Agritec session v mr pereira - technoserve

1,167 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,167
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
101
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Agritec session v mr pereira - technoserve

  1. 1. Origem da cadeia de valor – Inputs, producão, servicos: Sementes, fertilizantes e outros inputs; Prestacão de servicos: mecanizacão, irrigacão, processamento agro- industrial, etc.Lisboa, 20-21 Janeiro 2011Luis Pereira, Agriculture Program DirectorCel +258-823066374lpereira@tnsmz.org
  2. 2. Actualmente, a maioria das zonas rurais em Mocambique encontram-senum ciclo de pobreza, com deflorestacão intensa e degradacão de solos Colecta informal de lenha Uso de técnicas /carvão agrícolas inadequadas Pobreza Queimadas para Desmate intenso & cacar pequenos animais uso de queimadas Inseguranca Má-nutricão alimentar Deflorestacão Degradacão de solos
  3. 3. O Investimento em Agribusiness tem sido o instrumento maissignificativo para a reducão da pobreza rural em Mocambique Mais recente, Início da caso das CrescimentoAgro-indústrias producão Indústria Plantacões das Indústriasdo Tabaco/Tete, comercial de Acucareira em Florestais em Avícola e deAlgodão/centro- grãos para Sofala (2) e Racões (sul, norte e Niassa e +2 em ind.racões – prov.Maputo (2) arranque- centro, e agora Cajú/norte Soja e Milho norte/centro, e norte) (em projecto) da Plantacão de Banana em Nampula Pequenos agricultores/ Outgowers + outgrowers. Pequenos Geracão Geracão geracão agricultores/ Emprego/traba Emprego/ Emprego/traba outgrowers lhadores trabalhadores lhadores 3
  4. 4. Novos investimento em Agribusiness Fase 95 a 2005; A partir de 2005 (até 2015) Tipo de Actuais Emprego/trabalho Potencial Emprego ImpactoIndústria/agri Investidores gerado Futuro possível de Potencial business (em curso e/ou gerar no até 2015) GDP/PNBAcúcar 35.000 Ha 20 mil +50 mil Ha +30.000Tabaco 40,000 Ha 40 mil outgrowers +40 mil Ha +40 mil p.ag $1.000Algodão 60,000 Ha 80 mil outgrowers +100 mil Ha +100 mil p.ag MilhõesCaju 10 fábricas 5 mil +5 fábricas +2 milBanana 6.000 Ha 18.000 +54 mil Ha +150,000 $4.000 MilhõesInd.Avícola/ 70 milhões 6 mil outgrowers +200 Milhões +10.000 $650Racões aves/ano aves/ano outgrowers MilhõesGrãos/Soja 30,000 Ha 30,000 outgrowers +200 mil Ha +100,000 $ 400 outgrowers MilhõesPlantacões 100 mil Ha 10.000 +3 Milhões Ha +300.000 $ 10.000Florestais Milhões 4
  5. 5. Estes investimentos podem quebrar o ciclo da pobreza rural, pela criacãode emprego e intensificacão agro-pecuária-florestal ligada à agro-indústria Uso Produtivo e sustentável dos recursos florestais –Plantio industrial, recuperacão de carbono –Áreas protegidas que evitam Pobreza deflorestacão e asseguram biodiversidade Emprego em escala na agricultura e plantacões florestais Inseguranca –Salários/renda familiar regular Má-nutricão alimentar –Acesso ao cash c/base salários que tb financiam intensificacão agrícola Deflorestacão Degradacão de solos Agricultura sustentavel, comercial e fomento pequenos agricultores: –Técnicas modernas de cultivo que aumentam o rendimento e a produtividade –Geram renda adicional significativa para as famíias rurais
  6. 6. Estratégia-Modelo do investimento em Agribusiness emMocambique deve atender alguns aspectos específicosNão basear-se apenas numa agricultura comercial intensiva, executada apenaspela empresa investidora - riscos:- conflito de terras, embora exista disponibilidade/ordenamento;- falta de pessoal qualificado para uso pleno do capital intensivo;- dificuldade na disponibilidade atempada dalguns inputs mais sofisticados;- roubos, desvios, má utilizacão;- conhecer melhor certos aspectos específicos sociais e culturais, com impactonos níveis producão/produtividade exige tempo;Modelo de investimento em agribusiness deve considerar equilíbrio entre áreasde agricultura/producão comercial intensiva (own farming)/agro-industrial e apromocão/fomento de pequenos/médios produtores locais-”outgrowers”= Nb. – reduz risco mas permite conducão/controle da aplicacão do modelo: - aomesmo tempo procede-se à transferencia de tecnologia e fornecimento deservicos/inputs, a partir do seu pólo de desenvolvimento agro-industrial, gerandoboas relacões agro-económico-sociais; 6
