Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Upcoming SlideShare
LIÇÃO 13 - UMA VIDA DE FRUTIFICAÇÃO
Next
Download to read offline and view in fullscreen.

2

Share

Download to read offline

A Liderança no Antigo Testamento

Download to read offline

Escola Bíblica Dominical
2º Trimestre de 2016 Lição 2

Related Audiobooks

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

A Liderança no Antigo Testamento

  1. 1. E todo o Israel, desde Dã até Berseba, conheceu que Samuel estava confirmado por profeta do Senhor 1 Samuel 3:20
  2. 2. Há no Antigo Testamento uma série de modelos de liderança, dentre os quais, destacamos: os institucionais (governo monárquico, (sacerdócio), os provisórios (juízes) e os desinstitucionalizados (profetas). Samuel parece ser o personagem cujo ministério de liderança é o mais eclético no Antigo Testamento, desenvolvendo simultaneamente funções de Sacerdote, Juiz e Profeta. É pensando a partir dos múltiplos ofícios de Samuel que entenderemos melhor o papel do líder no Antigo Testamento.
  3. 3. A clássica história de Samuel é uma prova do comprometimento de Deus com a nação de Israel. Num tempo de colapso moral e espiritual, o Senhor separou, capacitou e ungiu a Samuel para a liderança de Israel (1 Sm 1-3). É importante lembrar que Samuel não era da família de Arão (1 Sm 1.1), logo, não poderia servir à mesa do Senhor, muito menos exercer o sacerdócio (7.7- 10). Seu acesso ao ministério sacerdotal, assim como ao profético e ao de juiz, foi inteiramente uma obra divina.
  4. 4. Deus age quando deseja vocacionar alguém para a liderança; rompe todos os protocolos e exigências sociais em nome de conduzir tal pessoa ao centro de sua vontade. Talvez você não tenha os requisitos que o mundo exige para ser um líder, todavia, há um Deus que move o universo para fazer de você alguém especial para o seu Reino.
  5. 5. Após a morte de Josué, e de toda sua geração, o povo de Israel desviou-se do Senhor. Por isso Deus levantou os Juízes (Jz 27-19); líderes que episódica e temporariamente assumiram a liderança da nação para libertá-la da opressão dos povos vizinhos. Não cabia a um Juiz permanecer ilimitadamente no poder, sua liderança era transitória e carismática, ou seja, fundamentada no apoio e reconhecimento popular.
  6. 6. Ambicionando ser como as demais nações (1 Sm 8.5), o povo de Israel pediu a Samuel um rei que pudesse exercer continuamente o seu poder até a morte e firmado na tradição que então se estabelecia. É evidente que há tipos específicos de liderança para contextos especiais. A monarquia não era um problema em si, as motivações do povo e as consequências destas é que foram desastrosas (1 Sm 8.7). Cabe a um bom líder compreender tanto o momento de iniciar quanto o tempo de findar o seu ministério. Encerrar uma liderança não deve ser compreendido como uma questão de fracasso para o líder, antes, como o último ato de sabedoria e inspiração aos seus Liderados.
  7. 7. Samuel foi contemporâneo de um momento decadente do ministério sacerdotal em Israel. O sumo sacerdote Eli estava incapacitado para exercer a função, tanto por suas limitações de saúde quanto por sua inércia em relação ao comportamento abominável de seus filhos (1 Sm 2.22-25); o filho de Ana, entretanto, permaneceu fiel a sua vocação divina. Não é porque a sociedade ao nosso redor está em crise e Lhe faltam modelos inspirativos de liderança que você deve também se contaminar e fazer a obra de Deus relaxadamente. Seja o "Samuel" de sua sociedade e continue fiel ao Senhor e a vocação que Ele lhe deu.
  8. 8. A tarefa primordial do profeta é denunciar as injustiças sociais e Lutar pela construção de uma realidade o mais próximo possível da vontade de Deus. Partindo desta definição, Samuel foi o profeta de Deus em seu contexto histórico. Iniciou seu chamado denunciando o pecado da casa de Eli ao próprio sumo sacerdote (1 Sm 3.16-18); depois apontou a idolatria do povo como causa da opressão dos filisteus (7.2- 6); ungiu Saul (10.1) e Davi (16.13). Além disso, reprovou publicamente as ações precipitadas do rei Saul (15.26-28)
  9. 9. A sociedade atual, bem como a Igreja contemporânea, precisa de profetas, homens comprometidos unicamente com a verdade e com o Reino de Deus, capazes de intrepidamente denunciarem todas as injustiças e doarem-se completamente à vontade de Deus. Será que o Senhor pode contar com você?
  10. 10. A liderança que é estabelecida no AT não segue apenas um modelo, é múltipla. Deus não conta apenas com um tipo de líder para fazer cumprir sua vontade, ao contrário, Ele vocaciona pessoas diferentes, em momentos específicos, para missões especiais, conforme ás características individuais de cada um. Pode-se concluir que não há uma fórmula padrão para desenvolver a liderança, é necessário, entender o que Deus quer fazer para então saber quem Ele irá chamar para liderar.
  • AndersonPereira262

    Apr. 3, 2019
  • sampaio1965

    Jan. 22, 2018

Escola Bíblica Dominical 2º Trimestre de 2016 Lição 2

Views

Total views

4,506

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

7

Actions

Downloads

56

Shares

0

Comments

0

Likes

2

×