas perfuram o solo, tornando-o mais fértil e permeável, o que facilita a germinação das sementes. Além disso, são inimigas naturais de várias pragas das plantações, como lagartas e gafanhotos. (1) Inserida e um ecossistema equilibrado as formigas são benfeitoras da agricultura. 3 - ENTERRAM CADÁVERES Carlos Alberto Brandão, da Universidade de São Paulo. Wilson, por sua vez, calcula que elas desfazem e enterram nove de cada dez pequenos animais mortos em qualquer ponto do planeta. (10) s são coveiros de Deus na Terra. Elas enterram todos os animais que encontram [ 96 ]
  96. 96. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo mortos e que elas possam levar para o formigueiro. Quando DEUS planejou a vida no planeta Terra e colocou centenas de milhares de espécies de seres vivos, ele elaborou o ecossistema interligando todas as criaturas de uma forma ou outra, e as formigas estão inseridas no plano de Deus para a Terra. 4 - ESPALHAM SEMENTES As formigas também estão entre os mais importantes disseminadores de sementes, feito equivalente à disseminação do pólen pelas abelhas. De forma geral, formigas e angiospermas (plantas que produzem flores) são parceiras desde a criação e com vários tipos de relações. Algumas espécies de formigas são responsáveis pela dispersão de plantas e várias espécies de plantas desenvolveram sementes com estruturas ricas em nutrientes, como elaiossomos, que parecem ser atrativas principalmente para formigas. Mas a dispersão de sementes por formigas ganhou mais importância depois que os cientistas passaram a prestar atenção na dispersão secundária. Grande parte dos vertebrados, como macacos, antas ou veados, são tidos como principais dispersores de muitas espécies de árvores. Porém, após o consumo do fruto e descarte na forma de restos ou fezes, outros organismos podem “pegar a sobra”. Em alguns casos, se os organismos não [ 97 ]
  97. 97. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo limparem as sementes, removendo restos de frutos ou fezes, estas sementes podem não germinar, o que significa que a semente morreu e não foi efetivamente dispersa. É muito comum formigas consumirem os restos de frutos presos nas sementes, sendo responsáveis pela dispersão efetiva desses vegetais. (11) 5 - CONTROLAM PRAGAS DE INSETOS As formigas são úteis porque podem ajudar a exterminar ou controlar a disseminação de outros insetos daninhos. (3) PROTEGEM ÁRVORES Com as árvores as formigas tem uma parceria incrível: um terço delas no Brasil serve néctar às formigas em troca de proteção, revela o biólogo Paulo Sérgio Oliveira, da Universidade de Campinas, SP. O néctar (ou açúcar) é excretado com outros resíduos inúteis, dispostos em pequenas caroços sobre as folhas. É como se as árvores convidassem as formigas a viver em seus galhos. Elas não só devoram insetos predadores de plantas, comedores de folhas, como enxameiam ao simples cheiro de estranhos e espantam mesmo animais de grande porte (o homem, inclusive). Sem essas formigas-lixeiras, ou pseudomirmecíneas, no jargão técnico, as árvores do grupo das acácias são literalmente destruídas por predadores, como provou o biólogo americano Daniel Janzen em 1967. Em anos recentes, [ 98 ]
  98. 98. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Oliveira encontrou prova semelhante com relação ao Cerrado brasileiro. “Impedíamos que as formigas subissem em um grupo de árvores e mantínhamos outro grupo liberado.” Em poucos dias, as árvores desamparadas estavam visivelmente pior que suas vizinhas. (10) Quem criou as árvores criou as formigas, ambos foram criadas para interagirem. A copa das árvores nas florestas amazônicas possui uma imensa quantidade de formigas. É estimado que uma enorme parte destas formigas se alimente de substâncias açucaradas produzidas por nectários extraflorais (estruturas presentes em algumas espécies de plantas). Este néctar tem como única função atrair formigas. Parece um tremendo gasto de energia à toa; afinal, por