Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

A Campanha Permanente

8 views

Published on

Consultora Política com mais de 25 anos de experiência, especialista em estratégias de comunicação política. Tem trabalhado em campanhas eleitorais e comunicação de governos, projeto de apoio à Democracia e formação de partidos políticos no Brasil, América Latina e África, onde coordenou três campanhas presidenciais. É diretora da Tupy Company, Ex-presidente da ALACOP – Asociación Latinoamericana de Consultores Políticos, membro fundadora do CAMP – Clube Associativo dos Profissionais de Marketing Político e editora do MarketingPolitico.com, ganhador de um Victory Award em 2012. Em 2016 recebeu um Napolitan Award, em Washington, como uma das 12 mulheres mais influentes da Comunicação Política na América Latina.

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

A Campanha Permanente

  1. 1. CAMPANHA PERMANENTE Gil Castillo
 SP - Dezembro 2018
  2. 2. CAMPANHA PERMANENTE NÃO É ESTAR PERMANENTEMENTE EM CAMPANHA.
  3. 3. 2013
  4. 4. “COMUNICAÇÃO E PODER” Manuel Castels
  5. 5. “MARKETING ELEITORAL É O MECANISMO DE ATIVAÇÃO DAS TENDÊNCIAS LATENTES.” Paul Lazarsfeld
  6. 6. PONTOS LEVANTADOS ▸ Convergência Digital. ▸ Real descentralização da informação. ▸ Whatsapp como protagonista - Mais do que número de contatos, a construção de grupos de contatos fazendo a intermediação próxima. Avalistas sociais. ▸ Compreensão de como é o consumo de mídia: Tradicional X Digital. ▸ Comunicar permanentemente. ▸ Sentimentos
  7. 7. A QUADRATURA DE CLASSES - COMO AS NOVAS CLASSES SOCIAIS ESTÃO REFORMULANDO NOSSO CENÁRIO POLÍTICO. Thibault Muzergues
  8. 8. QUADRATURA DE CLASSES ▸ Os "Urban Creatives”, vencedores da globalização e para os quais flexibilidade e diversidade são valores intrínsecos; ▸ Classe Média Suburbana, cuja perspectiva social é muito mais conservadora, mas cujas visões econômicas são frequentemente compatíveis em seu liberalismo com as dos criativos; ▸ A Classe Trabalhadora Branca, em plena rebelião contra um sistema que os deixou nas periferias sociais, políticas e geográficas e anseia por retornar a um Estado de bem-estar que possa garantir sua dignidade por meio do trabalho; ▸ Os Millennials, cuja rebelião é mais coletivista (mas não estatista), e o resultado de frustrações acumuladas durante o início de suas carreiras, quando entraram no mercado de trabalho com grandes esperanças de anos universitários, mas uma carreira parcialmente bloqueada devido à crise econômica de 2008.
  9. 9. SERVICE CLASS WORKING CLASS CREATIVE CLASS Distribuição do Trabalho
  10. 10. DOIS EXEMPLOS
  11. 11. 2013
  12. 12. ONDE FICA ESSA AGÊNCIA DIGITAL?
  13. 13. “MARKETING ELEITORAL É O MECANISMO DE ATIVAÇÃO DAS TENDÊNCIAS LATENTES.” Paul Lazarsfeld
  14. 14. OBRIGADA! Gil Castillo
 SP - Dezembro 2018

×