AGRITEC ID - EMRC International      Business Forum 2011   Lisboa, Portugal 20 – 21 de Janeiro de 2011 Contribuição do Com...
• ESTRUTURAÇÃO DA APRESENTAÇÃO  BREVE APRESENTAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO    Missão    Visão    Domínios prioritários    PROJ...
 O COMUR , é uma ong nacional com vocação para  promover o desenvolvimento das comunidades  rurais, tendo como foco espec...
 VISÃOConstituir-se numa organização de referência no  trabalho com as mulheres rurais a nível nacional e  regional;Con...
 ÁREAS DE INTERVENÇÃO    Desenvolvimento comunitário    Agricultura    Acesso aos serviços básicos    Ambiente e saúd...
Permitam-me partilhar um pouco da experiência do COMUR, nas suas acções com as comunidades e as mulheres rurais em partic...
Quero chamar a vossa atenção para o Programa de  Apoio á Mulher Rural e da Periferia em implementação Resultou de um dia...
IMAGENS DRP – Auscultação dos segmentos populacionais rurais                                                          8
IMAGENS DRP – Funda (Camicuto, Kuta, Casulo Centro)Forma de transportação de produtos de uma margem p/ outra            En...
IMAGENS DRP - Nambuangongo, dificuldade nas vias de acesso                                                       10
Nº de Missões de Campo/mêsLocalidades              Nº de Missões de campo/mês   Total                          2007       ...
Resumo quantitativo da abrangência do DiagnósticoProvíncias      Nº      Nº comunas      Nº         Total             muni...
PROJECTOS ELABORADOS  Reforço da Capacidade de Gestão e Administração   Comunitária  Cozinha Melhorada  Mãos Milagrosa...
As imagens que se seguem, correspondem a fase de implementação da Carteira de Projectos com a parceria das instituições d...
Produção de hortícolas por mulheres rurais organizadas em associaçõesA Promoção do associativismo no meio rural é um dos o...
Formação, treinamento e reciclagem de Parteiras Tradicionais                                                        16
Formação, treinamento e reciclagem de Parteiras Tradicionais                                                        17
Curso de Parteiras Tradicionais na Comuna do Ramiro                                                  18
Mapa Estatístico de Formação de Parteiras Tradicionais - COMUR                          Localidade                        ...
Distribuição de tanques e bases às comunidades                                                 20
Projecto água e s. rural, entrega de Camiões ao Bengo                                                    21
Camiões distribuídos para atender as comunidades                                             22
Diferentes fases de construção dos Njangos                                             23
Combinação Njango - tanque de água e latrinas                                            24
Projecto de construção de Latrinas                                     25
Diferentes fases de construção de Latrinas                                             26
Edição da Feira da mulher Rural no Bengo                                           27
Projecto esperança com famílias deficientes Cunene                                                     28
1º bloco da escola na fase conclusiva - Quissomeira                                                      29
Posto Médico em construção                             30
Lançamento do projecto de formação de mulheres da Conda, Província do Kuanza - Sul                                        ...
Como manter a sustentabilidade destas acções e outras iniciativas comunitárias?A resposta a esta questão remete-nos a re...
Uma ADEL, é um empreendimento social que consiste na produção de conhecimentos e ferramentas de desenvolvimento local de ...
A ADEL É um interlocutor privilegiado para cooperação descentralizadoA ADEL liga-se a estruturas análogas e forma redes ...
   Para mais informação contacte:   Sr. António João   Secretário Geral do COMUR   Email: direito21@yahoo.com.br   Te...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

AGRITEC Special Session Angola - Antonio Joao Zinho

964 views

Published on

Published in: News & Politics
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
964
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
85
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

