Republica velha (introducao)

5,428 views

Published on

Republica velha (introducao)

Published in: Education
0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,428
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
749
Actions
Shares
0
Downloads
87
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Republica velha (introducao)

  1. 1. República Velha Professor: Dismael Sagás
  2. 2. Brasil Império D. Pedro II Fonte: apostila do 3º ano Ensino Médio – Professora Márcia Carvalho
  3. 3. REPÚBLICA VELHA <ul><li>Termo negativo, pejorativo, dado posteriormente. </li></ul><ul><li>Indica o período da história do Brasil entre 1889 e 1930. </li></ul>
  4. 4. MILITARES NO PODER <ul><li>REPÚBLICA DA ESPADA: </li></ul><ul><li>presidentes militares. </li></ul>Deodoro Floriano 1 2
  5. 5. Governo do Marechal Deodoro da Fonseca <ul><li>Início com aparência democrática: </li></ul><ul><ul><li>Convocação de uma Assembléia para elaborar nova constituição. </li></ul></ul>
  6. 6. Constituição de 1891 ESTADOS UNIDOS DO BRASIL <ul><li>Divisão dos 3 poderes : executivo, legislativo e judiciário. </li></ul><ul><li>Voto direto e não-secreto para eleger presidente da República, presidentes estaduais e membros do Congresso Nacional (deputados e senadores). </li></ul><ul><li>Federalismo (estados com autonomia). </li></ul><ul><li>Separação Igreja / Estado (casamento civil, etc.) </li></ul><ul><li>Não podiam votar: mulheres , analfabetos, menores de 21 anos, soldados e mendigos. </li></ul>
  7. 8. <ul><ul><li>Governo autoritário. </li></ul></ul><ul><ul><li>Nepotismo. </li></ul></ul><ul><ul><li>Não aceita críticas : fecha jornais e prende opositores. </li></ul></ul><ul><ul><li>Congresso reage limitando seus poderes. </li></ul></ul><ul><ul><li>Deodoro reage e FECHA O CONGRESSO! </li></ul></ul><ul><ul><li>Marinha e alguns generais se rebelam  perigo da Guerra Civil. </li></ul></ul><ul><ul><li>Renúncia de Deodoro. </li></ul></ul>Governo do Marechal Deodoro da Fonseca
  8. 9. Governo de Floriano Peixoto <ul><li>Missão: “ botar ORDEM na casa ” ou “o governo nos trilhos ” e conter: </li></ul><ul><ul><li>Revolta da Armada (marinha). Vence com a nova frota fornecida pelos americanos. </li></ul></ul><ul><ul><li>Revolução Federalista (RS) </li></ul></ul><ul><ul><li>castilhistas ou pica-paus (grupo aliado a Floriano) </li></ul></ul><ul><ul><li>x </li></ul></ul><ul><ul><li>maragatos (aliados a Gaspar da Silveira Martins). </li></ul></ul><ul><li>O “ Marechal de ferro ” impôs sua autoridade e fuzilou inúmeros opositores. </li></ul><ul><li>Tabelamento dos aluguéis e da carne aos pobres. </li></ul>
  9. 10. REPÚBLICA OLIGÁRQUICA <ul><li>Casa em ordem o governo passa para os civis (fazendeiros cafeicultores). </li></ul><ul><li>Oligarquia: governo de poucos. </li></ul><ul><li>Política Café com leite: </li></ul><ul><ul><li>“ De Floriano Peixoto a 1930, apenas 2 dos 11 presidentes não tinham origens políticas em São Paulo ou Minas Gerais.” </li></ul></ul>
  10. 11. <ul><li>Oligarca : chefe de uma família poderosa. </li></ul><ul><ul><li>Estados maiores: várias famílias disputam o poder. Divergências resolvidas dentro dos partidos republicanos ou de forma violenta. </li></ul></ul>
  11. 13. <ul><li>“ Nosso Mestre Cuca movimentou O Brasil inteiro, Cada um estado pra cá mandou O seu cozinheiro. Mexeu-se a panela, fez-se a comida Com perfeição. Assim foi a bóia, bem escolhida Com precaução Café paulista, Leite mineiro, Nacionalista Bem brasileiro. (bis) </li></ul><ul><li>Preto com branco, Café com leite, Cor democrata. É preto com branco, Meu bem, aceite. Cor da mulata. O leite é bem grosso, café é forte Agüenta a mão. As novas comidas têm que dar sorte Na situação Café paulista...” </li></ul><ul><li>CLIQUE PARA VER E OUVIR NO SITE. </li></ul>Autor: Freire Júnior Intérprete: Fernando Gênero: Maxixe Gravadora: Casa Edison Poucos textos políticos seriam capazes de explicar de modo tão claro e com tanto talento a engenharia das eleições presidenciais na República Velha como &quot;Café com Leite&quot;, da revista teatral do mesmo nome, encenada no início de 1926. O mestre cuca , ou seja, o ocupante do Palácio do Catete, convocava os chefes dos executivos estaduais ao Distrito Federal ou mandava emissários aos estados, propunha os nomes dos candidatos a presidente e a vice e, ao final do processo, indicava a chapa oficial. Geralmente, ela era vitoriosa. Apenas em algumas oportunidades, cozinheiros dissidentes opuseram-se frontalmente ao esquema do “café com leite” (São Paulo com Minas) e lançaram chapas alternativas. Café com Leite
  12. 14. SISTEMA POLÍTICO DA REPÚBLICA VELHA
  13. 15. SISTEMA POLÍTICO <ul><li>Eleitores : voto de “cabresto”. </li></ul><ul><li>Coronel : controla ou disputa poder local, municipal. </li></ul><ul><ul><li>Formas de controle dos eleitores: compadrio, laços familiares (nepotismo), troca de favores (clientelismo), intimidação (ação dos jagunços, capangas ou “cabras”). </li></ul></ul>
  14. 16. Voto de cabresto
  15. 17. ECONOMIA NA REPÚBLICA VELHA: A REPÚBLICA DO CAFÉ <ul><li>Origem: Etiópia (África). </li></ul><ul><li>Chegada no Brasil: 1727 (Francisco de Melo Palheta). </li></ul><ul><li>Café x Sustentabilidade </li></ul><ul><ul><li>Efeito devastador das queimadas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Indução ao crescimento demográfico, urbanização e industrialização. </li></ul></ul>
  16. 19. REPÚBLICA DO CAFÉ
  17. 20. MADE IN BRAZIL Outros produtos exportados <ul><li>Borracha: Amazônia. </li></ul><ul><ul><li>Segundo produto mais exportado. </li></ul></ul><ul><li>Açúcar : RJ, SP e Nordeste. </li></ul><ul><li>Cacau : Sul da Bahia. </li></ul><ul><li>Carne , couro e erva-mate : estados do Sul. </li></ul>
  18. 23. Material Complementar: <ul><li>Assista aos filmes: </li></ul><ul><ul><li>Sonhos Tropicais </li></ul></ul><ul><ul><li>Baile Perfumado </li></ul></ul><ul><ul><li>Canudos </li></ul></ul><ul><ul><li>Abril Despedaçado </li></ul></ul><ul><ul><li>O Coronel e o Lobisomem </li></ul></ul><ul><li>Leia: </li></ul>

×