AGRITEC ID Session IV - INOVISA

1,193 views

Published on

  • Be the first to comment

AGRITEC ID Session IV - INOVISA

  1. 1. AGRITEC ID–EMRC Luís Mira da SilvaInt Business Forum 2011 lmbignolas@isa.utl.pt20 -21 January 2011 | Lisbon, Portugal www.inovisa.pt
  2. 2.  Missão da Universidade Investigação e Desenvolvimento (I&D) Transferência de Tecnologia Empreendedorismo no meio académico Inovisa Pólo de Tecnologia e Empresas da UAN Factores críticos de sucesso na instalação de uma incubadora de empresas de base tecnológicaLisboa, 21-01-2011 Luís Mira da Silva
  3. 3.  Modelo Tradicional:  Educação  Investigação Modelo Actual:  Educação  Investigação & Desenvolvimento Tecnológico (I&DT)  Transferência de Tecnologia (TT)  Empreendedorismo de base tecnológicaLisboa, 21-01-2011 Luís Mira da Silva
  4. 4. I&D Universidade Investigação aplicada e Inovação Utilizadores de Conhecimento / Empresas Valorização de Tecnologia Crescimento Económico e Sociedade Desenvolvimento SocialLisboa, 21-01-2011 Luís Mira da Silva
  5. 5. Mecanismos de Transferência de Conhecimento / Tecnologia: Ensino / formação avançada Publicações + Plataformas tecnológicas Prestação de serviços / consultoria / contract research Investigação / projectos de I&DT em consórcio Licenciamento de tecnologia (patentes) Empreendedorismo de base tecnológica (spin-offs)Lisboa, 21-01-2011 Luís Mira da Silva
  6. 6. “Clima” de empreendedorismo (divulgação, formação, concursos...) • Mais empreendedores • Melhores empreendedores • Maior sucesso das empresas Suporte à criação de novas empresas (Incubadoras de Empresas) Lisboa, 21-01-2011 Luís Mira da Silva
  7. 7. Criação de empresas no meio universitário: Formação da equipa, Redefinição estratégica Plano de negócios, Financiamento Validação, Scale-up, Protecção da PI I&D Enquadramento Criação da Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia da oportunidade empresa do negócio do negócio Conhecimento Taxa de Reconhecimento da Actividades de suporte sucesso oportunidade de Acompanhamento superior a negócio Financiamento 80% Lisboa, 21-01-2011 Luís Mira da Silva
  8. 8.  Associação sem fins lucrativos Incubadora de  5 anos de actividade Empresas  Ligação ao Instituto Superior de Agronomia ISA / Universidade Técnica de Lisboa UTL  Sectores de actividade do ISA: agricultura, alimentar, Gabinete de biotecnologia, florestas, ambiente,... Transferência de  18 empresas incubadas (taxa de sucesso de 90%) Tecnologia  Projectos nacionais e internacionais em redeLisboa, 21-01-2011 Luís Mira da Silva
  9. 9.  Missão:  Valorizar o conhecimento / tecnologia da Universidade Agostinho Neto  Incentivar uma cultura de inovação e empreendedorismo  Apoiar a criação de empresas de base tecnológica / serviços qualificados  Promover a relação Universidade - empresas Objectivos específicos:  Criar uma infra-estrutura física na UAN (incubadora), com quatro áreas: ambiente e energia, agricultura e alimentação, tecnologias de informação e comunicação; biotecnologia e saúde  Formar recursos humanos para dar suporte à incubadora / empreendedorismo / transferência de tecnologia Ponto de situação do projecto... Lisboa, 21-01-2011 Luís Mira da Silva
  10. 10.  Torres Vedras (Portugal) – Incubadora de empresas em parque tecnológico e empresarial Cartaxo (Portugal) - Incubadora de empresas em parque tecnológico e empresarial Moçambique – Unizambeze e Universidade Eduardo Mondlane Cabo Verde – Universidade de Cabo Verde Lisboa, 21-01-2011 Luís Mira da Silva
  11. 11.  Ligação à Universidade + suporte institucional Independência da estrutura de gestão Director-geral com experiência empresarial / académica Condições e atractividade das infra-estruturas Qualidade dos serviços prestados (empreendedorismo e transferência de tecnologia) Angariar, Seleccionar e Apoiar Projectos de Qualidade Lisboa, 21-01-2011 Luís Mira da Silva
  12. 12. Contribuir para uma dinâmica de transferência detecnologia / empreendedorismo no meio académico Processo Valorizar o conhecimento e a tecnologia que estão complexo e disponíveis nas ESCT difícil, mas o Promover a competitividade das empresas pela investimento adopção de conhecimento / tecnologia / inovação é reduzido e oCriar emprego qualificado e empresas com elevado retorno pode potencial de crescimento ser muito Contribuir para o crescimento económico e o elevado !!! desenvolvimento socialLisboa, 21-01-2011 Luís Mira da Silva
  13. 13. AGRITEC ID–EMRC Int Business Forum 2011 Luís Mira da SilvaLuanda, 21-05-2010 lmbignolas@isa.utl.pt 20 -21 January 2011 | Lisbon, Portugal www.inovisa.pt

×