AGRITEC Special Session Angola - Antonio Joao Zinho

  1. 1. AGRITEC ID - EMRC International Business Forum 2011 Lisboa, Portugal 20 – 21 de Janeiro de 2011 Contribuição do Comité Nacional para Promoção da Mulher Rural, no Trabalho com as Comuinidades Rurais em AngolaPor: António JoãoSecretário Geral do Comité 1
  2. 2. • ESTRUTURAÇÃO DA APRESENTAÇÃO BREVE APRESENTAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO Missão Visão Domínios prioritários PROJECTOS E PROGRAMAS EXPERIÊNCIA DO COMUR NAS ACÇÕES COM AS COMUNIDADES Programa de apoio à mulher rural e da periferia Imagens de diagnóstico e implementação de projectos AGÊNCIAS DE DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO LOCAL Características das Agências 2
  3. 3.  O COMUR , é uma ong nacional com vocação para promover o desenvolvimento das comunidades rurais, tendo como foco especial, a mulher rural . O COMUR foi criado em 1992, enquadrado na estratégia de implementação da Declaração de Genebra sobre a promoção económica e social da mulher rural. MISSÃOTrabalhar na promoção social e económica da mulher rural e suas famílias. 3
  4. 4.  VISÃOConstituir-se numa organização de referência no trabalho com as mulheres rurais a nível nacional e regional;Continuar a servir de interlocutor válido com as instituições do Executivo, exercendo a advocacia para que a mulher rural seja tida como prioridade nas políticas, planos , programas e projectos de desenvolvimento. 4
  5. 5.  ÁREAS DE INTERVENÇÃO Desenvolvimento comunitário Agricultura Acesso aos serviços básicos Ambiente e saúde comunitária Formação, treinamento de parteiras tradicionais Alfabetização Acesso aos micro-créditos Promoção da micro-indústria de transformação e conservação pós - colheita Habitabilidade básica Transporte, comercialização, feiras e mercados rurais Género e associativismo 5
  6. 6. Permitam-me partilhar um pouco da experiência do COMUR, nas suas acções com as comunidades e as mulheres rurais em particular A filosofia de trabalho da nossa organização consiste: Realização de Diagnóstico Rural Participativo (DRP)nas comunidade; Compilação dos dados; Elaboração de projectos como resposta ao DRP; Implementação e avaliação de impacto. 6
  7. 7. Quero chamar a vossa atenção para o Programa de Apoio á Mulher Rural e da Periferia em implementação Resultou de um diagnóstico realizado em 86 aldeias das províncias do Bengo e Luanda, o diagnóstico baseou-se nos seguintes indicadores: População Escolarização Fontes de renda Métodos de preparação de terra Qualidade de água consumida Condições de habitabilidade Fontes de energia para confecção de alimentos Nível de conhecimento sobre o VIH/SIDA. 7
  8. 8. IMAGENS DRP – Auscultação dos segmentos populacionais rurais 8
  9. 9. IMAGENS DRP – Funda (Camicuto, Kuta, Casulo Centro)Forma de transportação de produtos de uma margem p/ outra Encontro com os responsáveis da Coordenação da Comunidade 9 Sensibilização das mulheres sobre os objectivos do PAMURP Recolha de dados fornecidos pela Coordenação da Comunidade
  10. 10. IMAGENS DRP - Nambuangongo, dificuldade nas vias de acesso 10
  11. 11. Nº de Missões de Campo/mêsLocalidades Nº de Missões de campo/mês Total 2007 2008Província do Bengo Nove. Dez Jan Feve. Mar Abri . Dande 2 1 2 1 2 8 Icolo e Bengo 3 2 5 Nambuangongo 2 2 Dembos 2 1 3 Kissama 2 2 4Sub-total 2 1 2 9 6 2 22Província de Luanda Cacuaco 2 6 2 2 12 Viana 1 1 1 3 Samba 1 1 1 3Sub-total 2 6 3 2 4 1 18Total de missões/mês 4 7 5 11 10 3 40 11
  12. 12. Resumo quantitativo da abrangência do DiagnósticoProvíncias Nº Nº comunas Nº Total municípios povoações populaçãoLuanda 3 5 33 65.002Bengo 5 16 53 41.896Total 8 21 86 106.898 12