  7. 7. Modelo de investimento misto – agricultura comercial intensiva(own farming) + fomento/promocão do pequeno-médio produtor Concentrar o investimento mais intensivo no seu pólo empresarial, onde: - coloca a(s) unidade(s) agro-industrial = valor acrescentado/cadeia valor e qualidade; - abastecida pela sua producão/onw farm + compra da producão dos pequenos produtores por si assistidos; - Nb. - assegura directamente volumes mínimos, maior qualidade, acrescenta valor/uniformiza o produto final, etc.; - serve de base operativa à sua rede de fomento p/promocão do pequeno-médio produtor definindo uma “área de influencia”, a si vinculados por uma relacão agro- comercial; -Nb. - assegura tipo de produto pretendido, controla qualidade, reduz riscos materiais na producão, reforca vínculo/dependencia mútua = maior integracão, etc. Tipo de servicos e inputs a fornecer aos produtores integrados na sua rede de fomento, podem ser: - inputs melhorados: sementes/por si produzidas; - agro-químicos; - animais/ breeders (por si produzidos), plantas, etc.; - venda de servicos: mecanizacão, regadio, agro-processamento, formacão on-job, etc. Nb - rentabilizam custos de estrutura/fixos porque, vende parte da producão especializada, define regras técnicas/variedade e tecnologia, etc.Nota – importante pensar na triangulacão empresa x banca local x PME - facilita esquema de acesso ao crédito por esses produtores, seleccionando os +evoluidos comercialmente c/maiores áreas/volumes, garantia de compra do produto final c/base preco indicativo pré- plantio, etc.); 7
  8. 8. Accões TechnoServe baseiam-se em assegurar Mercado e approach daCadeia de Valor - ambos são geradores de sucesso no business. Producão Processamento Marketing • Mobilizar e fortalecer • assegurar • garantir a PMEs no business competividade/ distribuicão custo, qualidade • aumentar • Desenvolver rendimentos, margem • garantir matéria- marca forte Viabilizar prima na cadeia sustentabilidade • assegurar acesso aos • Link aos inputs • Linkage aos mercados local, e negócio com mercados valor • assegurar qualidade regional, acrescentado • Link ao internacional • Enable bulking financing Melhorar o ambiance de negócios Trabalhar com a indústria, governo, e instituicões financeiras para TNS actua na África assegurar uma ambiente regulado (ex.: SPS issues/normas ?, Ocidental/Austral/Leste, assim como na América SME finance, incentivos fiscais, etc.) Latina e India, fundamentalmente com os seguintes produtos In 2009, TNS apoiou 2,140 negócios que geraram $189M de turn- agrícolas: Artemisia, Cajú, over, pagos $20+ M a 54,000 empregados (permanente e sazonal), Café, Algodão, Cacau, Chá, e negociados $62M de produtos gerados por 218,000 produtores Leite, Fruticultura, gado corte, Avicultura/Racões e Soja 8
  9. 9. TechnoServe tem assistido clientes no desenho/montagem de modelosde negócio rentáveis e sustentáveis que atendem essas especificidades Como actuamos: O que fazemos:  Missão: TechnoServe apoia empreendedores/homens e mulheres em zonas rurais pobres • Prestamos apoio no dos países em desenvolvi mento Montagem do desenvolvimento do negócio na edificacão de negócios que negócio e através da identificacão de criem income/renda, apoio às Cadeias Valor de alto potencial e oportunidade e crescimento desenhamos accões que ajudem económico para as suas famílias, indústrias (caju, comunidades e os seus paísies; avicultura, banana, a desbloquear alguns problemas florestal, Soja, etc.) e o seu potencial;  Filosofia: Empresa privada pode conduzir/levar ao • Prestamos assistencia técnica e crescimento económico e suporte em “mentorship” para os mudnacas sociais positivas; “a hand up is better than a handout investidores que se Desenvolviment estabalecam junto das  Approach: Apoiar as empresas o de comunidades rurais; privadas que ajudem ao combate da pobreza rural nos países em empreendedores • Implementamos business plan desenvolvimento, através da competitivos que estimulem criacão de PMEs empreendedores nas locais/nacionais. comunidades rurais (de pequena-média escala) 9
  10. 10. Cadeia de valor da Soja – caso Mocambique (Programa Avícola/USDA e proj Desenvolv. Cadeia de Valor Soja/BMGF) Soja Prod.Agrícola retalho Biodiesel? ÓleoMultiplicacão semente refinado Extracão óleo Milho Bagaco Soja Óleo bruto Refinaria Racão avícola Frango/Ovos Ind.Racões Prod.Avícola
  11. 11. Campo de multiplicacao de semente de Soja –empresa privada, fomentadora – norte de Mocambique – Fev.2010 11
  12. 12. SOJA=Pequena agricultora de soja Agricultura empresarial mecanizada1 ha=1,5 ton – encaixe de 330 Usd/ton 100 ha/semente + 500 ha own farming camp. 09/10 - norte Mocambique 12

×