que uma árvore vai querer que formigas transitem por suas folhas? Como já dito, formigas geralmente são bem agressivas quanto à dominação de seu alimento e a maioria das espécies é onívora. A consequência lógica destes comportamentos é que as formigas atacam tudo que chega perto de uma fonte de alimento que elas estejam utilizando. Logo, elas atacam os herbívoros em potencial (outros insetos ou mesmo vertebrados). Consequentemente, manter formigas por perto garante que estes outros organismos não comam a planta. O benefício obtido pela planta em troca de néctar extrafloral também pode ser obtido de forma “terceirizada”. Alguns insetos, como hemípteros ou [ 99 ]
  99. 99. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo lagartas da família Lycaenidae, se alimentam da planta e secretam uma substância açucarada, também muito atrativa para formigas. Alguns estudos demonstram que o custo de ter estes herbívoros se alimentando continuamente em seus ramos compensa, sendo algo similar a plantas que tem néctarios extraflorais. Hemípteros são herbívoros sugadores de seiva, então é uma questão de escolher o “mal menor”: a perda de seiva para os hemípteros, ou a perda de folhas para outros herbívoros. Porém, essa “compensação” em manter hemípteros não é passível de generalização para todos os casos, e existem exemplos onde hemípteros são mais prejudiciais à planta do que as formigas podem ser benéficas. Particularmente na Amazônia, existem alguns exemplos exagerados do quanto manter formigas por perto pode ser interessante para plantas. Um grupo de plantas conhecidas como mirmecófitas possui estruturas ocas ou cavidades com a única função de abrigar colônias de formigas. Com isso a planta ganha defesa contra herbívoros em tempo integral. Não são poucas as espécies que apresentam estas estruturas, chamadas domáceas. (11) [ 100 ]
  100. 100. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo PARTE – VII PREDADORES DAS FORMIGAS O complexo sistema de vida criado por Deus inclui o controle das populações de cada espécie. Um desequilíbrio neste intricado sistema e algumas espécies podem desaparecer e outras podem virar uma praga. Com fêmeas que põe milhões de ovos, as formigas precisam ter sua população controlada por outras espécies. É o ciclo da vida se alimentando da vida. No plano de Deus os animais se alimentam da vida de outros animais e plantas. Na cadeia alimentar, Deus colocou a formiga como alimento de outras espécies como: 1 - ALIMENTO DE TAMANDUÁS Ainda mais impressionante, porém, é a tremenda influência das formigas sobre grande número de seres vivos. O tamanduá é o caso mais escandaloso, pois é rigorosamente desenhado por DEUS para comer formigas e cupins. Em média, um tamanduá come de 458 a 938 formigas por dia. Mais uma vez repito meu [ 101 ]
  101. 101. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo mantra, quem criou um criou todos. Quem criou as formigas, criou os tamanduás. 2 - LAGARTAS MIRMECÓFAGAS Existem microorganismos mirmecófagos (que comem formigas): estas lagartas segregam uma feromona que faz as formigas pensarem que a lagarta é uma das suas larvas, levam-nas para o formigueiro, onde as lagartas se alimentam das larvas das formigas. ALIMENTO DE FORMICARÍDEOS [ 102 ]
  102. 102. Formigas, Maravilhas de Deus, por: Escriba de Cristo Outro exemplo admirável são os formicarídeos — pássaros cujo meio de vida consiste em surpreender pequenos bichos afugentados pelas taocas, formigas carnívoras das florestas. A dependência dessas aves é tal que a forma de suas pernas é apropriada para pousar em ramos junto ao solo, que são quase verticais. 4 - DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO Num vaticínio famoso, escrito 100 anos antes pelo naturalista francês Auguste Saint-Hilaire, ele dizia: “Ou o Brasil acaba com a saúva ou a saúva acaba com o Brasil”. O erro básico desse modo de ver é que ele esquece o principal vilão da história: o próprio homem. [ 103 ]

×