A Importancia da água

1,404 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,404
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
43
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A Importancia da água

  1. 1. A Importância da água Ano Letivo 2012/2013 Trabalho Realizado por:  Diogo Alves,nº9 9ºB
  2. 2. Introdução--------------------------------------------------------------------------------------------------------pag.3 A água-------------------------------------------------------------------------------------------------------------pag.4 O ciclo Hidrológico---------------------------------------------------------------------------------------------pag.5 Irregularidades nas reservas de água-----------------------------------------------------------------pag6.7.8 Recursos Hidrologicos------------------------------------------------------------------------------------ pag.9.10 Conflitos pela água---------------------------------------------------------------------------------------pag.11.12 Conclusão-------------------------------------------------------------------------------------------------------pag.13 Glossário--------------------------------------------------------------------------------------------------------pag.14 Bibliografia------------------------------------------------------------------------------------------------------pag.15
  3. 3. Como todos sabemos, apenas 3% da água existente no planeta Terra é doce. Mas dentro destes 3% de água o ser Humano só consegue chegar 0,7%da água doce porque grande parte dela encontra-se congelada nas calotes polares. Ao longo dos anos com a população a crescer continuamente as reservas globais de água doce caíram em mais de 60%, devido ao ser Humano e á poluição de que advém dele. Os efeitos da extração excessiva da água que sobra já são notados porque cada vez as secas são mais frequentes e prolongadas e erosão dos solos também é mais frequente. Será que um dia o ser Humano possa utilizar a água de forma sustentável?!
  4. 4. Como todos sabemos, um fator vital para a vida na Terra é a água porque além de ser necessária na constituição de todos os seres vivos, ajuda também a arrefecer o planeta. No caso do ser Humano, a água faz parte da nossa vida cotidiana, pois com ela realizamos todas as nossas tarefas de higiene, de alimentação e outras atividades como a agricultura e a indústria. Se a água faltar ou escassear, pode levar o ser Humano á morte pois somos essencialmente “feitos de água” visto que 70% do nosso corpo é constituído por este elemento.
  5. 5. O ciclo da água ou ciclo hidrológico é responsável pela circulação da água por via de dois processos denominados por processo terrestre e processo atmosférico. Mas como ocorre este fenómeno? As água subterrâneas sobem á superfície, dando origem aos cursos de água como rios e que vão desaguar no mar. A água sofre evaporação, em seguida condensa-se nas nuvens e posteriormente sofre uma precipitação e volta a cair no solo. Depois de estar no solo infiltra-se e forma os lençóis de água subterrânea que vão dar origem a um novo clico hidrológico.
  6. 6. A irregularidade climática agravada com as ações do ser Humano sobre o planeta Terra é traduzida na precipitação desigual anual e interanula e decorrente da posição geográfica, pode ou não ser mais agravada pelo aquecimento global e outros fenómenos climáticos como o el Niño ou as monções da Ásia. Por isso como já referi em cada vez mais comum haver grandes períodos de seca ou de cheias, devido a esta irregularidade no clima.
  7. 7. As cheias: A irregularidade da água provoca ao longo do ano grandes contrastes no nível das águas dos rios. Por exemplo em Portugal a parte norte sofre pequenas oscilações sem nunca secar, na parte sul de Portugal as oscilações notam-se mais porque ora estão com pouco caudal, ou estão cheios e a transbordar. Por isso desde há centenas de anos o ser Humano descobriu que as margens dos rios têm grande potencial para diversas áreas tais como:  A agricultura beneficia de solos mais ricos;  As infraestruturas rodoviárias e ferroviárias aproveitam a fácil acessibilidade que a margem dos rios oferece;  O turismo explora as condições naturais;  A indústria, (em alguns ramos) desenvolve-se melhor;  As populações encontram ao pé dos rios boas condições para criar as suas habitações.  (…) Mas quando ocorrem cheias, as consequências são pesadas a nível económico e humano!
  8. 8. As secas: No entanto os períodos de seca também trazem muitos transtornos às populações. Quando ocorrem grandes períodos de secas, o grau de degradação da água atinge níveis extremamente elevados, e em consequência água fica impropria para a utilização pelo ser Humano, e só podendo originar eutrofização. Mas quais serão as soluções para estes problemas? As soluções que o ser Humano atualmente está a meter em prática são:  A construção de Barragens- pois permite regularizar os caudais de água.  Melhorar o Ordenamento do território – para não haver vitimas em caso de secas ou cheias.
  9. 9. Os recursos Hídricos podem ser classificados como disponíveis e potenciais. Os recursos disponíveis são a água que o ser Humano consegue captar com a sua atual tecnologia. Os recursos potenciais estende-se a toda a água que se pensa que é possível utilizar. Para prevenir o excesso ou escassez de água, ao longo do tempo, têm sido vindas a construir barragens, canais e represas com vista a regular o nível da água, mas atualmente utiliza-se o sistema de transvases( desvia a água de rios mais caudalosos para rios com menos caudal) que se julga ser mais eficiente. Outras formas de gerir os recursos hídricos:  Racionalização dos consumos;  Contenção de desperdícios;  Aproveitamento dos recursos disponíveis;
  10. 10. Será possível reduzir o gasto de água na indústria? Para os gastos de água serem significativamente mais reduzidos o ser humano deve:  Utilizar tecnologias que exigem menos água;  Reciclar as águas residuais Exemplos: - Nas centrais térmicas, á agua que arrefece as máquinas pode ser reutilizada; - Na agricultura pode se implementar sistemas que façam o mesmo efeito mas gastem menos água; - Evitar a evaporação da água, fazendo a água ser transportada subterraneamente; - Tratar as águas residuais em centrais específicas, assim pode-se reutilizar a água; - A nível das habitações, fazer campanhas de sensibilização para não gastarem água desnecessária; Assim podemos concluir que com armazenamento, reciclagem e poupança é possível regular a escassez ou excesso de água.
  11. 11. A água como é um bem essencial á vida, e não está distribuída igualmente pelo mundo, o Homem provoca guerras pela sua posse, tais como:  A nível local – conflitos entre populações pela água para fins domésticos ou agrícolas;  A nível internacional - Um país luta contra o outro pela posse dos recursos hídricos como é o caso de Iraque;  A nível nacional - Denuncias de empresas e outras entidades relativas á situação da poluição dos recursos hídricos;
  12. 12. E em Portugal? Também existe estes problemas? Em Portugal estes conflitos resultam sobretudo da apropriação de rios internacionais por parte de Espanha, reduzindo em muito os caudais que chegam a Portugal; Este facto agravou-se pelo Plano Hidrológico Espanhol que irá construir barragens e permitir transvase o que ainda vai piorar a nossa situação. A solução: guardar água em barragens;
  13. 13. Á água é um bem essencial á vida. O ser Humano, descobriu que a água tem de ser respeitada e também descobriu maneiras de a preservar, mas mesmo assim não é suficiente… Será que algum dia teremos sede e morreremos devido a isso?
  14. 14. El nino – Fenómeno climático com origem na costa leste da América do Sul. Ocorre por altura do Natal quando os alísios diminuem de intensidade, originando uma corrente marítima de elevada temperatura que se aproxima do litoral do Peru e gera instabilidade climática. Eutrofização - Decomposição da matéria orgânica por acção da água. Monções – Ventos periódicos que afetam o sul e sudeste da Ásia: no Inverno da terra para o mar(secos) e no Verão de mar para terra( húmidos)
  15. 15. Todas as informações e imagens contidas neste trabalho foram retiradas:  Livro de Geografia,9ºAno  Google Imagens  Google Pesquisa

×