  13. 13. PROJECTOS ELABORADOS Reforço da Capacidade de Gestão e Administração Comunitária Cozinha Melhorada Mãos Milagrosas Água e saneamento Rural Micro-Crédito Transporte e Feiras Itinerantes Kutanga Prevenção do VIH/SIDA Micro-Indústria Rural (Moageiras) Saúde Comunitária 13
  14. 14. As imagens que se seguem, correspondem a fase de implementação da Carteira de Projectos com a parceria das instituições do Executivo, as autoridades locais e as comunidades. 14
  15. 15. Produção de hortícolas por mulheres rurais organizadas em associaçõesA Promoção do associativismo no meio rural é um dos objectivos5 1
  16. 16. Formação, treinamento e reciclagem de Parteiras Tradicionais 16
  17. 17. Formação, treinamento e reciclagem de Parteiras Tradicionais 17
  18. 18. Curso de Parteiras Tradicionais na Comuna do Ramiro 18
  19. 19. Mapa Estatístico de Formação de Parteiras Tradicionais - COMUR Localidade Anos 2009 2010 Total Província do Bengo Icolo e Bengo 40 Quissama/Cabo-ledo 30 Dembos 40 Dande/ Úcua 26 Nanbuangongo 30 Dande 30 Pango Aluquém 30 Bula-Atumba 40 Quissama/Muxima 44 Subtotal 196 114 310 Província de Luanda Viana/ Calumbo 46 Cacuaco/ Funda 64 Benfica/Ramiro 100 Subtotal 46 164 210 Província do Kuanza - Sul Conda 92 Província do Zaire Soyo 30 Subtotal 122 Total geral 242 400 19 642
  20. 20. Distribuição de tanques e bases às comunidades 20
  21. 21. Projecto água e s. rural, entrega de Camiões ao Bengo 21
  22. 22. Camiões distribuídos para atender as comunidades 22
  23. 23. Diferentes fases de construção dos Njangos 23
  24. 24. Combinação Njango - tanque de água e latrinas 24
  25. 25. Projecto de construção de Latrinas 25
  26. 26. Diferentes fases de construção de Latrinas 26
  27. 27. Edição da Feira da mulher Rural no Bengo 27
  28. 28. Projecto esperança com famílias deficientes Cunene 28
  29. 29. 1º bloco da escola na fase conclusiva - Quissomeira 29
  30. 30. Posto Médico em construção 30
  31. 31. Lançamento do projecto de formação de mulheres da Conda, Província do Kuanza - Sul 31
  32. 32. Como manter a sustentabilidade destas acções e outras iniciativas comunitárias?A resposta a esta questão remete-nos a reflectir no surgimento de Agências de Desenvolvimento Local. O desenvolvimento aqui seria visto como: O desenvolvimento económico O desenvolvimento do capital humano, das famílias dos indivíduos e particularmente das mulheres O desenvolvimento territorial Este processo seria dinamizado pelas Agências por via da promoção e transferência de competências. 32
  33. 33. Uma ADEL, é um empreendimento social que consiste na produção de conhecimentos e ferramentas de desenvolvimento local de carácter endógeno, a partir de um modelo que enfatiza a: 1º Valorização de recursos, saberes e oportunidades das comunidades e territórios atendidos; 2º Articulação dos actores sociais e económicos locais em torno de um plano de desenvolvimento que enfoque a cooperação como factor essencial; 3ºFormação de redes comunitárias e territoriais, que mobilizem os segmentos das cadeias produtivas e dos mercados adjacentes e auxilie as políticas públicas de fomento ao desenvolvimento e; 4ºEstímulo ao empreendedorismo, associativismo e ao cooperativismo. 33
  34. 34. A ADEL É um interlocutor privilegiado para cooperação descentralizadoA ADEL liga-se a estruturas análogas e forma redes nacionais e internacionaisMUITO OBRIGADO PELA ATENÇÃO 34
  35. 35.  Para mais informação contacte: Sr. António João Secretário Geral do COMUR Email: direito21@yahoo.com.br Tel: 244 923334382 35

×